Bia e Rakel 6... o retorno kk

Um conto erótico de Atena
Categoria: Homossexual
Data: 15/03/2018 01:18:23
Nota 10.00

Bia

Depois que Daniel e Amanda foram embora eu ficava a todo instante olhando o relógio, os segundos pareciam ter virado minutos e os minutos pareciam ter virado hora e as horas em dias, tudo parecia esta prolongado-se a ansiedade me consumia, me deitei em minha cama e fiquei olhando para o teto coloquei meu fone de ouvido e dei um play na minha playlist e comecei a pensar nela naquele sorriso naquela voz naquele corpo e em como tudo aconteceu.....

Rakel

Cheguei em casa fiz o almoço pra me e pra Gabriella e pra baba que tinha só 17 anos mas que vinha fazendo um bom trabalho, enquanto fazia o almoço perguntei a Nathalia se tinha como ela fica com a Gabriella por mais tempo hoje disse que ela poderia levar a Gabriela pra sua casa e que eu aumentaria em 50 reais a diária de hoje ficando assim 100 reais ela concordou na hora e eu nem liguei pra quantidade que estava gastando apenas pensava em como queria que desse tudo certo hoje atarde, almoçamos e Nathalia levou Gabriella pra sua casa, não era a primeira vez que tinha feito isso entt ela não desconfiou, sempre pedia pra ela levar a Gabriella pra sua casa, quando eu e meu marido queríamos alguns momentos a sós ou quando estava estressada e tinha que corrigir uma pilha de provas.

eu teria aula atarde mas só começaria na segunda aula , usei o pouco do tempo que tinha e deixei a casa principalmente o quarto arrumado de maneira que nos deixa-se a vontade, olhei pra cama vi que estava perfeita e por alguns segundos sentir um frio na barriga em imaginar o tamanho da loucura na qual estava me envolvendo

eu- agora é tarde demais pra se arrepender Rakel

olhei no relógio e ja estava na hora deu ir para o colégio me ajeitei peguei minha coisas e fui, as aulas foram todas agitada oque me permitiu tira um pouco a Bia e o tão esperado encontro de meus pensamentos, mas a ultima aula foi mais calma então meu pensamentos voltaram pra Bia so de imaginar que em breve vou sentir aquele delicioso gosto em minha boca de novo ja me dava agua na boca me imaginava tocando e sendo tocada por ela me lembrava do oral em que tinha recebido aquela noite minha ppk ja estava pulsando de vontade minha calcinha obviamente estava molhada, sentei com a pernas cruzadas na tentativa de aliviar a sensação oque foi em vão acho que fez foi aumentar o desejo, me retirei da sala e fui ao banheiro lavei meu rosto me olhei no espelho e a cena da biblioteca passava em minha frente

eu- voce não vai fazer isso aqui Rakel

disse a mim mesma com a respiração ofegante

me olhei no espelho revirei os olhos e comecei a desabutoa minha calça quando estava colocando minha mão alguem bate na porta, me assusto e digo

-Ja estou saindo

me recomponho, ainda com a respiração ofegante abro a porta e do de cara com a Glenia que me olhava com um puta desejo ela me comia com os olhos, cheguei pra tras me afastando dela, mais foi um erro, me encostei na pia do banheiro, estava ofegante um pouco suada, e sem saber oque fazer com a situação e com o desejo pulsando em mim, ela olhou pros lados deu um sorriso safado e entrou pra dentro do banheiro trancou a porta, ai aquela mulher tava me deixando desconfortável mas meu tesão pareceu ter aumentado e aumentou ainda mais quando ela mordeu os labios

eu- ai meu Deus( como se fosse um gemido)

ela me olhou deu mais um sorriso safado e logo em seguida mordeu os labios novamente

eu -ah Foda-se

e com o calor do momento tirei minha blusa, ela sem pensar me agarrou com uma pegada que mds !! ela apertava minha bunda com tanta força , me beijava com verocidade me sentia uma pressa sendo devorada, ela desabutoa minha calça e sem pensar enfiou a mão pra dentro ela massageou meus clitorios e enfiou dois dedos sem cerimonia arquiei meu corpo pra tras e comecei a gemer ela com a outra mão tampava minha boca enquanto me fodia com força com a outra, ela começou a me da varias mordidas em meu pescoço aquela sensação de ser devorada era desconfortavelmente prazeroso, ela aumentava as estocadas a todo instante, sentir meu corpo estremecer e então ela colocou um terceiro dedo que logo foi acompanhado por um quarto dedo ela me fodia com força não demorou muito e logo gozei em sua mão, ela tirou sua mão de la e lambeu tudo que estava em sua mão, deu um sorriso sinico e saiu, talvez era pra eu me sentir usada, mas acho que quem a usou foi eu pois pra me não passou de uma foda gostosa que matou meu desejo.

lavei minhas mãos vestir minha blusa e imaginei oque Bia faria se soubesse disso, me deu um nó na garganta e voltei pra sala, terminei a correção bem na hora que bate o sino finalizando o fim da aula, arrumo minhas coisas e vou embora, chego em casa umas 17;45

guardo minhas coisas tomo um banho, vou ao meu quarto e fico naquela duvida mortal sobre oque vesti provavelmente gastei uns dez minutos pra escolher oque vestir, e acabei optando por um short curto( não muito curto ), uma blusa folgada, o cabelo preso em coqui com algumas mexas soltas, passei um perfume que amo ( Essencial exclusivo ) fui ate a sala escolhi alguns filmes pra gente assistir caso ela quisesse, escolhi mais filmes de terror pois amo de preferia do autor Stephen King, coloquei alguns romances e comedia caso ela não gostasse de filmes de terror oque seria uma lastima, fui ate a cozinha olhei no relogio e ja era 18:00 ela deve esta chegando, abrir a geladeira pensei em vinho mais me lembrei que o meu encontro não era com alguém da minha idade voltei a ter um frio na barriga em relembrar desse fato, respirei fundo peguei toddy e leite condensado e fui fazer um brigadeiro, mas antes de começa pensei vai que ela não gosta não e todo mundo que gosta de brigadeiro, coloquei o toddy e o leite condensado na mesa , me encostei na mesa passei a mão em minha cabeça respirei fundo e disse

- calma Rakel, ela é so uma garota praticamente uma criança, ai meu Deus que que eu to fazendo com minha vida

estava entrando em estado de panico, a campainhia toca e eu saio que nem uma loca pra atender o telefone

eu- ola?

Bia- oi cheguei

eu- esta bem vou abrir o portão e voce entra okay

Bia- okay

casei o controle do portão respirei fundo e apertei o botão, eu não sabia onde ficar como ficar oque fazer oque não fazer, so sei que quando a vi minha expressão de panico mudou e um sorriso surgiu, ela estava com um short jeans rasgado uma regata preta cabelo solto com a franja jogada pro lado direito, ela aparentemente estava muito calma estava mastigando alguma coisa e olhando pro celular, oque me deu ainda mais panico em parecer uma boba que tivera um encontro a anos, ela me olha e eu fico paralisada alias eu ja estava né , ela da um sorriso e meio quilo de baba escorre da minha boca, naquele instante eu estava em transe admirando ela aquele sorriso aqueles olhos... ela se aproximou e começou a dizer alguma coisa que eu não conseguia esculta estava embriagada com o doce perfume que ela tinha, sinto as mãos delas se apoiarem em meus braços me sacudido, e assim eu vou voltando a realidade

Bia- Rakel Rakel Rakel voce ta bem

dizia me olhando ja com um olhar preocupado

eu- sim estou bem ( disse envergonhada )

ela deu sorriso e disse

Bia- voce esta tão linda

eu- a unica linda que tem aqui esta em minha frente

ficamos nos olhando, ela se aproximou de mim e me deu um beijo um beijo calmo leve meus labios nos dela era o suficiente para me tirar do chão sentir uma paz tão grande por dentro, como ela conseguia fazer isso comigo mds...?? ela encerra o beijo com um selinho e me abraça, queria cuidar dela pra sempre não deixa que nada de ruim a acontece-se a ela ,ela passava sua mão em minha costa de forma carinhosa, eu fazia o mesmo com ela so que brincava com o seu cabelo rsrs

Bia- to vendo que voce vai fazer brigadeiro

disse e sai dos meus braços me deixando uma vontade louca de dizer " volta pros meus braços ", olho pra tras e vejo que deixei o toddy e leite condensado em cima da mesa, a olho novamente e ela estava com um sorriso lindo

Bia- eu amooo brigadeiro

respiro aliviada

eu- voce ama? é por que ainda não viu o meu brigadeiro depois que experimenta vai passar a idolatrar o meu brigadeiro rsrs

Bia- olha que voce esta numa robada viu, sou especialista em brigadeiros dificil superar o meu

eu- rsrs já disse voce ainda não esperimentou o meu

Bia- convencida essa minha professora viu

eu- não tenho culpa de ser boa nas coisas que eu fasso ( juro que disse sem malicia )

Bia- bota boa nisso ( disse me olhando com uma cara safada)

eu- voce ainda não viu nada meu anjo

Bia- to doidinha pra ver o resto então

eu- ta muito safadinha ein rsrs

Bia- não mandei voce coloca esse short

eu- pelo menos to dentro de casa e voce que veio com esse short super provocativo desfilando pela cidade ( Soltei e nem vi)

Bia me olhava sem entender, ate eu estava sem entender

Bia- serio que ta provocativo deve ser por isso que tava todo mundo me olhando

que odio que sentir, so de imaginar outra pessoa desejando ela...

eu- olha aqui dona ( disse a puxando pra mim) voce é minha agora não é de mais ninguém

Bia- seja minha também?

Eu não podia, eu não sabia ao certo oque era aquele sentimento, eu tinha o Marcelo a Gabriella pra cuida eu eu não podia

fiquei em silencio e ela me beijou, me trazendo de novo a minha paz , ela respirou fundo e disse

Bia- vai fazer nosso brigadeiro to com vontade de comer e ver se ele e tão bom assim mesmo

respirei fundo e disse

eu- esta bem, vai na sala e escolhe algum filme pra gente assistir, se não gosta de nenhum olha no pendrive Preto que esta em cima do sofa la tem uma coleção de filmes

Bia - okay

Bia

ela foi fazer o brigadeiro e eu fui ver que filmes tinha, e merda a maioria era filme de terror obviamente ela gosta desse tipo, era muitas opções e eu não fazia ideia de qual seria menos assustador. depois de alguns minutos eu acabei escolhendo um por nome de " The bye bye man " assim que escolhi o filme ela entra na sala perguntando

Rakel- ta em duvida meu bem ?

eu- não ja escolhi meu anjo

Rakel- que bom rs ( disse me olhando com certo brilho no olhar que me encantava )

eu- por que esta me olhando assim ?

Rakel- eu não fasso ideia rs

eu- rs o brigadeiro ja esta pronto?

Rakel- siim ja coloquei na geladeira pra esfriar um pouco

eu - otimo

ficamos em silencio, apenas nos olhando , era impressionante como cada vez que a olhava ela parecia esta ainda mais linda do que eu me lembrava, aquela mulher parada ali encostada no sofa me olhando com aqueles lindos olhos cor de mel pele branquinha quase tão branca como eu, me encantava e me cativava com um unico olhar ,uma mecha dos cabelos loiros dela caida sobre o seu rosto fazia ela parecer uma adolescente, certamente a adolescente mais linda do mundo, e certamente ela foi algum dia, pois hoje ela é a Mulher mais lindo do mundo....

######################################################

Fim deste capitulo

##########################################################

Oi oie gente !! kkkk baixou a Kefera em mim kkkkkkk

entt esse é o primeiro capitulo que posto depois do meu sumiço e espero de coração que voces tenham gostado

e não tenham odiado a parte do banheiro com a Glenia... Mas toda historia tem que ter uma emoção ne rs

ce voces tiverem gostado não esqueça de deixar seu comentario ( serio ate parece que to no youtuber kkkkk)

Aceito criticas construtivas e sugestões pro que poderia a vim acontecer rs

Bjuuuuus *-*

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
31/10/2018 10:50:22
Essa glenia vai causar ainda, ótimo episódio mais
27/08/2018 12:21:01
Li todos de um dia para o outro, queria maiiiiis
25/04/2018 21:21:10
Nossa acabei de ler todos os capitulos E posso dizer que sao otimos Continua por favor...
21/03/2018 02:34:32
Gente eu estou demorando nesse capitulo pq estou caprichando nos detalhes (alias estou tentando né )... só digo uma coisa vai ter muita saliência no proximo capitulo rsrs
21/03/2018 02:00:31
Muito bom amore. Não some mais não
15/03/2018 10:11:54
Só havia lido os dois primeiros capítulos, depois vc sumiu por uns tempos e não me dei conta das continuações. Agora vc volta depois de meses e tive que reler os anteriores pra me situar. Bem, o que eu posso afirmar é que seus contos são vibrantes, uma dinâmica instigante, diálogos que fluem, sentimentos sinceros das personagens, paixões que afloram de todos os lados, enfim, uma autora inteligente e que sabe escrever um roteiro muito cativante, um verdadeiro texto que impressiona pela qualidade. Parabéns pela desenvoltura e pela mágica contida em toda a trama. Uma escritora eloquente e criativa
15/03/2018 09:47:00
Nao Somi viu,Continua Baby..
15/03/2018 02:23:58
Está muito bom postar logo outro