EU MAMÃE E NOSSO MACHO

Um conto erótico de sheila
Categoria: Homossexual
Data: 06/04/2018 13:11:51
Nota 9.67

EU MAMÃE E NOSSO MACHO

Sou uma mulher jovem com 1,65 alt. 60 kls. Gostosa, 19 anos, pernas e bunda deliciosa segundo me dizem, tenho seios médios para grande, mas nada disso tem importância, o importante em meu mundo é minha mãe, ela é simplesmente deliciosa mulher muito seria em família, desde que me tornei mulher com 12 anos sempre admirava minha mãe como fêmea, com o passar dos anos comecei e interessar-me por tudo dela, até que após eu completar 18 anos um belo dia eu a vi entrando em um carro de um desconhecido, fiquei preocupada quem seria? Em casa quando ela chegou observei que a mesma estava feliz e sorridente, pensei pergunto ou não quem era o homem, resolvi me calar e observar.

Para melhor compreenderem vou tentar descrever minha mãe, chama-se Laura, ela tem 1,70 alt. Pesando 65 kl, seu corpo é magnifico delicioso, pernas bem torneadas, seios grandes e duros apesar de ter 38 anos, tudo em cima, o bumbum é a atração dos homens lindo grande e redondo, com cintura fina, loura com cabelos longos e esvoaçantes, a mulher mais linda que conheço, com o passar do tempo notei que sentia excitação por minha mãe e fazia de tudo para ficar perto dela encostando, me esfregando, tentava dormir sempre perto dela, sentar no sofá perto dela, enfim era louca por ela, fui percebendo que uma ou duas vezes por semana ela se arrumava toda, indo ao salão de beleza vestindo suas melhores roupas e saia de casa toda perfumada, eu morria de ciúmes, pensava no homem visto com ela por mim, ninguém contou eu vi.

Há alguns meses atrás entro em seu quarto para pegar um perfume que ela usa delicioso a vejo nua dormindo deitadinha, fiquei louca e deitei-me a seu lado, eu estava apenas de calcinha, a abracei, como ela dormia bem calminha, aproveitei e me encostei bem a seu corpo, que delicia, que calor gostoso que perfume de femea ela tem, coisa natural sua fiquei excitadíssima, e comecei a esfregar minha buceta em sua perna e acariciar seus lindos seios, percebi que ela gemia mesmo dormindo coloquei a mão sobre sua buceta depilada e passei a acariciar a mesma, estava quente e húmida, sempre me esfregando, até que senti gozando em minha mão, saiu uma quantidade enorme de semem feminino delicia me concentrei e gozei na sua perna, eu estava ensopada. Neste momento ela acordou e assustou-se comigo quase nua a seu lado, e o cheiro característico de gozo enchia o quarto. Neste momento ela me olhou e disse o que vc esta fazendo aqui comigo desta maneira eu bem cara dura falei te amando mamãe, ela falou esta louca menina sou sua mãe, eu falei seu corpo gostou e vc gozou gostoso, veja esta tudo molhado, fui para cima dela e a beijei na boca, ela me empurrou forcei até que ela se entregou a meus beijos e correspondeu abrindo a boca para eu enfiar minha língua, e ficar chupando a dela até gozar novamente, sua buceta continuava escorrer o sumo do prazer.

Ela levantou-se e sentando na cama falou Sheila eu sou sua mãe e isto nunca poderia ter acontecido entre-nos, eu falei mãe eu te desejo desde criança, fiquei louca quando a vi entrando em um carro com um desconhecido, ela assustou-se eu contei e quase chorando ela falou vc nunca falou com ninguém né filha, eu disse mãe eu te amo jamais falaria, pois sei que papai iria ficar furioso, do jeito que é ciumento. Ela então agradeceu e disse obrigada filha, nunca mais ira acontecer o que aconteceu hoje, eu falei mãe eu preciso da senhora, de estar sempre com a senhora, eu te amo não como mãe como femea, como mulher. Laura falou vc não gosta de homens filha eu disse que sim, ao mesmo tempo eu sou louca por ela, por seu corpo não saberia bem explicar por que.

Então ela disse filha vamos ficar mais perto uma da outra, mas vamos evitar sexo, somos mãe e filha, eu falei mãe não vou prometer, mas somente de estar perto de vc vou amar, e beijei sua boca novamente sendo correspondida por ela, ai ela beijou meus seios passando a língua nos meus bicos das tetas e eu sem querer gozei feito louca apenas com suas lambidas nos seios, foi delicioso neste momento ela foi para o centro de minhas pernas eu já sem calcinhas e beijou minha bucetinha com tesão, eu explodi em um gozo devastador, gozando como nunca em minha vida, ai ela voltou a ficar deitada a meu lado acariciando meu corpo e seios, eu fui me virando e fui chupar sua buceta que delicia de buceta perfumada, cheirosa e deliciosa, lambi, chupei e senti o sumo que saia dentro dela, até que ela gozou varias vezes, e ficou como que desfalecida, ficamos deitadas uma ao lado da outra nos restabelecendo, depois ela foi tomar banho e eu também, me mandou para meu banheiro e ficou sozinha no dela, diz que queria pensar na loucura que estávamos fazendo.

Durante o jantar ficamos as duas normais, papai nunca imaginaria que eu tinha possuído e sido possuída por mamãe, depois disso fomos para a sala de tv e eu me deitei no colo de mamãe que ficou acariciando meus cabelos, quando fui dormir deixei os dois na sala e ao despedir de mamãe ao invés de dar um selinho ela me beijou com a língua bem gostosa, papai via tv e nem notou, fui dormir como se tivesse ganhado a mega sena, que delicia de tarde havia passado.

No outro dia assim que nos encontramos no café ela falou precisamos conversar Sheila, sim fale, ela falou vamos até o quarto as paredes aqui têm ouvidos, e fomos ao meu quarto, ainda estava de lingerie e camisolinha ela já vestida com um vestido lindo esvoaçante e fechou a porta com chave e falou filha tenho de confessar aquele homem é meu amante, eu tinha necessidade de sexo e fui conquistada por ele, seu pai não me dá o sexo que preciso e acabei entrando na conversa dele, agora tenho de encontrar-me com ele ao menos uma vez por semana, pois me ameaça de estragar minha vida, tem fotos comprometedoras, então vou ter de sair e vc vai ficar quietinha me ajudando, eu disse nada disso mãe a senhora de hoje em diante somente vai ter um homem meu pai, e o que faltar eu dou para a senhora, prazer e sexo bem gostoso, nunca vai precisar de homem, ela chorando falou e como faço amor. Se eu não for e ele mandar para a net as fotos e coisas que tem sobre mim, eu falei me deixa ir em seu lugar mãe, ela falou esta louca, vc nunca vai aguentar dar para ele o pau dele é imenso, eu sorrindo disse mãe estou dizendo que vou falar com ele e não dar para ele, sorrimos as duas, ela falou estou tão nervosa pois morro de medo, e não quero perder seus carinhos amor, que delicia foi ontem ser sua daquela forma vou querer sempre. Então eu propus vamos as duas encontrar com este canalha tarado ela acabou concordando.

Quando cheguei ao local do encontro eu estava linda com uma roupa bem ousada de shorts e camiseta, com o decote bem aberto e mamãe estava como sempre deliciosa, de calças compridas e blusa de seda branca, um tesão como somente ela sabe ser. O homem chama-se George abriu a porta do carro ela entrou na frente e ele falou porque vc trouxe sua filha, eu disse por que eu quis, preciso falar com o senhor, ele falou aonde irei eu disse no local que vc sempre leva minha mãe, então fomos a um lindo motel perto do local onde estávamos.

Quando entrei eu vi o homem um homem quarentão lindíssimo, cabelos ondulados negros, olhos azuis, um belo corpo malhado, ele sem nenhuma intimidação tirou a gravata e a camisa social, ficando apenas de calça, ai foi tirar o cinto eu falei pode parar, ele falou sorrindo não vou ter de comer as duas? eu falei não vai comer nenhuma das duas seu sujo, ele então pegou em meu punho e me jogou na cama, falando fica na sua menina, vc não sabe da missa a metade, perguntei então me conte.

George então falou sua mãe era uma mulher infeliz mal comida e cheia de tesão para dar, ai eu me aproximei hoje ela é uma mulher feliz e realizada, pois o corno de seu pai não a come como ela merece, ai ela quis me deixar mas sabe criança eu me apaixonei e não vou deixar de ter ela ao menos uma vez por semana, e vc vai ficar quietinha caso contrario sua vida de princesinha acaba gostosinha. Enquanto falava foi tirando a calça ficando somente de cuecas eu vi aquilo um pau monstruoso, deve ter mais de 22 cm e meus olhos não saiam daquela ferramenta majestosa, ai ele perguntou a Laura qual o tamanho do pau de seu marido ela falou deve ter uns 14 cm, funciona quando ele esta com tesão ouviu seu tarado, ele então abaixou a cueca e pulou seu pau para fora e disse agora acho melhor as duas putinhas virem chupar meu pau pois estou morrendo de tesão, preciso de uma chupada e duas bocas irão satisfazer meu tesão no inicio.

Minha mãe me abraçou querendo me proteger e falou deixa Sheila eu chupo depois que ele gozar iremos embora, eu disse nada disso, este tarado não vai mandar em nossos desejos, ele então falou nada disso vou comer sua filha também hoje, afinal se não comer vou colocar na internet tudo o que tenho de vc Laura, ela começou chorar e eu disse se vc der todas as fotos e coisas dela eu dou para vc e ela fica de fora, ele sorrindo disse que filha dedicada ou esta com vontade do pau do macho da sua mãe, eu falei não preciso de pau para ser feliz, ele falou se as duas me derem bem gostoso e deixar eu gozar comendo as duas eu vou pensar em devolver tudo, já estou ficando cheio da choradeira de sua mãe menina, conversem as duas e falem o como será? Levei Laura ao banheiro e falei melhor a gente fazer os gostos dele e sair desta enrascada, ela falou filha o pau dele é enorme vai machucar sua buceta, eu disse mãe já dei para rapazes de pau grande, não se preocupe, vamos fazer o que tiver que ser feito mãe vamos.

Quando voltamos ao quarto falei vamos chupar seu pau até vc gozar gostoso, iremos embora e vc não prejudica minha mãe de acordo, ele falou vamos façam sua obrigação, depois resolvemos o preço pelo meu silencio, ai chegamos perto do pau do cara, não é um pau comum é um monumento ao machismo, grande, comprido, grosso e reto com uma cabeça enorme, parece um cogumelo dos grandes, do tamanho de um tomate, eu comecei a lamber e minha mãe também lambia, ele gemia e dizia minhas cachorras chupem vou querer que vcs duas tomem todo o leite que sair e abri bem a boca mal conseguia colocar aquilo na boca, e mamãe também fazia o mesmo hora eu hora ela ai depois de muitas sugadas ele gritou vou gozar preparem para engolir tudo e gozou, mas gozou uma quantidade inimaginável de porra e eu tomei algumas esporradas e mamãe tomou o restante, depois lambemos todo o pau até deixar ele limpinho, ai ficamos deitadas ao lado do cara, neste momento ele falou estou quase satisfeito mas vou querer ainda uma buceta afinal tem duas, quero ao menos uma qual vai ser, minha mãe com tesão falou a minha, eu falei nada disso na minha mãe nunca mais come a minha e o macho veio e entrando entre minhas pernas colocou aquele instrumento na porta da minha buceta ensopada e falou prepare vai receber o pau do amante de sua mãe e eu senti a cabeça entrando, doeu muito mas foi entrando quando estava no fundo, senti minha mãe segurando em minhas mãos e falava aguenta filha vai foder e gozar agora, depois nunca mais e ele fodeu e como fodeu, o pau entrava e saia com facilidade, afinal eu estava morrendo de tesão.

George é um homem de palavra apagou tudo que tinha de minha mãe, e falou fique com meu contato qualquer uma das duas quando precisar de um macho alpha entrem em contato, tem homem para as duas aqui, eu agradeci sua atitude de cumprir com o prometido e saímos. Ao chegar a casa minha mãe chorava falando que tinha me feito de puta do George e que estava arrependida, fui tomar banho ela quis ver o estrago na minha buceta, passou alguma pomada aliviou o vermelhão dela ai beijou minha boca chorando pedindo desculpas disse que nunca mais iria precisar procurar homem que eu satisfaria todas as suas necessidades, eu para acalma-la beijei suas tetas e chupei bastante sua buceta fazendo-a gozar em minha boca e engoli todo o semem que saia dentro daquela deliciosa buceta, depois conversando falei sabe mãe quando a gente precisar de um macho porque não procurar o George, ele é muito gostoso e tem um pau delicioso, ela sorrindo disse sim filha, mas acho que não vamos precisar de homem, uma vai satisfazer a outra.

No outro dia logo cedo minha mãe levou café na cama, tomamos e depois fui beijada, acariciada, chupada e fiz o mesmo com minha mãe agora minha putinha, que delicia chupar sua buceta, o auge do gozo foi quando abri minhas pernas como tesoura ela entrou ao contrario, e ficamos esfregando uma na buceta da outra, gozamos desesperadamente, até que ficamos desfalecidas na cama. Vivemos um período uma possuindo a outra até que um dia deu vontade de ter um pau de verdade e falei Laura vamos encontrar com o George será que ainda nos quer, mas isso fica para uma segunda parte, hoje vivemos os três em sexo constante, é uma delicia fazer sexo com Laura e nosso macho amo os dois perdidamente.

Caso queiram saber como foi esta segunda parte basta pedir que conto tudo, por favor votem no conto para dar vontade de escrever mais sobre minha vida a três.

Sheila

Camipaula1@hotmail.com

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/04/2018 08:30:58
Eu amei seu conto, muito bem escrito, uma narrativa perfeita!!!
09/04/2018 11:24:12
Se tiver fotos poder mandar amore. Sandro.cesario3@yahoo.com.br
09/04/2018 11:22:52
Que delicia amore um tesao
07/04/2018 21:20:53
Conto bem louco. Nunca tive experiência com mulher, ainda maia com filha, mas pra quem gosta deve ser super excitante. Importante é ser gostoso, gozar gostoso e ser feliz, meu bem.
07/04/2018 10:27:15
É um conto muito louco, no bom sentido, situação pra lá de quente e sacana. Depois de uma semana com contos abaixo da média, foi de bom grado ler essa relação inusitada
07/04/2018 05:25:34
Amei o conto e quero ler todos outros. Adoro filmar e fotografar, fotografoliberal@yahoo.com.br
07/04/2018 00:31:40
Demais
06/04/2018 20:14:49
Scheila, demais!! Que tesão de conto!! Enlouqueci!! Vocês devem ser muito gostosas.. safadas são!! Queria ver vocês... Beijos... gauchogol1@gmail.com
06/04/2018 16:37:34
delicia