A DESCOBERTA DA MINHA ESPOSA – PARTE 2

Olá, bom encontrar com vocês novamente, depois do que aconteceu no fim de 2016, relatado no conto anterior, eu fiquei muito curioso para saber quem era o cara que comia minha mulher, queria saber se era do trabalho dela, se era do nosso circulo de amizades ou um vizinho, acho que na verdade eu queria agradecer por ter redescoberto minha esposa e ter melhorado meu casamento. Como não podia ficar saindo do trabalho mais cedo para ficar vigiando minha esposa, resolvi criar situações onde minha esposa estivesse perto dos homens que ela conhece para ver se percebia alguma coisa, afinal o homem que conseguiu quebrar a resistência da fidelidade dela deveria acender algo especial.

Resolvi fazer pequenos encontros com alguns grupos de pessoas, churrascos na maioria das vezes. Primeiro fiz com o pessoal do serviço dela, convidamos as pessoas mais próximas e fizemos um belo encontro, mas não deu em nada, ou o cara não era de lá ou despistaram muito bem. Depois fiz com nosso vizinhos, convidei os mais próximos e alguns que não eram tão próximos mas que achei que ela poderia ter interesse e foi na mosca. Algumas casas acima da nossa mora um casal, Ricardo e Vera, vera é enfermeira e trabalha de plantão e Ricardo é representando comercial de uma empresa de bebidas e tem o horário bastante flexível, quando eles chegaram na festa, já ficou claro quem estava comendo minha esposa, ela viu o casal chegando e, primeiro, tentou se afastar, eu percebi e a peguei pelo braço e fomos recepcionar o casal, ela ficou nitidamente desconfortável. Falei com a Vera que estávamos felizes pela presença do casal e apertei forte a mão do Ricardo o chamando de amigão e dizendo para ele ficar bem à vontade na minha casa. O churrasco era num sábado durante todo o dia e Vera logo informou que não poderia ficar por muito tempo porque estava de plantão a noite. A festa foi passando e o desconforto de minha esposa também, eu conversava com o Ricardo descontraidamente e tentava o deixar o mais a vontade possível, e sempre que podia afastava Vera dele, para que ele e minha esposa pudessem trocar seus olhares de cúmplices mais tranquilos. Próximo das 17 horas Vera veio se despedir dizendo que tinha que ir trabalhar, mas disse que Ricardo poderia ficar, já que teria que ficar em casa sozinho, eu logo intimei o Ricardo a ficar e beber comigo, pois o pessoal estava indo embora e eu precisaria de alguém para me ajudar com a bagunça depois da festa, ele aceitou, meio reticente, mas ficou. Terminada a festa e todos tendo ido embora, voltou o climão da minha esposa, ela ficou muito desconfortável pois tinha ficado apenas eu, ela e o Ricardo, mas ao perceber isso eu fiz que estava bêbado e fiquei cambaleando fingindo que ia cair, os dois me seguraram e eu fiquei mole nas mãos deles, o Ricardo sugeriu que me levassem para dentro e me deitaram no sofá, me fiz de apagado mesmo, foi quando começaram a falar:

Paula: estou até agora com minhas pernas tremendo, você é louco de vir aqui e com a Vera ainda.

Ricardo: seu marido nos convidou, não tinha um motivo para negar, o que ia dizer pra Vera? E no final deu tudo certo, seu marido não desconfiou de nada e ainda ficamos sozinhos sem dar bandeira de nada.

Paula: isso é verdade, além da perna bamba tenho outra coisa que esta tremendo, tremenda e molhada.

Ricardo: meu pau esta duras só com a possibilidade de te comer na sua casa, vamos para um lugar mais tranquilo, acho que seu marido leva pelo menos uma ou duas horas pra acordar.

Eu estava ouvindo tudo de olhos fechados e percebi quando foram em direção a área de serviço, me levantei com bastante cuidado e fiquei por trás do armário da cozinha, onde eu tinha uma visão total, pois as luzes estavam apagadas e eles estavam iluminados pela luz de fora da casa. Quando cheguei, Paula já estava de joelhos fazendo uma chupeta no pau do Ricardo, ela estava sugando o pau dentro da boca e por isso não dava pra ver o tamanho, mas dava pra perceber que era tão grosso quanto o meu, quando ela tirou o pau da boca, eu quase cai pra trás, o cara devia ter uns 23 ou 24 centímetros e com uma monstruosidade de cabeça que não sei como ela colocou na boca. Ela mamou na piroca dele um bom tempo até que ele quis chupar a buceta dela, mas ela disse que eles não tinham muito tempo, apoiou na maquina de lavar e empinou a bunda pra ele, que não se fez de rogado e foi empurrando aquele monstro pra dentro dela, ela gemia baixinho e cerrava os olhos como quem estivesse com dor, mas quando ele parava de meter ela empurrava a bunda em direção a ele e ficava fazendo um vaie vem frenético, ficaram uns minutos assim, ela levantava a perna e ele metia mais fundo e ela gemia mais, de repente a minha surpresa, ela olha para trás e fala alguma coisa colada no rosto dele, de repente ele para, tira o pau e começa a colocar novamente, de onde eu estava não sabia o que estava acontecendo, ela começou a fazer a cara de dor novamente e eu percebi que ele estava metendo no cuzinho dela, cuzinho que ela quase nunca deixa eu comer, somente em ocasiões especiais e depois de eu implorar muito. Ali estava minha esposa amada, 15 anos de casados e eu descobrindo que minha esposa pedia para tomar no cu, ela fodia com o macho dela dentro da nossa casa e rebolava com uma pica gigante dentro do rabo, agora, fazendo uma carinha de pidona, até que ele anunciou que iria gozar, ao ouvir isso eu percebi que ele não estava usando camisinha, e me lembrei do gosto de porra que eu chupei na minha esposa naquela noite, minha cabeça viajou e sem perceber comecei a ejacular dentro da roupa sem nem se quer tocar no meu pau, ele deu um único urro e despejou sua gala dentro do rabo da minha esposa, eu já ia correndo de volta para o sofá quando vi a mancha na minha bermuda, como já estava acostumado a pensar rápido e tomar as decisões que precisava, corri para o banheiro, e propositalmente fiz um barulho para alerta-los, do banheiro chamei por ela, pedindo a toalha. Quando sai ele já não estava mais lá em casa, mas tinha deixado uma coisa que eu queria muito naquele momento, puxei minha amada para a cama e comecei a beija-la e fui tirando sua roupa, quando cheguei na bucetinha, vi que ela estava castigada, bem vermelha e inchada, mas cai de boca, quando fui chupar seu cú ela se assustou e fez menção de parar, mas eu disse que a buceta dela estava tão melada que estava escorrendo para o cu e que eu precisava limpar, ela relaxou e eu chupava sua buceta com cheiro de caralho e seu cú com gosto de porra, transamos muito e agora eu sabia de quem era a porra que eu estava adorando chupar, enquanto ela nem desconfiava que metendo com nosso vizinho me fazia cada vez mais feliz.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
Lx-
17/01/2019 09:15:10
Delícia de experiência! Também gozei uma vez sem tocar no meu pau quando vi as primeiras fotos que a minha esposa me enviou mamando o seu primeiro macho há uns 3 anos. Por isso entendo a tua reação de gozar sem tocar no pau com a cena erótica da tua esposa, com o macho dela.
Lx-
24/05/2018 21:31:20
Muito bom! Cuida bem da tua esposa pois ser corno é muito bom.
22/04/2018 22:55:26
Uaaaaau!!!!
22/04/2018 03:33:12
Na frase acima eu disse que Tava frequenta, mas corrigindo, digo que "tava fresquinha" rsrs
22/04/2018 03:29:24
Realmente vc pensa rápido e pensou muito bem como fazer prá descobrir quem era o "Ricardão". Ah, vc gosta de beber porra! Dessa vez ela Tava frequenta rs... Sei não, vou até ler o próximo relato prá saber se você já está bebendo leite direto da teta do Ricardão kkkk
19/04/2018 03:33:01
Perfeito!!!
19/04/2018 02:19:05
Cara ela e muito safada. Bem, vamos ler o proximo.
18/04/2018 20:18:58
Indo ler o outro conto✌😎
18/04/2018 20:18:07
Caralho... vc além de super corno conformado, adora chupar gala de outro macho espalhada pela buceta usada da esposa. Como diz o parça abaixo, por que não bebe logo direto da fonte?? É mais gostoso e mais nutritivo. Hehehhee. Parça, seu conto está gostoso pra porra. Beber leite direto do caralho é gostoso mas deve ser maneiro beber o leite de um jeito diferente: leite do caralho do Ricardão saindo de dentro do rabo da esposa. Hehehhe!!
18/04/2018 16:47:05
curti seu conto me add vamos conversar quero conhecer um casal jusce.vitor@gmail.com
18/04/2018 13:29:29
Vá gistar de porra assim na casa do... não seria melhor beber da fonte? Belos relatos