Casa dos Contos Eróticos

Punição anal no banquinho das minhas 2 Irmãs gêmeas (Com Vídeo)

Categoria: Grupal
Data: 07/12/2017 08:15:51
Nota 9.67
Ler comentários (16) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Como leitor assíduo da Casa dos Contos e dos vídeo contos da Secret Island, eu sempre fiquei de pau duro e dediquei inúmeras punhetas, aos contos de Incesto, principalmente aos contos entre irmãos e irmãs.

.

Tenho 2 irmãs mais novas de 18 anos, que são gêmeas e donas de bundas que eu cobiço há tempos, mas nunca tinha achado uma maneira de pegar com tesão naquelas carninhas.

.

Foram muitas bronhas que toquei imaginando-me com a cara enfiada no rego de cada uma e chupando aqueles cuzinhos. Uma vez me aventurei um pouco mais e na calada da noite, lá pelas 3 da manhã, levei uma lanterna pequena e entrei silenciosamente no quarto delas. Estava um dia de muito calor, e o ar condicionado não estava funcionando.

Minhas irmãs estavam deitadas nuas, ambas de bunda pra cima e o ventilador estava soprando forte sobre as costas das duas.

Sentei na cama de Rosa e com a lanterna na minha boca e as mãos livres, abri o rego do cuzinho dela para ver como era o buraquinho. Era perfeito, fechadinho, virgem e com uma cor rósea. Passei de levinho a ponta do dedo no cuzinho dela e cheirei. Tinha cheiro de óleo de rosas. Como ela se mexeu, fui pra cama da Tânia. Fiz o mesmo procedimento mas desta vez cheguei com o nariz no meio do rego dela e experimentei dar uma lambida. Ui que gosto bom. Meu pau latejava dentro do meu short. Daí ela também se mexeu e de repente se virou. Me perguntou o que que eu tava fazendo ali e eu menti dizendo que queria sentir um pouco do ventinho do ventilador.

.

Do quarto delas fui direto pro banheiro tocar mais uma das minhas punhetas. Comecei a ficar desesperado por achar uma maneira de chegar naqueles cuzinhos com a minha pica e a ocasião caiu como de presente no meu colo.

.

Um dia de tarde eu cheguei mais cedo da faculdade e ouvi elas conversando e rindo no quarto. Espreitei pela porta entreaberta e as vi dividindo um cigarro de maconha. Nossos pais são extremamente rígidos com tóxicos e já nos alertaram várias vezes que se soubessem que um de nós estava fumando maconha ou usando outro tipo de tóxico, nos daria uma surra e nos deixaria de castigo por um mês sem celular, nem tv. Pronto, era o que eu precisava.

.

Entrei de sopetão no quarto, como se quisesse falar com elas. Tomaram um baita susto e nem deu tempo para esconderem o fumo.

.

- Meninas ! Que que a empregada fez hoje pro almoço... Eiii, vocês estão puxando fumo ? É isso que eu estou vendo ?

- Não, foi só brincadeira. A gente nem gosta disso.

- Ah não. Vou contar pro papai agora mesmo. Vou ligar pra ele.

- Num faz isso não. Por favor Persinho. A gente faz o que você quiser, mas não dedura a gente não.

- Ih.. Num sei... Eu estaria sendo cúmplice e não gosto nada disso.

.

Ambas vieram me abraçar com lágrimas nos olhos e suplicando para eu não contar. Disseram que fariam qualquer coisa pra manter meu sigilo.

.

- OK, vou fazer uma troca com vocês.

- Troca ? Que troca ?

- Lembram dos bancos altos que o papai comprou recentemente para o bar ?

- Aham

- Tragam 2 aqui.

- Pra que ?

- Não pergunta. Simplesmente tragam 2 bancos daqueles aqui pra cima.

.

Em minutos vieram as 2 cada uma com um banco debaixo do braço.

.

- Coloquem os 2 bancos um do lado do outro aqui no centro do quarto.

- Pronto. E agora ?

- Agora tirem a roupa toda. Fiquem peladinhas.

- Ih... Num to gostando nada disso.

- Tá bom. Então deixa..

- Não, não, a gente faz.

- OK, agora sentem nos banquinhos com a bunda bem espichada pra fora

- Assim ?

- É. E fiquem quietinhas e aceitem o que eu vou fazer sem reclamar, senão eu desisto de vez de ajudar vocês.

- Tá. A gente vai ficar quietinha.

.

Fui no meu quarto e peguei um tubo de geleia KY. Voltei no quarto delas que já estavam cochichando uma com a outra sobre o que eu tinha em mente. Passei uma camada boa de geleia no ânus apavorado de cada uma que já iam reclamar, quando eu levantei um dedo e disse que ia desistir. Disseram

.

- Tá bom. continua maninho

.

Quando acabei de besuntar o fiofó das duas, tirei rápido minha roupa. Minha piroca estava quilométrica e dura como um poste. Dei uma cuspida na chapeleta e encaixei a cabeça no olho do cu de Rosa. Fiz pressão e ela deu um gritinho quando passou o músculo anal. Mandei empinar e abrir bem a bunda com as duas mãos. A irmã olhava incrédula o olho do cu de Rosa se abrir ao meu caralho.

.

- Você vai fazer isso comigo também, Pérsio

- Aham.. Vai levar na bundinha como sua irmã gêmea. Me aguarde.

- Aiiii Pérsio. Entrou muito fundo

- Deixa eu ver o estrago que meu pau fez. Eita que tá arrombado.

- Me dá um refresco. Vai comer o cu da minha irmã, vai.

- Agora é tu, Tânia

- Ai, que medo. Nunca dei o cu antes.

- Nem eu tinha dado maninha. É bom. Deixa ele meter.

.

Botei no cu da Taninha e fui pressionando. Ela trancando o cu pra não me deixar entrar. Fiz cosquinha na barriga dela e ela riu e soltou o fiofó. Entrou até a metade e ela deu um gritinho. Esperei um pouquinho e afundei o resto da naba no intestino dela.

.

Fudi rapidinho e senti minhas bolas ferverem. Esguichei o primeiro jato no cu da Tânia, tranquei o meu cu e saquei o sabre fora, enfiando logo depois no cu da Rosa onde então soltei o músculo e aliviei o resto da porra no reto da outra irmãzinha.

.

Oh delícia de foda...

.

Então ouvimos o barulho dos nossos pais chegando e corremos pra colocar os shorts e as camisetas. Eles tinham trazido frios e outras guloseimas da delikatessen e nos mandaram sentar à mesa para provar. Quando minhas irmãs levantaram da mesa, os assentos estavam molhadinhos de porra, e os shorts delas também. Ainda bem que nossos pais não viram e elas limparam rapidinho depois.

.

Acho que ainda vou ganhar muitos cuzinhos nas próximas semanas pois elas parecem ter gostado mesmo.

.

Abraço do irmãozinho comecú

Pérsio (Secret Island)

E-mail: modfant@gmail.com

.

PS: Quem quiser o vídeo deste conto, deixa o email nos comentários aí em baixo, junto com a nota que deu, ou me manda um email pedindo este conto com o vídeo (mas não pode esquecer de informar o nome deste conto no pedido por email, pois temos vários contos postados), para: modfant@gmail.com

.

Comentários

14/12/2017 20:48:15
Já mandei o vídeo deste conto pro teu email, Tonio
14/12/2017 16:43:25
Bom. Gostei.
08/12/2017 16:35:50
Olá Damião. Já mandei o vídeo deste conto para os teus dois e-mails (bol e gmail). Por favor responda ao questionário que te enviamos também.
08/12/2017 09:22:51
" Marido Liberal Safado" Quero seu email (Mião)
08/12/2017 09:20:10
Bom dia ! Meu email é: damiaomonteiro07@bol.com.br
07/12/2017 23:31:12
Novo site galera! Visitem! contos e muita putaria https://kxcontos.blogspot.com.br/
07/12/2017 19:06:44
Já mandei o vídeo para o teu email, TaradoAm.
07/12/2017 18:17:53
diegomagalhaes300@gmail.com
07/12/2017 17:18:08
Para todos que deixaram o email aí em baixo nos comentários, eu enviei o vídeo deste conto por email.
07/12/2017 14:58:56
hanniball.gc35@gmail.com
07/12/2017 13:19:57
Delicia de conto, parabéns !! Minha esposa tb é bem putinha safada, confira nossas aventuras ... Temos um blog para maridos liberais: https://clubedosmaridoscornos.blogspot.com.br
07/12/2017 13:01:31
Olá GauchoTarado. Vai receber o vídeo daqui há pouco no teu email. Olá Mião. Faltou você informar teu email, pois o nosso já está no pé do conto.
07/12/2017 11:35:42
muito bom nota 12 kkk laayonn@gmail.com
07/12/2017 11:01:02
Hummm muito bom que irmãs gostosas queria conversar mais com vc Pésio!
07/12/2017 08:34:05
Obrigado, mas faltou vocês informarem o email para eu enviar o vídeo.
07/12/2017 08:29:43
Muito bom

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.