Briguei com a esposa e acabei mamando uma rola

Um conto erótico de Degustando as vontades
Categoria: Homossexual
Data: 17/03/2018 12:41:17
Nota 9.67

Tudo começou na sexta feira de carnaval, eu e minha esposa saímos e ela acabou bebendo demais, achou que eu estava olhando para outra e acabamos brigando, brigando feio mesmo, acabei passando o dia fora, como tinha levado meu computador, acabei entrando no UOL, como fazia muito tempo que eu não dava uma escapada, estava louco para chupar e dar novamente, conversei com vários, mas nada de dar certo o encontro, até que apareceu um cara de outra cidade, que estava trabalhando aqui, mas iria embora dentro de 2h, tinha que ser jogo rápido. Acabamos só trocando informações do que estávamos afim e fui buscar ele no hotel, como o tempo era curto fui até uma rua deserta com pouca luz, quando parei o carro ele se espantou, perguntou se seria ali mesmo, como o combinado era só boquete, já que o tempo era curto, falei que eu chuparia ali mesmo sim. ele ficou louco de tesão, falou que a esposa dele nunca tinha chupado assim no carro, abriu a calça e ficou muito safado, já falou "cai de boca minha puta" eu nem pensei duas vezes, abocanhei e já engoli inteiro pra ele ver que eu estava louco de tesão, primeira metida já foi até minha garganta, o pau dele não era grande tinha uns 15cm, mas bem cabeçudo, ai fiquei chupando gostoso e ele forçando minha cabeça e foi se soltando, já meteu a mão na minha bunda e socou um dedo no meu cuzinho, falou que já que eu não ia poder dar o rabo, pelo menos o dedo eu ia sentir. eu estava adorando aquele pau, apesar de eu preferir os enormes, aquele estava muito gostoso, talvez pela briga com a esposa e por fazer muito tempo que eu não chupava, eu tinha falado pra ele não gozar na minha boca, pois não ia ter onde lavar e não tinha nem uma bala, mas não aguentei, comecei punhetar aquele pau com a mão e a cabeça na boca, ele me segurou falando que não ia aguentar sem gozar, quando falei pra ele que eu queria beber tudinho, ele pirou, começou socar o dedo forte no meu cu, e socar o pau na minha garganta, e soltou muitos jatos de leite na minha boca, e um leite bem liquido não muito grosso, consegui engolir facil e continuei chupando, ele já jogou no banco tirou o dedo do meu cu, achando que eu ia parar, mas eu estava gostando tanto de chupar aquele pau que queria chupar até amolecer, mas pra minha surpresa quando estava meia bomba e eu continuava chupando, ao invés de amolecer ele começou endurecer novamente, ai fui a loucura, comecei chupar feito uma puta mesmo, queria mais leite, pedi se ele conseguiria gozar novamente, ele só estava preocupado com o tempo para não perder o ônibus, mas caprichei, punhetei gostoso até ele gozar mais uma vez, agora menos leite, mas foi uma delicia igual, ele falou que nunca ninguém tinha feito ele gozar duas vezes seguidas sem tirar o pau da boca.

Agora que estou pegando mais gosto pela coisa, e percebi que estou ficando bom na putaria, estou querendo mais.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
06/02/2019 02:44:53
Adoro chupar
jrh
19/04/2018 23:53:27
Delicia
17/03/2018 16:02:41
Adorei!
17/03/2018 16:02:29
Deliciaaaaaaa!!!
17/03/2018 14:10:09
PENA QUE OS DOIS SÃO CASADOS E NÃO VAI CONTINUAR.