Amando Outra Vez 4

Um conto erótico de Bruninhooo
Categoria: Homossexual
Data: 02/04/2018 21:53:47
Nota 9.10

Norberto - Não só eu como você temos muito a perder,se a justiça decidir investigar tudo profundamente eu tô fodido.

Paulo - Eu vou começar a investigar agora mesmo senhor.

Norberto - Esse sujeitinho me paga...

Então Paulo se retirou da sala e começou a pensar em um plano para descobrir quem era o tal advogado.

Enquanto isso Norberto planejava mil maneiras de calar a boca do advogado,assim que descobrisse quem ele é.Norberto também tratou de telefonar para um grande amigo seu da defensoria pública,ele queria garantir que ninguém se metesse naquele caso e como Norberto tinha aliados políticos poderosos ele tinha certeza de que ninguém se meteria com ele.

Paulo havia descido para outro setor da empresa e enquanto tomava um café ele bolava um plano na sua mente e teve uma ideia assim que viu o jovem Breno passando.

Breno era um rapaz de 20 anos,gay assumido e com alguns trejeitos afeminados e era um rapaz bastante bonito,negro/mulato,1,60 de altura,lábios grossos e uma bunda grande que ele exibia nas calças sociais apertadas.Ele era um rapaz bastante ambicioso e que estava disposto a fazer de tudo para subir na vida.

Ao ver Breno caminhar pelos corredores,Paulo se lembrou dos boatos que rolavam na empresa de que Breno tinha um caso com Eduardo que foi um dos 25 funcionários demitidos.

Paulo - Para ai que eu quero falar contigo. Disse segurando Breno pelo braço.

Breno - Ai Paulão assim eu me apaixono.

Paulo - Toma jeito viado,eu tô precisando de um favor seu.

Breno - Favor?

Paulo - Vem comigo.

Então Paulo levou Breno até a sua sala para que eles pudessem conversar melhor.

Breno - Minha Santa Madona,você atendeu as minhas preces,o Paulão vai me comer na sala dele. Disse dando pulinhos de alegria.

Paulo - Se você não parar de dar pinta agora,eu quebro a sua cara aqui mesmo!

Breno - Nossa que grosso,já parei...mas diz ai o que você quer.

Paulo - Eu sei que você tinha um caso com o Eduardo.

Breno - Meu Deus,outra vez essa história.

Paulo - Eu preciso que você descubra que advogado o Eduardo e os outros funcionários demitidos estão consultando.É só isso que você precisa saber por enquanto.

Breno - Entendi...mas o que eu ganho com isso?

Paulo - Eu vou falar com o Norberto e ele vai te colocar em um cargo mais prestigiado.

Breno - Bem...já que o Norberto é o principal interessado nesse assunto...eu quero falar sobre isso com ele pessoalmente.

Paulo - Rsrs,você só pode tá de sacanagem né viado? Rsrs.

Breno - Eu quero falar com o Norberto,é isso ou pedir a ajuda de outra pessoa...

Então Paulo olhou no relógio e disse.

Paulo - Provavelmente o Norberto está indo almoçar agora,mas você vai falar com ele ainda hoje sim.

Depois de ter conversado com Breno,Paulo foi até a sala de Norberto que já estava de saída.

Norberto - Tô indo almoçar agora,depois a gente conversa.

Paulo - Acho melhor conversarmos agora mesmo,é sobre aquele assunto.

Norberto - Entendi...eu tô indo naquele restaurante de sempre e você vem comigo.

Norberto entrou no seu elevador exclusivo e ao ver que Paulo entraria no mesmo elevador que ele,Norberto disse.

Norberto - O elevador dos empregados é do outro lado.

Então Paulo deu meia volta e entrou no outro elevador.

Eles chegaram no estacionamento juntos e Paulo foi até o carro do patrão.

Norberto - Fala sério que você quer entrar no meu carro?

Paulo - Aff...eu vou no meu então.

Norberto - Tô brincando com você mané,pode entrar ai,só cuidado pra não sujar o banco da minha Mercedes.

Ao chegarem ao restaurante 6 estrelas que o Norberto frequentava,os dois pediram seus pratos e Paulo explicou toda a situação para o Norberto.

Norberto - Então ele quer falar pessoalmente comigo...que viado atrevido...gostei...

Assim que voltou para a empresa,Norberto chamou Breno em sua sala e de cara se sentiu atraído pela beleza do rapaz.

Norberto - Então você é o Breno...

Breno - Sim senhor.

Era a primeira vez que Breno via o patrão assim de perto e ficou impressionado com a beleza do patrão e em como ele exalava poder.

Norberto - O Paulo já te explicou tudo e você só precisa descobrir quem é o tal advogado.Se você conseguir fazer isso eu coloco você para trabalhar como o meu secretário,é um cargo extremamente importante e bem remunerado.

Nesse momento os olhos de Breno brilharam e como Norberto notou que o rapaz topava tudo para subir de vida,ele ousou ainda mais.Norberto abaixou a sua calça e colocou o seu membro pra fora e começou a se masturbar.

Norberto - Tá esperando o que?

Então Breno se aproximou mais do patrão,se ajoelhou diante das suas pernas e começou a masturba-lo.

Breno estava impressionado com o membro do seu patrão,que tinha 20cm e era bem grosso e com a cabeça rosada exposta,Breno não perdeu tempo e começou a chupar o pau dele.

Norberto - Ahhh...isso ai...que secretário eficiente hein.

Norberto - Tira a roupa e fica de quatro encostado na mesa.

Breno não perdeu tempo e ficou completamente pelado e se debruçou na mesa do Norberto empinando a bunda.

Norberto ficou admirando a beleza do corpo do rapaz por um instante e em seguida abriu bem a bunda dele e ao ver o cu do rapaz piscando,ele não perdeu tempo e enfiou o seu pau inteiro de uma vez,fazendo Breno gritar de dor,por sorte a sala tinha isolamento de som.

Breno - Ahhhh!!

Norberto - Para de gritar que esse cu aqui já rodou esse empresa inteira que eu sei.

O empresário de 34 anos se esbaldou no corpo do jovem rapaz,até chegar ao orgasmo dentro dele.

Depois do seu expediente na empresa,Breno foi até a casa de Eduardo que sempre nutriu uma paixão não correspondida por Breno.

Eduardo era um rapaz bonito,moreno,alto,porém um pouco ingênuo.

Eduardo - Nossa Breno que surpresa. Disse o abraçando.

Breno - Eu vim ver como você tá.Eu tô muito preocupado com você...não só com você,mas com o pessoal todo também.

Eduardo - Nem me fale esses dias não tem sido fáceis,mas graças a Deus nós conseguimos encontrar um advogado que aceitou a causa.

Breno - Nossa que maravilha...eu gostaria até de saber quem é esse advogado,pois pelo visto eu serei o próximo.

Eduardo - Você acha que o Norberto vai te demitir também?

Breno - Eu tenho certeza,pois todos na empresa sabiam da minha proximidade com você.

Eduardo - Na verdade antes de você chegar eu estava indo para o escritório desse advogado pra conversar umas coisas com ele.Você quer ir?

Breno - Pode ser.

Então os dois foram para o escritório do Anderson e Breno já foi passando todas as informações para o Paulo Whatsapp e Paulo já começou a investigar toda a vida do Anderson e levou todas essas informações na terça-feira de manhã para o Norberto.

Norberto - Exelente.Você e o Breno fizeram um bom trabalho. Dizia ao olhar as informações sobre o Anderson,incluindo as suas fotos no Instagram.

Norberto - Ele é casado e pai de dois filhos,vai ser fácil fazer ele desistir,ele tem muito a perder. Dizia olhando para Paulo e Breno que estavam diante dele.

Enquanto olhava as fotos do Anderson no Instagram,Norberto viu umas fotos dele com o Daniel e ficou encantado com a beleza do rapaz.

Norberto - Esse marido dele é uma gracinha hein,mas de qualquer maneira obrigado aos dois a partir de agora é comigo e Breno a partir de amanhã você começa a trabalhar como o meu secretário.

Daniel Narrando

Depois de um fim de semana maravilhoso com a família,a rotina da semana recomeçou.A segunda-feira foi bem corrida,porém a terça foi mais tranquila e naquele fim de tarde,eu cheguei do trabalho e encontrei meu filho Matheus no sofá da sala fazendo um trabalho de escola com o seu amigo,Frank e o Angel estava assistindo um desenho na televisão.

Eu - Boa tarde meus lindos. Disse beijando o rosto do Matheus.

Matheus - Pai na frente do Frank...

Eu - Tá com vergonha de mim agora.

Matheus - Rsrs ai que drama rsrs.

Eu - Pois é eu sou canceriano,sou dramático mesmo você já deveria ter se acostumado.

Eu - Tudo bem Frank? Perguntei o abraçando.

Frank - Tô bem sim e o senhor?

Eu - Tô ótimo,ainda mais agora que eu tô em casa,mas para de me chamar de senhor,pois eu ainda sou jovem.

O Angel veio logo para o meu colo e perguntou com aquela voz fofa e doce que só as crianças tem.

Angel - O papai tava no trabalho?

Eu - Eu estava sim,mas agora eu tô em casa,eu vou só tomar um banho e venho assistir desenho com você.

Foi ai que eu me lembrei da sacola que eu estava carregando com 3 potes de sorvete.

Eu - Caramba,eu tenho que colocar esse sorvete na geladeita antes que derreta.

Eu joguei o Angel no colo do Frank as pressas e fui correndo pra cozinha.Depois de ter tomado um banho e colocado uma roupa mais confortável,eu coloquei o sorvete em umas taças e levei para as crianças.

O Frank já era praticamente parte da família,ele e o Matheus tinham a mesma idade e ele é um menino muito bonzinho e tímido também.Ele frequentava bastante a nossa casa,pelo o que o Matheus me contou ele era filho único de um empresário importante e que atualmente estava fora do país à negócios e pelo fato de sua mãe já ser falecida,nós não tocavamos muito no assunto família com ele,mas eu acho que no fundo ele sentia falta de um ambiente familiar e por isso passava tanto tempo lá em casa.

Nós quatro tomavamos sorvete e assistíamos a um desenho qualquer na televisão,enquanto o Matheus falava as palhaçadas dele.

Quando já era por volta das 18 horas o Anderson chegou.

Anderson - Olha só a galerinha toda reunida.

Então ele veio até mim e me deu um selinho e eu disse.

Eu - Tem sorvete na geladeira.

Anderson - Oba,daqui a pouco eu venho me juntar à vocês.

Mais tarde naquela noite o motorista particular do Frank levou ele pra casa e nós fomos dormir,pois o dia seguinte aguardava muito mais.

Autor Narrando

Naquela manhã de quarta-feira,Anderson levantou bem cedo,como de costume,e foi até o seu escritório e ao vê-lo chegar,sua secretária,Cláudia já foi logo contando a novidade.

Anderson - Bom dia.

Cláudia - Bom dia...o dono da fábrica de plástico ligou,pedindo que você vá conversar com ele na sede da empresa.

Anderson - Tomara que ele tenha criado juízo e queira topar um acordo.

Cláudia - Tomara mesmo,até porque todo aquele pessoal é pobre e ficaram completamente desamparados.

Anderson - Verdade...eu vou só tomar um cafezinho e irei até lá.

Anderson se dirigiu até a sede da empresa do Norberto e ao chegar na cobertura do prédio ele foi recepcionado pelo Breno que secava o advogado da cabeça aos pés.

Anderson - Bom dia,eu vim falar com o Norberto Almeida.

Breno - O Senhor Norberto está lhe aguardando.

Ao abrir a porta da sala de Norberto para o Anderson,Breno empinou a bunda a encostando no membro do Anderson que ficou super sem graça com aquela situação.

Dentro da sala estavam Norberto e Paulo que encararam o Anderson como se ele fosse o pior dos inimigos.

Norberto - Bem Anderson...acho que temos muito para conversar.

CONTINUA...

Pandinha67: Fico muito alegre com os seus elogios e de saber que está gostando da história,tudo de bom pra você.

Valtersó: Realmente o Norberto se acha rsrs e ele ainda vai dar trabalho.

Guardian (Eduardo): O próximo boy vai valer a pena sim rsrs.Em relação a questão dos funcionários demitidos as vezes fica difícil para nós autores seguirmos 100% a realidade,pois precisamos de acontecimentos que movimentem a história.

Duduzinhog: Que ótimo que gostou querido!

Cristiano Martins: Todos preocupados com o Norberto rsrs.

Guigo: Você ainda terá muito ranço dele ao longo do conto,fique tranquilo rsrs.

Oldack: Muitos mistérios e surpresas estão por vir e o Daniel realmente aprenderá a amar outra vez.

Gabilobs: Agora a coisa pega fogo de vez rsrs.

Vit.will: Infelizmente problemas virão,mas com o amor de seus filhos Daniel superará tudo e aprenderá a amar outro homem de novo.

Atheno: Você é danado sempre adivinha rsrs.Será que você tá certo dessa vez? Rsrs

Arrow: Que bom que está gostando e realmente o Norberto é problema.

Marinho Bahia: Que bom que está gostando e o novo amor de Daniel será tão bom quanto o primeiro.Comente aqui mais vezes querido.

Regi1069: Realmente o último capítulo foi revelador e um divisor de águas no conto.Fico feliz que esteja gostando.

Muito obrigado aos meus lindos leitores e até logo.

BEIJÃO

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/06/2018 11:07:49
Ansiosidade me define!!!
03/04/2018 21:24:05
Amando a história!
03/04/2018 21:15:56
VOCÊ NÃO SABE A DOR E O ÓDIO QUE EU JÁ TENHO por estar me apaixonando pelo Anderson. Eu não quero saber se virá outro melhor que ele... FODA-SE. Ele já tem meu coração, e eu fico desolado por saber que ele vai morrer. Desculpa a caixa alta e as palavras, foram um desabafo. (Risos). Mas então, ranço por Breno, Paulo e Noberto. CARA, eu de fato entrei na história nesse capitulo e estou adorando apesar de odiar a morte de Andersson. kkkkkkkkkk. Volta LOGO!!!!
03/04/2018 21:15:26
VOCÊ NÃO SABE A DOR E O ÓDIO QUE EU JÁ TENHO por estar me apaixonando pelo Anderson. Eu não quero saber se virá outro melhor que ele... FODA-SE. Ele já tem meu coração, e eu fico desolado por saber que ele vai morrer. Desculpa a caixa alta e as palavras, foram um desabafo. (Risos). Mas então, ranço por Breno, Paulo e Noberto. CARA, eu de fato entrei na história nesse capitulo e estou adorando apesar de odiar a morte de Andersson. kkkkkkkkkk. Volta LOGO!!!!
03/04/2018 14:43:34
Anderson morre, ou o Norberto trama com o Breno pra separar ele do Daniel.
03/04/2018 08:48:49
Hummm. O que dizer: ranço ativado pelo Breno ², Nor(bleargh)to criatura indizível. Pulga na orelha com esse pai do Frank (shippar, será?. Afinal não queria que o Anderson morresse mas isso são favas contadas). Em tempo, não sei qual a razão disso, da gente ficar tenso esperando a morte dele, são gotas de sofrimento. Para isso o Bruno não escreve rápido. Ai que ódio. Sádico, meu amigo? Será? Aliás: Norberto, Paulo e Breno... Não gostei, não gostei. Já vendi, nem usei.
03/04/2018 01:33:25
03/04/2018 01:33:25
Ranço ativado com sucesso pelo Breno 😪. Coitado do Anderson
03/04/2018 01:15:50
😦
03/04/2018 01:15:27
aiaiai mds tadinho
03/04/2018 00:31:49
Penso que o Noberto tem poder suficiente para persuadir Anderson, sem precisar matá-lo. Minha preocupação é que a narrativa não fique inverossímil demais como outras que tenho lido aqui. Muito cuidado, pois o conto é bom e bem escrito.
02/04/2018 23:20:44
sk quer ver onde tudo isso vai dar... e sei que vem muita merda e muita emoção pela frente... espero o proximo capitulo anciosa
02/04/2018 22:26:51
Bom demais. Ansioso pelo desenrolar do conto Abração.
02/04/2018 22:23:44
estou triste
02/04/2018 22:23:18
coitado do Anderson,vai morrer em vão.