Titia gostosa do rabão I

Um conto erótico de Malv
Categoria: Heterossexual
Data: 14/04/2018 02:02:21
Nota 9.67

Como me apresentei no primeiro conto, sou moreno, alto, e tenho meus 17 anos de idade. Chegou as férias e fui para casa da minha tia, como de costume. Sempre fomos muito próximos um do outro.

Quando fiz 10 anos, acabei me mudando com meus pais para longe de minha tia. Só voltei a vê-la com meus 15, que foi quando comecei a vir passar as férias na casa dela.

No primeiro dia que a vi novamente, em plena puberdade, fiquei olhando dos pés a cabeça, com aquela bundona incrivel num short curto, uns peitões que deixam qualquer cara louco, e umas coxas que meu deus.

Voltando ao foco. Cheguei na casa de titia, e a encontrei vestindo uma bela legging branca e um top, estava malhando. Dei um belo abraço nela para sentir aqueles peitões em mim, e ela falou.

- Não meu anjo, estou suada.

- Tudo bem titia linda, estou com saudades.

Ela me perguntou quantos dias eu ia passar dessa vez, perguntou sobre meus pais e tals. Essas coisas, parou de malhar e foi me servir um suco e eu sempre de olho na bundona dela, sem ela perceber claro. Titia com seus 38 anos é linda demais, uma morena dos deuses.

Assim que ela foi pro banho, sabia que era hora da minha primeira ponheta do dia. Como o banheiro da parte de baixo não tem traca, acaba ficando um buraco que deveria ser a chave, e como ela mora sozinha, nunca fez questão de ajeitar, o que era uma das melhores coisas para mim. Vendo ela se ensaboar, ficando agachada, deixando aquele pacotão e cuzao dela a vista eu ficava batendo uma bem gostoso. Quando ela ficava de frente e eu via aquele prikitão com um bigodinho, junto com a visão dos peitos dela, era gozo na certa. Gozei bastante e limpei com um pano.

Passamos a tarde do primeiro dia juntos e assistindo filmes de comédia no netflix e a noite, saímos para uma festa, que foi onde conheci minha ficante. Uma garota bem branquinha, peitos pequenos, mas uma bunda sexy demais. O máximo que eu fazia com a Isa ( Nome ficticio), era uns beijos, uns amassos, ela deixava eu pegar naquela bundona dela, e as vezes uma ponheta dela, mas nunca me chupava nem nada do tipo.

Ela batia uma para mim, eu fechava os olhos e pensava em titia, nos peitões dela e no prikitão maravilhoso dela. Seguia os dias, e tinha virado uma rotina, ir ver titia no banheiro e bater uma.

Até que estava voltando da casa de Isa, e uma bike bateu em mim, eu parei longe e com o braço direito doendo muito, fui pro hospítal e minha tia foi me buscar depois, acabei ficando com o braço direito engessado sem poder fazer quase nada.

Passou-se os dias, e eu continuava batendo pra minha titia gostosa, mas não era a mesma coisa bater com a mão esquerda, e com um braço engessado. Também diminui o ritmo.

No final de semana, em um sábado, minha tia ia dar uma festa pra curtir com uns amigos e pediu minha ajuda, tudo certo. Pela manhã ela foi para cozinha só de shortinho socado e curto e uma blusinha de dormi, sem sutiã nem calcinha. Com certeza eu era o cara mais sortudo naquele momento. Uma tia muito gostosa, e o melhor, bem liberal comigo e me tratava como seu sobrinho querido. Ficava ajudando ela, pegando algumas coisas pra ela e trocando papo, até que ela me perguntou quando eu ia assumir o namoro com a Isa, e eu disse que a gente apenas fica.

- Mas ela é uma garota tão linda e legal.

- É tia, a gente mora longe, estou passando as férias aqui, entende?

- Mais ou menos. - Ela rir. - Vocês já transaram? - Ela pergunta ainda de costas para mim, demoro a responder olhando para bunda dela e pensando na marquinha que ela tem por baixo. Até que ela olha rapido para mim e eu desvio o olhar, mas com certeza ela percebeu.

- Ainda não.

- Então você fica só na mão? - Ela pergunta rindo. Eu dou uma risada e falo que sim.

- Fica assistindo vídeos pornos? - Mal sabia ela que meu pornô ela era ao vivo e a cores no banho.

- Às vezes. Eu... - Quando ia falar que gostava de mulheres igual a ela o telefone dela toca e ela atende e sai da cozinha, pedindo para eu desligar o forno, acho que foi até bom, se não iria ficar um papo estranho.

Até a tarde eu fiquei apenas admirando ela. A festa começou umas 15 horas e o pessoal foi chegando, minha tia com um lindo bikine preto socadinho na bunda, a perfeição em pessoa. Festa rolando, e eu infelizmente sem poder dá uns mergulhos por conta do braço. Muita pegação rolando, gente bêbada, muitas bundas gostosas das amigas de titia, eu claro, com meu velho óculos de sol pra admirar cada detalhe, cada marquinha, cada fio dental, cada safada dançando funk. Quase tudo alegria.

Deu umas 19:40 a maioria já tinha ido embora, tomei um banho e fui para sala, onde estava minha tia, e duas amigas dela, as duas eram brancas, uma bem magrinha, e a outra toda cavala igual minha tia, rabão branco gostoso, e peitos pequenos, mas era gostosa demais. Enfim, cheguei e fiquei no meio da minha tia e da amiga magra dela, nem lembro o o nome delas, mas acho que elas não falaram, mas sabiam o meu.

- Bota mais funk, tenho que dançar mais. - a branquela gostosa falou.

- Amor meu, pega mais bebida para gente.

Fui até a cozinha e peguei mais bebida para todos, vinho para mim (mesmo não podendo beber por conta dos remédios) e vodca para minha tia e suas amigas, queria ver todas bêbadas mesmo.

Quando volto vejo minha tia e a amiga cavala dançando, coloco os copos da mesinha, me sento no sofá, a amiga magra deita a cabeça no meu colo e pega no sono e eu com a maior cara de pau fico olhando o rabo e o papero das duas, da minha linda tia e de sua amiga rabuda também. Fico com a rola dura na mesma hora olhando aqueles pacotes no bikine. Minha tia para um pouco e percebe de novo eu olhando para bunda da sua amiga.

- Que bundão essa safada tem né? kkkkkkkkkk

- Sim, a senhora também, tia! - Eu falo ja sem vergonha nenhuma e ja percebendo elas bebadas...

Continua...

Para n ficar muito grande resolvi deixar em mais de uma parte..Comentem ai e deem nota que logo sai a parte 2, me desculpem por não terminar, vou arrumar tempo para postar.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
24/04/2018 17:54:49
No aguardo pela parte 2!
21/04/2018 21:02:58
Ainda hoje sai a parte 2
15/04/2018 15:16:29
continuaçao
14/04/2018 23:04:37
Daora mlk... Continua se q tenho certeza q tu vai se dar bem nessa história
14/04/2018 21:32:04
Passar férias com minha tia foi a melhor coisa da minha vida, e relatarei tudo aqui no site pra vocês. Na parte 2 vai at quente demais .
14/04/2018 09:06:39
Muito bom!
14/04/2018 09:03:03
Tá indo bem, parece que a coisa vai pegar fogo