Casa dos Contos Eróticos

Garras de Dragão Cap.5

Autor: Zack
Categoria: Homossexual
Data: 18/11/2017 20:04:09
Nota 10.00
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ele me pega de surpresa e me abraça forte, Átila começa a chorar feito uma criança. A aura nos cobriu de forma suave e pela primeira vez estava azul, por algum motivo conseguia entender oque ele sentia no momento e comecei a chorar junto dele.

Átila: me perdoa Zack, não consigo ficar longe de você - seus olhos brilhavam um dourado lindo

Eu: Átila não tem porque você pedir perdão, eu sei que não foi sua culpa - olho para ele e limpo minhas lágrimas

Átila: então porque ficou com raiva de mim ? - ele coloca a mão em meu rosto

Eu: porque eu estava e ainda estou sentindo algo por você que não entendo - me afasto dele e me encosto na parede

Átila: e porque não me falou oque estava sentindo, Zack esses dias que você ficou longe de mim foram os piores da minha vida - ele se aproxima

Eu: não posso falar algo que não entendo - ele coloca as mãos em minha cintura

Átila: então eu falo oque eu sinto, me sinto vazio quando você fica longe e completo com você perto, me sinto desanimado com você afastado de mim e Alegre com você perto de mim - ele coloca novamente a mão no meu rosto

Apenas abaixo a cabeça e evito olhar seus olhos, pois sentia o mesmo que o Átila, mas por algum motivo tinha medo de falar para ele.

Átila: eu sinto raiva quando o Tales se aproxima de você, eu sinto que ter você ao meu lado é o certo, mesmo que seja errado dois homens juntos - ele levanta meu rosto e me faz olhar em seus olhos

Eu: Átila você tem... - ele coloca o dedo na minha boca me fazendo ficar quieto e logo depois me beija de forma calma e sincera, o beijo do Átila é quente e carinhoso. Meu coração disparou e meu corpo amoleceu, e nesse momento sabia que o Amava e que queria ter ele ao meu lado sempre.

Átila: seus olhos lilas brilhando é a coisa mais lindo do mundo - ele fala após sair corado do beijo

Eu: Não sei oque dizer agora - sorrio sem graça

Átila: nem eu - ele abaixa a cabeça

Eu: mas apenas quero que saiba de uma coisa Átila, tudo oque você sente também sinto o mesmo - ele fica todo vermelho quando termino de falar e me abraça

Após conversarmos, um pouco eu e ele saimos da cabine.

Alex: então se resolveram ? - ele e os outros nos olhavam curiosos

Átila: Sim - ele fica corado

Karen: até que enfim, vocês dois estavam muito chatos a viagem toda - ela fala já doida

Rafael: então povo eu tenho uma declaração a fazer, conheço a maioria aqui a pouco tempo e ja to amando vocês e... - antes de terminar de falar ele desmaia de bêbado

Mika: eita - ele cutuca o Rafael

Lucas: não posso deixar ele ganhar de mim, vamos beber ! - ele enche um copo de vodka e mata

Alex: nossa Lucas seu bêbado... gostei da sua idéia - ele e os outros bebem iguais a loucos e em pouco tempo estavam todos não se aguentando em pé

(Dois dias depois)

Após eu e Átila nos acertarmos, ele ficou mais carinhoso comigo e sempre que ninguém estava perto ele me abraçava e fazia um carinho.

Nesses dois dias a viagem foi uma maravilha, Tales e Átila apenas discutiam as vezes e ninguem entendia o porque.

Eu: chegamos ? - olho para o Tales

Tales: sim - na mesma horaa eu fui para fora enquanto o Tales pousava o Iate em uma lago perto dali.

Rafael: Chegamos nós portões - ele dizia todo feliz

Eu: minhas respostas estão lá - eu pulo do Iate ainda no Ar

Alex: Zack você não sabe voar - ele pula atrás de mim e se transforma em dragão

Quando estava quase tocando no chão, meu irmão me pega e vai em direção ao portal.

Alex: você é muito idiota - ele fala telepaticamente

Eu: eu sabia que você me pegaria - sorrio e faço carinho no pescoço dele

Alex: não quer esperar os outros ?

Eu: eles estaram bem atrás de nós - Alex pousa na frente dos portões

Os portões são Sete grandes portais, feito de um material vindo do mundo da Deusa e cada portal possui um simbolo difetente. E bem na frete dos portões havia uma estátua criada com energia dos espíritos e esta estátua testava quem era e não era digno de entrar no mundo dos mortos.

Alex: antes de sermos testados, vamos esperar os outros Zack - ele volta a forma humana e eu empresto a blusa que estava usando para ele tampar as partes intimas

Eu: mas esta bem em minha frente as respostas Alex - olho para ele

Alex: Zack, eles vieram até aqui com você e o minimo que pode fazer é esperar um pouco - ele me olha serio

Eu: aff... ta bom - me sento na grama

Uma hora depois, os outros aparecem, brincando e sorrindo o unico que estava bravo era o Átila.

Átila: porque foi irresponsável pulando daquele jeito - ele falava nervoso

Eu: porque confio em meu irmão, e sabia que ele jamais deixaria eu me machucar - olho para o Alex que vestia a roupa e sorrio

Átila: entendi,mas por favor não faz isso novamente - ele parecia preocupado

Eu: ta bom, senhor chatice - viro de costas e faço bico

Átila: oque você disse ?

Rafael: mesmo não sendo irmãos de sangue vocês tem uma ligação seria não é verdade - ele olha para o Alex

Alex: Meu pai trouxe o Zack quando ele tinha 5 anos, e como não poderia ter um irmão o amava e amo como se ele fosse de sangue - ele se aproxima de nós após ter se vestido

Lucas: porque não poderia ter um irmão?

Alex: A mãe após me ter teve complicações e teve que retirar os dois óvulos - ele vem e me abraça de surpresa

Rafael: nossa hein, mas você so tem o Zack como irmão?

Alex: não tenho a Larissa filha da nossa madrasta - ele sorri

Lucas: quantos anos ela tem ?

Alex: 8 anos - ele me solta

Eu: bom chega de papo e vamos logo - ando em direção a estátua.

Assim que chego perto da estátua uma enorme quantidade de magia se acumula nela e ela ganha vida, ela se aproxima de nós e se abaixa para nos ver.

Estátua: estavamos esperando vocês guerreiros da profecia - ela nos olha e bufa

Mika: oque ? - ele fica sem entender

Karen: o quê você quis dizer com isso ? Que profecia ? - ela se aproxima dele

Estátua: quando a Luz no céu se apagar, a terra for corrompida e os mares queimarem, o brilho das ESTRELAS Gêmeas guiará O MESTIÇO indesejado, A SACERDOTISA dos Mares, O PRODÍGIO Celeste, O DRAGÃO dos olhos escarlate, A RAPOSA com presas de lobo e O NASOD das Asas de ferro para batalha. Junto dos seis guerreiros as estrelas Lutaram contra o SOBERANO DA MORTE E DO VAZIO.

Átila: As estrelas gêmeas já sabemos que sou eu e o Zack - ele olha para mim

Mika: eu sou o Nasod - ele levanta a mão

Alex: Eu to bem óbvio ai, fui o unico do clã que nasceu de olhos vermelhos - ele sorri

Rafael: Eu sou a Raposa - ele balança a calda e mexe as orelhas

Tales: Prodígio presente - ele sorri confiante

Karen: Sacerdotisa

Eu: então o Mestiço indesejado é Você Lucas - todos nós olhamos para ele

Lucas: é eu sei - ele abaixa a cabeça e se afasta um pouco

Alex: por ser mestiço que não gosta de voar não é mesmo - meu irmão se aproxima dele

Lucas: mais ou menos, meu Pai é um Leviatã e minha mãe como sabem é um dragão de vento.

(NARRADO POR LUCAS)

Eu: vou contar a história para vocês. Minha mãe sempre me amou mesmo que eu tenha sido gerado através de um estupro, ela me dizia que eu era especial e que um dia eu voaria como um dragão do Vento e que faria algo grande pelo clã e pelo mundo, quando completei 10 Anos minha mãe faleceu nas mãos do Dragão negro que você matou Zack, eu fui obrigado a viver com meu Pai que sempre que podia me Batia e humilhava por eu ser metade dragão.

Quando fiz 12 anos, eu sai escondido de casa e corri para casa da minha avó materna pedindo abrigo e tudo oque recebi foi desprezo e novamente humilhação. Como não tinha ninguém que me amava e que se importa-se comigo, eu virei um garoto de rua e sempre que podia roubava comida para sobreviver.

Até que um dia a Mestra me viu na rua e me levou para a guilda, ela havia dito que eu tinha pontecial e que seria minha família se eu deixa-se, no início todos me olhavam estranho por eu ser de rua, menos o Átila e Íris. Quando fui aceito pelo Átila e a Íris fiquei tão feliz que jurei para mim mesmo que nunca usaria o poder que herdei de meu Pai e sempre usaria apenas a magia da minha mãe. E gente eu não tenho medo de voar, eu apenas não posso pois sou parte Leviatã e não possuo asas - assim que termino de Falar o Alex me abraça

Átila: porque não nós contou ? - ele se aproxima de mim

Eu: pois não queria ser considerado um monstro novamente - assim que falo Átila também me abraça

Zack: você nunca será um monstro para nós, você é chato e preguiçoso no máximo - ele e os outros também vem e me abraçam

Estátua: bom não vamos perder tempo, cada um de vocês deverá entrar em um portão - ele se levanta e começa os portões com uma magia diferente de tudo que já vi

Alex: não vai ter teste ?

Estátua: estou esperando por vocês, desdo dia da criação dos portões - ele fala enquanto abria os portões

Mika: quer dizer que os portões foram feitos justos para nós ?

Estátua: sim meu jovem, cada portão tem um símbolo que representa cada um de vocês - ele termina de abrir os portões

Eu: oque vai acontecer após entrarmos ? - fico na frente de um portal que havia um dragão e um Leviatã nas suas laterais

Estátua: vocês veram, apenas aprendam com tudo oque fizerem lá - ele sorri

Átila: a sete portais e oito de nós, alguem tem de ficar ? - Átila o encara

Estátua: as estrelas devem entrar juntas - ele aponta para o portal maior no centro

Eu: então que assim seja - olho para o Alex e entro no portal

(NARRADO POR ZACK)

Cada um de nós fica de frente a um portal com detalhes que nos representa, o Lucas e a Karen foram os primeiros a entrar

Eu: Alex toma cuidado tá - olho para ele preocupado

Alex: você também Maninho, até mais - ele entra no portal

Mika: quem sair primeiro espera os outros - ele, Rafael e Tales entram nos portais

Átila: ta com medo ? Você esta tremendo e tá vermelho - ele me olha e estende a mão

Eu: estou com um pouco de medo, mas ainda quero minhas respostas - pego a mão dele e entramos juntos, no momento que entro um clarão de luz me obriga a fechar os olhos.

Quando abro meus olhos estava em um salão grande e lá no centro do Salão, havia um homem com cabelos brancos e olhos lilás assim como os meus.

Eu: você é o Yang ? - olho para ele

Yang: Sim jovem estrela, estava te esperando - ele sorri

Eu: onde esta o Átila - falo olhando para os lados

Yang: ele esta com a Yin - ele vem em minha direção

Eu: onde estamos ?

Yang: no mundo espiritual e claro - ele se senta em uma cadeira que aparece do nada proxima a mim

Eu: e os outros, onde estão ? - me aproximo dele

Yang: eles estão bem, não se preocupe - ele mexe as mãos e aparece um sofá bem em sua frente

Eu: você tem as respostas que eu quero não tem ? - me sento no sofá

Yang: sim, mas para saber oque é uma estrela gêmea deve entender oque são os nefilins - ele se levanta e coloca a mão em minha testa e varias imagens vão passando como um filme

Nas imagens o clã dos Anjos e o Clã dos Demônios estavam vivendo junto das outras raças em paz, até que o DEUS DA GUERRA AGOR resolver intervir nesta paz, e aos poucos anjos e demônios vão enlouquecendo. O Rei de cada clã foi sendo influenciado pelo Deus e em pouco tempo estavamos diante de uma guerra que acabou com a Paz do mundo.

A DEUSA ISMAEL responsavel pelo equilíbrio do mundo não podia ficar parada e pediu para O DEUS CRIADOR ajudar ela a criar o clã que seria responsavel pelo equilíbrio do mundo, o deus criador então criou os Nefilins uma raça que era a união dos Anjos e Demônios, as raças mas poderosas do mundo.

Mesmo após a Criação dos nefilins, a guerra continuou e o equilíbrio estava instável, vendo tal coisa a deusa se sacrificou e enviou seu poder para dois nefilins.

O nefilim Asmodeus recebeu o poder da destruição e o Nefilim serafim o poder da criação, quando ambos estavam juntos o poder deles se tornavam um e o poder do equilíbrio aparecia.

Vendo o Poder de um Deus nas mãos de seres inferiores, O DEUS DA GUERRA resolveu ir atrás dos nefilins pessoalmente e matá-los. Mas ele apenas foi atrás da própria morte pois morreu nas mãos dos nefelins Yin e yang.

Antes de sua morte, ele jurou vingança e mandou todo seu poder e sabedoria para um Nefilim inocente, HENIR que era o filho primogênito de Yin e Yang.

Quando Henir cresceu, o odio e raiva tomou conta do seu ser e então ele despertou o poder e sabedoria que O DEUS havia lhe dado, com a sabedoria e poder que possuia Henir foi atrás do PODER DA CORRUPÇÃO que estava selado no mundo da deuses.

Após Matar o DEUS GUARDIÃO e tomar o PODER DA CORRUPÇÃO para si, ele foi atrás dos seus Pais para cumprir o destino que AGOR havia lhe dado e quando chegou lá descobriu que a sua mãe havia morrido dando a vida a uma criança.

Henir ao ver seu irmão, sem nenhuma piedade o encheu de Corrupção,e antes que a pequena criança se torna-se a Corrupção em pessoa, Yang aparece e luta contra seu próprio filho.

Após ver o sofrimento de Yang, a DEUSA DO DESTINO ELIA resolve intervir e sela o Henir em um dimensão paralela.

Yang que estava quase morrendo, caminhou até sua casa para ver o seu Filho caçula que estava completamente tomado pela corrupção.

A deusa com pena toca na criança para ver se ela possuia futuro e acaba vendo todo seu destino, sabendo que o caminho dele não terminaria ali ela sela a corrupção e logo depois retira o poder de Yang e passa para a criança.

A Deusa Elia ja sabendo o destino dos Nefilins no mundo pega as estrelas gêmeas e pede para o DEUS DO TEMPO CRONOS enviar as duas crianças para o futuro onde lá elas iriam cumprir seu destino.

Eu: isso quer dizer que ?! - olho para ele e meus olhos enchem d'agua

Yang: sim, eu sou seu Pai e o temível inimigo é seu irmão - ele abaixa a cabeça

(Narrado por Átila)

Assim que entrei no portal, encontrei uma mulher linda de cabelos escarlate e olhos dourados como os meus e ela me contou tudo sobre oque aconteceu no passado e como os nefilins foram criados.

Eu: isso é impossivel - olho para Yin

Yin: Os nefilins foram extintos aos poucos, e os principais responsáveis por isso foram a Aliança dos Reis.

Ela coloca novamente a mão em minha testa e as imagens voltam a passar em minha mente.

Nas imagens Após Henir desaparecer, as demais raças resolveram acabar com o clã Nefilim pois tinham medo que outro monstro como Henir pode-se nascer. Nesses 500 anos os nefilins foram sendo caçados um por um até que o ultimo grupo foi morto pelo Rei dos Dragões atual.

Eu: o Pai do Zack matou os últimos sobreviventes do meu clã - sinto raiva uma Raiva grande do rei dos Dragões no momento que descubro isso

Yin: sim, ele matou o último grupo de nefilins existente - ela me olha de forma triste

Eu: e Zack estava com esse grupo não estava? - olho para ela serio

Yin: vocês dois estavam, no ataque do Rei um Nefilim fugiu ferido com uma das crianças e antes de morrer o deixou nós braços de uma mulher

Eu: a mestra ! - coloco a mão na cabeça tentendo lembrar

Yin: sim, e meu filho só ficou vivo pois o coração do rei amoleceu ao ver aquela criança sorrindo com a espada cheia de sangue apontada para sua cara.

Eu: a Luz corrompida que possuo tem alguma relação com a Corrupção? - abro minha mão e uma esfera de luz corrompida aparece

Yin: essa Luz é chamada assim pois é a Luz dos dos anjos corrompida com o poder dos Demônios - ela sorri

Eu: entendi, mas que agora finalmente sei oque aconteceu com o meu clã e vou atrás de vingança - me levanto com muita raiva

Yin: Átila, aprenda que vingança não leva a nada - ela cruza as pernas

Eu: então quer que eu fique parado, e comece a fingir que nada disso aconteceu - olho para ela com raiva

Yin: Quero que fique forte o suficiente para proteger meu filho - ela me olha sério

Eu: o quê?

Yin: eu sei que você gosta dele, e sei que ele também gosta de você, então vou ajudar você a ficar forte o suficiente para proteger ele - ela se levanta

Eu: Proteger o Zack ?

Yin: Sim, sim - ela sorri e faz sinal para seguir ela

Do nada a sala muda e quatro estátuas minhas com formas diferentes aparecem.

Yin: esse são os seus quarto poderes interiores Magia negra, Energia do Caos, luz corrompida e o poder da destruição da deusa - ela fica parada entre as estátuas

Eu: oque quer dizer com isso - me aproximo dela

Yin: quero dizer que você irá aprender a usar todos os seus poder no maximo, pois eu irei te treinar - ela sorri

Eu: vocês nos chamaram aqui para nos treinar ?

Yin: Henir logo irá se libertar, e quando isso acontecer quero que você esteja pronto, para proteger zack - ela abaixa a cabeça no momento que fala do filho dela

Eu: então por onde começamos mestra ? - me aproximo dela e dou um soco de leve em seu braço.

(NARRADO POR ZACK)

Após conversarmos ele me leva para uma sala onde havia 4 estátuas minhas.

yang: Filho sei que é difícil, mas você ira aprender a usar todos os seus poderes - ele sorri

Eu: Até a escuridão ? - olho para a estátua que mostrava a minha forma demoníaca

Yang: sei oque aconteceu filho, mas vou te ensinar a controlar a escuridão - ele coloca a mão em meu ombro

Eu: aquela estátua coberta por correntes é o quê? - atrás das estátuas havia uma coberta por correntes

Yang: aquela é a corrupção selada pela deusa - ele me olha

Eu: o quê aconteceria se a corrupção se liberta-se?

Yang: nem eu sei meu filho, apenas sei que se você deixa-se esse poder te possuir, você se tornaria um ARAUTO DA MORTE e ficaria como seu irmão - ele me olha triste

Eu: Então tenho que ficar forte para isso não acontecer, não é mesmo Pai Yang - apos o chamar de pai ele sorri e logo depois começa a chorar

Yang: meu filho, te amo muito e me perdoe por não estar ao seu lado no seu crescimento - ele me abraça

Eu: pelo que você me mostrou, você nao tem culpa pai Yang - o abraço forte

Yang: então vamoa começar a treinar filho, me mostre oque você sabe - ele materializa um espada e eu também

Eu: estou indo - parto para cima dele e nossas espadas se chocam.

(1 ano após o início do treinamento)

No início do treinamento foi muito difícil controlar os poderes o mais difícil era entender o mundo dos espíritos, mas após 8 meses treinando com meu pai eu finalmente consegui manipular todos os meus poderes fácilmente e entender aquele mundo, após eu concluir o treinamento o meu Pai Yang se encontrou com a Mãe Yin e o Átila e ambos nós treinaram juntos para usarmos o poder da ressonância de forma correta. Foi 5 meses treinando duro e convivendo com o Átila.

Nos dois se aproximamos muito nesse tempo, e meus pais considerava o Átila como membro da família já, mesmo eu brigando a maior parte do tempo com ele. O tempo que passei no reino dos mortos foram os melhores da minha vida.

Yang: Filho, Átila vocês foram incríveis no treinamento e aprenderam tudo de forma rápida

Yin: tenho orgulho do meu genro ser parecido comigo - ela sorri

Eu: mãe ja disse para não falar isso - olho bravo para ela

Yang: vai deixar o Zack constrangido assim Yin, deixa as coisa acontecerem naturalmente - ele abraça ela

Átila: fico grato por tudo Tio Yang e Tia yin - ele os abraça

Eu: eu nao queria me despedir - abaixo minha cabeça e lagrimas começam a cair

Yin: ei filho não chora, estaremos sempre aqui - ela coloca a mão em meu peito

Eu: eu Amo vocês - abraço eles e começo a chorar

Yang: também te amamos filho - ele e a mãe começam a chorar

Átila: vamos zack - o portal se abre em nossa frente

Yin: filho espera, tenho algo para te falar.

Eu: fala mãe - olho para ela sorrindo

Yin: o tempo no mundo espiritual passa diferente, um dia aqui é sete dias lá - ela me olha sem graça

Átila: quer dizer que passamos Sete anos no mundo espiritual - ele olha nervoso

Yang: sim - ele sorri

Eu: mas como não nós falaram antes - olho para ele

Yang: esquecemos, estava ótimo passar o tempo com vocês que não queriamos que acaba-se - ele coçava a nuca enquanto falava

Eu: ai meu deus, como será que o mundo vai estar - olho com raiva para eles e logo abro um sorriso

Yin: Filho temos orgulho de você, e da pessoa linda que se tornou - ela chorava muito

Eu: sabe trocaria mais sete anos, para ficar mais um ano com vocês - Átila me pega e me leva até o portal carregado

Eu: tchau mãe...tchau pai - aceno para eles

Yin e yang: tchau - ele choravam ao me ver indo

Assim que voltamos para o mundo real, todos os outros voltaram ao mesmo tempo, e na hora que vi o Alex que estava com o cabelo cumprido corri para abraçar ele. Todos ali estavam diferentes e mais fortes, era como se o portal fosse um casulo e nós finalmente haviamos nos tornado borboletas.

Alex: senti sua falta Zack - ele me abraça forte

Eu: eu também maninho - sorrio

Alex: fizeram tatuagem lá - havia runas em algumas partes do meu corpo e no corpo do Átila

Átila: foi parte do treino - ele aparece ao meu lado com o lucas que estava com as pontas do cabelo verdes e um dos olhos na cor prateada

Sete anos havia passado, oque será que aconteceu com o mundo ?

Continua...

Comentários

22/11/2017 03:12:18
O amor seja qual for é tão complicado. Mas depois de eu esperar sete anos quero ver essa equipe em ação. Nossa mano. nunca gostei tanto assim de um conto aqui. Estou até com inveja. Sabe, queria contatar você para conversarmos um pouco sobre a história. será que pode ser?
19/11/2017 14:49:50
Muito legal. Sera que o Zack vai ser corrompido pelo lado negro dele? Esperando ansiosamente pelo próximo capitulo.
19/11/2017 00:16:44
Fairy Tail todinho. HahahaDragões gêmeos: Luz e Trevas.Dragão do Fogo: Natsu.Guardian celetial: Lucy Meu Deus. Amo muito esse conto.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.