No Escurinho do Cinema

Um conto erótico de Silvia
Categoria: Homossexual
Data: 27/04/2018 18:37:37
Nota 9.25

O cinema estava lotado naquela sexta-feira, mas isso não nos desanimou, pelo contrário, parece mais que era um estímulo para as sacanagens que a gente desejava fazer. Embora tivesse bastante gente na sala, tivemos a sorte de a maioria ter optado por sentar-se do meio pra baixo das poltronas, ficando numa fileira abaixo da nossa, apenas um casal, mas a certa distância.

Enquanto passavam os trailers, viradas uma para a outra, conversávamos sobre o trânsito e bobagens do cotidiano. Bia se expressava de tal forma que eu não conseguia tirar os olhos da sua boca e, sua mão repousava em uma das minhas coxas. Mal o filme começara e já estávamos aos beijos. Eu segurava de leve os seus cabelos pela nuca e lhe mordia os lábios na tentativa de matar minha fome daquela mulher. Bia usava um vestido de alcinhas estampado onde, à medida em que se movimentava, deixava aparecer seus seios e fiquei brincando com os biquinhos que, a essa altura, já estavam bem durinhos. Entre os beijos, Bia sussurrava de tesão, falava dentro da minha boca, bem baixinho:

- Silvia, quero que você me coma.

Fui ao delírio de tesão! Olhei em volta pra me certificar se mais alguém havia subido para as poltronas mais próximas a nós, porém apenas o casal estava lá. Do lugar em que estávamos sentadas, a visão que Bia tinha era a da parede e a minha era na direção do casal mais a frente. Me abracei à Bia e, enquanto lhe dava mordidas de leve na orelha, desci minha mão até sua bucetinha que já estava encharcada. Minha boca encheu-se d'água porque a vontade mesmo era de sugar todo aquele néctar que saía dela. Levantei o olhar e pude observar que o casal nos olhava tentando decifrar o que fazíamos. Eu, que adoro essa ideia de ter alguém olhando enquanto transamos, beijava Bia e lançava um olhar malicioso pra eles. O homem nos olhava como quem queria estar ali para participar daquela loucura toda.

Meus dedos deslizavam com muita facilidade por sua buceta, embora estivéssemos apertadas naquelas poltronas. Bia se contorcia de prazer e eu, que amo proporcionar, já estava enlouquecida porque sabia que a qualquer momento, essa mulher deliciosa iria gozar nas minhas mãos.

Olho novamente em direção ao casal e desta vez já estavam aos amassos, talvez inspirados pela nossa ousadia. Foi então que fiz nossos movimentos ficarem mais evidentes para que eles pudessem perceber. Bia soltou um gemido que me fez estremecer inteira. Sua buceta prendia meus dois dedos ao mesmo tempo em que latejava. Sim, ela havia gozado deliciosamente na minha mão. Eu, já meio sem juízo, falei:

- Bia, vamos ao banheiro terminar?!

- Claro! Não vejo a hora de te foder também. - me respondeu cheia de tesão.

Nos recompomos e, ao passar pelo casal, vimos que a mulher chupava o pau do parceiro, como se não houvesse ninguém mais ali. Adoro essa ousadia!

Chegamos ao banheiro e, como previa, por ainda não ter terminado o filme, não havia quase ninguém. Lavei as mãos e permaneci na pia esperando o tempo até que uma senhora saísse de lá. Bia se aproxima de mim e me abraça pelas costas já colocando uma das mãos dentro da minha calça. Estava completamente molhada! Entramos na última cabine que ficava após a dobra do corredor principal, onde quase ninguém usava por ser mais afastado. Nos beijamos com um tesão tão imenso! Bia me pôs de quatro, com uma mão apoiada na parede da cabine, baixou minha calça, me penetrou a buceta por trás com os dois dedos e eu, massageava o meu clitóris ávida por prazer. Explodi num gozo delicioso e, em seguida, Bia lambia seus dedos a fim de sentir o meu sabor.

Enquanto estávamos nos recompondo, ouvimos algumas vozes, dando a entender de que o filme já havia acabado.

Saímos as duas juntas da cabine, com as caras mais cínicas e satisfeitas, de quem acabou de viver uma das experiências mais gostosas da vida.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
01/05/2018 06:53:48
Te uma delícia mas achei pouco
30/04/2018 16:17:08
Já fiz bem parecido no cinema também com minha ex namorada , a sensação é maravilhosa 💕
28/04/2018 19:50:08
Cara, já participei de putaria com duas lésbicas e comi uma delas na putaria. Caramba como foi gostoso. Uma era amiga do meu sobrinho que é viado e o a outra era namorada da lésbica. Vc agora me fez ir longe e ficar de madeira em pé.
27/04/2018 19:42:57
Delicia