Casa dos Contos Eróticos

transei com meu filho e minha nora

Autor: HELENA
Categoria: Grupal
Data: 12/01/2018 19:04:32
Última revisão: 15/01/2018 21:23:59
Nota 9.86
Assuntos: Orgia, INSESTO, Grupal
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Já fazia seis meses que eu e Júlio estávamos “juntos” quando ele resolveu iniciar um curso de graduação, como uma boa mãe que sou, fiquei muito contente e o apoiei muito já que para mim educação e muito importante e eu própria adoraria ter estudado mais. Nunca fui uma mulher ciumenta, e já imaginei que com um filho lindo como o meu, não demoraria para aquelas putinhas da faculdade caírem matando em cima, e não me enganei, não demorou para Júlio iniciar me contar que estava conhecendo uma menina, ele me falou muito dela seu nome e Vanessa, conversávamos muito e ele sempre me contava todos os detalhes.

Vanessa era uma menina linda de apenas 18 aninhos, com uma pele morena, cabelos negros e lisos, olhos verdes um lindo sorriso, seios médios, menores que os meus, coxas bem grossas e um avantajado traseiro. Júlio me contou que logo no primeiro encontro eles transaram, segundo ele: saíram para conversar em um barzinho, depois de muita conversa ela tomou a iniciativa roubando lhe um longo beijo, e partir deste ponto as coisas foram esquentado e logo ele levou-a para meu carro, (isso mesmo que vocês estão pensando, o safado usou meu carro para comer a safada), Júlio disse que ela e muito fogosa e que o sexo foi muito bom e excitante, e que seu boquete e quente e molhado, e que ele gozou na boca dela, pois não conseguiu resistir, me contou que ela gosta de apanhar e que grita como uma vadia, confesso que fiquei muito excitada quando ele acabou de me contar, e quando acabou de relatar os fatos já estava com minha bucetinha encharcada louca para levar pica. O ataquei ali mesmo na sala, falei que aquela historia estava me deixando muito excitada e queria que ele matasse a minha vontade logo, fui atendia de imediato, Júlio caiu de boca na minha bucetinha me fazendo gozar em apenas alguns minutos, fazia um bom tempo que não gozava tão gostoso, e foi com muita empolgação que resolvi devolver o favor, então cai de boca naquele mastro enorme, chupei como louca e logo ele gozou um rio de porra dentro da minha boquinha, engoli tudo e subi em cima dele comecei a beija-lo e rebolar com minha bundona em seu pau, logo estava novamente em prontidão e me penetrou ferozmente, sentia uma onda elétrica atravessar meu corpo cada vez que seu púbis batia com força em meu grelinho, logo ele me colocou de quatro e dando tapas violentos na minha bunda me penetrava, fiquei alucinada com aquilo e logo gozei feito louca, em seguida ele também gozou, me deu um beijo muito gostoso e foi dormir.

Estava tão excitada que não consegui dormir logo, por isso fiquei deitada pensando por um bom tempo, percebi que a historia de meu filhinho comendo aquela putinha me deixou com muito excitação, mais do que tenho normalmente, e olha que me considero uma mulher muito fogosa, mas aquilo mexeu comigo de uma forma que não consigo explicar, foi então que comecei a ter pensamentos bem pervertidos, comecei a me imaginar transando com minha nora e meu filho, minha excitação foi aumentando e quando percebi já estava me masturbando pensando naquela possibilidade, gozei me imaginando chupando a bucetinha dela, depois disso decidi que isso seria uma meta para mim.

Na manha seguinte falei com Júlio para levar Vanessa para jantar em casa, pois queria conhece-la, ele falou que ainda era muito cedo, que ainda não a conhecia muito bem e achava melhor esperar um pouco mais para apresenta-la a família, isso me fez perceber que estava tão ansiosa que esqueci que minha relação com meu filho não e convencional, e caso as pessoas soubessem poderíamos ter problemas, então resolvi ter paciência e esperar.

Passou um mês ate que Júlio resolveu me apresentar a Vanessa, fiquei encantada, ela e uma menina lindíssima, muito educada e simpática, ficamos amigas de imediato, Vanessa e uma pessoa muito agradável e ilumina o ambiente, esse encontro me deixou ainda mais louca para tela em nossa cama, mas mantive a calma e esperei o momento mais propicio. Somente seis meses depois resolvi dividir com Júlio a minha intensões, obviamente ele adorou, que homem não que ter duas mulheres lindas como nos duas em sua cama, Júlio ficou incumbido de convencer Vanessa a se jogar nessa louca empreitada.

Foi uma longa jornada, mas finalmente ele a convenceu a participar de um ménage, porem não contou quem seria a outra garota, achamos melhor ser surpresa, era um grande risco, ela poderia achar aquilo anormal e imoral e espalhar pra toda sociedade e prejudicar muito nossas vidas, mas o tesão foi mais forte e o desejo de ter aquela mulher me fez correr esse risco.

Marcamos em um hotel fora da cidade, pois assim daria tempo de fazer alguma coisa caso desse algo errado, foram Júlio e Vanessa em um carro e eu em outro, cheguei ao hotel fui direto ao para o quarto e fiquei ali esperando, com o coração na boca de tanta ansiedade, não demorou muito e Júlio chegou pegou outro quarto ligou pra avisar-me, foi o ápice da ansiedade pensei que meu coração ia parar, eles vieram ao meu quarto e quando Vanessa me viu deu um sorriso malicioso com o canto da boca me deu um longo beijo e disse ao meu ouvido: “ tinha absoluta certeza que era você”, minhas pernas bambearam e perdi o equilíbrio, então ela me segurou e falou que desejava aquilo desde de a primeira vez que me viu, nos beijamos enlouquecidamente durante um bom tempo, quando olhei para Júlio ele já estava apenas de cuecas e com o mastro duro feito ferro, e nos disse que aquele era o melhor dia de sua vida, começamos a nos pegar mutuamente, enquanto eu beijava Vanessa e acariciava seus seios tirando sua blusa, Júlio beijava minhas costas e arrancava meu vestido rapidamente, nesse ponto o tesão era incontrolável, nuca senti tanto prazer toda minha vida, comecei a percorrer todo corpo de Vanessa com a língua enquanto Júlio percorria o meu corpo, formamos um circulo, enquanto Júlio chupava minha buceta, eu chupava a buceta de Vanessa, e Vanessa chupava o mastro do meu filhinho, foi uma loucura e gozamos os três ali naquela posição.

Depois de recuperar as forças começamos novamente, fiz com que Júlio se deitasse na cama e subi em seu mastro e comecei a cavalgar como se estivesse em um garanhão, nesse ponto Vanessa sentou no resto do meu filho que logo mostrou que tinha aprendido direitinho como chupar uma bucetinha, enquanto isso eu e minha nora querida nos beijávamos intensamente ficamos assim um bom tempo, ate que deitei com as pernas bem abertas Vanessa me chupava enquanto levava uma surra de pica por trás, ela gritava e gemia muito e isso me excitava ainda mais, foi a primeira vez que tive orgasmos múltiplos, nunca tinha sido chupada por outra mulher, e vou falar a verdade por mais que goste de homens, nenhum deles chupa uma boceta tão bem como uma mulher, continuamos na diversão por toda a noite, nem me lembro de quantas vezes gozei, ficamos tão exaustos que dormimos os três agarradinhos, quando acordei estava toda dolorida, cheia de porra seca, e com a bucetinha esfolada de tanta rola que levei, mas estava com um ar de alegria indescritível.

Seis meses depois Vanessa mudou-se para nossa casa e se casou oficialmente com Júlio um ano depois, acho que ninguém ficou tão feliz com o casamento de um filho, e ninguém gosta tanto da nora quanto eu, hoje vivemos em grande harmonia, sempre transamos a três, mas também curtimos uma coisa mais intimista a dois, confesso que muitas vezes prefiro ficar apenas com Vanessa, mas amor de mãe e insubstituível e sempre adoro ser penetrada pelo mastro maravilhoso de meu filho. Acho que não existe uma família tão feliz quanto a nossa,

Espero que tenham gostado da historia, em breve trarei novidades.

Comentários

13/01/2018 09:01:21
Muito bom
13/01/2018 08:19:16
Helena que conto maravilhoso, parabéns, confesso que foi bem mais excitante que o primeiro. vale dez mil vezes.entra em contato comigo: rogerbahia22@hotmail.com
13/01/2018 07:33:01
Adorei o seu conto e quero ler todos outros. Adoro fotografar e filmar esses melhores momentos. Posso viajar ou receber: fotografoliberal@yahoo.com.br
MVN
13/01/2018 02:00:12
Muito gostoso, helena
13/01/2018 01:21:48
Helena, demais! Que tesão passou para os leitores. Fico imaginando você chupando A BUCETA da nora e vice versa. Demarrei leitinho.. imagina você louca de tesão com teus PEITÕES GRANDES BALANÇANDO.. Huuuuummm.. tudo de bom.. Adorei o conto, claro, mais você. Aguardo novo contos.. Gostosa, se der mande fotos. Beijos. gauchogol1@gmail.com
12/01/2018 23:44:36
Me deu muito tesão

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.