O Diretor me FUDENDO e eu submissa querendo mais e mais piça

Um conto erótico de Karo
Categoria: Heterossexual
Data: 09/04/2018 17:08:46
Nota 10.00

Continuação do conto: Por Horas Extras fiz o que o Chefe mandou

“Mas ao lembrar que estava desbloqueada resolvi fazer uma surpresa, levantei minha saia e tirei uma fotinho da minha xaninha coberta apenas pela micro calcinha vermelha, também tirei da minha bundinha, abri minha camisa e tirei dos meus peitos cobertos pelo sutiã e depois tirei deles nus, da xaninha não tirei porque queria ele na curiosidade, enviei e saí do banheiro. Não demorou mais que 10 minutos e recebi um Watts com uma foto, era a foto do caralho duro dele, e a frase: - Olha como tu deixou ele!!!!; watts: COMO ELE ESTA BEM ANIMADO... ADORO; watts: Tira a calcinha e o sutiã e vem na minha sala no horário de almoço!”

--

No outro dia já acordei pensando no Diretor, primeira coisa foi ver o Watts, eu continuava bloqueada, então fui para o banho e depois uma roupinha “bem casual”, escolhi um conjuntinho vermelho, com a calcinha micro, e coloquei uma saia, digamos curta, de sarja preta, e uma camisa preta, subi em uma sandália de salto e fui trabalhar. Quando cheguei meus colegas me elogiaram, e eu esta louca para que o Diretor me visse, eu queria ele agora, talvez mais do que ele, eu precisava sentir aquela pica gostosa dentro de mim, mas não o encontrei. Eram umas 10 horas quando ouvi a voz dele, estava ele e meu chefe imediato chegando de um reunião, olhei meu watts e eu estava desbloqueada, então com tesão só de ouvir a voz dele eu me fui ao banheiro, eu estava com a xaninha em brasa, e toda molhadinha, pensei em me tocar, mas ao lembrar que estava desbloqueada resolvi fazer uma surpresa, levantei minha saia e tirei uma fotinho da minha xaninha coberta apenas pela micro calcinha vermelha, também tirei da minha bundinha, abri minha camisa e tirei dos meus peitos cobertos pelo sutiã e depois tirei deles nus, da xaninha não tirei porque queria ele na curiosidade, enviei e saí do banheiro. Não demorou mais que 10 minutos e recebi um Watts com uma foto, era a foto do caralho duro dele, e a frase: - Olha como tu deixou ele!!!!; watts: COMO ELE ESTA BEM ANIMADO... ADORO; watts: Tira a calcinha e o sutiã e vem na minha sala no horário de almoço! Imediatamente olhei no relógio e ainda faltava muito tempo para o horário de almoço :-( . Eu tentava trabalhar, o pessoal falava comigo e eu no mundo das nuvens, só pelo meio dia e finalmente chegou a hora, fui ao banheiro, tirei a calcinha e o sutiã, quando saí praticamente todos haviam saído para o almoço, me dirigi escorrendo melzinho pelas pernas até a sala dele, bati na porta e mandou eu entrar e fechar a porta, fechei e se dirigiu a mim, me pegou e beijou minha boca com tesão, e já passou a mão por baixo da minha saia e tocou minha xaninha melada, sussurrou no meu ouvido - Que delicia essa buceta pingando de tesão: e logo me virou de costas e me fez apoiar os braços na mesa de trabalho, eu ouvi abrir o zíper, mas eu não olhava para trás, ele levantou minha saia até a cintura, senti o pau no meio do meu reguinho, e colocou as mãos a abrir minha camisa, cada botão parecia uma eternidade, até que meus seios ficaram nus, ele passou a mão nos meu bicos já tesos, acabei por dar um profundo suspiro, se afastou, se agachou e lambeu meu cuzinho rosadinho, ele enfiava a pontinha da língua lá dentro e me dava aquela vontadezinha de receber pica no cú, e depois se lambuzou chupando como podia minha bucetinha comigo de costas para ele, eu gemia baixinho, se levantou, colocou a cabeça da pica entre minhas coxas apenas roçando minha xaninha úmida, depois a colocou entre meus lábios, mas não metia, dava uma forçadinha e quando os lábios cediam ele tirava, eu pedi para ele meter, mas parou, me virou de frente para ele, eu olhei aquele caralhão na minha frente e pedi para chupar, mas meu Diretor disse que não, me sentou na mesa, chupou com força meus seios, muita força, mordiscava e eu pingando lá embaixo, até que escancarou minhas pernas e aproximou a piça da minha bucetinha toda úmida, eu o abracei e senti meus lábios vaginais cederem e a pontinha do cabeção entrar, no ouvido dele pedi que colocasse, que me fizesse putinha dele, falei que estava entregue, seduzida, e ele só brincando na entradinha, eu já a ponto de gozar e foi quando me encheu de carne, colocou toda a pica, e começou em um vagaroso vai e vem, me judiava o safado, até que começei a gemer e gemer, ele sentindo meu gozo aumentou as estocadas na minha buceta cheia de pica e gozei, gozei gostoso no caralhão do Meu Diretor, mas eu queria a porra dele e pedi: GOZA, GOZA dentro da tua putinha, ele não aguentou e inundou minha buceta de porra gostosa, e continuava socando, eu agora pedia calma, então se afastou me puxou até eu ficar agachada e me deu um tapinha na cara e mandou eu limpar toda a porra dele, eu submissa e entregue mamei com gosto aquele caralhão que logo ficou duro de novo, eu continuava mamando, falei que queria porra na boca, mas me tirou o pau da boca, me levantou, fez eu me apoiar novamente na mesa, e enfiou, socou com força na minha buceta já esporrada, socava forte, me doía, mas eu gemia, não queria reclamar, e comecei a querer gozar, e pedi para ele vir junto comigo e fomos, gozamos juntos com eu melando toda a pica e ele colocando mais porra dentro de mim, estava eu com dois gozos gostosos escorrendo da minha buceta toda abertinha, me levantou a porra escorria, perguntou pela minha calcinha, falei que havia deixado na minha bolsa em cima da minha mesa: - Então vais ter que ir lá buscar e trazer aqui; - MAS, EU PRECISO ME LIMPAR UM POUCO; recebi um tapinha na cara quando terminava de fechar os botões da minha blusa, - Vai lá agora e busca sem te limpar; Sai da sala e por sorte não havia ninguém no setor, voltei com a calcinha na bolsa, mostrei para ele e mandou eu colocar porque se não a porra ia escorrer toda pelas coxas da puta dele, e queria que eu guardasse porra que depois do expediente ele iria ver se eu tinha feito o que ele havia me ordenado, me deu um longo e gostoso beijo e saiu para almoçar, eu fui até o banheiro, lavei meu rosto, coloquei o sutiã e sai para o almoço também. O encontrei no restaurante que escolhi para almoçar, estava ele e mais um casal de colegas, me avistaram e me convidaram para sentar, falei que estavam terminado, que eu sentaria sozinha, mas o Meu Diretor insistiu e acabei sentando de frente para ele, eu olhava para ele e lembrava que tinha muita porra dele na minha buceta.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/01/2019 17:20:46
Boa putaria, bem ao meu gosto!
25/10/2018 05:09:20
Delicioso demais, merecia continuação
25/08/2018 00:39:40
Parabéns Karo!!!! Muito bom o conto!!! Continue as aventuras!!! Está muito gostoso e excitante!!! DELÍCIA!!! DEZ!!! 😉