Depois de casado virei corno 2

Logo que nos casamos ela já colocou a situação de que não seria somente minha, mas de todos que ELA quisesse…, digo, ELA…porque ela mesmo disse que nunca deixou de sair com nenhum macho que lhe interessasse….

Enfim…conforme disse…após o casamento, Fátima, ao invés de se tornar uma mulher mais recatada, pelo contrário…como havia saído da casa dos pais, passou a ousar cada vez mais de suas roupas, cada vez mais justas e decotadas.

Eu, me conformando que não adiantaria brigar, acabei entrando no jogo e eu próprio passei também a comprar roupas sensuais e provocantes para ela, pelo menos uma vez por semana (as vezes mais) eu sempre chegava com calcinhas minúsculas, micro saias, etc…que ela sempre experimentava na hora e dizia:

– Estou gostosa para outros machos, amor ?

Eu, cheio de tesão dizia qua sim…e sempre acabava na cama, gozando feito louco, dizendo que queria ela cada vez mais puta….

Um dia, uns 2 meses depois de casada, percebí que ela estava se demorando mais no espelho, havia escolhido com maior atenção o fio dental que estava por baixo da calça branca justíssima…enfim…se produzindo demais para quem estava saindo para o trabalho, de manhã…

Eu perguntei:

– Porquê essa produção toda ?

Ela:

– Porquê hoje, até que enfim vou sair com o chefe de logistica da empresa…o f.d.p. demorou para perceber que eu sou doida pra dar pra ele…desde antes de nos casarmos, amor !!!

Eu fiquei assustado com a sinceridade dela, e perguntei, com certa indignação:

– Mas então antes da gente de se casar vc. já andava se esfregando em outro?

Ela:

– Meu amor…quando nos conhecemos…eu não era nenhuma santa….só não dei nos 3 meses que demoramos entre nos conhecer e morar juntos porquê estava bastante ocupada com vc…mas é claro que já dei muito…e pra muitos homens…

Eu ainda tentei insistir:

– Mas Fátima, se relacionar com gente do trabalho não pode dar problema ?

Ela:

Pode, meu amor…pois quando vc. sai com um homem safado, ele sempre conta pro outro, e pro outro, e logo logo a empresa inteira está sabendo…mas eu não me preocupo…pois já dei pra muita gente na empresa e todos já sabem…!

Eu fiquei surpreso, mas fiquei extremamente excitado com a situação…tentei agarra-la….mas ela se desvencilhou e disse que não era para esperá-la a noite…porque a noite prometia….e saiu rebolando aquela bunda maravilhosa, com o fio dental enfiado no rabo…

Claro que passei mensagens, telefonei várias vezes durante o dia, para saber se estava confirmado tudo mesmo…em todas ela respondeu que sim…que iria dar para o cara de qualquer jeito aquela noite…

Quando eu cheguei em casa, por volta das 20:00 Hrs…claro que não conseguí dormir…liguei para minha esposa e o celular estava desligado…perto de 21:00 Hrs., recebí um torpedo dizendo: Amor…estou entrando no Motel agora, não me espere, pois vou demorar !!!!

Fiquei de pau duro na hora…tentei ligar, mas claro que ela desligou o celular…fiquei imaginando o que estaria acontecendo naquela hora….por muito tempo…até que adormecí e acordei com o barulho do portão automático, era ela chegando…olhei no relógio e era mais de 3 horas da manhã !

Fingí que estava dormindo, louco de tesão, esperando ela subir as escadas…afinal, era a primeira noite que ela praticamente dormia fora de casa !

Ela entrou no quarto, como se nada tivesse acontecido, entrou no banheiro, tomou uma ducha e veio deitar nua ao meu lado….

Eu não aguentei e fingí que acordei, perguntando como tinha sido o encontro e porquê ela tinha demorado tanto…ela, toda dengosa:

– Amor…demorei porquê o cara é muito gostoso…tem um pau delicioso e duro….e ele me comeu de tudo que foi jeito…depois de treparmos, dormimos agarradinhos e só vim embora porque ele é casado e disse que estava trabalhando até mais tarde…do contrário, iríamos para o trabalho de lá mesmo !!!

Como meu pau estava latejando, pedí para ela contar detalhes…ela contou que foram para um barzinho bem longe da empresa, beberam algo, ficaram se amassando, mas como estavam com muito tesão, foram para o Motel que ela escolheu…chegando lá (foram em 2 carros)…ele já começou a agarra-la e tirar sua roupa, chama-la de vagabunda, de vadia…coisas que ela adora ouvir….ela não aguentou e ficou de quatro na escada do Motel, sem nem entrar na suíte ele já fincou o cacete nela, depois de colocar a camisinha….ela disse que ele tinha um folego enorme….levou ela pra cama e comeu ela em todas as posições, ela chupou, foi chupada, tomou até esporrada na cara…

Ela foi contando isso enquanto eu comia ela de quatro…foi difícil para segurar o gozo enquanto ela falava….e eu incentivando ela a contar, perguntei:

– Amor…vc. não deu o cuzinho pra ele não, deu ???

Ela, com uma voz de safada, só respondeu:

– Você acha que algum macho consegue ficar sem comer meu cú olhando minha bunda de quatro igual eu estou agora ???

Eu…para aumentar meu tesão perguntei:

– E ele te comeu de quatro ?

Ela riu e respondeu:

– A maior parte do tempo, amor….! E comeu meu cú sim…e vai comer quantas vezes eu quiser dar !!! Ele disse que nunca tinha saído com uma mulher tão safada como eu !!!

Eu respondi:

– Duvido que ele nunca saiu com putas !!!

E ela, socando meu pau com força, disse, quase gritando:

– E o que vc. acha que eu sou !!??? Uma Puta !!!!

Não aguentei….gozei como louco na sua buceta nós 02 caimos cada um para um lado e dormimos…!!!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/07/2018 23:39:34
Toda puta na rua, precisa de seu amorzinho em casa esperando... O macho é para saciar a vontade dela, vc pra dar carinho e amor!
02/05/2018 09:27:09
Maravilhosaaaaaa!!!! Ela é incrível!!
27/04/2018 01:59:17
Que delícia!!!
26/04/2018 17:25:44
Ela é uma puta deliciosa que fode gostos com qualquer um. Você tem muita sorte.
26/04/2018 16:37:59
excelente
26/04/2018 14:56:29
Muito exitante
26/04/2018 13:56:10
Ela não é puta não cara Ela só quer ser livre