Minha primeira penetração

Um conto erótico de Dudinha
Categoria: Homossexual
Data: 06/05/2018 17:10:19
Nota 9.50

Quem leu meu conto anterior, sabe que descobri meu lado bi com um amigo, mas ficamos apenas sarrando sem penetração.

Depois de muitas brincadeiras nossas por ironia do destino nos afastamos, ele mudou de cidade e eu tinha resolvido não mais arriscar aquelas brincadeiras com outros amigos, com medo de pegar mal pro meu lado, ja que me dava bem com as meninas. Só que as vezes da um tesão assim do nada e eu tinha que matar essa vontade de todo jeito, sempre colocava o dedinho pra punhetar, mas percebi que precisava de algo um pouco maior e mais grosso, em uma oportunidade sozinho em casa resolvi procurar algo e a unica coisa que achei foi um cabo de vassoura quebrado, resolvi então serrar em mais ou menos 25cm, arredondei um lado deixando o em forma de consolo. coloquei uma camisinha no mesmo e começei a forçar em meu cuzinho, não foi tão dificil, pois ja forçava os dedinhos. brinquei por muito tempo assim, até que vizinho a miha casa veio morar um tio e com ele dois primos meus, um deles praticamente com a mesma idade minha isso já nos 16 anos e o outro um pouco mais velho, logo fiz amizades, pra eles tudo era novidade na cidade, hora ou outra estavamos um na casa do outro, meu primo mais velho não me dava muita atenção, já o mais novo vivia querendo fazer algo novo.Vi aí a oportunidade que precisava para sentir um pau de verdade dentro de mim. Certo dia sozinho em casa resolvi ligar pra ele, chamei para assistirmos um filme, ele disse que ia tomar um banho e ia pra minha casa, resolvi brincar com ele, vesti uma calcinha fio dental da minha irmã e ia bolar um jeito dele perceber, pra ver se rolaria algo. Quando ele chegou tinha lá varias opções de filmes e no meio de todos um erótico, logico foi o que ele optou, coloquei e logo fiquei excitado, assistindo e pensando se ia dar certo, notei que ele estava excitado e disse que se quisesse poderia punhetar ali mesmo na sala, mas que tivesse cuidado pra não melar o chão kkkk ele riu e disse que depois ia no banheiro, então pensei rapido, vai ser nessa hora. O filme acabou e eu disse que ia bater uma, chamei ele para o banheiro e ficamos cada um num canto, nossa ele tinha um pau lindo, grosso e com uma leve envergadura pra baixo, deveria ter uns 18cm, fiquei pasmo e ele disse vc não vai tirar a roupa tb, fiquei com vergonha por conta da calcinha, mas resolvi tirar, fiquei de costas pra ele e fui baixando o short devagar, quando ele viu a calcinha fio dental enterrada no meu bumbum parou imediatamente a punheta e me agarrou por tras, fiquei louco de tesão, de repente ele se abaixa e começa a beijar meu bumbum, aquilo me deu um arrepio danado, foi aí que tive uma surpresa ele me virou e começou a chupar meu pau. fiquei sem saber o que fazer, pois na verdade eu é que queria chupar, então eu me abaixei e chupei seu pau com muito gosto, nossa tava uma delicia, aquele cheiro de homem, me levantei e fui roçando minha bundinha em seu pau e pedi para ele me penetrar, ele foi colocando devagarinho, apesar de ja ta com o caminha aberto, porem o pau dele era mais grosso, foi forçando até eu sentir que tava me rasgando, mas o tesão era maior que a dor, começou a estocar fundo, num movimento gostoso, aquilo tava muito bom, começei a gemer baixinho até que ele gozou todinho dentro de mim, em seguida bati uma punheta e gozei gostoso tb. espero que tenham gostado, logo logo conto as novas aventuras.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
08/06/2018 18:28:21
Que delícia. Estou super excitado.
24/05/2018 16:45:48
Muito bom
07/05/2018 00:00:54
Uaaaaaaaau!!!! Deliciaaaaaa!!! Babadooo!!! Da pra ser bissexual e usar roupinhas simmmmm!!! Continua!
06/05/2018 17:22:17
SER BISSEXUAL É UMA COISA, DAI UM HOMEM USAR ROUPA FEMINIANA É COMPLICADO. NÃO CURTO ISSO.