Casa dos Contos Eróticos

Eu e minha nova vizinha

Um conto erótico de Senhor dos contos
Categoria: Heterossexual
Data: 04/01/2018 13:07:00
Nota 7.00

Me chamo Alan e vou contar hoje a historia de mim e minha vizinha, tudo começou quando eu estava indo trabalhar, na saída de minha casa vejo que tem um caminhão de mudança e logo percebo que alguém se mudou para a casa 217, e eu vou para meu trabalho não queria me atrasar.

Chegando ao trabalho vou para minha sala e faço copias e mais copias de planilhas para meu chefe com o intuído de ser promovido, mas nada adiantava eu sempre era menosprezado naquela impressa, voltando para casa vejo que a casa 217 estava iluminada o que não acontecia há anos, entro em casa tomo banho e vou ver televisão.

No dia seguinte não havia trabalho para mim estava de folga longe daquele aborrecimento semanal, levanto-me e vou para o banho, me arrumo e vou para a varanda de minha casa ouvir música e ler um livro, a rua estava fazia sem carros ou pessoas eram 5 horas da manha, eu acordava cedo para descontrair-se com alguma coisa, mas ao olhar para casa 217 vejo que alguém estava na varanda também, olhando o celular talvez eu não enxergava muito bem então estava meio embasado de longe, me levando e vou caminhando até a casa para dar boas vindas.

Ao chegar perto da casa vejo que a pessoa era uma mulher, ela vestia um vestido florido colorido algo que me deixava curiosos seria uma velha ou uma jovem, quando chego a calçada e vejo que se trata de uma mulher aparentemente da minha idade uns 27 anos, me aproximo vejo que ela estava dormindo sentada na cadeiras, resolvo chamá-la para não correr algum risco de assalto, mesmo que naquela área tenha pouco assaltos, chamo ela, ela acorda num susto olhando para mim com olhos arregalados de sustos ou desesperos.

-Quem e você ? Ela diz

- Eu sou o seu vizinho eu moro aqui na frente

-Ahhh então você se chama Alan, o vizinha do lado me disse

-A Senhora Marta ela e gente boa, mas o que você esta fazendo dormindo aqui fora

-Isso eu dormir um pouco não e, eu sentei aqui umas 1:00 hora da manha e fiquei aqui

-Sorte que e verão e não faz tanto calor a noite

-Ainda bem mesmo, e você o que faz acordado ?

-Eu acordo cedo mesmo, então e isso prazer em conhecê-la vou indo agora

-Espere você pode me ajudar com a mudança tudo esta aqui na sala

-Claro que posso ainda mas não tenho nada para fazer

-Muito obrigada

Entrámos em sua casa e fomos movendo os moveis que ficariam lá em cima no segundo andar, um trabalho duro mas nos conseguimos cuidar de tudo em menos de 3 horas , terminamos e ela foi preparar um lanche para nós dois.

-eh você não me disse seu nome ainda, eu pergunto

-Verdade eu me chamo Bruna me mudei hoje para cá onde eu morava antes era muito ruim então comprei essa casa linda não

- sim ela e linda você deve trabalhar muito para conseguir pagar essa casa

-Na verdade não fiz um empréstimo para conseguir dar a entrada, mas você trabalha bem sua casa e mas linda que essa

-Eu batalhei para conseguir tudo que tenho agora, mas meu trabalho e muito chato para mim

-Mas você e bem de vida não ?

-Sim mas não gosto desse assunto vamos falar de outra coisa

Nos conversamos muito naquela manha, sobre nossa vidas ganhamos intimidades e fomos ficando mas a vontade nos dias seguintes , nos saímos para lanchar e ver cinema mas ambos não pensavam em ter nenhum relacionamento, num dia tínhamos resolvidos ver filmes na casa dela , chegando lá vejo que ela estava tomando banho e foi abrir a porta só de toalha , a toalha deixava aparecer a polpa de sua bunda, ela me abraça com carinho deixando sua bochecha avermelhada

-Oiiii Alan senta ai vou terminar meu banho

- OK vou sentar no sofá

Ela vai correndo para o banheiro que ficava subindo a escada, deixando a mostra sua bunda linda , ela deixa a toalha cair na escadas e volta para pegar, ela olha para mim e arregala os olhos e sobe correndo, Eu me sento no sofá e ligo a televisão para descontrair-se mas nada tirava a visão de Bruna pelada olhando para mim , mesmo que eu não tenha visto seu peitos porque foquei na cara dela olhando para mim só vi sua bunda , começo a ouvir barulhos de paços da escada olho para trás vejo Bruna olhando para mim , ela vestia uma camisola mas usava uma bermuda e um sutiã preto que destacava seus peitos.

- Me desculpe por ver você na escada Bruna

- Que nada a culpa foi minha , então vamos começar o filme

- Tá OK

Ligamos a televisão e começamos a assistir o filme Bruna estava ao meu lado encostada em meu ombro vendo o filme , eu não ligava achava legal aquela posição de nos dois, com o tempo Bruna mudava de posição no sofá ate chegar na posição de que ela apoiava a cabeça na minha coxa, aquilo me deixou extremamente com muito medo , de ficar de pau duro e ela notar então fiquei imóvel naquela posição, já Bruna se mexia e esfregava a cabeça na minha coxa , olho para Bruna vejo que ela estava dormindo estava no final do filme já era de madrugada então não acordei ela, O filme acaba e Bruna nada de acordar resolvo acordar ela mas nada então tiro a cabeça dela de minha coxa e coloco no sofá chamou ela mas uma vez e pego ela no colo e levo ela para seu quarto, deixando ela no quarto vejo que ela era obcecada por fotos de outras pessoas não sei se era amigos mas era dezenas de fotos de garotas e garotos , e começo a olhar nas gavetas mas não acho nada de interessante a não ser um vibrador , mas nada fora do comum , a curiosidade aumenta e resolvo perguntar para ela , acordo Bruna e começo a perguntar sobre as fotos, Bruna diz que era fotos de cada amigos dela de cada pais e cidade que ela se mudou , minha curiosidade vai embora e vem a vergonha por pergunta coisa intimas dela , mas Bruna fala que já somos amigos então diz não ser a pior coisa que aconteceu com ela nesse dia kkkkk.

- Alan você me acha bonita?

- Você e tão linda quando minha falecida mulher ela era modelo

- Sou tão linda quando ela Alan ?

- Sim você e

- você gosta de mim ? ela pergunta com o tom de voz baixo um tom fofo eu que posso dizer

- Eu gosto de você Bruna

- então namora comigo

- Você e tão fofa Claro que sim

Bruna se joga em cima de mim me jogando em sua cama me beijando ela me agarra com sua pés, me apoio na cabeceira da cama e começo a beija seu corpo seus pescoço, eu passava a mão em suas costas na sua bunda eu apertava seus peitos fazendo ela suspirar de prazer, nos deitamos na cama, eu tirava cada peça de roupa dela admirando seus corpo , ela vem em minha direção, tira minha camisa abaixa minha bermuda , apertava meu pau com sua mão avisava por cima da cueca ate tirar ele , ela beijava a cabeça do meu pau chupava também me masturbava com sua mão enquanto me chupava , nunca tinha visto um boquete tão bom , ela me arredava para a beira da cama, pegava seus peitos e fazia uma espanhola , seus peitos eram grandes e ela tinha tanta facilidade para fazer aquilo , pego sua cabeça e começo a fazer ela chupar mas rápido como se eu estivesse enfiando em uma buceta, Bruna levanta me empurra para o meio da cama , para mim ela ia sentar no meu pau mas não foi isso que ela fez ela veio ate minha cara e esfregou sua buceta na minha cara , logo eu comecei a chupar aquela buceta eu enfiava meus dedos nela , fazendo ela gemer baixinho , eu apertava seus peitos enquanto chupava sua buceta , Ela se levanta e só vira deixando o cu dela na minha cara eu chupei aquele eu e enfiei meu dedos nele , ela se joga mas a frente deixando sua buceta na minha cara novamente e ao mesmo tempo meu pau na cara dela , ficamos num 69 , eu levantava meu quadril para ela chupar mas fácil meu pau , sua buceta era rosinha e tinha uns pelinhos que a deixava ainda mas excitante, saímos daquela posição depois de uns 4 minutos Bruna deita ao meu lado com as pernas apertas esperando eu enfiar nela , não perco tempo e começo a penetração naquela buceta, ela era apertadinha sugava meu pau , eu enfiava com valor nela só ouvindo nossos gemidos – ahhhhhh vai Alan isso ohhh- era um sons maravilhoso de se ouvir , eu metia com força batendo meu saco na bunda dela , eu apertava seus peitos enquanto enfiava nela, Bruna gemia e já tinha gozado mas eu não, depois de um tempo estava chegando meu gozo.

- Vou gozar

- Espera goza na minha boca

Bruna se levanta fica de joelhos no chão e começa a me chupar, dessa vez ela me chupava ate o talo , fazendo eu encher sua boca de gozo , ela cuspiu um pouco nos seus peitos era uma visão excitante de se ver.

- Alan eu te amo

- Eu também mas quero o seu cu

- Amanhã eu cuido disso

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
uem
16/01/2018 17:52:23
bom