Casa dos Contos Eróticos

Um Dia...o Amor! (Parte 2)

Um conto erótico de Daniel
Categoria: Homossexual
Data: 12/12/2017 20:28:55
Última revisão: 12/12/2017 20:39:43
Nota 9.80

Bom gente...atendendo á milhares de pedidos, cá estou eu pra continuar com a nossa história, é importante dizer que se você não leu ainda a primeira parte é só acessar o meu perfil (Clicando no meu nome) e ler tá bom?

CONTINUAÇÃO...

Depois do que aconteceu na festa eu pensei comigo mesmo: "é hora do conto de fadas acabar por aqui", afinal o meu príncipe estava bêbado quando ficou comigo, e no dia seguinte provavelmente ele nem lembraria mais de mim...afinal porquê lembraria? eu não sou lá muito bonito e aquele era um dia quente, ele tinha bebido e várias coisas ajudaram para que a nossa atração fosse inevitável, os dias passavam e eu e o Ewerton nem nos falávamos, parecia realmente que nada aconteceu entre nós, mas cada dia que eu estava no intervalo das aulas eu pegava o Ewerton olhando pra mim, eu desviava o olhar, olhava pra outros lados e quando olhava pra ele de novo ele sempre estava olhando pra mim. Na verdade o medo que ele contasse pra alguém do nosso sexo no banheiro da festa era grande e isso criou um abismo entre eu e ele e certamente ele também tinha o mesmo medo, mas nenhum dos dois queria comprometer-se portanto nosso amor se permanecia em segredo.

Mas não pensar no Ewerton era inevitável, ainda que eu não quisesse, vivia com seu sorriso lindinho na minha cabeça, eu vivia sonhando acordado relembrando cada segundo que passei naquele banheiro com ele, o beijo, o banho, o rostinho de bebê dele, a pegada enfim...tudo! eu sorria sozinho sem querer, eu dormia e sonhava com o Ewerton. Até que na mesma semana (Domingo à tarde) toca a campainha de minha casa, quando eu vou atender vejo que é ele...lindo como sempre com seu sorriso encantador, vestia uma camisa azul com detalhes brancos, que realçava seus músculos, calça jeans e tênis marrom baixo,meu loirinho tava irresistível nesse dia, ele mais uma vez super romântico e educado comigo. Ele entra em minha casa, e me dá de presente um cd com umas músicas internacionais românticas.

e diz:

"-Vamos até a minha casa escutar esse cd?".

Fiquei em estado de choque, não sabia como reagir, como me comportar e juro que pensei somente ser um convite amigável de outra pessoa na mesma situação que a minha. Eu ligo para Camila (minha melhor amiga) que sabe que sou apaixonado por ele e pergunto se eu devo ir. Camila diz:

"-Não pense duas vezes! Vá agora, estarei torcendo por vocês!!"

nós vamos até a casa dele... ele me serve guaraná e fala que eu estou mais lindo do que nunca e que ele passou a semana inteira pensando em mim, nem acreditei no que ouvi, ele se declarou pra mim!!!, e uma declaração super linda. Nós sentamos no sofá da sala, ele coloca o cd, Quando eu menos espero ele começa a passar o nariz no meu nariz. sua boca está perto da minha .... eu abaixo a cabeça sem graça, ele levanta meu queixo e me dá um beijo....a gente passava nossas tardes conversando...conversando...o tempo voava, e eu nem percebia.

O verão havia chegado, eu e Ewerton queríamos que a nossa segunda vez fosse mais especial, pensamos na praia assim, decidimos e fomos eu observava o Ewerton, o volume que fazia em sua sunga preta e que realçava também sua bunda maravilhosa e grande, ele não parava de me provocar, em todos os sentidos, eu não parava de pensar nele um só minuto. Até que a galera foi indo embora e ficamos só nós dois na praia, sentados na beira da praia observando o por do sol segurando minha mão, ele falou que era hora.

Eu nem esperei por mais nada, abaixei a suga dele e fui chupando o seu pau, dessa vez de leve, sem pressa, lambendo a cabeça, depois descendo com a língua pelo pau dele, lambi e chupei as bolas, mamei e chupei o pau babando bastante afinal eu já sabia em que aquilo terminaria (risos) trocamos um beijo delícioso, já estava escuro quando entramos na água, abraçados, eu o beijava bastante, ele tentou meter em mim mas eu não curti, porquê a água tira um pouco a lubrificação e além disso o medo de que alguém nos visse era grande, então saímos da água e fomos até um quiosque que tinha ali perto, mas estava vazio, era um lugar meio afastado aonde ninguém poderia nos ver, fomos para atrás desse quiosque e ele me beijou mais uma vez, sem pressa, e em seguida me virou de frente pra parede, encostando minhas mãos na parede e abrindo minhas pernas e me fez empinar a bundinha pra ele, abaixou mais uma vez a minha sunga e enfiou o pinto devagarzinho dentro do meu cu, até que eu pudesse sentir suas bolas batendo na minha bunda, seu corpo encostado no meu, ele me abraçava com força por trás, eu estava bastante excitado, e ele beijava meu pescoço me dava mordidinhas, passava a língua, beijava minha nuca, deixando-me arrepiado.

Ele começou á fazer um vai-vem gostoso no meu cuzinho enquanto passava a mão sob meu corpo arrepiado e dizia safadezas em meu ouvido que só aumentaram a minha excitação, aos poucos o ritmo das estocadas no meu rabo aumentaram, eram estocadas firmes e fortes no meu cuzinho, sentia que ele era judiado, Ewerton gemia muito gostoso no meu ouvido e ofegantes os dois, punhetou meu pau até me fazer gozar na parede. Mas o Ewerton queria me comer na areia da praia então ele me deitou lá na areia e fizemos assim um delicioso frango assado, depois eu fiquei de quatro, ele dava puxãozinho no meu cabelo e batia na minha bunda, beliscando-a, voltamos a posição inicial, eu nem acreditava que eu estava ali sob a luz da lua com meu lindinho transando loucamente, puxei ele pra cima de mim, ele continuou metendo deitado em cima de mim, nos beijávamos, ele gozou no meu peito e ficamos por um tempinho ali, olhando as estrelas, as ondas, na areia da praia, abraçados.

CONTINUA

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/12/2017 16:28:36
Amei.
13/12/2017 02:37:38
Ótimo!
12/12/2017 23:34:46
Novo site galera! Visitem! contos e muita putaria https://kxcontos.blogspot.com.br/
12/12/2017 21:49:24
SERÁ QUE ESSA RELAÇÃO VAI SE MANTER???