Em cima do Muro- Parte 2

Um conto erótico de Yuri
Categoria: Homossexual
Data: 14/04/2018 08:46:12
Nota 10.00

Obrigado pelos comentarios!! Vcs é que me fazem continuar.

Vamos ao conto!!

...

E estava pensando " o que esta acontecendo?" E acabei dormindo sem perceber. Acordei umas 19 h da noite, acabei vendo meus pais, levantei rapidamente pra abraça-los.

Barbara: O q aconteceu filho?

Yuri: Nada, estava com saudades de vcs!

Flavio: Fez o q hoje pra dormi a tarde toda?

Yuri: Fui a praia com meu amigo!

Barbara: Gostou?

Yuri: Muito!

Barabara: Nesse calor, a água deve esta gelada!

Yuri: Eu nem entrei.

Barbara: O que foi fazer lá então?

Yuri: Ver o mar!

Barbara: Garoto, vc não puxou a mim! -disse ela rindo

Yuri: Mãeee... kkkk!!

Flavio: Vamos Jantar fora hoje e querida o seu e do Yuri pode deixar q vou pago!

Barbara: O q aconteceu? Dormiu a tarde q nem o Yuri.

Vendo meus pais brincando um com o outro daquele jeito pensei q podia ser bom namorar um pouco, mas o q é q estava pensando e claro q não quero isso. E lá vamos ao restaurante e naquele dia comi até lamber os dentes e cá pra nós, foi a melhor saída em família. Já eram meia noite e tivemos q ir para a casa, chegando em casa tomei banho e fui direto pra cama. Vi que meu whatsapp estava com algumas mesagens e uma delas era a do Welliton e outra do Ruan. Pensei "Mas o que deu nesses garotos pra ficar no meu pé". Até parece q não gostava, todavia li a mensagem do Ruan primeiro q dizia:

"Yuri, me desculpe por hoje. Gosto muito de você e não quero perde sua amizade"

Respondi q estava tranquilo. Ele perguntou se eu não queria ir amanhã de manhã no antigo trabalho dele. Ele tinha q resolver algumas coisas e não queria ir sozinho e pra não passar como vacilão aceitei. Ele ficou bem contente percebi isso pelos emojis. Depois foi o Welliton que falava:

"Eai, quer ir a praia comigo amanhã?"

Pensei comigo "Chega de praia". Falei que não queria ir. Ele pensou em outra ideia na mesma hora!

"Pode ser um sorvete e um passeio no parque"

Mas no que aquilo estava virando um filme de romance, mas ele estava sendo muito fofo. Aceitei outro convite. Li algumas conversas de alguns grupos e dormi.

No dia seguinte tomei um banho, me arrumei e fui encontrar o Ruan para o nosso compromisso. O vi paradão no centro da cidade, cheguei falando:

Yuri: Que sono é esse menino kkk?

Ruan: Fala não cara. Eai vamos lá?

Yuri: Estamos aqui, faça acontecer? - falei sem pensar

Ruan: Eita kkkkk. Pode deixar q faço! - falou ele em um tom malicia!

Fiquei sem graça e olhei pra baixo.

Ruan : Vamos Yuri? - falou com pressa.

Yuri: Tá... tá... estou indo!

Chegando lá as coisas foram bem rápidas, Ruan entrou e resolveu tudo em meia hora. Ele estava saindo da sala, quando me perguntou:

Ruan :Vamos comer algumas coisa?

Yuri: Que demora pra oferecer comida em kkkk?

Ruan: Cala boca e agradece!

Yuri: Eita calma kkkk!!

Ruan : Aiii... Aiii...

Saimos fizemos um lanche como se fosse café da manhã e passeamos pela cidade. E ele disse que tinha um lugar lindo q conhecia, falei q eu queria conhecer. Sem pensar duas vezes saimos correndo que nem duas crianças até lá. E de repente quando chego estavamos em um lugar lindo cheio da árvores e plantas de vários tipos.

Ruan: Gostou??

Yuri : Achei maneiro esse lugar!

Ruan: Esse lugar é romantico pra mim - disse ele chegando perto de mim.

Yuri: É mesmo -estava olhando ele com olhos assustados porque eu sabia o q ia acontecer.

Ruan: Gosto daqui por causa da Natureza. Aqui parece tudo puro.

Yuri : Não sabia q vc gostava dessas coisas.

Ruan: Por causa do meu jeito marrento?

Yuri: Não acho você marrento é que sei lá pelo seu jeito.

Ruan: Ata.

Yuri: Deixa pra lá!

Ruan: Obrigado por aceitar meu convite - falou pegando na minha mão e se aproximando ainda mais.

Yuri: Não precisa agradecer.

Ruan: Melhor eu agradecer com isso- disse me dando um beijo.

Mas que beijo era aquele, sentia sua boca macia, com gosto de hortelã, estava quase sem ar. Ele beijava muito bem. Engolindo toda minha linguá e fazendo gestos com ela. E a coisa foi esquentado a cada mordida nos labios. Ele pegou na minha bunda apertando com força e eu que não sou fraco peguei na pika dele. Já foi tirando a camisa, peguei naquele peitoral dele e depois fui masturbando-o por cima do shot. Ele me virou de costas esfregando sua pika na minha bunda por cima da minha calça era bom demais. Ele tirou minha camisa, beijou meu peitoral e minha barriguinha toda, levantou e beijou-me ainda mais colocando a mão dentro da minha calça enfiando o dedo no meu rabo. Eu gritava de tanta tesão até que ele perguntou:

Ruan: Quer chupar? - disse ele gemendo

Yuri: Muito!

Ruan: Tira o meu short vai!

Concordei e vi aquela geba de 18 cm na minha frente. Sem perde tempo chupei e chupei deixando sua geba toda babada. Colocava tudo na boca e depois ia masturbando-o. Só sei que ele quase gozou. E chupava as bolas dele. E ele gritava de tesão.

Ruan: Isso gostoso. Eu sempre ti desejei. -falou sem parar de gemer

Levantei e o beijei mais. Quando ele tirou minhas calças pra meter. Escuto um barulho. Rapidamente subi minha calça e o disse pra gente ir embora. Fiquei feliz porque ele intendeu e pegamos nossas camisas e Ruan levantou short dele e saimos correndo. Ele me deixou em casa e quando estava abrindo o portão...

Ruan: Você gostou do que aconteceu hoje?

Fiquei meio q com vergonha e o respondi:

Yuri: Gostei sim.

Ruan: Quando vamos continuar?

Yuri: Não sei. Agora preciso ir.

Ruan: Cadê o abraço?

Yuri: aff tá bom!

Dei um abraço nele e rapidamente o Ruan me deu um selinho.

Yuri: Tá maluko cara?

Ruan: Ti gosto muito bebê!! - disse indo embora.

Entrei em casa, almoçei, vi tv, fiz alguns trabalhos e arrumei a casa. Quando me dei conta eram 15 h da tarde. Lembrei do Welliton da nossa saída ao parque. Tomei banho, arrumei- me e lá fui eu para outra saída. Estava andando e com meus pensamentos longe, pensando no que houve entre eu e Ruan. Chegando na praça desliguei dos meus pensamentos e sentei em um banco. Esperando o Welliton. Passaram 17 minutos e nada dele chegar. Quando levantei do banco. Alguém botou a mão nos meus olhos.

Fulano: Advinha quem é?

Yuri: Quem é?? Pode parando com isso!

Fulano: Larga de ser sem graça.

Yuri: Por essa voz é vc Welliton!!

Welliton: aaaa q saco.

Yuri: Não fique triste!

Welliton: Não estou kkkkk.

Sentamos no banco e conversa vai e vem. Depois de tanta conversa, resolvemos tomar um sorvete como ele tinha me prometido. Eram 18 h da tarde, ele me disse q a praia fica bonita aquela hora. E ele perguntou-me se queria ir e acabei topando, mas disse q seria rápido porque estava ficando tarde pra mim. Ele falou pra eu relaxar. E chegando na praia vi que estava tudo deserto, não tinha ninguém lá. Vi que Welliton pegou algo do Bolso era uma caixinha e disse:

Welliton: Toma!

Yuri: O que é?

Welliton: Abre!!!

Quando abri era um cordão lindo, mas pensei "por que tantos presentes?" depois deixei pra lá.

Welliton: Quer que eu coloco em você?

Yuri: Beleza!!

Ele colocou em mim, acabei gostando ainda mais porque combinou comigo. Ele sabia dar presentes.

Welliton: Yu, vc ficou bonito kkkk - disse cheio de vergonha

Yuri: Obrigado, mas por que tantos presentes?

Welliton: Será que ainda você não percebeu?

Ai meu Deus já estava ficando assustado.

Yuri: Perceber o q?

Welliton: Que eu gosto de vc de verdade?

Yuri: Eu também gosto de você!

Welliton: Não é esse gostar que estou falando.

Yuri: Mas qual...- quando me dei conta ele estava me dando um beijo, aquele beijo era bem calmo, quente, gostoso. Ele pegou na minha cintura. E iamos beijando mais, vi que ele sorriu durante o beijo. Paramos pra respirar um pouco.

Welliton: Gostou?

Fiquei sem reação.

Yuri: Sim!

Welliton: Eu quero mais! - disse pegando em mim.

Quando batemos os dentes, começamos a rir, depois deu certo, nós se beijamos loucamente, mas o engraçado que ele não pegou na minha bunda e nem na pika. Deixei pra lá. Aquele beijo calmo dele era tão gostoso, sentia a boca macia, aqueles labios quentinhos, e tinha gosto de bala halls. Pensei "ele já sabia o que fazer". Depois disso ele me deixou em casa.

Welliton: Espero que você tenha gostado!

Yuri: Eu gostei sim!

Welliton: Vamos marca um proxima quando?

Yuri: Só você marca que eu vou!

Welliton: Olha é bom ir mesmo. Bom, vou indo embora.

Yuri: Tchau!

Welliton: Cadê meu beijo?

Yuri: Aqui???

Welliton: Estamos no carro ninguém vai ver, anda me dar logo!

Beijei- o e depois foi embora. Entrei em casa e fui subi para meu quarto. Tomei banho, jantei e fiquei vendo um filme. Mas pensando no que houve hoje com Ruan e depois com Welliton. Pensei " O que eu faço?"

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
23/04/2018 01:16:03
Hmmmmmmmm!!!! Por que não fazem um trisal????? Trisais existem né? Então... acho que se ajeitar todo mundo se dá bem
17/04/2018 00:08:52
Estou adorando a história, por favor não pare Yuri!!! Simplesmente adoro ler contos com trio amoroso, sempre fico indeciso para qual torcer kkk. Enfim, estou ansioso pelo próximo capítulo, Beijo!!!!
15/04/2018 21:32:37
dúvidas,escolhas,medos,anseios,continue por favor,abraços,bom dia.
14/04/2018 16:17:48
YURI É UM GRANDE BABACA. PRECISA SE DECIDIR URGENTE PRA NÃO MAGOAR RUAN NEM WELLINGTON E AINDA POR CIMA SE MAGOAR. SE BEM QUE ISSO SERÁ INEVITÁVEL. TRIÂNGULOS AMOROSOS NÃO FUNCIONAM NUNCA FUNCIONARAM E NEM VAI FUNCIONAR. ALGUÉM VAI SAIR MACHUCADO, FERIDO, MAGOADO TALVEZ COM RAIVA OU ATÉ MESMO ÓDIO. MUITO CUIDADO YURI. NÃO PENSE EM BRINCAR COM OS SENTIMENTOS DOS OUTROS, MAS TB NÃO PERMITA QUE BRINQUEM COM OS SEUS. SE É QUE ME ENTENDE. EXCELENTE CONTO APESAR DE ACHAR YURI MEIO BABACA.