Dia das mães,minha esposa está cheia de porra de seu macho

Um conto erótico de detalhista
Categoria: Heterossexual
Data: 13/05/2018 15:20:48
Nota 9.20
Assuntos: Heterossexual

Minha esposa é a Luana,30 anos,1,66alt.60Kg,loirinha de pele dourada e olhos azuis,rosto angelical,e um corpo extremamente excitante,quadris largos e seios médios,levemente caídos,já amamentou 3 crianças,nossas duas filhinhas loirinhas de 4 e 3 anos e nosso filho moreno,mas bem moreno mesmo,com 1 aninho...

Esse relato se refere ao que aconteceu ontem,Estávamos na sala de nossa casa,Luana,eu,nossos três filhos e minha mãe que almoçou com a gente ontem,hoje vamos almoçar na minha sogra...

Por volta das 14hs o celular de Luana sinaliza uma mensagem de Whats,ela leu,na hora notei o rubor em sua face,eu sabia perfeitamente do que se tratava,ela estava excitada,minha mãe estava entretida com as crianças e nada notava,Luana me olhando nos olhos,muito excitada,com ar de interrogação,colocou uma de suas mãos em seu ventre um pouco abaixo do umbigo e massageou levemente a região,imperceptívelmente acenei um consentimento,ela me sorriu com ar maroto,digitou uma mensagem resposta no Whats,veio em minha direção com aquele seu shortinho de jeans,bem curtinho e com as barras esfiapadas,que me alucina de tesão,sussurrou em meu ouvido que "ele" estava chegando,me deu um selinho na boca,passando a lingua nos meus lábios,e saiu andando sensualmente em direção à nossa suite que é o último aposento da casa,que tem uma porta balcão que dá para uma varanda que termina no gramado do quintal,nossa suite também pode ser acessada pelo corredor externo da casa,"ele" entraria por ali..

Me posicionei na sala de forma que minha mãe para falar comigo teria que ficar de costas para a janela, com persianas,que dá para o corredor lateral,ainda entretida com as crianças minha mãe não havia notado a ausência de Luana,eu,ansioso, com o coração bem acelerado, ví, pela janela com persiana,o enorme vulto passando silenciosamente,...

As imagens do que estaria acontecendo lá na suite vieram claras à minha mente,isso vinha repetindo-se pelo menos três vezes por semana,há mais de dois anos,eu sabia que assim que ela havia chegado à suite ela havia se despido,ficando completamente nua,era assim que seu macho exigia que ela o esperasse,e que ele antes de transpor a porta balcão da suite faria o mesmo,totalmente nus,eles se abraçariam e beijariam apaixonadamente na boca,roçando seus corpos nus sentindo-se mutuamente,ela se aninharia nos braços fortes e musculosos do macho,encostaria submissamente sua cabeça em seu peitoral,decretando assim sua entrega ao domínio másculo...

O casal naquela cama era o contraste dos contrastes,ela branquinha,lindíssima,meiga,dócil e delicada,ele um brutamontes negro com mais de 1,90 de altura,com 52 anos,um ogro,fortíssimo,um tanto barrigudo de cerveja,muito rústico,um tanto ignorante,portador de um cacete imenso com 24 cm x6,0cm, extremamente viril e sexualmente insaciável...Invariavelmente Luana geme e chora sob ele,mas os orgasmos dela são simplesmente arrasadores,enquanto ele esporra quantidades absurdas cada vez que goza...

Eu com minha mãe e meus filhos naquela sala,não conseguia pensar em outra coisa que não fosse o que estava acontecendo em nosso quarto,tenho um tesão enorme de vê-la sendo fodida por aquele macho,cheguei ouvir os gritos vindos do quarto,ela não se contém, e logo fui fechar a porta do corredor que vai aos quartos,felizmente minha mãe só notava seus netos,pedi licença à minha mãe dizendo que ia ao banheiro,entrei pelo corredor e tranquei a porta atrás de mim,cheguei até a porta da suite que estava trancada por dentro,fiquei escutando do lado de fora,Luana ofegava,gemia e falava que estava completamente dilatada e que se sentia totalmente entupida de porra,mas que ele podia continuar fodendo que ela não pararia de gozar...me esporrei todo sem tocar no meu pau quando escutei ele dizendo que ia fazer nela até ter certeza que teria porra suficiente para ela gerar "outro" filho para ele...sim,"outro" filho,o menino de um ano de idade,bem moreninho,que ela ainda amamenta é dele,ele sabe que eu sei disso e continua me cornificando cada vez mais....

Estou indo almoçar na minha sogra,Luana está indo para a casa da mãe com absorvente na buceta cheia de porra do negro,ontem ele saiu as 16hs,depois que encheu ela 3 vezes,mesmo com minha mãe em casa ele voltou por volta das 23 hs e ficou fodendo até quase as duas da manhã,quer fazer um filho nela no dia das mães...

Se houver interesse conto todos os detalhes de ontem e hoje,conto também como tudo começou,e muito,muito mais...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
04/09/2019 05:33:00
muito bom
Lx-
27/05/2018 06:22:41
Um dos relatos mais excitantes que li. Muito bom! Também conto as aventuras de minha esposa com seus machos fixos. Leia que tenho a certeza que vais gostar e se identificar, como bom corno manso
15/05/2018 01:26:09
Hmmmm... continueeee
13/05/2018 17:47:39
:/
13/05/2018 17:31:42
excelente conto continue