Irmã do amigo

Um conto erótico de Gaúcho tarado
Categoria: Heterossexual
Data: 05/04/2018 18:09:21
Nota 10.00

*A irmã do amigo*

Me chamo Leonardo, os amigos chamam de Léo tenho 23 anos, 1.72 de altura 69 kilos,bom vamos ao relato eu vivia na casa do meu amigo Lucio, quê tinha uma irma bem mais nova do que ele 17 anos eu com 20 , imaginava loucuras com ela, Julia seu nome, mais ou menos 1,65 de altura seios fartos, um rabão grande, bom vamos ao que interessa, numa sexta após sair com Lucio, resolvo fica por sua casa,ao entra no seu apartamento di de cara com Júlia, de costas de micro calcinha, sem sutiã ao perceber nossa precensa ela sai correndo pró seu quarto,isso me deu ainda mais vontade de come lá, meu amigo todo sem jeito vai pro seu quarto eu fico pela sala, arrumo minhas coisas para deita no sofá, de madrugada escuto um barulho na cozinha ao ver e Júlia, se masturbando com uma cenoura, faço cara de malicioso e comento, já duro de tesão com a mão na minha pica, pega uma de verdade, ela assustada, tenta sair , a seguro pelo braço, e a beijo, ela tenta fugir mais se entrega , um aperto no seus seios,ela me empurra e fala, vamos pra minha cama, ao entra no quarto ficamos trancados, jogo ela na cama começo, a beija ela e vou descendo a te seus seios, deixando ela cada vez mais louca de tesão, pego e vou beijando sua barriga, ate chega na sua bucetinha, que tava depilada, estilo pista de pouso,vou lambendo a fazendo gemer cada vez mais alto, que faz eu amordaça lá, para não acorda a casa,vou lambendo ela gozar tudo na minha boca ate que falo, sua vez isso deixa ela doida, tiro a mordaca e faço ela

Chupa minha pica, que nessa altura , já esta dura de tesão, ela vai chupando com maestria,nisso pego e tiro a pica, da sua boca e começo a bater na sua cara, chamava , ela de minha puta , piranha. Faço ela chupa novamente até gozo, a vadia, bebe todo Leitinho ,jogo ela na cama,com a pica ainda dura, deixo ela de 4 vou lambendo sua bct ,coloco um dois dedos,ela implorando por pica, falava, me come meu macho me fode me arromba,apaga esse fogo, pego e começo colocando a cabeça e vou bombando de vagar, ela pedia com maos força, ate que aumento a velocidade, puxando o seu cabelo a estocada cada vez mais forte,até que anúncio que vou gozar, a Putinha falava,isso vai, enche minha buceta de porra vai meu macho,gozo na sua linda buceta,tiro a pica da buceta e dou pra ela chupa , e falava, sente o cheiro Da tua buceta sua puta, batia ma cara dela, vendo ela cada vez mais com tesão, viro e anúncio vou meter nesse Cu, ela não queria mais vou uma lambida no rabo,que ela se entregou , comecei deixando , um dois dedos,até colocar a pica, o vizinho, delia meti sem do deixei toda arrecada,gozei no cuzinho, ficamos cansados,exaustos da noute quente e longa que a pagamos, só acordamos pelas 13 da tarde, muito tarde já tinham reparado nosso sumido, nossa ligação foi tão quente que viramviramos amigos coloridos, ate ela acha um namorado e se casa ,, mais isso e outra história..

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
06/04/2018 05:00:55
Excelente conto continue