Masturbação no banheirão

Sou novo aqui e por isso vou me apresentar. Sou um homem solteiro de 35 anos, corpo legal - não malhado - com pêlos pelo corpo, pentelhudo, barba por fazer e punheteiro viciado.

Resolvi relatar minhas punhetas por ai. Ando de pau duro quase que 24 horas por dia. Sou um punheteiro de primeira que curte demais esporrar em lugares públicos, tipo banheiros públicos de shopping, metrôs, praças, no trampo enfim, gozar é comigo mesmo, seja como for e com quem for.

Vou relatar minha primeira gozada do dia. Bom hoje pela manhã tava no metrô de boa e de repente bateu aquela vontade de gozar gostoso, então meu pau já ficou durão e marcando a calça (uso roupa social) e então dei aquela ajeitada nele pra deixar ele bem à mostra pra quem quiser ver (e sentir - depois conto a vez que o cara ficou apalpando meu pau no metrô que quase gozei na calça). Faço questão de deixar meu pau marcando, isso me deixa muito mais excitado e babando. Então desci na estação e ja fui pro banheiro pra bater uma e aliviar gostoso.

Chegando lá tava meio vazio porque ainda era cedo pra hora da pegação e então resolvi tirar o pau pra fora da calça através do zíper - não tirei da calça não - e fiquei ali no mictório só alisando e batendo uma de leve sentindo meu pau pulsar, latejar e babar na minha mão.

Fiquei ali de boa só cirtindo, mas às vezes aparecia alguém e eu disfarçava e então fiquei assim uns 10 minutos nessa curtição e dai veio aquela vontade louca de gozar e então os jatos de porra veio e senti bem forte e farto. Esporrei longe, vários jatos. Gozei ali no mictório mesmo. Cada jato q espirrava mais me dava adrenalina de chegar alguém e ver meu pau gozando. O mictório era de alumínio daqueles coletivos. Deixei minha marca ali. Só via a minha porra escorrendo e ficando grudada por causa da água que escorria. Sentia o cheiro de porra subindo. Meu corpo um pouco suado por causa do calor e do tesão. Cheiro de macho exalando.

Depois dessa aliviada fiquei coloquei o pau pra dentro da calça e fiquei ali uns minutos só vendo se algum cara ia ver minha gozada ali e também ia bater uma em cima da minha porra (já fiz isso - gozei em cima da porra que um cara tinha acabado de gozar também no mictório).

Saí aliviado mas já pensando onde eu iria gozar mais tarde. Talvez no trabalho, no banheiro do restaurante na hora do almoço, ou qualquer outro lugar pra eu deixar minha "marca"!

Até a próxima.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
17/03/2018 15:37:45
Delicia! Adoraria ser essa mão amiga
14/03/2018 23:56:55
Gozar é sempre bom e relaxante. Vamos nos comunicar via e-mail: oldack69@bol.com.br
14/03/2018 16:08:02
Belo conto. Mora aonde? Manda fotos para caio.almeida1993@bol.com.br