TIA SÂMMILA - CLEPTOMANÍACA, PIRANHA, MAS MUITO GENEROSA – PARTE 3

Sem muita enrolação, resolvi fazer um chá calmante para ele só de cuequinha. Levantei do sofá e assim que lhe dei as costas para ir para a cozinha, vestido com aquela indecência de cueca, atolei um de meus dedos no cu e dei uma singela coçadinha no fogoso, que na mesma hora chamou atenção de Tio Ricardo, que sofria de tesão recolhido doido pra se acabar no primeiro buraco quente que lhe fosse oferecido.

Com toda certeza, no estado que o coitado estava, eu não precisaria mover mais um músculo para ser fodido por ele, mas quanto mais difícil eu fosse e quanto mais resistisse melhor seria minha foda com o macho. Só daria meu cu pro gostoso, quando ele me pedisse com muito carinho, para lhe ceder meu buraquinho difícil de ser conquistado. Antes que ele pulasse em cima de mim e me violentasse devido a situação que ele estava, ofereci meus préstimos pra massagear seu lindos pés, seguindo a sugestão de tia Sâm .

- Tio Ricardo, quando fico muito tenso, peço pra uma pessoa qualquer fazer uma massagem nos mês pés e me acalmo rapidinho. Se quiser experimentar meu método, acredito que em questão de minutos estará calminho, calminho. Desculpe se pareço inconveniente, mas vejo que está muito tenso e minha intenção e a melhor possível, titio. Se não quiser. Entenderei sem problemas, viu?

Estava não só na cara, como em suas atitudes, que ele quase endoidou com minha proposta, mas como eu, resolveu manter e depois de se fazer de besta, a aceitou.

- Não sei Rubens!! Será que funciona mesmo:? Se estiver disposto, não custa tentar, né rapaz!!! Acho que vou aceitar!!! Essa sua técnica, pode ser aplicada lá em meu quarto? Em cima de minha cama? Ela é bem confortável, viu! Acho que é o melhor lugar para fazermos o teste. O que acha, sobrinho?

- Com certeza, tio Ricardo, o local é muito importante. Acho sua cama perfeita para o senhor experimentar minha técnica e se relaxar a ponto de dormir, estará no lugar certo.

- Também ,não exagere, Rubens! Dormir no tesã.. digo na tensão que estou vai ser impossível. Mas como está se propondo a me “ME DAR UMA MÃOZINHA”, depois que eu te regaça......, digo ... depois que eu recostar meu corpo na cabeceira da cama e receber sua massagem, quem sabe o sono não chega, não é mesmo Rubinho? O que acha de irmos pra cama e começarmos a mete..., digo .. a massagem, sobrinho?

- Acho uma excelente ideia. Me de licença apenas para arrumar minha cama, pois com sono é dose pra elefante estender lençol.

- Pode desistir agora mesmo dessa ideia, rapaz. Faço questão de retribuir sua gentileza. Dormirá comigo, em minha confortável cama, até sua tia retornar, combinado?

- Muito obrigado, titio. Preciso confessar que detesto ficar sozinho. Vou adorar dormir com o senhor, tio Ric!

- Assim que entramos no quarto, avistei em cima do criado mudo, um pote de creme hidratante e o peguei. Pedi a tio Ricardo para sentar na cama com as pernas esticadas e relaxar, pois iria começara a massageá-lo. Fiquei bem de frente para seu corpo e bem no meio de suas pernas, pois dessa forma poderia enxergá-lo por completo.

- Tio Ric!! Antes de massagear o local, gosto de fazer um carinho. Tudo certo para o senhor?

- Fique a vontade e faça o que achar que deve com seu tio, a partir de agora, ok?

Depois de receber a autorização do macho, despejei um boa quantidade de creme em minhas mãos, comecei a alisar seus pés, a observar suas reações e a pedir forças pra tudo que era santo, para conseguir chegar ao final daquela pataquada toda sem voar em cima do tesudo, que de olhos fechados, mordiscava sua boca e discretamente alisava sua rola, que estava pra lá de taluda.

- Está conseguindo relaxar, tio?

- Hummm !!!! Ischhhhhhh!!! Demais, Rubinho!!! Continue rapaz, por favor!!! Hummm!!!!

Continuei massageando seus pés por mais alguns minutos e resolvi apimentar a sessão.

- Nossa tio!! Como o senhor está tenso!! Vou precisar pegar mais pesado com essa massagem!! Retire seu roupão e deite-se de barriga para cima, bem no meio da cama, pois vou precisar massagear todo seu corpo, para conseguir algum resultado.

- Como quiser Rubinho!! Só não repare muito minhas partes, que estão ainda mais tensas que eu, viu?

Depois de dar-me seu aviso, arrancou seu roupão e me exibindo sua bela e enorme rola, ainda dentro da cueca, me disse:

- Dê uma olhada na situação que seu tio se encontra, garoto. Por acaso você não conhece nenhuma técnica para acalmar o bichão do tio? Se souber o que fazer para me ajudar, dispensamos o restante da massagem e vamos direto ao ponto, Rubinho!!!

- Falou com a pessoa certa tio!!! Ficará surpreso com minha técnica, para conter animais ferozes, como o seu. Só precisa tirar essa cueca e me deixar cara a cara com ele. Enquanto dou um belo trato na fera, relaxe e aproveite, tes...

CONTINUA ....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.