A Chacara parte 3 - Ainda Putinha de 2

Gente, olá novamente, antes de terminar de contar o que aconteceu no segundo dia na fazenda, como de costume vou responder quem comentou! Hahaha

Mangu: Fico feliz que tenha gostado, espero que continue lendo e comentando!

VeriPassiva: Obrigado!!

Galera, lembrando que tudo que eu estou contando aqui é real, realmente aconteceu, por incrível que pareça aconteceu, e foi ótimo. Futuramente poderá haver contos fictícios aqui, porem esses entre o Ri e eu, é Real!

Continuando…

Voces lembram que eu comentei com o Ri sobre alguns filmes e vídeos que tinha visto, de travestis e caras vestidos de mulher(Crossdresser) e sendo chamados de nomes femininos?

Bom o Ri também lembrou, e acho que a imaginação dele subiu um pouco mais, para minha surpresa, e também para meu tesão, pois nunca imaginei que iria acontecer o que aconteceu, mas posso dar certeza que curti muito!

Estava lá eu de 4, chupando a rola do Rafa enquanto o Ri com um de seus dedos fazia o vai e vem em mim, apertando minha bunda e falando:

Ri: Rebola sua vadia! Olha o cuzinho do viadinho, arrombadinho. (Risos)

Como eu tinha tido antes, eu já tinha me entregado totalmente para aqueles dois, entao a única coisa que eu fazia era:

Eu: Hmmmm, mete, mexe, fode, quero mais, me arromba vai, me arromba mais!!!

Ri rindo deu uma cuspida tão perto do meu cu que senti até a respiração dele, que me fez arrepiar, eu tava muito vadia, e tava adorando, e ele sabendo disso apertou minha bunda e rindo, forçou mais um dedinho pra dentro do meu cuzinho molhado, e entrou até que fácil, bem facil e surpreso ele acabou forçando mais um, que também entrou fácil, mas me fazendo sentir uma dorzinha, aquele incomodozinho gostoso, porem também me fez gemer mais.

Ri: Rafa olha que safada, esta com tres dedos no cu e ainda geme e rebola! (Risos)

Rafa: Caramba! Essa é uma puta de verdade, valeu muito a pena o combinado de hoje.

Ri: É valeu mesmo, é bom saber que agora ela é nossa por mais 2 dias! (Risadas) (Ri me deu um tapa)

Rafa: É mesmo (Risadas) (Ri me deu outro tapa, mas forte)

Eu: Hmmmm...

Ri e Rafa: (Risos) Putinha! (Risos)

Eu continuava a chupar o pau do Rafa, babando muito naquela rola gostosa, tava um delicia chupar ele enquanto o Ri socava cada vez mais forte os dedos em mim, e ainda me dava tapa me fazendo gemer e rebolar cada vez mais, como puta, vadia, prostituta, viadinho...

E foi ai que tudo aconteceu, uma coisa que me deixou muito surpreso e muito excitado, que me deixou louco... Ri disse:

Ri: Cara olha como esse viadinho é puta mesmo, é uma prostituta, uma vadia, atriz pornô safada, uma menininha, é isso que é, uma menininha, putinha... que tal darmos um nome para essa putinha?

Rafa: (risadas) Nome?! Boa ideia primo, mas que nome daremos? Hahaha.

Ri: Deixa eu ver…

Parece meio exagerado né, mas tudo isso tava acontecendo, eu estava muito excitado com aquilo tudo, dois moleques novinhos me fodendo gostoso, feito vadia e me xingando e ainda iam me dar um nome de vadia, Hahaha. Pra quem era inexperiente, eles aprenderam rapido a como tratar uma puta, e eu que o diga Hahaha

(Rafa disse)

Rafa: Nome de menina NE? Que tal Milena?

RI: Ah não, não é nome de puta…

Rafa: Amanda?

Ri: Amanda,parece bom, nome de safada, mas acho que ficaria melhor algo igual nos filmes sabe, aqueles vídeos internacionais, as putinhas tem uns apelidinhos, Marry, Fany Sandy, Mandy... É ISSO!! Mandy, hahaha, nome de atriz porno(Risadas)

Rafa: (risadas) Mandy! Hahaha, Muito bom primo, muito bom!

Ri: Sera que nossa puta gostou?

Ele rindo, me deu um tapa na bunda e socou os três dedos de uma vez até o fim e eu só tive forças pra resmungar:

Eu: Uhummmmm

Ri: (Rindo) Sabia que ia gostar, é uma vadia mesmo! Então ta decidido, essa é nossa putinha Mandy!

Rafa: E Que delicia de putinha! (Risos)

Confesso que senti muito receio naquele momento, eu estava gostando de tudo, mas agora eu tinha acabado mesmo de me tornar uma puta, uma vadia, uma safada e tinha até um nome, um nome de vadia, e eles iam se lembrar disso pra sempre eu de quatro gemendo por ter ganhado um nome de vadia, mas poxa, eu tambem iria me lembrar, e eu estava com um pinto delicioso na boca e tres dedos me fazendo rebolar muito com o cú, levando tapas e sentindo muito prazer, como uma puta sente, então pra que reclamar? Estava tão gostoso! E outra, eu adorei o nome!!! Hahaha!

Ri me deu mais alguns tapas, cada vez mais aumentando a força, me fazendo dar pulinhos pra frente, enquanto eu engolia o pinto do Rafa, que entrava tudo na minha garganta, então Ri disse:

Ri: Mandy sua puta, esta pronta pra receber meu pau afundado nesse seu cu arrombado que será mais arrombado ainda?

Por um instante parei de chupar o Rafa, aproveitar pra respirar, me concentrei e com voz de puta, falando como vadia, aceitando quem eu era naquele momento, aceitando ser a Mandy, eu olhei pra traz nos olhos do Ri, que ria e me olhava com puro tesao e disse quase num gemido:

EU/Mandy: Estou mais que pronta meu macho! Estou louca pra esse pinto gostoso me fuder e me arrombar muito! Quero muito senti-lo até o fim, rebolar nele enquanto chupo o meu outro macho! Vai me fode, me fode gostoso(dei uma rebolada) fode a Mandy FODE!!!

O momento ficou paralisado alguns segundos, Ri me olhando, Rafa de boca aberta...

Ri não aguentou, meu deu um tapa forte, tirou os tres dedos de mim de uma vez só e exclamou alto:

Ri: Eu sabia safada, sabia que essa puta iria me pedir isso! Vadia! Vou te dar o que voce quer sua puta e vai ser agora!

Ri se levantou ficou ajoelhado atrás me mim, já com sua rola dura apontando para meu cuzinho, ainda deu uma cuspidinha no meu anelzinho e assim que ela relou na minha entradinha, eu automaticamente empinei bem minha bunda e fui empinando ela cada vez mais e mais, ate ficar com a cabeça no chão, com a bunda toda pra cima, e cuzinho aberto, só esperando ele socar seu pinto até o fundo.

Ri vendo isso pirou mais ainda, me deu mais dois tapas bem forte, tava judiando mesmo, me segurou forte pela cintura, passou a cabecinha na entrada e de uma vez só socou com força total sua rola em mim, me fazendo retorcer de dor e prazer, e ao mesmo tempo gemer e gritar bem mais que uma puta dos vídeos que eu vi, nossa sentir aquela rola entrar com aquela força em mim me fez querer que ele tirasse tudo e colocasse de novo, mas nesse momento Ri já tava me apertando e socando forte.

Nisso eu puxei o Rafa pela camisa fazendo ele sentar na minha frente, o pintinho dele pra cima, ele tava rindo, eu devia estar com uma cara de dor e prazer, porque ele olhava pra mim e ria com uma satisfação e um tesao, eu abocanhei seu pinto como uma vadia com sede de porra, comecei a chupar e sugava tanto aquela rola enquanto gemia, que via ele se contorcendo de prazer. Eu ia subindo e descendo, colocando-o todinho na minha boca, as vezes ate com uma das bolas junto, passava a língua nas bolas, subia ate a cabeça e descia de novo. Eu gemia muito, rebolava enquanto o Ri sem parar metia fundo em mim, me dava tapas e massageava meu pinto, eu me sentia puta, vadia e adorava muito aquilo, gemia, rebolava, gritava e dizia:

Eu: METE!!! Me fode... Fode gostoso... Hmmm... Assim... Com forçaA!!! Hmmm... Aiii que delicia de pinto!!! Me arromba, Me come, é pra isso que putinha serve! Vai arromba sua vadia gostoso vai!!!

Eu estava fora de mim, não queria saber de mais nada, so queria ser comido, queria rola, queria dar, queria ser puta, vadia, queria ser a Mandy, era a Mandy, só a Mandy, safada, vadia..

Ri: Sua puta! Ta gostando né, vadia? É isso mesmo! Chupa essa rola e geme na minha porque você é nossa vadia, sua putinha safada!!!(Me dando tapas)

Rafa não falava nada, só gemia enquanto eu o chupava, comecei a chupa-lo mais rapido e com mais vontade, ele ficava de olhos fechados bufando, e eu chupando e gemendo, ja tinha me esquecido do que eu era, de quem eu era, passei a ser a Mandy, e só queria ser a Mandy, ser Fodida!

Continuei chupando o Rafa, ele começou a se contorcer, a gemer mais alto, e em um momento, pois a mão na minha cabeça, me forçando a ficar com seu pinto todo na boca, ele começou a tremer, me apertava forte contra sua rola, ela toda dentro da minha boca, ai e eu senti os seu jatinhos de porra, ele estava gozando na minha boquinha de vadia, o safado nem falou nada, só me segurou e gozou. Era a primeira vez que alguém gozava na minha boca, e eu Senti aquele liquido quente, espesso na minha garganta, um gosto meio amargo, porem gostoso, um cheiro forte no ar, muito daquele liquido eu havia engolido e só depois de um tempo que ele soltou minha cabeça. Eu respirei fundo, minha boca cheia de porra. Olhei pra ele e ele jogou o corpo pra trás, ainda de olhos fechados, a rola dele meia bomba, meladinha, não resisti, voltei a chupá-lo, limpando aquela rolinha toda, sem deixar uma gotinha de porra fugir de mim, o ri metendo e eu fiquei mais um tempo chupando... Que delicia...

Depois de um tempo parei de chupar e comecei a focar somente no Ri me fodendo, somente na rola entrando no meu cuzinho. Comecei a rebolar muito, gemia, ia pra frente e pra tras com a bunda, Ri me dava tapas, me chamava de puta e vadia, e eu pirava muito, rebolava mais, Ri foi diminuindo as estocadas, parecia estar cansado, olhei pra trás e disse ainda com voz de puta:

Mandy: Meu macho ta cansado?

(Vou me chamar de Mandy agora, porque naquele momento não havia Pedro, só a Mandy)

Ri: Um pouco vadia.

Mandy: Ahhh Então deita ai no chão, que agora é minha vez!

Ri saiu de mim, ainda ofegante, me deu um tapa e rio, deitou no chão, a rola dele pra cima, durinha, eu fui em direção a ele, gatinhando, cheguei a seu pinto, beijei a cabeça, lambi as bolas, subi a rola toda, puis na boca e comecei a chupa-lo.

Chupei por alguns instantes, gemendo, ele também, depois me virei de costas, montei em cima dele, mirei seu pinto no meu cuzinho, e fui descendo rebolando gostoso, gemendo, ate encostar minha bunda em sua cintura, até ter certeza que estava tudo dentro de mim de novo.

Após isso, comecei um sobe e desce delicioso numa velocidade gostosa, meio lenta, gemia gostoso, feito cadela, deslizava naquela rola, sentia cada centímetro, cada veia, uma delicia! Aumentei a velocidade, comecei a ir com força, quando vi eu pulava no colo dele, Ri me dava tapas, me chamava de puta, e eu gemia muito. Puro Tesão!

E depois de muito cavalgar e gemer feito puta, toda suada, olhando pro Rafa que só estava assistindo até o momento, e alisando a rola dele que já estava dura de novo.

Ri me pegou pela cintura e me jogou no chão, veio pra cima de mim, me olhou nos olhos, com cara de fodedor, de macho, levantou minhas pernas, colocou nos ombros dele e socou de uma vez até o fundo em mim, me fazendo gritar de tesão, Gritar mesmo, eu gemi muito!

Ele começou a estocar forte e rapido, apertava minhas pernas enquanto metia, gritava:

Ri: VADIA! PUTA! SAFADA! Mandy minha puta, vou te comer amanha de novo, vou te comer a hora que eu quiser, você é minha vadia! Biscate, safada!

Eu só gemia e concordava:

Mandy: Hmmm... SOU... VADIA... SUA PUTA... Hmmm... Me como quando quiser!!! Me FODE!!! SOU SUA MEU MACHO! SOCA... Hmmm FORTE... Hmmm...

Depois de um tempo me comendo assim, sem nem parar pra respirar, Ri foi diminuindo e então eu, louca, fora de mim, com puro tezao, o peguei, coloquei ele deitado e fui chupar aquela rola toda babada pelo meu cuzinho, mas antes de começar a chupa-lo, me coloquei de quatro, abri as pernas olhei pra trás na direção do Rafa, passei a mao na minha bunda, soquei um dedo no meu cuiznho que tava todo melado e aberto, o coloquei na boca, chupei e disse:

Mandy: Vem Rafa, Vem foder a Mandy vem! Fode sua putinha também!!

Nem precisei falar de novo. Sem falar nada, Rafa veio em minha direção e começou a passar seu pauzinho meia bomba no meu cuzinho. Eu comecei a chupar o Ri, que ja estava a ponto de bala, gemendo muito.

Depois de muito brincar, Rafa posicionou seu pinto na portinha e foi socando lentamente... Meu Deus! Que Delicia! Socou até o fundo, pois as mãos na minha cintura, alissou minha bunda e sem dó começou a socar, forte e rapido, me apertou na cintura, meteu mais forte, me fazendo rebolar e gemer! Uma delicia! Mas eu queria apanha! Ohei pra tras e disse:

Mandy: Rafa,bate em mim bate!Judia de mim, soca com força esse pinto gostoso, e bate na putinha bate!

Rafa ainda sem falar nada me deu varios tapas desajeitados me fazendo gritar de prazer e dor, que dor gostosa, que vadia que eu era e ele socando cada vez mais e mais forte e eu gostando demais. Voltei a chupar o Ri, mais rápido e com gosto, subia e descia sugando tudo, enquanto eu mesmo batia uma pra mim. Nunca vou esquecer aquela cena, Ri deitado, e eu chupando ele gostoso, eu de quatro de bunda empinada enquanto o Rafa socava ate o fundo e me dava vários tapas me deixando vermelho! Que delicia!

Continuei chupando Ri com muito gosto e não demorou muito e Ri começou a gozar tremendo tambem e gritando, fiquei surpreso e feliz de ninguém ouvir a gente e nem vir nos procurar, pq seria muito difícil tentar sair dessa.

Ri gozando na minha boca e eu com minha boquinha de vadia sugava com gosto cada gotinha de porra que aquele pintinho que tando me fudeu estava me dando, sugava enquanto ainda chupava, o gosto era tao bom quando a do Rafa, que alias, começou a meter mais e mais forte, e me dando tapas muito fortes também, ele tinha pegado o jeito. Depois de sugar toda a porra do Ri, voltei a me masturbar, de quatro e levando rola, não agüentei muito, Senti Rafa me apertar, socar tudo dentro de mim e gozar dentro do meu cuzinho, gemendo alto, gozando La no fundinho, automaticamente gozei junto e gritando muito, muito mesmo, feito cadela, ainda rebolando e tremendo e gemendo, e pedindo mais, e o Rafa ainda socando, ate que as estocadas foram diminuindo e diminuindo, eai Rafa saiu de mim, sem cerimônia... Muita porra escorreu pela minha bunda, que sensação deliciosa!

Ri estava deitado, Rafa sentado, eu de ainda de quatro com a bunda pra cima e a cabeça pra baixo, muito satisfeita, suando e bufando, gemendo fininho, com um sorriso na cara, olhava pro Ri, olhava pro Rafa, que delicia de foda.

Ficamos assim um pouco, Ri se levantou, depois eu, escorreu mais porra de mim, passei a Mao no meu cuzinho, ele tava maciinho e aberto,Rafa também se levantou, eu me limpei como deu, nos vestimos de novo, enquanto eu punha a cueca e o shorts, os dois me olhava e ria, Ria muito, disseram:

Ri/Rafa: Mandy, voce é a melhor puta de todas!

E eu, que senti tesao com aquilo, me aproximei deles, puis a Mao dentro do short deles peguei no pinto dos dois e respondi:

Mandy: E sou de voces por mais dois dias! Me comam muito por favor!

Brinquei com o pau deles um pouco, então nós rimos, eles passaram a Mao na minha bunda, nós abaixamos as pipas e fomos para a casa, eu andando meio mole, já tinha passado muito tempo, nos guardamos as pipas e depois fomos nadar.

Na piscina, eu olhava pra eles e eles riam, eu sabia que mais coisa ainda iria rolar naquele dia, Bom mas isso eu conto depois! Hahaha

Bom galera, essa foia parte tres da minha iniciação a putinha de dois e o nascimento da Mandy, uma vadia safada que usa meu corpo pra se satisfazer, E ela gosta é de prazer por trás! Hahaha

Espero que vocês tenham gostado! Por favor comentem, se quiserem que eu continue contando o que aconteceu na Fazenda, me digam, se quiserem contarei outras aventuras fora da fazenda também!

Beijos da Mandy no pau de voces garotos, e beijos do Pedro também no pau de voces garotos, porque ele também é safado e curte rola! Hahaha. Mas beijo tambem na xana molhadinha de voces garotas, que gostam de um cara que curti tanto uma xana molhadinha, como uma rola gozadinha! Estamos ai! Hahaha

Se gostarem comentem, estarei aqui e digam o que mais gostam e o que mais querem! Até o próximo galera!

Ah e só para lembrar esse conto é totalmente Real!!!

Qualquer coisa entrem em contato comigo, novo e-mail pedrosecret17@hotmail.com

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/09/2018 01:00:09
Excelente!
13/04/2018 23:12:06
Amei!!! É realmente muito bom ser feita de menina pelo macho, eu amo, inclusive se der, dá uma olhadinha nos meus contos.
11/04/2018 14:10:02
Uaaaaaaaau!!!! Que deliciaaaaAAA!! Eu adorei!!! Queria estar em seu lugar! Que delicia
11/04/2018 09:30:03
Mandy. Voce foi simplesmente sensacional. Juro que eu queria estar no seu lugar quando eu era muleque. Pena que eu nao tive essa sorte toda. Beijos Mandy
10/04/2018 04:46:48
Adorei. Continue putinha, Mandy. Eu adoro ser putinha de macho também!