A Fantasia de Amanda

Um conto erótico de Dom Monteiro
Categoria: Heterossexual
Data: 20/04/2018 23:26:59
Nota 10.00

Recebi uma mensagem no meu e-mail de um Rapaz chamado Fernando, que dizia...

Olá Dom meu nome é Fernando sou casado a 5 anos Moramos no interior do Paraná, tenho 35 anos , Amanda minha esposa tem 28 anos loira , Estamos juntos a 12 anos, casados a 5, fui o primeiro homem dela, e como relacionamento, o nosso conforme passar dos anos foi esfriando, no fim do ano passado resolvi colocar um filme de ménage masculino, a intenção era entrar no assunto ( sempre tive vontade de ver ela com outro) e foi isso que aconteceu, ela perguntou se eu tinha alguma fantasia e relatei o meu desejo, o qual pra minha surpresa ela confessou que também tinha curiosidade, nessa noite transamos como a tempos não transávamos. Na mesma semana comprei um consolo grande pra ela 23×4 cm. Algumas calcinhas fio dental e fantasias eróticas, no decorrer do mês nossas transas voltaram a ser quentes como no início do relacionamento.

Até que no meio de uma delas, ela me pediu se iriamos ficar só na fantasia ou se iriamos pra real (quem está no meio sabe o gelo da na barriga quando escuta algo semelhante), ter vontade e fantasia é uma coisa, agora ouvir da boca da esposa que quer outro é diferente rsrs

Mais era o que queríamos, como eu sou fanático por contos e já tinha lido alguns seus com casais resolvi fala de você pra ela, ela então pediu para te manda esse e-mail para gente se conhecer melhor o que você acha.

Gostei do relato que li parecia um marido que queria muito que seu casamento voltasse ter a chama do início da relação, vocês que são casados sabem disso o tempo vai passando e o amor esfria na cama, não andam mais de mãos dadas, não saem mais juntos.

Eu recebo muitos e-mail assim de maridos de esposas reclamando querendo um concelho, uma ajuda, muitos procuram minhas habilidades com as mãos na massagem tântrica trago muitos casais no meu espaço tântrico onde eles podem relaxar e ver que tudo pode ser melhor ainda que antes. Eu resolvi atende a esse pedido do Fernando entre muitos que eu li nesse dia o dele me chamou a atenção. Mandei um e-mail de volta com meu whatsaap uns 4 dias depois que tinha lido, a resposta quase foi imediata. Uma mensagem no meu celular, olá Dom sou eu o Fernando obrigado por responder eu e a Amanda estamos ansiosos para esse primeiro contato. Conversamos por cerca de 30 minutos, durante a semana que se passou todo dia no falamos, é para dar uma segurança maior para ela Dom dizia Fernando todo preocupado achando que eu ia deixar eles na mão.

Na terça feira uma pergunta foi feita, Dom posso abrir a câmera você pode atender agora, disse que estava em uma sessão de massagem mas assim que acabasse poderia chama-los. quando a câmera se abriu ele estava todo eufórico e chamou a esposa que estava no sofá sentada meio tímida , Amanda era loira pele branquinha cabelos compridos carinha de tímida olhos azuis, típico de uma sulista, fica em pé amor esse é o Dom, disse o marido todo feliz, oi Dom rs a voz era embargada e vergonhosa, eu li seus contos com meu marido rs a gente depois que le dá um fogo kkkk, ai não tem jeito caímos na gandaia rs .Então resolvi atacar pois o monstro acordou ao ver Amanda com um baby doll vermelho berrante curtíssimo abrindo as pernas de proposito no sofá. Amanda vocês preferem ficar assim ou vocês querem um contato real. alguns cochichos entre eles e risos eu fiquei esperando pois já sabia o que estava acontecendo. Dom foi a Amanda quem falou, você poderia vir até aqui na nossa cidade, ai a gente começa com uma massagem tântrica, eu nunca fiz mas tenho curiosidade e ai vemos o que acontece pode ser. Desligamos a câmera e uma mensagem veio escrita, Dom ela está excitadíssima, está se retorcendo toda aqui no sofá, faz tempo que não vejo ela assim, mais pelo jeito que ela está vou te confessar uma coisa eu já tenho certeza que você será o primeiro cara a comer minha esposa depois de mim. Pode vir esse sábado agora eu arco com suas despesas, te passo as coordenadas onde estaremos esperando você, se vier de carro é bem mais fácil me passa só as notas do que gastou e chegando te reembolso. Eu estava livre aquele sábado pois era terça feira e eu iria correr com as coisas par da tudo certo, afinal de contas eu não poderia deixa aquela delicia na mão. Encontrei uma depiladora que depilava homem com cera pois o monstro estava peludo e tinha que causar uma boa impressão , Odete era o nome dela, que a conheci através de uma cdzinha que fiz massagem tântrica e comi gotoso na hora da sessão, mas isso é um outro conto, fui até o local na sexta feira era as 4 da tarde , ela me mandou deita na maca no fundo do são e tirar a roupa, minha rola estava mole mas estava calor e estava muito inchada e as veias estufadas, ela olhou o monstro e deu um suspiro, menino que isso que você carrega no meio das pernas rs, segurou pelo meio, minha nossa é pesado, o toque das mão com o sinal que o corpo dela deu deixou minha rola enorme e dura ela segurou firma e pincelou a cera quente, segurando ele pelo meio e os olhos brilhando, isso deve dá um trabalho para entrar kkkkkk. Meu telefone tocou eu então pedi para ela pega era o Fernando, posso puxar, espera um pouco to falando com um amigo, Dom tudo certo sim meu querido tudo certo, está bem vou passa as coordenadas para você pois a Amanda quer inovar em uma fantasia dela ok. Não ouvi o resto pois o telefone escapou da minha mão Odete puxou a cera e uma dor tomou conta da minha pele e minha rola murchou instantaneamente. Ai desculpa Dom me empolguei, por favor moço me perdoa, ela assoprava a minha rola na cabeça como estivesse pegando fogo eu me curvei para pega o celular quando voltei para a maca uma sensação de alivio e molhando estava acometendo minha rola, quando olhei Odete estava com a cabeça do monstro toda na boca e dando lambidas assoprando e lambendo, ela engoliu ele todo e começou a endurecer na boca dela, huuuu,huuuu morde ele morde, ta de leve ta, mais algumas engolidas e um barulho de conversa mais próximo da sala a assustou ela tirou da boca ele todo babado, assegurou e ficou esperando a poeira baixar e lambeu as laterais, batendo punheta rápido para o leite sair mas minha estava muito dura e não gozava logo, e a dor ainda era sentida ao longe, preciso sentar nela moço nossa estou maluquinha que coisa louca é essa rs, faz o seguinte na próxima você vem mais cedo ai dou um tratamento vip. Paguei ela se desculpou pelo celular ter caído e fui embora.la fora alguns olhares e risinhos de mulheres que esperavam para se depilarem Fui para casa tentando entender o que tinha acontecido, mas faz parte do nosso cotidiano e depiladoras de homens sempre são liberais, foi algo inusitado mas vai dar um bom conto com certeza. Na sexta feira a noite a câmera do meu celular foi pedida eu abri já era 23;45 eu estava descansando pois queria viajar cedo era Amanda toda fogosa com uma camisolinha de oncinha super. curta, oi Dom sempre rindo sentada de perna aberta na cama mostrando a calcinha de onça toda enfiada dentro da xoxota. Cadê o Fernando bb, vocês já decidiram o local ele me disse que você quer uma fantasia é isso? Sem resposta ela só ria e em segundos ela enfiou a mão na xoxota abriu bem as pernas e na tela do celular só ficou a xoxota dela com a calcinha de lado e a xoxota meladíssima lisinha aparecendo, coloca o monstro pra fora Dom, rapidamente saquei a rola pra fora e aos berros ela gozou e a tela do celular estava toda melada e escorrendo, minha rola ainda dura demorei uns minuto pra entender ela voltou, nossa que delicia de rola que tesão que eu estou vem me satisfazer vem. Marcamos de se encontrar num motel que fica a beira da rodovia, Chanel era o nome, coloquei no GPS e segui rumo a ourinhos sentido Paraná, na divisa do estado eu de longe vi um local de vender frutas uma barraquinha era ali que ela tinha falado que eles me esperariam. De longe enxerguei a Pajero preta Fernando no volante e ela do lado de fora na porta do carona antes de mim um caminhão passou e buzinou para ela pois ela estava vestida parecendo uma putinha no cio, vestido preto colado no corpo super curto sem sutiã , os bicos estufados querendo furar o tecido, os seios brancos pulando pra fora enormes sandália vermelha com salto alto, as unhas pintadas de vermelho berrante, os cabelos esvoaçante uma bunda enorme mal cabia no vestido dava impressão que ela pegou de uma criança ou adolescente pois ela tinha um metro e setenta e o vestido era pra uma pessoa menor. Dei seta encostei no acostamento ela veio andando em minha direção e com a bunda bem empinada para a rodovia debruçou na janela do carro do lado do motorista, fiquei apreensivo com aquela abordagem pois Fernando não saiu do carro pra nada o local era um pouco ermo na beira da estrada, eu não sabia nada sobre eles, e se fosse um golpe, uma armadilha!! Comecei rapidamente repassar o plano que ela traçou para o encontro (Dom você vai com que carro, que cor, nós vamos estar na beira da estrada com uma Pajero preta próximo ao motel Chanel em uma barraquinha de frutas abandonada estaremos lá as 17;00 em ponto então saia daí cedo calcule o horário e chegue la as 17;00 mais tardar 17;30) . Mediante essa conversa fiquei mais tranquilo era 17;23 eu estava no horário e estava tudo conforme o combinado. Oi dom tudo bem sou Amanda estava ansiosa com a sua chegada gostou da minha roupinha vesti pra você, ela falou debruçada na janela do motorista e me deu um beijo na boca com o batom vermelho, os peitos pulando pra fora eu dei um beijo no meio entre os dois. Posso entrar no carro quero ir com você o Fernando vai na frente a gente segue ele. Ela entrou no lado do carona sentou o vestido subiu todo, as coxas brancas e grossas ficaram à mostra a xoxota estava de fora ela estava sem calcinha sem delongas e rodeio puxou minha bermuda e abriu o zíper, puxou a rola meia mole pra fora deu um suspiro e disse, hoje eu to fudida... abaixou e enfiou a rola toda na boca, tirou com a baba escorrendo e disse, dirige. Ela foi chupando até o motel o marido estava no carro da frente era perto uns 500 metros apenas da entrada. Chegando ao motel ela já estava pegando fogo os seios pra fora minha rola no meio ela chupava e batia punheta com os seios em uma espanhola alucinada , estava todo babado a boca escorria baba os seios todo melado o monstro enorme, quando paramos na frente da garagem do motel ela desceu do carro e empinou bem a bunda encostada no para-choque de trás do carro do marido que ficou dento do carro olhando tudo eu entendi e desci, a rola pra fora do zíper pendurada ela bem empinada quando cheguei perto deu pra ver no vidro de trás o marido que estava no banco traseiro olhando tudo pelo vidro escuro, eu abaixei e lambi a xoxota dela dando mordidinhas na bunda, ela estava toda arrepiada, nem percebi que estávamos ainda com a garagem aberta e alguém podia ver , eu enfiei minha língua no cuzinho vermelho dela ela se contorcia toda olhado e lambendo o vidro do carro tentando beijar o marido eu então levantei e pincelei a rola no cuzinho.ela piscou, mais umas pinceladas ,ela entendeu, empinou e abriu mais as penas, o monstro foi sumindo de vagar entre a carne vermelha da xoxota quente e apertada de Amanda, aaaa uuu que delicia fode cavalo negro fode preto fode caralhoooo, o corno está olhando fode , fode ,fode haaaaaaa,uuuuuuuuu aos berro ela gozou olhando para o marido e lambendo o vidro do carro. Ela saiu de uma vez e a rola pulo pra fora escorrendo e foi em direção a porta do quarto onde entrou e sentou de pernas abertas na cama bem na beirinha, eu entrei a trás e ajoelhei na frente dela e enfiei a xoxota dela toda na boca. Fernando entrou e sentou na cadeira com um copo de whisk na mão com a rola dura, escutei apenas um sussurro (hoje à noite vai ser longa) e logo em seguida um jato de leite na cara.haaaaaaaaaaaaaaaa, deliciaaaaaaaaaaa.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
21/04/2018 07:26:44
excelente conto ...quero conversar com comprometidas namorando, noivas ou casadas.......whatsapp .... vintetreze...treze... Treze....treze..
21/04/2018 01:14:24
Excelente conto continue