Casa dos Contos Eróticos

Garota Atrevida pt 13

Autor: Bella
Categoria: Homossexual
Data: 07/01/2018 00:23:42
Última revisão: 07/01/2018 13:47:21
Nota 10.00
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu dormi toda a viagem de volta pra São Paulo, acordei quando já tinha chegado na casa da Luísa com a minha loira me enchendo de beijinhos.

Não daria para irmos pra escola, então ficamos na piscina na casa da Luísa conversando, dançando e curtindo a companhia. A noite pedimos uma pizza e depois da comermos, minha tia me levou pra casa pois no dia seguinte teríamos aula.

No dia seguinte acordei mais cedo que o normal, me arrumei para ir a escola é desci pra comer algo e encontrei minha mãe na cozinha.

Eu - Bom dia mãe.

Digo dando um beijo nela.

Mãe - Bom dia bebê. Tudo bem com você?

Eu - Tudo sim mãe. Tava pensando em passar lá no salão mais tarde. Será que dá pra me encaixar no horário?

Mãe - Claro filha. Já estava estranhando você passar tanto tempo com o mesmo visual.

Eu nunca passo muito tempo com o mesmo visual, estou sempre mudando e uma mudança pra mim começa pelo cabelo sempre.

Eu - Tava pensando em deixar meu cabelo mais curto com um corte moderno e mudar a cor também.

Mãe - Passa lá quando sair da escola. Contratei uma cabeleireira nova que é o máximo e vai te ajudar.

Diz ela me dando um beijo e saindo.

Quando eu chego na escola tem poucas pessoas nos corredores então eu vou direto pra sala e sento no meu lugar. De repente ouço a porta abrir e ao levantar o olhar vejo uma loira de olhos azuis, corpo atlético, seios médios, bunda média também mas empinada, 1,78 de altura aproximadamente (gostosa pra caralho) andando na minha direção.

Garota - Oi eu sou Bianca. Acabo de ser transferida pra cá.

Na minha mente um alerta começa a soar.

" PERIGO...PERIGO... RECUAR SOLDADO RECUAR."

Eu - Prazer Isabella.

Ela sorrir e puts ela é linda.

"Consciência - para de pensar nisso, você tem dona. "

Bianca - Posso sentar aqui do seu lado?

Eu - Claro Bianca.

Bianca - Me chama de Bia.

Nesse momento escuto passos no corredor e vejo minha loira entrar na sala toda linda com um sorriso estonteante que some ao olhar pra Bianca.

Raquel - Oi amor.

Diz sentando no meu colo e me beijando.

Eu - Oi.

Digo sem ar.

Raquel - Quem é essa?

Antes que eu possa falar Bianca se apresenta.

Raquel - Sei que você é nova aqui, mas você tá no meu lugar.

Sem me tocar do que tá acontecendo eu digo.

Eu - Não tá não. Você senta lá na frente.

Bianca sorri vitoriosa e Raquel levanta do meu colo com raiva e vai pro seu lugar lá na frente de repente recebo uma mensagem dela.

"Tô vendo como você me ama, é só aparecer uma vadia loira e você esquece de mim e me maltrata!"

Eu percebi a burrada que fiz e fui lá tentar consertar.

Eu - Ei eu não tou trocando ninguém. É claro que eu te amo.

Raquel - É só ver uma loira que esquece de tudo que eu tô passando por te amar, eu vejo você olhar quando uma loira passar na rua e não falo nada, mas preferi ela do seu lado do que eu é demais.

Eu seguro seu rosto para que ela olhe em meus olhos.

Eu - Olha pra mim. Eu te amo e não te troco por ninguém. Eu já tenho a minha loira e não preciso de outra. Só tava sendo legal com a garota.

Digo beijando ela com todo desejo que sinto.

Eu - Senta na cadeira na frente da minha.

Raquel - Vai dizer que não reparou em nada na Bianca?

Eu - Não amor. Só tenho olhos pra você(uma mentirinha dessas não faz mal a ninguém).

Raquel senta na minha frente e senta da lado segurando minha mão fazendo carinho sempre que possível e eu decido provocar um pouco. Sempre que eu tô conversando com a Bia ela dá um jeito de chamar minha atenção.

Eu - Nossa amor eu nunca te vi tão carinhosa assim.

Raquel - E que eu te amo amor.

Na última aula a professora de história passa um trabalho em trio e eu chamo a Bia pra fazer comigo e a Raquel, que não fica muito feliz com o convite.

Bia - Claro que eu quero fazer com vocês. A gente pode fazer hoje se vocês tiverem disponíveis, vocês podem ir na minha casa depois da escola.

Eu - Não vai dar. Tenho um compromisso depois da escola.

A Raquel me olha desconfiada. Quando chega o final da aula a Bia se despede e vai embora. Quando eu tô saindo a Raquel segura meu braço e esperamos todos saírem.

Raquel - Posso saber por que você chamou aquela vadia pra fazer o trabalho com a gente?

Eu - Para de ciúmes besta Raquel a menina não conhece ninguém, não ia deixar ela fazer o trabalho sozinha.

Raquel - EU NÃO GOSTO DELA.

Diz alterada.

Raquel - E que compromisso é esse que você tem depois da escola?

Eu odeio esse ciúme infundado e a possessividade, e como se eu fosse um objeto dela que ninguém pode tocar. Isso me irrita.

Eu - Não te interessa. Agora eu tenho que ir que eu tô atrasada.

Digo e saio e escultor ela gritando:

- Você me paga Isabella.

Passo em casa tomo um banho e vou para o salão da minha mãe. Chegando lá vejo a Agatha e decido provocar, o dia dela vai chegar.

Eu - Oi sua putinha.

Digo no ouvido dela de modo que só ela escuta. Ela com um olhar de medo se despede da mãe e vai embora o mais rápido possível e eu sorriu.

- Meu bebê. Que bom que você chegou. - diz minha mãe ao me ver.

Eu - Oi mãe.

Digo dando um beijo nela.

Mãe - Bebê essa é a Sandra a cabeleireira de quem falei. Sandra essa é minha filha Isabella.

Sandra - Nossa se eu chamar minha filha de bebê em público acho que ela me mata. Diz rindo.

Eu - Eu não me importo que minha mãe me chame assim.

Ela sorri e me leva até o acento.

Sandra - O que vai querer fazer?

Eu - Tava pensando em cortar e mudar a cor. Fazer uma mudança radical.

Sandra - Na minha opinião devemos aparar as pontas, mas manter o comprimento e pintar de uma cor incomum, talvez azul escuro. Para combinar com os seus lindos olhos.

Eu - Faça do seu jeito se eu não gostar do resultado fazemos de outro jeito.

Ela faz todo o procedimento e me vira de frente para o espelho.

Eu - Uau. É só o que eu consigo dizer.

Mãe - Ficou demais filha. Tá linda.

Eu - Obrigada Sandra ficou o máximo.

Eu saio do salão e vou para o shopping, preciso comprar roupas que combinem com meu novo estilo.

Chego em casa às 18 horas e ligo para Luísa.

Lu - Oi cunhadinha.

Eu - Oi Lu. A Raquel tá por perto.

Lu - Não.

Eu - Diga a ela pra se arruma, diga que vocês vão jantar fora, mas não fale de mim. Vou passar aí as 20 horas pra buscá-la e ela vai dormir na minha casa.

Lu - Jantar romântico é?

Eu - Sim eu quero fazer uma surpresa pra ela.

Desligo o telefone e vou tomar banho. Decido vesti uma calça preta justa, salto agulha, uma blusa regata do ACDC é uma jaqueta preta. Meu cabelo cacheado, os cachos feitos no salão, faço uma maquiagem leve e saio.

Chamo um táxi e vou pra casa da Luísa. Toco a campainha e a Raquel abre a porta. Fica me encarando dos pés a cabeça com um olhar de desejo.

Eu - Vai me convidar pra entrar ou vai ficar aí babando a noite inteira?

Digo sorrindo e ela me dá espaço para entrar.

Luísa quando me ver tem a mesma reação da irmã.

Eu - Se vocês continuarem me secando assim eu vou morrer desidratada.

Raquel - Isa você tá...Uau... Você tá linda.

Eu - Você também amor. Agora vamos logo vocês duas ou vamos perder a reserva.

Eu digo o caminho do restaurante para Luísa que dirige o carro até lá.

Quando chegamos eu falo da reserva e nos levam a nossa mesa onde já estão minha mãe e minha tia Grazi.

Eu pego na mão da Raquel e vou em direção a minha mãe que levanta e me beija na bochecha.

Eu - Mãe essa é a Raquel. Minha namorada. Raquel essa é minha mãe.

Raquel fica vermelha, minha mãe vendo o desconcerto de Raquel fala.

Mãe - É um prazer finalmente conhecê-la. Não era exagero da Isa quando ela falou que você era linda.

Raquel - Obrigada. É um prazer conhecê-la também.

Continua...

Comentem, critiquem, digam o que tão achando, quanto mais comentarem mais rápido eu volto.

Comentários

18/01/2018 17:19:39
Ciúmes naum parece ser infundado,eu diria q eh o radar da Raquel gritando perigo em relação essa Bianca
07/01/2018 17:09:52
Raquel é toda marrentinha kkkkk. To adorando continua
07/01/2018 17:02:12
Hehe que lindooooo mais essa Bia vai dar trabalho amando continuaasaaa

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.