Eita Sexta Feira animada em São Paulo

Um conto erótico de Carlos Eduardo
Categoria: Homossexual
Data: 30/03/2018 09:47:43
Nota 8.00
Assuntos: Gay, Homossexual

Moro no interior de São Paulo, mas precisamente em Sorocaba.

Aqui na minha cidade a coisa é bem complicada, são poucos os lugares que nos Bi podemos ir.

Então sempre quando eu posso vou a São Paulo, curto Sauna, Cinemas Pornô, Striptease dentre outras coisas.

Na sexta feira passada, eu posso afirmar que fechei com chave de ouro.

Teve Sauna, Cinema, Striptease e Travesti, tudo num dia só.

NA SAUNA, logo por volta das 11:00 cheguei na Sauna que costumo frequentar, o local estava interessante, tinha bastante pessoas andando de um lado para o outro.

No último andar, perto dos armários, tem uma sala de TV com algumas cabines e uma cama enorme e nela tinha um cara deitado, peladão brincando com o pau.

Passei dei uma olhada, e fui embora, voltei logo mais, e ele ainda estava lá, e mexeu comigo, foi ai, que peguei no pau dele para analisar o produto, e achei interessante, vi que estava limpinho e mamei gostoso por uns minutos e logo fui embora.

Tinha um cara andando de lá para cá mas não me interessou e além do mais ele era passivo.

Então desci para os chuveiros que fica no sub solo, ali tinha várias pessoas, porem nada acontecia.

Fui para o chuveiro, e fiquei ali brincando com o meu pau, algumas pessoas sempre ficam observando, comecei a socar uma e quase gozei, tinha um cara olhando e isso me deu um tesão adoro ser observado.

Sai dali e fui de um lado para o outro, caçando literalmente e nada acontecia.

Foi ai que voltei para o armário, e peguei minha mochila, nela eu sempre levo, consolos (vários), gel, camisinha e calcinhas (adoro usar calcinhas), entrei novamente na sala de TV e em seguida entrei em uma cabine, coloquei uma calcinha vermelha bem linda que eu tenho, brinquei um pouco com um consolo e como ninguém apareceu para brincar comigo, acabei colocando a toalhas por cima da calcinha e guardei a mochila no armário.

Desci para o chuveiro novamente, pensando que iria seduzir alguém com a calcinha, mas nada aconteceu novamente.

Quando decidi subir novamente para o armário, percebi que tinha dois caras me olhando na entrada das cabines, ai fui até a última cabine e fiquei ali esperando para ver se eles viriam e sim um cara apareceu na porta e entrou e logo em seguida veio o outro, nossa pensei assim estou fudido, os dois caras vão me comer gostoso agora.

Tirei a toalha e fiquei só de calcinha, os caras me olharam passaram a mão na minha bunda, e começaram a se alisar, percebi que um deles queria comer o outro, e foi isso que aconteceu, fiquei ali olhando e socando uma punheta com dedos no cu.

Como vi que nada ir rolar para o meu lado, sai da cabine e subi novamente lá no armário.

Chegando lá, vi que tinha um cara aquele passivo que falei acima, me olhando e querendo algo, foi ai que falei para ele que era passivo também, e ele meio que ficou ali de boa.

Fui no armário peguei minha mochila e convidei ele para entrar em uma cabine e o cara topou.

Abri a mochila e tirei quatro consolos que estavam nela, o cara levou um baita susto.

Peguei o gel, passei no consolo e na portinha do cuzão arrombado, e soquei o consolo para dentro, curto fazer isso com as pessoas observando.

O cara ficou mais assustado ainda, pois o consolo tinha nada mais nada menos que 21x5, e literalmente fiz uma mágica sumindo com o consolo dentro do meu cu.

O cara então me pediu para pegar um e tentar enfiar ele no cu eu dei um para ele que curtia muito, e o cara mandou ver, no final eu dei três consolos para ele de presente e voltei para o armário guardar a mochila.

Andei de lá para cá e nada aconteceu, foi ai que resolvi entrar na sala de TV novamente para ver o que estava rolando, tinha um senhor sentado na escada que existe ali, fiquei sentado um pouco tentando ver qual que era a dele, mas nada.

Foi ai que entrou na sala aquele rapaz que estava dando para o cara lá na cabine perto dos chuveiros.

Então estava-mos em três pessoas ali na sala de TV.

Foi ai que pensei em fazer uma loucura que sempre tive vontade e não perdi tempo, fui no armário peguei novamente a mochila e entrei na sala de TV, os dois ficaram me olhando, só esperando o que iria acontecer em seguida.

Olhei para o cara que deu para o outro lá na cabine do chuveiro e falei assim, você achou o pau do cara que te comeu grande? (tinha escutado ele falar que o pau do cara era enorme), ele olhou pra mim e disse, nossa grande pra caramba.

Enfiei a mão na mochila e peguei o meu consolo favorito de 21x5 e mostrei para ele, isso aqui é grande.

Nossa o cara olhou para o consolo de boca aberta e falou, se é maluco, consegue enfiar isso no cu?

Peguei o Gel, passei no consolo e o coloquei no chão (ventosa) e sentei em cima dele até sumir dentro do meu cu.

Os dois ficaram olhando e um deles falou nossa, que cu guloso esse hein.

Fiquei com mais tesão ainda e comecei a cavalgar.

Só que o chão é meio aspero e soltava toda hora.

Então me levantei e coloquei ela na parede que é de azulejo bem liso e ele para bem.

Fiquei de lado para eles, e dessa forma eles conseguiam ver bem o consolo entrando no meu cu.

Foi ai que entrou mais um cara na sala, e quando deu com aquela cena estalou os olhos.

Fiquei ali sendo observado por três pessoas, e socando uma punheta até gozar gostoso.

Falei até mais para o pessoa, coloquei o consolo na mochila, fui para o banheiro tomar um banho e fui embora.

Chamei um Uber e fui para região da Praça da República.

NO CINEMA, entrei no Cine Kratos, e fui procurar algum cara para me comer, porém a coisa anda complicada, como aumentou o número de passivos, não sei se perceberam isso, mas a coisa está complicada, muitos passivos mesmo.

Subi no primeiro andar onde, tem um sofá velho pra caralho, cabines e uma TV, tentei achar alguém mas nada acontecia, foi ai que percebi um cara me seguindo, então fui ao banheiro e o cara veio atrás, ele deveria ter uns 20 e poucos anos, bonito, moreno, fiquei observando ele e ele me observando, foi ai que resolvi sair do banheiro e ver o que acontecia.

Ele veio atrás de mim, e foi ai, que parei baixei a minha bermuda e mostrei o cuzão para ele, só para ver qual seria a reação do cara, como estava de costas para ele, e olhando para ver se alguém aparecia, ele veio por trás e colocou a mão na minha costa e me chamou para dentro do banheiro novamente.

Obedeci o seu chamado e entramos no banheiro, ele arrancou o pau para fora e meu era um pelo de um pau.

Convidei ela para irmos na cabine, é mais limpo e seguro ele não quis, me virou de costas, encapou o danado e me enrabou ali mesmo, que delicia de rola, confesso que doeu um pouco e pedi para ele parar, mas o cara queria socar no meu cu de tudo jeito e ficamos ali por um tempinho.

Ai ele desistiu pois não queria gozar ainda, e fomos embora, eu entrei em uma cabine e ele sumiu.

Vi que não iria rolar nada, e resolvi descer para o primeiro andar, na outra sala de cinema, tinha poucas pessoas, resolvi então colocar a calcinha para ver se rolava algo, e o fiz.

Entrou uma pessoas, passou por mim olhou e foi embora.

Logo depois de una minutos entrou um moreno, passou por mim, me observou eu já estava de bermuda, mas com a calcinha por baixo, voltou e parou perto de mim.

Bem o sinal já estava dado, sai dali e fui num local mais escuro e o cara veio atrás, abaixei a bermuda e ele ao mesmo tempo abaixou-se na minha frente e começou a me mamar.

Passou a mão nas minhas pernas (temo pernas lindas), passou a mão na minha bunda, e quando percebeu que eu estava de calcinha, levantou-se e foi embora, kkkkk, acontece sempre.

Ai voltei para o primeiro andar novamente e fiquei ali caçando alguém, tenho um tesão danado de ser enrabado de quatro naquele sofá com todo mundo vendo.

Fiquei por ali, tentando encontrar alguém para me satisfazer, mas nada acontecia, foi ai que resolvi entrar na cabine novamente e o fiz, tirei toda a roupa e fiquei só de calcinha, com a porta entreaberta, para as pessoas que passassem na frente olhassem para dentro e entrassem.

Alguns passaram olharam e nada, ai fui criando coragem e abrindo mais e mais a porta, observando sempre quem estava por ali, isso já era umas 18:00 e o movimento parecia cada vez maior, sai um pouco para fora da cabine e observei que tinha um cara sentado no sofá e um moreno de pé perto da entrada encostado em uma coluna e com o pau de fora socando uma punheta.

Pareceu interessante, fui criando coragem e fui me aproximando dele, só de calcinha, quem estava ali ficou me observando e não se mexiam, cheguei perto do cara e ele nada, nossa que merda, eu achando que ia dar para ele ali no sofá.

Voltei para a cabine e ali fiquei fazendo esse joguinho, saia um pouco ia até perto do sofá e voltava, a essa altura, já tinha mais pessoas olhando a minha brincadeirinha.

Eu estava num tesão danado, voltava para a cabine e saia a todo momento, tentando achar algo, foi ai que me cansei, e lancei mão do meu companheiro de todas as horas, passei um gel nele e soquei no cu, ali mesmo dentro da cabine.

Percebi que a todo momento alguém entrava na cabine do lado e olhava por um buraco, foi ai que abri um pouco mais a porta da minha cabine, e fiquei de quatro, derrepente um cara entrou, passou a mão na minha bunda, falou nossa que bunda deliciosa. E foi embora.

Esperei um pouco e vi que ele não voltou sai, da cabine com o consolo na mão, nessa altura eu já nem estava ai para quem estava ali fora, eu queria era gozar, fui para um canto escuro e soquei o consolo no cu, e comecei a socar uma punheta. Foi ai que o cara que me comeu apareceu, tirou o pau para fora e começou a socar uma punheta do meu lado.

Me chamou para ficar de quatro na frente dele, e vi que ele estava se camisinha, falei para ele assim quer me comer no sofá na frente de todo mundo, e o cara topou, falei assim aguenta ai vou pegar a capa e já volto, quando voltei o cara tinha ido embora, filho da puta queria me comer sem capa, eu acho.

Voltei peguei o consolos soquei no cu e gozei gostoso, fui ao banheiro me lavei e fui embora.

NO TEATRO ORION -bem vamos então agora ver um show só para variar, estava com tesão ainda, quem sabe comer uma bucetinha agora, entrei no teatro e como sempre tinha lá algumas gostosas, porém poucas pessoas, bem como já tinha pago resolvi então me sentar, na primeira fileira, tinha ali mais dois caras.

Entrou uma gostosa fez um streep e em seguida entrou uma coisa ridícula de feia, a não deu né, me mandei.

DANDO PARA UM TRAVEO - Foi ai que resolvi ir embora, fui para o estacionamento peguei meu carro, e vamos que vamos para o interior, saindo dali me lembrei que tinha um travecos ali perto, e sempre tinha uns gostosos, e eu gosto de traveco, comecei a rodear o local escolhendo um para me comer, tinha um delicia de calcinha e quando decidi parar para pegar ele um cara apareceu e pegou antes de mim.

Dei algumas voltas no quarteirão, e logo vi um outro que me chamou a atenção, e parei para trocar ideias com o cara.

Acertamos o programa e fomos ali mesmo em um purgueiro do caralho, eu nem ai queria mesmo era rola.

Entramos no quarto, e comecei a passar a mão na bunda do traveco, delicia de bunda, ele crente que ia dar para mim, que nada amigo, como de costume eu sou passivo.

Mesmo disse o traveco, já tirando o pau para fora, mole, e me disse, espero que você aguente porque meu pau é enorme.

Olhei e disse assim, nossa eu aguento sim, estou acostumado e logo já coloquei a mão na mochila e tirei o consolo de 21x5, e já falando para ele não se chatear porque eu era acostumado com coisa grande.

Quando ele viu o consolo já pegou não mão e me disse, fique de quatro ai vou enfiar ele no seu cu então.

Na hora, peguei o gel, e fiquei de quatro para o cara, que enfiou o consolo no meu cu, até ele sumir, me levantei da cama e vi que o pau do cara já estava bem durão e era grande, nem tanto quanto o meu consolo mas era gostoso.

Ele colocou a capa, e eu dei uma chupada, ele me colocou de quatro de novo, e socou o pau dele no meu cu, e o pau era gostoso, delicia mesmo.

Foi ai que ele tirou o pau dele e colocou o consolo e disse assim, vou enfiar o meu pau e o consolo no seu cu, e meu o cara enfiou, e que delicia, o consolo enterrado no meu cu e o pau do traveco.

Soquei mais uma punheta e gozei gostoso, paguei o traveco e fui embora para casa feliz.

EITA SEXTA FEIRA ANIMADA EM SÃO PAULO.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/03/2018 17:15:04
MUITO RUIM. NÃO ACONTECEU NADA DE BOM.
30/03/2018 15:43:05
Um apena que fechou mesmo, o que ficava do lado da galeria do Rock. Não lembro o nome nele, era ótimo.
30/03/2018 15:41:49
Sim, o tesão é enorme quando existem pessoas olhando.Que doido né.
30/03/2018 11:56:11
Também moro no interior, também fazia minhas excursões por Sampa, começando na mesma sauna que você! Adoro aquele piso de cerâmica vermelha, beeeem decadente. Também já mamei um cara naquela arquibancada na frente da TV, com gente indo e vindo, e eu nem aí. Neste cinema eu ainda não fui, mas naquele que fechou na S.João fui e dei debaixo da tela, numa rodinha de uns 5 caras se revesando, lógico que na frente de todo mundo. É tudo de bom, né?