Prima safadinha Parte 02

Um conto erótico de Safadão
Categoria: Heterossexual
Data: 24/03/2018 07:45:33
Nota 10.00

Bom continuando... como disse minha prima estava com um vestidinho curto sentada no sofá, e eu ali com o pau doendo de tão duro, louco pra fode-la, mas como falaria pra ela. Achei melhor ir para o meu quarto, deixei a porta aberta de propósito, deitei na cama apenas de cueca e como disse no começo estava exausto, acabei pegando no sono... derrepente senti um leve toque sobre minha perna, abri os olhos e vi minha prima de joelhos me alisando, mas ela não viu que havia acordado, bem continuei de olhos fechados para ver até onde isso chegaria! Não pude segurar e meu pau começou a endurecer e o volume apareceu na cueca, meu pau tem um tamanha legal 19 cm, derrepente a cabeça saiu pra fora da cueca e ficou pulsando, estava com os olhos fechados mas não por inteiro, conseguia ver o que estava acontecendo sem que ela percebesse! Derrepente ela chegou com a boca bem próxima, colocou a língua para fora e lambeu a cabeça, ela fazia de uma maneira tão suave imaginado que eu estava dormindo, me olhava de canto de olho e ficava observando se esboçava alguma reação, mas fiquei bem quietinho pois não queria que ela saísse dali, derrepente ela começou a tirar minha cueca, abaixou para retirar pelos meus pés, foi quando vi que ela estava sem calcinha, e sua bucentinha toda lisinha estava pingando de tesao, foi quando ela voltou para o meu pau e não economizou no oral, começou a me chupar sem se preocupar se ia acordar ou não!

Abri os olhos e disse: Paulinha! Ela olhou pra mim toda envergonhada e já estava se levantado para sair do quarto toda vermelha, quando disse para que continuasse, pois estava uma delícia, ela bem safadinha e gulosa agarrava meu pau como se fosse um doce e chupava com muito força, ela estava em cima de mim, puxei suas pernas para minha cabeça e forma que ficássemos na posição 69, não estava acreditando que aquela bucetinha maravilhosa estava na minha frente, passei o dedo e seu mel escorria pra dentro da minha boca, que delícia, mais do que rápido enfiei minha língua sedenta dentro daquela buceta maravilhosa, ela gemia gostoso, estava derretendo de tesao, passava minha língua em sua bucetinha deliciosa e depois em seu cuzinho maravilhoso, ela estava toda depiladinha uma delícia, derrepente ela solta um sussurro e me diz: Vem me foder, minha bucetinha está doendo de tesao, quero muito sentir este pau gostoso dentro de mim!

Enfiei meu pau naquela bucetinha maravilhosa que não me ofereceu dificuldade nenhuma para penetrar, pois estava muito molhada, soquei muito, muito, e ela pedia mais rápido, mais forte, me aperta.... a peguei de quatro, uma posição maravilhosa, pois conseguia ver seu cuzinho todo apertadinho na minha frente, enquanto fodia sua buceta comecei a enfiar um dedo no cuzinho, todo meladinho da buceta, depois enfiei mais um e ela não aguentou, começou a se retorcer e gozou muito, apertava meu pau dentro de sua buceta e tremia loucamente... depois disso, se virou para mim e começou a me chupar e bater uma punheta bem gostosa, confesso que já não aguentava mais aguentando de tanta vontade de gozar!!! E ela pediu: enche minha boca com sua porra quentinha quero muito sentir seu gosto, quando ela terminou de falar gozei muiiitoooo, dentro de sua boca, no seu rostinho lindo e nos seus seios deliciosos.... Ela não parou limpou todo o meu pau com sua boca, passou a mão em seus seios o rosto tirando toda aquela porra e mandou pra dentro da boca, dizendo que estava e até doce de tão gostosa, ficamos ali deitados por um tempo e depois fomos para o banho, que sensação maravilhosa ....depois dessa vez tivemos mais algumas experiências que conto num outro momento....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
25/03/2018 04:49:21
Comeu o cuzinho dela Também? Conta aí as aventuras.
24/03/2018 13:57:40
excelente conto
24/03/2018 10:13:44
Delicia de experiencia e otima narrativa
24/03/2018 08:42:36
Muito bom!!!