Minha esposa foi puta no aniversario

Um conto erótico de Gabizinha
Categoria: Heterossexual
Data: 22/04/2018 11:29:18
Nota 10.00
Assuntos: Heterossexual

Eu me chamo Bruno e minha esposa Simone, ela tem 24 anos, somos casados a 4 anos ela tem um filho, mas não é meu filho, e nos damos muito bem pois nos amamos muito.

O que passo a narrar realmente aconteceu comigo a mais ou menos uns 2 meses.

Fomos convidados pra uma festa aniversário de um amigo, a festa ia ser no sitio dele num sábado, resolvemos ir de manha pra passar o dia com eles, bom chegando la estavam ele a esposa e o filho dele que deve ter uns 16 anos mais ou menos se chama Carlinhos, chegamos la pelas 10 ficamos conversando la pelas 14 horas fomos todos pra piscina minha esposa colocou um bikini bem pequeno branco e fomos pra piscinas estávamos só nós cinco eu percebia que o carlinhos não tirava os olhos da minha esposa, minha esposa me pediu pra passar o bronzeador nela e ficamos tomando uma cervejinha e conversando.

Logo chegou mais 2 casais e 2 caras solteiros ficamos todos conversando minha esposa tava tomando sol de óculos escuro tava muito gostosa, logo chegou a noite começaram chegar os convidados nisso minha esposa só tava com a parte de cima do bikini em baixo tava de shortinho, fomos pro quarto de hóspedes tomar banho e nos vestirmos pra festa, pois ia ser num salão que tinha bem próximo da casa nisso já tinha chegado muitos convidados.

Minha esposa colocou um vestidinho branco tomara que caia e veio me perguntar se tava bom quando vi ela nossa quase caio de costas era meio solto e batia quase no meio da coxa ela tava muito linda. Eu disse que ela tava divina e dei um beijo bem gostoso nela, me vesti e fiquei esperando na porta ela terminar de se aprontar ela terminou quando olhei ela tava demais com um batom bem vermelho de vestido branco tomara que caia com detalhes vermelho e sandalha de salto alto vermelho minha esposa tava muito gostosa, ela deu uma rodada e perguntou:

- como estou?

Eu disse: -“você ta linda”

- “to gostosa?”

Eu disse: -“sim muito gostosa”

Ela me deu um selinho pra não apagar o batom e foi rebolando na minha frente.

Chegando na festa fomos conversar com uns amigos, fui no bar pegar umas cervejas ficamos tomando e conversando minha esposa sempre cruzando e descruzando as pernas, já era tarde tínhamos tomado muitas, via que o Carlinhos não tirava os olhos da minha gata, saí disse que ia pegar mais cerveja pra ver no que dava nisso minha esposa já tava bem bêbada, já tinha dançado com muitos caras, assim que sai fiquei olhando de longe chegou um cara alto bem bonito e chamou ela pra dançar, dançaram umas 2 musicas eu fiquei só olhando de longe, vi que eles saíram da festa resolvi seguir.

Saíram pro lado onde estavam estacionados os carros tinha umas árvores, ele encostou numa árvore e minha esposa atacou ele beijando forte, ele beijava ela e alisava as costas dela, eles se beijavam como 2 namorados minha esposa apertava as coxas dele a bunda dele e ele alisando as costas dela, vi quando ela pegou as mãos dele e colocou na bunda dela, aí foi demais ele ficou doido apertava a bunda dela, quase erguia minha esposinha pela bunda nossa eu atrás de um carro só olhando foi quando vi atrás da casa o carlinhos vendo tudo e apertando o pau.

Minha esposa abaixou desabotoou a calça do cara e ficou chupando ele com a bunda virada bem pro lado que o menino tava, depois levantou e beijou o cara que abaixou a calcinha e colocou o pau nela e ficaram metendo logo ela virou de costas ele encaixou nela di novo meteram um pouco vi quando ela parou e tirou o pau dele da xana e foi colocando na bunda, eu já tava com o pau de fora batendo uma, olhei e o carlinhos também, logo o cara tirou e gozou na bunda dela, pegou a calcinha dela e colocou no bolso disse que ia levar de recordação, ela só deu risada, ele saiu, e ela limpou a bunda com um pano que pegou na bolsa.

Ela acendeu um cigarro e ficou fumando vi que o menino foi pro lado dela e começaram conversar ele mostrou o pau por cima da calça que tava bem duro e disse que tinha visto tudo e que tava morrendo de tesão ela ficou meio sem graça, ele falou que se ela não desse pra ele, ele ia contar pra mim, ela falou que não podia ele falou que queria gozar e se ela não fizesse ele gozar ele ia me contar, ela falou então que ia chupar ele, ele disse que não que queria comer ela, ela jogou o cigarro no chão empinou a bunda ergueu o vestido e disse:

-“vai rápido então que meu marido já deve ta me procurando”

Ele colocou nela e meteu rapidinho ele disse que ia gozar e queria gozar no rosto dela, ela se virou e começou chupar ele gozou logo e saiu sorrindo e falando que minha esposa era muito puta.

Ela foi na torneira se lavar, eu voltei pro salão e logo ela chegou e me deu um beijo, ainda senti o cheiro da porra do menino. Fomos embora logo já era umas 4 da manhã ela chegou e já foi dormir, eu fui tomar banho e bati uma pensando no que tinha visto.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/08/2018 17:35:43
Comeria ela também
23/04/2018 07:00:48
Amei seu conto e quero ler todos outros. Adoro filmar e fotografar esses melhores momentos. Caso interessar é só retornar: fotografoliberal@yahoo.com.br
23/04/2018 01:45:42
Ótimo conto!
22/04/2018 18:29:53
Tua gata é o máximo. Ser corninho é uma delícia !!!!!!!!
22/04/2018 17:05:34
Muito bom!
22/04/2018 15:18:37
Porra boi, tá delicia pra porra velho, eu pegaria vcs dois. Conta mais aí seu corno
22/04/2018 12:25:04
muito bom
22/04/2018 12:01:47
Vc foi numa festa, deixou sua esposa bêbada dançar com outro homem, ela saiu com ele na frente de todo mundo, deu pra outro sem mais nem menos, um guri chegou,chantagiou ela, ela brincou com ele, e aí terminou a festa e foram pra casa. Que belo conto! Próximo!