O cafajeste gostoso parte 11

Um conto erótico de Bryan
Categoria: Homossexual
Data: 24/03/2018 18:20:13
Nota 10.00

Desculpas pela demora esses meses aconteceu muitos problemas. ..

Gerson : Dorme comigo hoje? - me veio milhões de pensamentos naquele momento.

Eu : Tá bom, mas tenho que avisar meus amigos.

Gerson : Você manda uma mensagem para eles - disse no meu ouvido em meio aos beijos que me fizeram arrepiar.

* * * *

Narrado por Gerson

Hoje vai ser o melhor dia da minha vida, meu anjinho vai dormir na minha cama. Ainda bem que meus pais chegam amanhã......

Eu : vamos subir - o interrompir de seus pensamentos que analisava cada canto da casa.

Bryan : mas seus pais estão aqui?

Eu : xiiiiiii; não estraga o momento. E respondendo a sua perguntar eles nunca estão - peguei ele com meus braços, e levei para meu quarto. Ao chegar joguei seu corpo sobre minha cama, me joguei sobre o mesmo, comecei a beijar seu pescoço e boca, nossas respirações começaram a ficar mais ofegante o momento foi esquentando, meu pau já doía de tão duro. Tirei minha camisa e depois a sua sem interromper nossos Beijos. Meu anjinho saiu de baixo e ficou por cima, rebolando sua bunda no meu pau.

Eu : chupa ,chupa meu amor - ele abaixou meu short e mordia minha rola por cima da cueca. Tirou minha cueca, me deixando pelado por completo, lambeu a cabeça da minha rola, intensificando as chupadas. Segurei sua cabeça e fodi aquela boca gostosa.

Eu : para se não vou goza - interrompir as chupadas - eu quero goza dentro de você meu amor.

Bryan ficou de pé e tirou suas roupas me levantei e voltei aos beijos compartilhando o gosto do meu pau, passei a mão em sua bunda. Cheguei próximo ao seu ouvido e com o dedo indicador enfiei no cu dele arracando um gemido.

Eu : Deixar eu te comer?

Bryan : É o que eu mais quero - deitei ele de bruços na cama, dei um tapa na sua bunda e cai de boca no seu cú, arrancando milhões de gemidos do meu nenen que se contorcia de prazer.

Coloquei meu pau na entrada do seu cuzinho e forcei entra, quando a cabeça entrou ele gritou de dor, imediatamente beijei sua boca tentando tranquilizalo.

Eu : calma amor, não vou te machucar.

Bryan : Tá doendo muito.

Empurrei o resto devagar até sentir que entrou todo. Fiquei por uns minutos para ele se acostumar com minha tora dentro do seu anelzinho.

Eu : Aí amor você é muito gostoso e pertadinho, não deu para ninguém esses dias mesmo? - levei um tapa no rosto e o mesmo saiu imediatamente de baixo de mim.

Bryan : Você acha que sou do governo, que vou dar para todo mundo; acho que foi péssima idéia vim para sua casa.

Eu : amor não foi isso que eu quis dizer.

Bryan : mas foi o que disse, vamos me levar para minha casa?

Eu : Não vou levar.

Bryan : pois vou a pé mesmo - disse se levantando e indo colocar suas roupas.

Eu : anjinho não faz isso comigo por favor, me perdoa não queria falar isso.

Bryan : você acha que só por que me comeu naquele dia encima dessa cama, onde você trás um monte de piriguete meu Deus por que fui fazer isso. ..Eu sou gay; viado; baitola; qualquer nome que se pode designar , mas não sou um rabinho que você vai meter, eu sou um ser humano - falou chorando me cortava o coração - acho que me apaixonei pelo pessoa errada.

Eu : nunca mas repita isso - o abracei - eu amo você; eu nunca trouxe ninguém para minha cama .

Bryan : me soltar e para de mentir.

Eu : Não vou soltar - comecei a beijar aquela boca linda - sabe por que te amo? - disse meio ao choro - você é o homem da minha vida - o abracei mais forte que pude. . Eu não aguento ficar longe de você, esses dias foram os piores da minha vida, falei em seu ouvido; olhei em seu rosto e o mesmo estava chorando.

Eu : Não chorar meu amor, se você chorar eu vou também - o peguei e coloquei no meu colo e sequei suas lágrimas - fica comigo por favor,se você não querer transar eu aceito ,mas deixar eu dormir agarradinho com você ,sentir seu cheiro? .

Bryan : eu durmo.

Eu : desculpa eu amor. Falei beijando seu pescoço.

Bryan : desculpo, mas nunca fale essas coisas de mim ,por favor ; pode ser besteira mas fico com a consciência pesada por que lembro ;que transei com você de primeira.

Eu : eu quis e você também. E também não aceitaria saber que outro homem já tinha te tocado- voltei a beijar sua boca rozinha e foi ficando mais quente.

Bryan : tem alguém muito animado aqui em baixo. Falou apontando para minha rola.

Eu : Desculpa ,vou parar, vamos dormir?

Bryan : quem disse que eu quero dormir.

Eu : Não! !!! Você prometeu que iria dormir comigo.

Bryan : eu quero ver se esse amor e verdadeiro . Vamos fazer amor a noite toda - disse mordendo os lábios.

Eu : então é isso - deitei ele de costa para cama e comecei a penetração - quero te comer olhando em seus olhos, bombava com força fazendo barulho do meu saco batendo em sua bunda. Comecei a beijar sua boca e penetrando com mais força.

Eu : ahhhhhhhhhh, gozei

Bryan : mas já.

Eu : é para discontar essa semana que passei na punheta, amor e muito difícil ficar longe de você e você disse que era a noite toda.....

Trasemos umas quatro vezes, gozei na boca, barriga, bunda e costa do meu anjinho.

Eu :amor só mais uma.

Bryan : ave Maria, não a gente passou a noite trancando e vou banhar.

Eu : amor é por que estou com vontade e muito saudade do seu corpinho.

Bryan : estou todo doido e com meu cu assado.

Eu : eu te machuquei, eu sei que em alguns momentos empolguei, mas bem que você gostou.

Bryan : bobo . vou banhar e nem inventar de vim também por que eu sei que você quer me comer.

Bryan entrou no banheiro. ....saiu enrolado na toalha e foi minha vez. ....Assim que sair vi meu nenen deitado só com uma camisa minha, me enchuguei e pulei na cama.

Bryan : Você não vai se vestir não?

Eu : para que se amanhã vou ter que tirar para te comer.

Bryan : nem inventar vou fazer greve depois de hoje.

Eu : Aí amor não faz isso com eu não- falei o abraçando por trás e beijando seu pescoço e dormimos naquela posição

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
25/03/2018 01:53:54
NOSSA, BRIAN VALE TANT QUANTO GERSON. OU SEJA, NADA. OS DOIS SÃO CAFAJESTES. POR ISSO SE MERECEM. LAMENTÁVEL. A DESCULPA QUE A LOIRA O BEIJO DE SURPRESA NÃO ME CONVENCEU. E BRIAN SERÁ A MULHER DE MALANDRO. ACHO QUE SÓ FALTA APANHAR.
24/03/2018 19:38:53
Nossa. Demorou mesmo para postar a continuação. tive que voltar no anterior para entender o que se passou. Digamos que, me pareceu, você escreveu de forma apressada. Enfim. Reconciliação depois do desgaste anterior? Que bom. Eles se gostam.... E o que vem pela frente? Veremos.
24/03/2018 19:23:51
Capítulo confuso. Não tem separação da fala de um personagem e ação do outro. Erros de concordância e flexão verbal continua.