Casa dos Contos Eróticos

Sedução da colega de trabalho Japonesa compromissada, e a transformação de uma santinha em uma vadia na cama

Olá, esse foi um fato real e eu vou narrar como me envolvi com a japinha compromissada que trabalhava cmg, e de como uma garota séria se transformou em uma vadia na cama.

Meu Nome é Fe hoje tenho 33 anos, sou Moreno 1.78m, ombros largos, faço academia e mantenho a forma, pênis tamanho normal, porém bem Grosso e tenho um auto controle fora do normal e aguento horas fudendo com força e intensidade sem gozar, e essa história aconteceu em 2014 meses depois de eu ter terminado com a Re, Re foi a primeira japonesa que me envolvi escrevi dois contos sobre ela.

"Ca" como vou chama-lá aqui no conto é uma Linda mestiça de 20 e poucos anos magrinha, 1.65 de altura seios médios perfeitos e bumbum médio empinado , ela realmente é muito gata deixando aquela famosa Carol Nakamura no chinelo. Ca trabalhava no setor de vendas da empresa fazia 2 anos e eu trabalhava no setor de suporte a clientes, então por estarmos em setores diferentes tinhamos pouco contato. E as poucas vezes que tivemos contato, ela era muito séria e não ficava de brincadeirinha com nenhum homem da empresa, muitas vezes o japonês namorado dela vinha buscar ela na porta da empresa.

Umas das poucas vezes em que eu trombei com ela na empresa foi na hora do almoço na copa, ela estava sentada almoçando e eu fui esquentar algo no microondas e estava conversando com outra amiga da empresa q era bem desbocada, e na conversa eu disse que estava feliz com a Re que era minha noiva no momento e que tb era mestiça pq ela era completa e na cama mais ainda pq ela adorava anal, a a amiga desbocada falou q topava tudo menos anal.. e perguntou para a "Ca" se ela curtia anal, a japinha ficou sem graça mas me olhou de um jeito diferente, e disse que tinha curiosidade. Mas chegou mais gente na copa e nós três mudamos de assunto. Meses se passaram e eu a "Ca" não tivemos muito contato e eu terminei com a Re e voltei a estar solteiro.

Na época da copa de 2014 eu estava solteiro, mas saindo com algumas garotas sem compromisso, e fomos dispensados mais cedo porque haveria jogo do Brasil e eu ia em um barzinho ver o jogo do Brasil com a amiga desbocada pq ela queria me apresentar uma amiga dela, nisso trombei no corredor com a Ca, e ela perguntou e aí Fe está solteiro agora ? , eu respondi q não tinha dado certo com a mestiça q eu estava noivo e brincando eu falei se ela não tinha uma prima japa para me apresentar, nesse momento ela me deu uma encarada com o olhar tipo, "a japa não pode ser eu ?" mas ela me disse Fe me passa seu celular e eu vou add no whats e depois manda uma foto sua para mostrar para minhas primas ou amigas, eu passei meu celular e ela me add e eu mandei duas fotos minhas, ela falou q ia mandar para para as primas e amigas..

Se passaram algumas semanas e ela não me deu nenhum retorno sobre as primas ou amigas japonesas, nisso trocamos poucas palavras pelos whats e enquanto isso eu me envolvi com uma loira estilo panicat. De repente em uma semana a "Ca" começou a me mandar uns Memes engraçados e eu retribuia, e de memes engraçados avançaram para memes de duplo sentido, e cada vez ficava mais apimentada as imagens e eu perguntei o signo dela e ela respondeu que era escorpiana, aí eu comecei a ir pra cima na conversa dizendo que escorpianas são quentes na cama.. Em uma dessas conversas tarde da noite eu mandei uma foto minha de cueca com o pau duro e grosso marcando e quase saindo pra fora da cueca , eu fiquei com medo de ter exagerado e ela não respondeu por alguns minutos e eu pensei Fudeu, mas uns 5 minutos depois ela me mandou uma foto dela com um shortinho de pijama curtinho.

Eu pirei vendo aquela coxas lindas e a barriguinha sarada e o shortinho marcando a bucetinha, aí o papo esquentou e eu disse que eu estava louco para ficar com ela, aí ela disse que estava muito curiosa por eu ser mais velho e experiente e ter fama na empresa de pegador, e que o papo dela pedir meu celular para mostrar minhas fotos para outras garotas era mentira, pq ela queria pegar meu celular. Marcamos de chegarmos mais cedo na empresa no dia seguinte e ver o que rolava, mas ela disse que estava nervosa pois ela nunca tinha traído o namorado em 5 anos de namoro, aí eu disse que não tínhamos que ficar tensos pq eu tb estava enrolado e que eu não iria ficar no pé dela e que apenas mataríamos nossa curiosidade sobre sermos intensos.

No dia seguinte eu cheguei 20 minutos antes das 8, e entrei na empresa pq tinha outro funcionário q sempre chegava as 7:30 e abria a empresa, e eu subi no andar de cima próximo a área de vendas, 15 minutos depois a "Ca" chegou e passou por mim e eu falei te espero no banheiro, entre o banheiro feminino e o masculino tinha um pequeno hall com espelho e uma pia, eu entrei no hall e ela veio logo em seguida e trancamos a porta do hall, eu olhei pra ela e não perdemos tempo eu grudei nela dando um beijo com vontade e grudando ela na parede, o beijo dela foi incrível, nos beijamos com intensidade e eu senti as pernas dela bambearem e eu segurei ela com um abraço forte com minha mão na bunda dela e ela pra minha surpresa desceu a mão e foi passando a mão no meu pau por cima da calça, eu senti ela ficar ofegante qdo eu beijei o pescoço dela e ela arrepiou, aí ela me deu um empurrão e disse vamos parar, o pessoal já está chegando.

Ela saiu primeiro do banheiro meio cambaleante e eu saí minutos depois para ninguém reparar e tb porque tinha câmeras. Logo que eu saí eu passei na frente da mesa dela e ela me deu um sorriso safado e a menina que trabalha ao lado dela tinha acabado de chegar, passamos o dia nos falando pelo whats, eu nunca tinha beijado tido um beijo tão gostoso quanto o dela, aí eu disse q tinha adorado o beijo dela e a sua pegada, e ela me disse que meu beijo deixou ela sem ar e com a perna bamba e que estava adorando sentir meu cheiro que ficou nela, mas durante o dia ela disse que se sentia mal pois nunca tinha traído, e que estava confusa pois nunca tinha beijado tão gostoso na vida, mas disse que o que fizemos era errado e que ela nunca beijou outro homem durante os 5 anos de namoro. Eu não forcei a barra e apenas disse que eu chegaria mais cedo no dia seguinte denovo.. Falei isso para provoca-lá, no dia seguinte eu cheguei mais cedo e subi e passando pela mesa dela e vi a bolsa dela na mesa mas ela não estava, aí eu fui para o hall do banheiro e ela estava lá me esperando, não falamos nada apenas nos olhamos e nos beijamos e o beijo estava uma delícia, intenso e com desejo, eu fui descendo minha mão e segurando ela forte pela cintura e puxei o corpo dela contra o meu e ela deu uma gemida, logo em seguida eu coloquei minha mão dentro da roupa dela e toquei a bucetinha dela que já estava melada como poucas vezes eu vi na vida, eu passei o dedo no grelo e ela deu uma tremida e eu fui e penetrei o dedo na buceta enxarcada enquanto a mão dela já estava no meu pau me punhetando, ficamos nessa brincadeira por mais uns 2 minutos, mas não tínhamos tempo para mais nada.

Saímos do banheiro discretamente um de cada vez para ninguém perceber e nesse dia eu fiquei mais interno na empresa e eu arrumava sempre uma desculpa para passar pelo setor dela, e mandando mensagens provocando ela, e ela me deixou doido ao dizer q cada vez que eu passava perto da mesa dela ela sentia a buceta piscar e sentia a calcinha molhar e que ela nunca sentiu isso com o namorado..

A cada dia as provocações só aumentavam e marcamos de sair, eu atravessei Sp para ir na casa dela e peguei ela 11 da noite depois que ela disse para o namorado que iria dormir cedo aquele dia, ela entrou no meu carro e nos beijamos gostoso e fomos em direção a um motel na marginal Tietê, durante o caminho fomos nos provocando e ela tirou o peito para fora na marginal e eu fiquei louco em ver aqueles seios perfeitos, e eu com uma mão no volante dirigindo e outra no peito dela e eu tirei meu pau para fora da calça e o pau estava doendo de tão duro, e ela foi me punhetando no começo e eu falei que queria ela mamando no meu pau e ela não perdeu tempo, foi logo caindo de boca e mamando meu pau enquanto eu dirigia com aquela japinha chupando gostoso.

Chegamos ao motel, entrando na garagem da suíte saímos do carro e eu já grudei ela na parede com uma beijo intenso e as nossas mãos percorrendo nossos corpos, eu estava louco de tesão eu virei ela deixando ela de costas pra mim e com as mãos na parede e comecei a beijar o pescoço e eu peguei ela pelo cabelo erguendo ele e beijando e dando umas mordidinha na nuca dela, ela pirou de tesão e arrebitou a bundinha e eu encoxei ela esfregando nela e ela sentiu como o meu pau estava duro, nisso eu puxei o short dela junto com a calcinha de uma vez deixando ela com o bumbum a mostra, eu dei um tapa no bumbum dela e a japa gemeu como uma puta e com as duas mãos na parede ela empinou mais ainda a bundinha, eu fui tirando o pau pra fora e comecei a pincelar a cabeça grossa do pau na entrada da buceta para provocar ela e ao mesmo tempo deixar a cabeça do do meu pau grosso lubrificada, encaixei o pau na entrada e fui enfiando e ela deu um gemido alto qdo o pau entrou e eu senti meu pau grosso rasgando e abrindo aquela bucetinha molhadinha e apertada, com o pau todo dentro e segurei ela forte pela cintura e comecei a socar rápido e sem dó com força e ela gemia sem parar e pedia mais e mais dizendo que estava muito gostoso e eu chamando ela de putinha sem vergonha, eu diminuia o ritmo e sentia que ela ficava piscando a buceta apertando o meu pau para me provocar, eu voltei a bombar forte e rápido com ela em pé e empinada e suas pernas começaram a ficar bambas e ela não estava se aguentando em pé.

Eu peguei ela no colo e a coloquei em cima do capô do carro e tirei completamente seu short e sua calcinha junto e abri suas pernas e chupei aquela buceta melada e gostosa, ela se contorceu até gozar na minha boca, aí eu encaixei meu pau na buceta e passei a fuder ela de frente vendo a cara de safada dela levando rola grossa, ela gemia e rebolava pedindo mais pica e eu dizendo q estava um tesão comer a buceta dela gozada e que eu iria judiar da buceta dela até ela ficar esfolada, metemos com força por uns 10 minutos no capô do carro, e eu segurando o gozo.. Tirei ela do capô e falei para subirmos para o quarto, foi um tesão ver aquela japinha subindo a escada pelada na minha frente com aquela bundinha durinha e empinada e eu não perdi a oportunidade e dei uns tapinhas na bunda dela.

Chegamos no quarto e eu tirei toda a minha roupa e nos beijamos mais e eu falei para ela ficar de quatro na beirada da cama, eu em pé fora da cama e o meu pau na altura exata da buceta dela, eu gosto assim pq dá para meter com força e encaixei meu pau e comecei a socar cada vez mais forte e mais rápido, e ela gritando alto e gemendo pedindo para eu não parar que estava bom demais, e eu metendo sem dó, aí eu diminui um pouco o ritmo e ela passou a jogar o bumbum com força para trás e a rebolar no meu pau, aí eu falei fica quieta vadia e segurei ela pelo cabelo e voltei a socar nela rápido e com força, as costas dela estava suando e as pernas foram amolecendo e ela cada vez mais molhada com as bombadas, aí ela pediu arrego que dizendo que precisava de um ar, que estava muito gostoso, mas que ela não estava acostumada com tanta intensidade pois seu namorado gozava muito rápido principalmente de quatro, ela disse que adora dar de quatro mas quando o namorado dela metia nela de quatro que ele mal encaixava o pau e já gozava e ela ficava na vontade de dar mais de quatro.

Dei um respiro de uns 3 minutos pra ela e pedi para ela sentar no.meu pau, ela sentou gostoso e eu olhando na cara dela de vadia enquanto ela quicava no meu pau gemendo e fazendo caras umas bocas bem safada, e ela foi quicando com mais força e disse que iria gozar, aí eu disse que iria gozar junto, e tivemos um gozo muito intenso, onde ela gritou de prazer e eu urrei de tesão e logo depois ela desabou seu corpo em cima do meu, eu fiz carinho nela e meu pau demorou um pouco para amolecer, ela estava ofegante com o coração acelerado, parecia que iria sair pela boca, e ela disse que nunca tinha metido tão gostoso e com tanta intensidade na vida.

Essa foi nossa primeira noite de sexo que ainda teve o segundo round de sexo intenso em que ela disse que parecia que ela tinha sido atropelada por um trator, mas que ela estava satisfeita e que sentiu um prazer como nunca tinha sentido antes na vida.

Tivemos um caso por 1 ano e meio e ela ficou muito vadia, pois dizia para o namorado que tinha parado a pílula e transava com ele de camisinha e nós fazíamos sem porque ela falava que adorava sentir a minha porra grossa escorrendo na buceta dela na hora do trabalho, pois metiamos antes do expediente , eu pretendo narrar algumas das muitas loucuras que fizemos, como eu comi o cuzinho da japa, e sexo em lugares públicos, sexo no Parque do Ibirapuera, sexo em cima da ponte estaiada da marginal pinheiros, sexo no aeroporto de Congonhas, sexo em Shoppings

Comentários

15/05/2018 19:34:32
Querido, tesudíssimo! O que mais dizer. Essa menina é bem danadinha, a ponto de usar camisinha com o namorado e fazer contigo sem. Rss. Fica aqui meu comentário e nota. Sem dúvida dez. Visite-me quando quiser. Meu ultimo conto é sobre eu rodando bolsinha num parque da cidade. Bjs babados.
29/04/2018 09:40:04
Fe!... Que máximo!... Putz, viajei no tesão com essa transa fodástica! Foi muito...muito gostoso ganhar um pouco dessa tua excitação contagiante. Dez pra você... Tenho contos aqui e se você comentar, eu vou ficar bem feliz. Bjs=-)
23/01/2018 14:25:59
sensacional
13/12/2017 18:53:14
Conto delicioso, querido. Essa garota teve sua fogosidade despertada e então, sai da frente. Rs. Com certeza, mesmo depois de casada, ela não vai parar. Parabéns pelo conto excitante. Quando der, leia os meus. Nota dez e beijocas.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.