O CAPITÃO MESTIÇO

Um conto erótico de Pensamentos Íntimos
Categoria: Heterossexual
Data: 25/04/2018 21:13:39
Nota 10.00

ESSA HISTÓRIA FOI APENAS UMA FANTASIA MINHA, PARA UM HOMEM QUE EU DESEJEI MUITO, MESMO NUNCA TENDO-O VISTO PESSOALMENTE E TROCADO POUCAS PALAVRAS! SÓ EM VÊ-LO EM FOTO, ME CAUSAVA REBOLICOS. DELICIEM-SE.

O CAPITÃO MESTIÇO!

Quando vejo,já deu 21:00h, me olho no espelho e confiro como estou. É!até que não estou tão mal. mais de 4 meses esperando, e quase 6 ao todo "insistindo", e hoje é o dia. Chamo o Uber, em menos de 20 minutos chego na casa dele, bato a campainha, ele abri. E nossa, é mais sexy do que eu imaginei, os olhos que sempre me chamaram a atenção, em contraste com a pele morena, dar um ar misterioso para ele. Ele me cumprimenta com um beijo de um lado e de outro. Seguro-me para não cair do salto, o perfume dele invadiu todos os meus sentidos. Ele dar um sorrisinho de lado, tomara que não tenha percebido meu nervosssismo e nem minhas mãos frias e tremendo. Que vergonha, mal chego e já não pareço tão mulher segura de si. Entramos e sentamos no sofá, ao longe vejo um de seus cachorros, acho que são três ao todo, ele está vestido com um bermuda marrom clara, uma camisa manga longa azul, e trás um vinho tinto e duas taças na mão, eu penso "Acertou capitão! Só espero que eu não o tome todo, a puta desse nervosismo tem que sair." Mas eu apenas abro um sorrisinho e agradeço. E lá se vão 15 minutos de conversa e 4 taças de vinho na cara, é ele percebeu!!! Tem aquele ditado que diz "É o álcool entrando e a verdade saindo" mas no meu caso, seria "O vinho entrando e a safadeza se mostrando." Por conversas e fotos é uma coisa, agora pessoalmente o bicho pega!!! Já não estou com tanta vergonha assim, juro que não estou mais ouvindo nada do que ele está me dizendo, mas a cada sorriso que ele dar, fico olhando para seus lábios e imaginando mordendo delicadamente os mesmos, e ao mesmo tempo querendo que aquela barba recém crescida, arranhe cada pedaço do meu cangote! De súbito volto pra realidade, em um passo além-terra, derrubou o vinho tinto no meu vestido branco, ou será a vida me ajudando? Rsrs ele vem com um pano para me ajudar a limpar, ele passa o pano úmido no meu vestido na altura doa meus seios delicadamente, o decote revela meu sinal nos seio direito, e pego-o, olhando para o mesmo... Não resisto e dou uma pequena mordida nos meus lábios, estou usando um batom vermelho, que os deixam mais carnudos,estamos muito perto um do outro, abaixo minha cabeça. Sou surpreendida pelo mesmo colocando a mão no meu queixo, olhando fixamente para os meus olhos e passando a mão na minha nuca, puxa meu cabelo gentilmente e me dar um beijo, um beijo quente e intenso, nossos lábios se encontram em um ritmo quase dançante, o sabor dele é meio doce e quente, que me faz arrepiar inteira, Ele entrelaça suas mãos por entre meu corpo, nessa hora eu percebo o quanto ele é alto rsrs, estou de salto e mesmo assim tenho que me elevar pra chegar a ele. Passo a mão pelo seu pescoço, fazendo movimentos com as pontas das unhas, as vezes circulares, as vezes quase arranhando. E ao mesmo tempo que o beijo e o provoco com minha língua, pauso o beijo e passeio pelos lábios dele com a minha língua e sem seguida dou um leve mordidinha nos seus lábios e aprofundou novamente o beijo. Ele de súbito me eleva até suas cinturas, mal sabe ele, que é umas das coisas que mais adoro em uma quase preliminar. Paramos em outro sofá, ele está sentando e eu escanxada em sua cintura. Dou um beijo em seu pescoço, as provocações começam a ser mais intensas, ele pega em minha cintura com suas duas mãos fortes e hábeis, sobe suas mãos pelas minhas costas, chega ao meu cabelo, puxa-o novamente fazendo com que eu deixe amostra os meus seios e pescoço, Ele começa com a outra mão a passá-la nos meus seios, puxando meu vestido para baixo e mordiscando e lambendo as minhas carnes. Eu começo a emitir pequenos gemidos...

É, essa noite promete! Eu começo a tirar sua camisa, e a cada centímetro tirado, vejo que o paraíso mora logo ali rsrs...Eu falo "Estou pronta para ser sua", ele me responde com um sorriso, tira o meu vestido lentamente, e embaixo da mesma, se revela um espartilho vermelho vermelho com preto, e uma calcinha fio-dental da mesma forma, vejo em seus olhos aprovação rsrs e isso me deixa feliz, acertei! Ainda estou no seu colo e começo a acariciar seu rosto, pescoço, beijo cada centímetro do seu corpo e vou descendo lentamente, sinto urgência em sentir sem gosto e de tê-lo dentro de mim, mas vou me controlando, desço do sofá e me ajoelho em sua frente, ainda estou de salto, mas isso não ir impede em nada, começo a abrir o zíper do seu calção, ele me ajuda, a tirar seu calção, ele está em uma cueca branca box, em contraste com sua pele bronzeada, é quase uma visão erótica que jamais imaginei, seu volume se mostra, ele está excitado, ao qual prontamente me deixa mais excitada também, começo acariciando suas coxas, passo a mão delicadamente entre sua virilha e a parte de dentro da coxa, entre mordidas, beijos e pequenas lambidas. Ele fecha os olhos, a sensibilidade nesses pontos é maior, começo a fazer pequenos gestos de arranhar, as coxas, passo uma das minhas mãos em seu sexo, sinto-o em volúpia, beijo entre seus mamilos, descendo até o umbigo, beijando e mordiscando, chego ao seu pênis, tiro sua cueca, começo o movimento de vai e vem com as mãos, mas olhando fixamente nos olhos dele....Peço um instante, pergunto onde é a cozinha...neste momento vendo os seus olhos, ele fica sem entender, vou até a cozinha, pego água gelada e gelos...volto pra sala, começo a chupar o seu sexo, ao mesmo tempo que chupo, faço movimentos com a mão de vai e vem e passo a língua na entrada do pênis... Pego um gelo e coloco acima do seu umbigo, ele se assusta um pouco, mas depois acostuma-se, ele se arrepia, continuo lambendo e chupando seu pênis, bebo um pouco de água gelada, deixo um pouco na boca e caio de boca novamente, isso com água gelada em minha boca, Ele da um Uuuhhrrg, faço isso umas 3 vezes ainda, mas em todas de uma forma diferente, ele puxa cada vez mais forte meu cabelo, para "o movimento da minha cabeça no vai e vem" sinto que ele está perto de gozar, paro!!! não é a hora ainda, tiro sua venda, dou um beijo gentil na sua boca, ele me joga no sofá, e diz "Agora é minha vez de te dar prazer" ele começa a tirar o meu sutiã,

Com suas duas mãos, forma uma concha com os meus seios, e delicia-se, mordiscando, lembendo-o e chupando-o...em seguida desce lentamente suas mãos, aperta minha cintura e chega ao meu sexo, começa a brincar com sua mão ao redor, depois começa a acariciar meu clitóris por cima da calcinha, sente a mesma molhada, e fala no meu ouvido "Você já está molhada sua safada", eu confirmo com um sorriso de canto, ele desce seus lábios beijando todo meu corpo...

Chegando perto da minha intimidade ele dar um tapinha na entrada da mesma, levo um susto de prazer, juro que quase goso na hora, nunca tinham feito aquilo comigo,ele então começa a brincar com a minha intimidade, coloca dois depois e faz movimento de vai e vem e começa a brincar com minha clitóris, automaticamente, minhas mãos se entrelaçam em seu cabelo, e quando sinto que estou perto de gozar, começo a me contornar, Meu corpo todo está quente e arrepia-se ao mesmo tempo, por um segundo uma onda me invade,puxo-o cada vez mais pra perto e com certa força, as ondas de prazer vem cada vez uma seguida da outra, sinto-me molhada, rio rsrs afinal, essa é a segunda vez que gozo na vida, rsrs.

Em seguindo, ele me coloca de quatro, uma das posições que eu mais gosto, ele puxa meu cabelo, se posiciona e me preenche, no começo com um pouco de dificuldade, Mas logo meu corpo se adapta ao seu mastro, ele começa os movimentos lentamente, e sempre puxando meu cabelo, Eu peço para ele dar tapinhas na minha bunda, ele começa, e em seguida começo a gemer gostoso, a intensidade vai aumentando agora com mais violência, e o meu prazer só aumenta, ele muda de posição, me põe de frente pra ele, começamos novamente o movimento, estou por baixo, acaricio suas costas e começo a passar minhas unhas nelas, peço para ficar por cima, antes disso, ele me levanta novamente em seus braços, me joga na parede e me come de baixo pra cima, literalmente, e eu fico gemendo mais alto, ele me chama de safada e diga-se na cama, dentro ainda de mim, começo movimentos lentos de vai e vem, depois aumento o ritmo e começo a rebolar, as vezes rápido, as vezes ritmado, e começo a fazer movimento de vai e vem lento, mas aquele machucado, que sobe devagar é desce rápido, sem dor e sem pena, ao mesmo tempo pego seus dedos e chupo dois, demonstrando o prazer que estou...

Mudo de posição, fico de costas para ele, ele tem a visão completa da minha bunda, essa que eu dei que ele deseja, fico de cocoras, começo a sentar em cima de seu pênis devagar, pra cima e pra baixo...e faço o mesmo que fiz na posição anterior, ele geme de prazer e começa a bater na minha bunda, aumenta o ritmo, eu coloco dedos na boca...Em um passo rápido ele me coloca de 4 novamente, eu empino bem a bunda, ao mesmo tempo vou deitando na cama e o trago, peço para por o máximo que puder e permanecer ali, começo a fazer pompoarismo, ele solta um gemido e diz que eu sou gostosa dentro e fora, que sou quente, apertada e úmida...mudamos de posição, ficamos de ladinho, assim ele ao mesmo tempo que consegue fazer vai e vem, me masturba com suas mãos hábeis, estamos suados, Mas sedentos e ele fala...E o meu presente? Fiz por merecer? Lembram sobre o meu bumbum?! Eu apenas rio.. .Isso é capítulo para uma próxima história!!!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/04/2018 06:22:07
continue