Perdoando seus crimes

Um conto erótico de Naomi
Categoria: Homossexual
Data: 23/04/2018 22:51:16
Nota 9.50

Olá amores , sei que faz meses que não público nada , mas ultimamente tenho tido muito tempo livre pra escrever , como eu já disse uma vez tenho muito a contar , por isso relaxem e curtam minhas pequenas aventuras ❤🔥

No meu terceiro ano do ensino médio havia uma garota , seu apelido era Vick, sempre tive uma queda imensa por ela , ela era bem animada e alternativa , gostava de esportes , tinha as pontas de seus longos cabelos coloridos , observa-la me deixava sempre boba , sem reação , me perdia em minhas fantasias por Vick , na época eu achava que ela nunca havia me notado , o que não era verdade .

Em nossa escola houve um festival chamado Sarau Cultural , Vick iria cantar uma música solo, no palco com seu violão e aquela baita voz levava todos a loucura , esse foi o primeiro dia que pude falar com ela , com toda a coragem que tinha decidi ir em frente e elogiar ela , Vick abriu um grande sorriso em seu rosto , seus olhos azuis brilhavam, me hipinotizavam de uma forma louca , travei por alguns segundos até ouvi-la falando:

- Aloo? Terra para Naomi?

Agora sim travei , ela sabia meu nome , isso era o bastante pra me deixar feliz , rimos juntas e começamos a conversar de uma forma mais natural , meu nervosismo aos poucos ia sumindo , curtir a presença dela era o que importava , me sentia renovada , minha paixão estava falando comigo kkkk

Após alguns meses eu e Vick nos tornamos amigas , e não demorou muito pra que algo entrasse em meu caminho.

Colegas de classe (garotas que não gostavam dela ) vieram até mim , diziam com um certo receio para que não me aproximasse muito da tal garota pois era lésbica , o que pra elas era uma abominação , mal sabiam que secretamente eu também era , eu apenas ouvi e disse que estava tudo bem, elas notaram que eu não ligava pra isso,e logo comentários ruins começaram a rodar a escola , "Vick e Naomi agora são um casal , que nojo ".

Não vou mentir , isso me magoava , mas não era a primeira vez que eu havia ouvido algo do tipo , mas algo me chocou muito mais que isso , quando cheguei na escola no outro dia fui direto para o banheiro pra ajeitar meu cabelo que estava bagunçado devido e vento que eu havia pegado no caminho de bicicleta , ouvi barulhinhos de choro e uma respiração pesada , ao dar uns cinco passos em direção a uma cabine vi a mochila de Vick na porta , era isso , ela estava chorando, eu nunca havia a visto chorando em tanto tempo a observar , seu sorriso sempre me fascinava mas e agora ? O que eu faria com essas lágrimas que partiam meu coração?

Bati na porta da cabine chamando seu nome , ela se calou e secou suas lágrimas , abriu a porta e me puxou pra dentro , tomei um susto.

--- "Vick o que houve ?"

Disse acariciando seu rosto secando suas lágrimas que não paravam de cair, sem me dizer nada Vick me colocou contra a parede e olhou nos meus olhos bem de perto..

Se aproximou devagar e me beijou, eu não fazia ideia de como chegamos a isso , mas estava muito feliz, meus sentimentos tinham sido notados e correspondidos ? Aproveitei o máximo , cada segundo com seus lábios macios na minha boca , nem preciso dizer o quanto isso me excitou.

Quando Vick se afastou pude notar sua expressão triste , notei que eu era a única feliz por isso.

---" Agora você também me acha nojenta , entao não ande mais comigo , não quero que te magoem também ..."

Vick se afastou se abaixando pra pegar sua mochila do chão, sabia que a partir daí ela iria se afastar , eu não podia deixar , segurei seu pulso e a puxei contra mim , sua expressão confusa era adorável.

--- " Não acho isso nem um pouco nojento.. Vick eu queria muito que isso acontecesse okay?... Mas não me beije com essas lágrimas.. isso é a única coisa que me machuca..."

Vick sorria , um sorriso confuso e envergonhado , nunca havia visto essa expressão antes , não pude me segurar, a beijei, ela correspondeu perfeitamente .

Vick deixou sua timidez muito rápido , em poucos segundos eu podia sentir sua mão em minha cintura, sentia sua respiração quente , não muito diferente da minha ofegante , eu passava minha mão sobre seu cabelo de forma que a fazia me beijar ainda mais intensamente.. Aos poucos comecei a me sentir molhada.. talvez ela também estivesse , mas ali ? Naquele lugar?.. apenas prosseguimos aquele beijo intenso .. sem querer eu deixava escapar gemidos baixinhos , não podia segurar minha vontade , Vick entendia os recados e só aumentava toda a intensidade , passava sua mão em minha coxa e subia até minha bunda , eu estava com um short fininho, já estava arrepiada inteira , Vick deixou meus lábios e desceu sua língua até meu pescoço .. já não dava mais pra segurar os gemidos , suas mãos firmes apertavam com força minha bunda enquanto eu respirava alto...

Eu estava tão molhada e quente , só queria ir até o final com Vick..

Mas fomos interrompidas , o sinal do primeiro intervalo tocava um barulho enlouquecedor , Vick se assustou e parou , precisávamos sair , logo o banheiro estaria cheio de garotas , ajeitei meu short meio sem jeito , Vick sorria com seu rosto corado, aquela boca rosinha e olhos azuis claros me faziam notar o quanto valeu a pena secar suas lágrimas!

Tudo estava ótimo , agora tínhamos alguma relação , até um momento , ao se afastar do meu corpo Vick chutou sua mochila sem querer , eu não pude deixar de olhar pra baixo, lá estava ... Drogas.. alguns pinos pequenos e brancos , esqueiro , seda , uma latinha provavelmente cheia de maconha.. porra Vick , qual é ?

É isso amores , o primeiro capítulo , esperam pelo segundo ^^ quero muito terminar de contar minha relação com Vick , gostaria que continuassem lendo meus contos 🔥❤ beijos molhados..

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/04/2018 16:36:58
Delicia! Vou correndo ler a continuação
26/04/2018 12:11:29
Que lindo. Continua por favor! Coloca mas situações, discussões, ciúmes.