17. O vizinho me comeu na frente do meu marido

Um conto erótico de Nandinha
Categoria: Heterossexual
Data: 28/03/2018 14:48:51
Nota 9.10

Bom depois de tantos acontecimentos, fiquei mto pensativa. Com meu marido qdo rola sexo tá horrivel e sem tesão.

Já tem um tempo q curto algumas aventuras aventuras, adoro uns fetiches, mastenho muitas saudades do meu sogro me fudendo na fazenda sabe? Aquele velho me deixa melada até hj só de lembrar.

Eu não estava feliz. Precisava de sexo, precisava acalmar meu coração. Comecei a pensar em separação sabe.

E aí teve aquela sexta feira fatídica, estava passeando com o bebê, quando passei perto do horário do trabalho do meu marido. Eu pensei em conversar e decidi procurar ele de surpresa. Mas a surpresa foi minha quando cheguei no escritório e encontrei ele transando com a secretária.

Eu não tive muita reação.

É claro que eu sabia q ele estava comendo alguém, pq a nossa chama tinha apagado. Mas ver aquilo era mto pesado. Eu saí de lá direto pra casa.

Não deu mto tempo e ele chegou.

Não brigamos, ele chorou, mas precisavamos daquela distância.

Depois disso... A familia inteira ligava, e eu não atendia. Já tava sozinha com meu filhote, pensando no futuro quando ele me ligou pra conversar.

Ele foi lá em casa, mas foi tudo tão triste, tão pesado.

Passamos por tantas coisas. Eu não sei a partir de quando a gente passava do casal apaixonado pra esse casal sem vida. Ele queria voltar, queria tentar recomeçar. Perguntou pra mim o que poderia fazer, como recomeçar.

Nessa hora eu perdi o controle.. comecei a gritar.

Berrava q eu sabia q ele tava comendo outra. Que eu também dei pra vários. Que o casamento tava uma bosta. E que eu não ia esquecer a cena q eu vi. Que saber ser corna era diferente de ver. Ele começou a me chamar de puta. Aquela baixaria.

O bebê começou a chorar. A campainha tocou. Eu fui pegar o bebê e ouvi aquele vizinho. O seu Ademir conversando com meu marido, falando que estava muito alto. Pra gente se acalmar.

O babaca ficou la escutando, pedindo desculpas a ele. Eu coloquei um desenho pro bebê ver no carrinho é voltei bufando.

- Seu Ademir, Vai tomar no seu cu. Se tá atrapalhando chama a porra da polícia e não se mete onde não é chamado.

Ele me olhou com ódio, olhava pro meu marido e o panaca lá. Com cara de vergonha.

Depois veio pra cima de mim, mudo com ódio na cara, falando:

- Vou resolver o problema de voces dois. O seu de atrevimento e o dele de covardia.

Ele veio pra cima de mim, eu peitando Ele, me debatendo. O meu marido passado, olhando tudo, sem reação. Seu Ademir me segurou pelos braços, me virou na mesa, abaixou minhas calças e começou a bater na minha bunda.

- Vai apanhar que nem criança, pra aprender a ser educada sua cadela. Nao sabe respeitar os mais velhos? Ja tá na idade de aprender.

Eu me debatendo, olhei pro meu marido, e ele lá... havia sentado no sofá, assistia tudo e não fazia nada.

Pqp. Aquilo me deu uma raiva dele tão grande. Que eu parei de me debater.

O seu Ademir muito mais esperto e sacana que eu pensava, tava sacando tudo q tava acontecendo. Percebeu quando eu parei de me debater e parou com as palmadas. Começou a dedar minha buceta e eu com raiva comecei a me abrir toda. Agora não tinha volta. Eu já estava gemendo e toda molhada.

Daqui a pouco ele parou, olhou pro meu marido e resmungou:

Vambora corno, Vai pegar uma camisinha ou eu vou comer essa vadia no pêlo.

Kakakakkakakaka

Eu tava rindo mto por dentro. Era a vingança perfeita.

O babaca disse q não tinha, e aí eu mandei ele pegar na minha bolsa. O seu Ademir ria alto, enquanto já estreava a rola dura na minha bunda e eu melada minhas coxas. Quando ele veio trazendo a camisinha, percebi pelo volume que estava de pau duro o cretino.

Seu Ademir colocou a camisinha, eu já tava me apoiando na mesa, toda empinada.

Ele meteu aquela piroca toda de uma vez.

Nao era tao Grande, mas era grossa como uma tora.

Eu deu um suspiro fundo e um gemido de dor.. ao acabou.

Ele começou a falar um monte:

- Sua mulher tava precisando de um macho de verdade corno. A buceta dela tá queimando, tá sugando minha pica com fome. Você nao viu como ela tava descontrolada? Isso é falta de piroca de macho.

Falava isso enquanto bombava e eu gemia.

Abriu minha blusa

Baixou meu sutiã.

Apertava o bico do meu peito.

E eu gemendo descontroladamente, olhava pro corno e ele tava tocando uma.

Quando eu comecei a gozar, seu Ademir me pegou pelos cabelos, foi me empurrando com a piroca pro chao. Pqp caralho que tesao. Eu já tava me tremendo naquela piroca. Eu tava toda lotada. Eu cheguei no chao de 4, na frente do meu marido. Ele tirou a piroca da minha buceta. Me virou, tirou a camisinha. Bateu com a rola na minha cara. Mandou meu marido segurar minha cabeça e encheu a minha cara de Porra.

Olha eu nao sei até hj que tipo de sentimento eu tive.

Se foi humilhação, tesao, não sei. Só sei q seu Ademir gozou. Limpou o pau com a minha calcinha. Guardou. E foi embora. MUDO.

Eu no chao toda gozada, toda estraçalhada. Meu marido tirou a blusa, limpou meu rosto, meu beijou e enfiou a piroca em mim.

Eu tava larga, já nem sentia mto a pica dele. Ele me beijando, me pedindo perdão. Parei, olhei bem pra cara dele, me comendo, com cara de tristeza. O pau tava estalando de tão duro. Que raiva.

Me virei, deixei ele por cima, sentei naquela pica, molhei ele todo. Dei 2 tapas na cara dele.

- covarde, não fez nada ne?

Agora quer gozar filho da puta.

Goza na buceta arrombada por outro macho.

Sei la o tesão que tava me dando aquilo.

Eu rebolava enquanto ele pedia perdão.

Não sei onde chegamos, foi tudo mto confuso.

Ele voltou pra casa, mas ainda não ficamos bem.

Eu não sei bem o q pensar agora.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
19/09/2018 05:04:58
Que tesão vc me deu, queria ser esse vizinho e encher sua boca de porra... makcpaz@hotmail.com
07/08/2018 16:28:23
Mais um conto show em parabéns
02/04/2018 17:08:37
delicia de relato. não sabe o que pensar? Te digo: Agora você está liberada. O corno gostou
29/03/2018 13:25:12
Maravilhoso gatas vamos tc chama no whats....ONZE.NOVE, SEIS, NOVE, NOVE, SETE, TRÊS, SEIS, NOVE,NOVE MARCOS BJS NAS PEPECAS..
29/03/2018 09:02:04
Seus contos tem boas sequências, pena que alguns acontecimentos pra outros demoram, mas importa o relatorelato atual. Esse aqui é uma pérola, como imaginar como as coisas vão acontecer? Muito boa essa parte, deixa o leitor na expectativa
29/03/2018 05:14:03
Ameio conto e quero ler todos outros. fotografoliberal@yahoo.com.br
29/03/2018 01:05:19
Excelente conto continue
uem
28/03/2018 20:58:43
que safadinha adorou a pica do vizinho
28/03/2018 20:43:36
Tesão puro gozada gostosa que dei. Se fosse minha vizinha ia levar rola todo dia.
28/03/2018 16:03:36
Nossa!!!! Uaaaaau! Menina que tesao! Uii
28/03/2018 15:34:16
Q inveja do Sr Ademir .. Eu q queria pegar vc assim na frente desse corno casadosafado37@Hotmail.com
28/03/2018 15:13:10
Mais um conto delicioso