Negro-DEUS GREGO TESUDO

Um conto erótico de Boy
Categoria: Homossexual
Data: 21/04/2018 11:01:08
Nota 10.00

Olá pessoal, tudo bem ?<br>

<br>

Estou aqui outra vez para lhes contar mais um dos meus casos sexuais. Não sei se sou gay ou não. Mas dar o cu pra outro macho e bem bacana. Gozar com estocadas firmes no rabo, não tem preço.  Bom eu sou negro, 1.75, 19 de rola, bem aparentado e com 27 anos. O cara em questão que vou chamar de João, também é negro, 31 anos, 22 a 23 de rola grossa e veiuda, malhado pra crlh. Bom ele é um Deus grego. <br>

<br>

Vamos ao conto. Nunca imaginei que aquele Deus grego ficaria comigo. E também nunca o olhei com esses olhos. Malhavamos juntos e até arrumei um trampo para ele. Ai a amizade começou. <br>

Só que vcs sabem como eu sou ne ? Tenho tara em negros. E no vestiário alguns peões começaram a falar que ele me comia e se eu aguentava.  Naquele exato momento despertou meu interesse por ele. Passei a repará-lo na troca de roupa e meus amigos, qure volumão na cueca. <br>

Passados uns tempos ele foi demitido. E continuamos a amizade. Um certo dia eu estava num fogo no cu danado e joguei uma piadinha para ele sobre irmos no motel. Ele imediatamente disse que iria e logo apagou a msg no whats. Cara, fiquei pasmo, e enrijecido na hora. Marcamos o horário e disse pra ele que não poderia falar com ninguém. Ele concordou afinal de contas tb é casado. <br>

Nos encontramos, e fomos para o motel. Ele muito temeroso pq disse que nunca havia comido outro cara e tals. E eu bem suave.  <br>

Como somos amigos o clima estava meio estranho, mas logo logo iria mudar. <br>

Chegando lá fui tomar um banho e fazer  a 'xuva' e ele já foi tirando a roupa e batendo uma. Quando sai do chuveiro lá estava meu negão, suado, batendo uma punheta gostosa, com aquele pau todo delicioso, bíceps e peitoral imensos, bunda linsinha e muito grande.  Ele imediantamente disse: ' Vem mamar.' E eu ? Cai de boca é claro.  Mamei aquela vara que parecia um picolé. Eu mamava só a cabecinha e depois descia até as bolas, então  eu tentava enfiar tudo na boca, deixa ele dar umas estocadas. Ele gemia, gemia de tanto tesão.  Eu lambia todo o corpo dele. Pois ele estava em pé em frente a cama e eu em cima da cama e ele tem 2.0m.  Que rola deliciosa, cheirosa, 'virgem ' de certa forma. Ele então foi dencendo suas mãos imensas nas minhas costas e enfiou um dedo no meu cu... eu deixei é claro.. queria ser dominado. Então ele me virou e me agarrou pela cintura, e colocou na portinha, eu disse pra ir devagar pois era muito grande, mas ele acho que gostou e enfiou de uma vez. Dei um berro. Ele esperou uns segundos e começou a estocar. <br>

Que negro metedor do caralho. Nunca ninguém me comeu com tanta força. Ele é muito forte e me agarrou pela cintura nem tinha como fugir. Bombava, bombava, bombava, e quando fui olhar, só a metade que tinha entrado ainda... pqp eu estava literalmente fudido. <br>

Mas o tesão misturado com a dor é a melhor sensação.  Quando vi aquele monstro caralhudo, lindo e tesudo em cima de mim, mudei de posição e sentei por cima dele. Comecei a ir no meu ritmo. Mas certamente iria gozar. Então eu comecei a bater uma , e a cavalgar por cima dele. Até que minhas pernas ficaram bambas e gozei, gozei pra crlh. Ele logo após gozou também batendo uma... <br>

No final a cama do motel estava toda molhada de suor e porra. E o quarto cheirada a sexo. Que delícia amigos, que delicia.<br>

Tomamos banho e fomos pra casa.<br>

<br>

Estou querendo ficar com ele novamente. <br>

Mas dessa vez quero leva-lo em um outro motel, dizem que nesse outro tem uns ' brinquedinhos'.  <br>

Devo continuar explorando do negão? 

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
22/04/2018 00:45:19
Pelo amor de Deus, amizade colorida assim da até água na boca! Continua e vem escrever pra nós o que aconteceu