ORA, BOLAS! CLARO QUE SÃO “KARAM, BOLAS”- FINAL

Um conto erótico de lubebutt
Categoria: Homossexual
Data: 20/04/2018 21:30:03
Nota 8.67

Ansiosos seus familiares, entraram e começaram a ouvir o diagnóstico do médico que encontrara uma solução para o problema de Max.

- O que ficou muito claro pra mim durante a consulta é que Max sobre de um enorme mal, que é até muito comum e que com certeza faz parte de nossas vidas diariamente. PRECONCEITO.

- Nossa vida é muito curta para nos apegarmos a bobagens. Se não podemos de um jeito devemos tentar de outro, pois o mais importante de tudo é nos realizarmos e sermos felizes e foi isso que Max aprendeu nesta consulta.

- Quem fez o problema de Max ficar ainda “maior” do que já é foi o próprio Max, que cheio de preconceitos, não foi capaz de pensar em formas diferenciadas para conseguir prazer. Asseguro-lhes que o caminho para sua satisfação foi por mim indicado, ,mas só cabe a ele decidir se o seguirá ou não.

A outra solução é uma cirurgia plástica, que não aconselho, pois acho a mesma muito agressiva. Só a recomendo em casos de impotência muito severa e irreversível. O pênis de Max seria removido e outro artificial seria implantado no local. Essas cirurgias já uma realidade e tem demonstrado bons resultados, mas como disse só as recomendo em casos extremos, o que a meu ver não é o caso do Sr. Max. De qualquer forma, marcarei o retorno do paciente e espero que minha consulta, por si só, já tenha conseguido ajuda-lo a conseguir prazer., caso contrário, estou a disposição dos senhores. Passar bem.

Sem muito entender e muito curiosos com aquela misteriosa consulta, apressaram-se para chegar em casa e assim que chegaram, sentaram em frente a Max esperado explicações, para que dessa forma pudessem entender as palavras de Dr. Rodolfo, que depois de falar em preconceitos confundindo-os por completo, afirmou com todas as letras ter ajudado Max a resolver em sua primeira consulta. E dispensou-os deixando para Max a tarefa de contar como resolveram o problema.

Pressionado pelos familiares, Max emocionado, começou a falar:

- Não sei se a solução irá agradar-lhes, pois além de querer me ver bem, estão esperando para dar pra mim, há dias, o que não mas arriscarei fazer.

_ Max por favor, seja mais claro. Ainda não estamos entendendo nada. O que afinal aconteceu dentro daquele consultório, criatura de Deus.

- A coisa mais simples do mundo, pela qual todos vocês já viveram e que meu preconceito me impedia viver. Perdi o cabaço na cabeça da rola de Dr. Rodolfo e adorei.

- Nessa hora os três aliviados se entreolharam e Max prosseguiu.

- Ignorante, eu pensava que seria menos macho, se desse meu cu, mas aquele abençoado e delicioso médico provou o quanto estava errado. Pois quanto mais eu rebolava em sua rola, mais viril e másculo me sentia. E se me quiserem como parceiro passivo, seremos muito felizes.

Depois de ouvirem Max, O primeiro a se manifestar foi seu pai que disse-lhe:

_ Amo meus filhos incondicionalmente. Com ou sem sexo, mas já que nos tornamos íntimos, pra mim tanto faz se serei fodido por você ou se serei eu que lhe socarei a rola, que como vê, está doidinha para provar seu cuzinho recém descabaçado elhe levar para o paraíso.

Em seguida o casal muito excitado, também se manifestou;

- Puta que o pariu maninho, vamos lhe dar uma bela surra de piroca já, já. Não é Pachequinho, meu amor?

_ Sem dúvida cunhadinho, acaba de ganhar três mastros para deslizar seu cuzão peludo. Vai fazer a festa até se fartar de caralho, safado. Que tal se nós três, um depois do outro, experimentássemos o rego descabaçado de Max imediatamente. Acha que aguenta três machos na mesma trepada, macho?

Com o tesão recolhido que estou, aguento até seis, cunhado. Venham logo provar meu botãozinho, que estou lhes oferecendo com o maior prazer.

E depois e ser fodido pelos três, Max na maior felicidade do mundo, olhou para o irmão e todo irônico, brincou com seu irmão:

Que tal fazer uma consulta com Dr. Rodolfo solicitando uma solução para o seu avantajado problema, maninho?

E em uníssono Sr. Jaime e Pacheco responderam:

– De forma alguma, afinal, ORA BOLAS, são as nossas queridas KARAM, BOLAS.

E esse foi o primeiro dia do resto dos dias a vida de nossos adoráveis personagens, que foderam felizes para sempre.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/04/2018 13:41:55
Otimo conto do começo ao fim!!!!
20/04/2018 23:10:47
SINCERAMENTE NÃO FOI O FINAL QUE IMAGINAVA. NÃO IMAGINAVA UMA CIRURGIA, MAS TB NÃO IMAGINAVA MAX SENDO PASSIVO. QUERIA IMAGINAR SIM SEU IRMÃO AGUENTANDO FIRME O CACETE DE MAX. MAS NÃO DEU CERTO. LAMENTÁVEL.
20/04/2018 21:40:53
Não que fosse necessário, mas redução peniana acontece quando o pênis "quebra" durante o sexo, geralmente ocorre mais na posição em que o homem fica sentado e o/a parceiro/a por cima. Aí para corrigir a fratura o jeito é diminuindo. Como não era o caso de Max e nem precisava, essa solução foi bem melhor. Que bom que tudo acabou bem.