Meu macho é namorado de minha mãe

Um conto erótico de Docecomomel(Ihgata)
Categoria: Heterossexual
Data: 29/04/2018 03:34:43
Nota 9.00

Olá meu nome é Mara vou contar como foi o início de minha vida sexual.

Meus pais são separados então por opção minha fiquei morando com minha mãe.

Depois de um certo tempo minha mãe assumiu um namorado e com isto acabou minha privacidade porque sempre ele estava presente em nossa casa.

Eu ainda nem tinha começado minha vida sexual e ainda não tinha tido nenhuma experiência com nenhum rapaz, o pouco que tive foi beijinhos rápidos no corredor do colégio.

Eu era a filha única da mamãe e fui muito mimada por ela e pelo meu pai.

Mas tudo na vida tem seu tempo e coisas nos leva a mudar até mesmo sem querer.

Vou contar como tudo me aconteceu, no início eu achava que começou sem querer, mas depois... percebi que o namorado de minha mãe sempre tentava impor sua presença e isto me deixava inibida eu não estava habituada a ver um homem dentro da minha própria casa perambulando de cuecas.

-Mas com o tempo sei lá... Aconteceu de eu cada vez mais sentir sua ausência quando ele estava viajando à trabalho.

E com isto eu fui desabrochando meu lado intimo sexual e por muitas vezes me pegava na solidão do meu quarto batendo siririca e quem povoava meus pensamentos era o namorado de minha mãe, o Lucas.

E naquele final de semana quando minha mãe avisou que iria viajar para Santa Catarina que iria participar de um congresso fiquei frustrada e feliz ao mesmo tempo, pois ela pediu para seu namorado vim dormi em casa para eu não ficar sozinha.

-O medo e ansiedade me fez dizer que não precisava, mas minha mãe insistiu e eu não pude fazer nada seriam apenas de sexta feira até segunda pela manhã. Assim na sexta feira após o almoço minha mãe viajou eu fui com ela até o aeroporto voltei de Ubre não vi seu namorado, mas ela me disse que ela iria chegar ainda naquele mesmo dia. Na volta passei em um supermercado comprei alguns alimentos e voltei para casa como um dia normal.

Assim depois de jantar e ver televisão fui dormi as 22 horas e nada do namorado de minha mãe aparecer não sei se estava feliz por sua ausência ou triste, fechei a casa e fui dormi.

- Já bem tarde ou seja madrugada eu acordei era mais ou menos umas 2:00 da manhã acordei com muita sede e fui até a cozinha para beber água, quando já estava com a garrafa de agua na mão eu percebi um vulto atrás de mim, quando me virei lá estava o namorado de minha mãe então eu fiquei surpresa. – Só não foi maior porque vê-lo ali no meio da cozinha vestido apenas de cuecas me deixou embaraçada, mas ele logo trata de falar que atrasou a viagem pois o carro deu problemas mais ainda bem que veio para cuidar da joia rara da mamãe.

-Eu nem tive tempo de esboçar reação de zanga pois ele se afastou indo até a geladeira e pegou uma cerveja.

-Lucas é um cara que chega e sua pessoa já impõe seu desejo vê-lo ali sem nenhum tipo de timidez por estar de cuecas me causou uma certa inquietação, mas logo foi dissipada por suas palavras.

-Olha Mara eu adoro sua mãe mas vejo que ela te mima muito ela te acha criança não sabe que você é uma mulher bonita e que dentro de você tem uma mulher exuberante que clama por se libertar.

Afinal você já tem mais de 18 anos e não e nenhuma criança, precisa ter sua vida ativa amorosa e sexual.

-Estou errado em afirmar? Está ai de saia justa só porque estou de cuecas na sua frente, se liberta menina sexo é vida é prazer e eu queria ser este a te dá liberdade e prazer.

-Fiquei sem saber o que responder, fiquei quieta até eu disse o momento chega Lucas eu não tenho pressa eu quero é ser feliz e está preparada para quando este momento chegar!

- Sem esperar por sua reação e ia saindo para o meu quarto quando Lucas me segurou por um dos meus braços me puxou a seu encontro e disse!

-Seu corpo é quem vai dizer se você está preparada ou não vamos perguntar a ele e com um abraço me puxa de encontro a seu corpo seminu e me beija.

Nossa, quando ele disse isso quase eu desmaio mas procurei ficar firme ele me amparou em seus braços, eu ainda tentei sair mas ele me agarrava com firmeza e eu sentia encostado a minha virilha seu pau já latejando de prazer.

Me solta Lucas eu falei!

- Ele apenas disse eu estou sentindo seu coração acelerado Mara você também quer, vamos liberte-se por favor sexo não é crime nem pecado!

-Foi aí que eu fechei os olhos e pensei, vou me deixar ser guiada pelo meu desejo!

-Lucas falou venha Mara vamos para seu quarto quero te amar como nunca, você jamais vai esquecer como é bom ser amada!

-Sem eu dizer mais nada Lucas me beijou me pegou no colo e me levou para o meu quarto.

Me colocou deitada na cama e com suas mãos macias mão percorria meu corpo, sem dizer uma palavra, ele levantou a blusa do meu baby dool e tirou, depois de alisar meus seios e com a boca mordiscar um e outro de leve ele se inclinou sobre meu corpo e abaixou a calcinha o baby dool e sem eu dizer nada ele meteu a boca gulosa em minha bucetinha que cheguei me arrepiar de tal maneira...Chupou, e lambeu até matar sua sede.

Ele me segurava com suas mãos eu me sentia como um prato sendo devorado, meu gemidos o incitava a me chupar mais ainda, eu arranhava suas costas, segurava em sua cabeça prendia-o com minhas pernas ...Explodi em um gozo intenso.

Esperei ansiosamente por segundos que pareciam séculos até eu está mole largada com a intensidade do orgasmo.

Ai olhei para Lucas ainda envergonhada estávamos mudos, sem palavras ele de frente para mim, olhos nos olhos.

-Foi assim que eu ainda assustada com os fatos quando Lucas muda de posição e finalmente eu vejo seu membro teso na minha frente com aproximadamente 19 cm, cabeçudo cheio de veias, ele novamente me beijou gostoso, sua boca e rosto estava lambuzado com minha seiva de mulher.

Foi ai que lentamente ele me puxou e minha cabeça ficou em direção de seu sexo. Eu ainda estava atônita pelos acontecimentos mas não relutei, comecei a dá uns beijinhos timidamente mas logo fui me soltando meio sem jeito, até que fui acomodando seu pau em minha boquinha tímida.

Durante alguns minutos eu chupei seu pau duro feito pedra, sem dizer uma palavra até fechava os olhos e foi assim por alguns minutos até que Lucas começou a gemer e segurar em minha cabeça os gemidos de ambos ressoavam pelo quarto até que percebi jatos de muita porra na boca.

Foi a minha primeira vez de ter minha boca cheia de muita porra, que gozada soberba, eu até me engasguei, mas não deixei desperdiçar nada.

Se tinha que começar que fosse com fartura, com diploma e mestrado.

Quando ele se inclinou e começou a me beijar meus peitos pequenos e rosadinhos,

-Com uma das mãos acariciava minha buceta o dedo médio ensaiava uma siririca em minha grutinha virgem, eu gemia baixinho, isso o deixaria maluco, não aguentando mais ele subiu na cama e ficando de frente para mim abriu minhas coxas e foi enfiando seu pau em minha buceta bem lentamente:

Eu me agarrei a ele de tal forma que cheguei a cravar as unhas em suas costa.

Ele me xingou e disse que eu era pior que gata no cio, ai foi se encaixando dentre minhas pernas e aos poucos comecei a sentir seu pau me invadir.

Doeu um pouco mas estávamos tão desejosos que a penetração foi algo natural. Quando percebi apenas sentia seu pau entrar em minha grutinha. Quando já não tinha mais nada para entrar Lucas começou a estocar com mais força foi ai que eu senti o total rompimento do meu hímen.

Foi quando eu gritei...Aí que delicia entre assustado e cheio de tesão, Lucas então deu mais algumas estocadas eu percebi um filete de sangue escorrer até a cama.

Foi algo maravilhoso Lucas super. carinhoso me colocou em várias posições.

Quando Lucas ficou de pé ao lado da cama me puxou me segurando com cuidado, posicionou de quatro eu ficando de costas para ele, encaixou seu membro na entrada de minha buceta e sem dó começou uma sucessão de estocadas firmes que eu apenas gemia bem gostoso.

Era algo novo as sensações que meu corpo correspondia era com arrepios gemidos e puro êxtase. Em minha cabeça eu só pensava em ser fodida do jeito que sempre desejei.

Lucas falava vou te foder gostoso minha gata que você vai ficar em viciada no meu pauzão.

Eu gemia e dizia sim me fode gostoso me faça sua puta.

E foi assim que Lucas tirou seu pau de dentro de mim bateu com ele na minha bunda eu de 4 a sua mercê e com um puxão nos meus cabelos e com uma brusca estocada enfiou sua tora de vez que quase me rasga ao meio tirou novamente e meteu me fazendo gritar.

Ele segurava em meus cabelos usando como se fosse um laço me puxava de encontro a seu corpo com ritmo cadenciado em seguida com maior rapidez. Foi assim que começou acelerar seus movimentos foi quando comecei a sentir sua porra esguichar dentro de minha buceta.

Eu gemia ele dava tapas em minha bunda sem chegar a diminuir o ritmo para encher a minha bucetinha com farto leite.

Eu gemia ele também ai fomos diminuindo os movimentos até que ele aos poucos foi tirando seu pau todo melado, todo gozado de dentro, eu me virei e vi sangue e a porra que escorria em minha perna. Nós olhamos e sorrimos.

Fomos tomar um banho e dormi sem dizer uma palavra.

É claro que na madrugada rolou muito mais sexo. E durante o final de semana que foi maravilhoso Lucas me despertou o lado safado fizemos muito sexo e uma variedade de posições e agora que minha mãe retorna amanhã pela manhã já conversamos e ficou acertado que teremos liberdade de viver como queremos mas também teremos muito tempo a sós para poder realizar todas as nossas fantasias.

Assim passou 6 meses até que minha mãe terminou com Lucas eu perdi o interesse pois deixou de ser proibido.

-Hoje ele vive atrás de mim, mas só estou acumulando um tempo para assim ficarmos juntos e ter bons e prazerosos momentos de muito sexo.

O que é bom nunca é esquecido.

Terei maior prazer de deixa-lo realizado novamente...Mas agora eu já não sou uma novinha sem experiência já manjo dos paranauês e Lucas tem que me deixar bem saciada do jeito que eu quero e gosto.

Docecomomel

Feira de Santana, 29 de abril de 2018.

Bahia Brasil

Docecomomelcontos Instagram

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/04/2018 14:48:10
Maravilhoso!
30/04/2018 00:07:19
Muito bom!
29/04/2018 13:48:50
Nesse tempo aí eu chupava seu cu, parça. Te faria gozar com minha lingua socada lá dentro.
29/04/2018 07:40:36
Conto maravilhoso..quero contatos com comprometidas...namorando...noivas e casadas....whats (Vinte dois )nove,, noventa e nove, treze, treze...aguardo