Casa dos Contos Eróticos

Modern Romance Parte 03

Autor: Alec97
Categoria: Homossexual
Data: 23/10/2017 14:29:53
Nota 10.00

O final de semana passou, e enquanto eu trabalhava, o Edu se divertia. Pelo menos era o que parecia nos posts de seu amigo enquanto ele caía de tão bêbado, e todos estavam rindo. Hétero é um bicho estranho a ser estudado, não acham? Eu me sentia tão mal, meus finais de semana eram a base de trablho, trabalho e mais trabalho (beijos Rihanna), e enquanto eu choramingava nos meus pensamentos, uma luz surgiu no fim do túnel, ela se chamava Matheus.

- Oi gato, advinha ? Meus pais viajaram, tô com a casa só pra mim *emoji dos olhos descofiados* - Disse ele no whats

- Sério? legal. - Falei sem demonstrar muito a felicidade que estava sentindo

- Taí a localização, vou estar esperando você, bjs.

Nunca tinha ido na casa do Matheus, mas estava cheio de expectativas, já estava cansativo as transas no banheiro do laboratório. E assim, no fim do expediente, lá estava eu, meio perdido, indo em direção a casa do Matheus, errei umas ruas mas cheguei.

Enfim, estava lá, meu gato lindo e cheiroso, me atendendo de cueca em sua porta. Ele me deu um selinho e saiu na frente, me guiando até a sala. Não pude deixar de notar suas belas costas largas, com bunda empinada e pernas grossas, ele realmente é tudo de bom. E quando pensei que não podia ficar melhor, tinha um belo jantar me esperando, parecia que eu não poderia pedir nada melhor. Mas antes, decidi tomar um banho pra ficar cheiroso como ele. Tirei a roupa e entrei no chuveiro, e pedi pra ele me trazer uma toalha, e assim ele fez, e num meio impulso olhando aquele lindo garoto na minha frente, eu puxei ele pra dentro do box de cueca e tudo. Ele sorriu, e me beijou. Adorava quando ele sorria, seus olhos ficavam mais puxados do que já eram.

- Mas é um japa gato mesmo - Falei enquanto o abraçava.

- Então pega esse Japa. - Falou ele apertando minha bunda.

Era a minha vez de fazer ele perder a cabeça. Beijei seu pescoço, lambi seu peitoral, e fui descendo até o umbigo. Podia ver ele ficando arropiado, ele fechava os olhos e contraía os dedos dos pés. Comecei a chupar ele intensamente, chupava seus 17cm, pouco grossos, quase não cabia na minha boca, mas eu me esforçava bastante. Apertava a bunda dele, lambia as bolas. Ele puxava meu cabelo ao seu encontro, e eu estava adorando. Comecei a sentir contrações enquanto chupava, mas antes que eu parasse, ele se separou de mim, e respirou fundo pra não gozar. Desligou o chuveiro e pegou a toalha. Seu pau ainda estava muito duro, podia sentir enquanto ele me enchugava, me dando leves selinhos. Logo ele me levou pro seu quarto, e eu novamente tomei o controle, e joguei ele na cama. Ele se surpreendeu e sorriu me encarando, esperando o próximo movimento. Daí levantei suas pernas e comecei a chupar suas bolas. Ele começou a gemer baixinho de prazer. Fui descendo e comecei a lamber seu cuzinho rosa, e isso deixou ele louco. Ele se contorcia de prazer, e eu o devorava com minha boca, ele era realmente gostoso, e eu estava amando fazer isso. Ficamos nessa uns 5 minutos, ele estava entregue, de 4 quando eu o chupava, Daí me ajeitei, e comecei a roças a cabeça do meu pau no seu cuzinho. Mas logo então ele me empurra, e me deixa de bruços. Aquilo mais parecia uma competição de quem fudia quem, mas não pude evitar, quando ele começou a me chupar, do jeito que ele chupa, eu fiquei totalmente entregue. Logo ele vestiu a camisinha e começou a me penetrar aos poucos. Estava doendo bastante, fazia um tempo que eu não era penetrado, eu ainda não tinha feito isso com ele, mas aquele era o momento, não tinha volta. Logo senti suas bolas encostarem nas minhas, eu estava ofegante sentindo cada centímetro me atravessar, mas era uma dor boa. Ele começou a meter gostoso, ele quase tirava todo, e colocava com toda força. Estava explodindo de tesão, ele era tão bruto, e forte. E eu não queria que ele mudasse em nada, ele era perfeto naquele momento. Fizemos todas as posições, era uma maravilha ter aquele homem dentro de mim , toda vez que ele saía era como se eu perdesse uma parte de mim. Eu sempre gostei de ser mais ativo, mas naquele momento, eu só queria que ele me fodesse sem parar. E ele o fez, até que eu gozei bem muito. Ele parecia ter ganhado mais forças quando me viu gozar, ele começou à bombar no meu cú com muito mais força, eu não sabia que eu conseguia gozar tanto assim. Logo ele chegou no fim, e tirou depressa a camisinha, me fazendo chupar ele, eu mal coloquei na boca e ele gozou deliciosos 5 jatos de porra. Eu fiquei com a boca cheia, e escorreu bastante da minha boca. E mesmo eu tendo nojo desde sempre, eu amei o gosto da gala dele na minha boca, pela primeira vez eu engoli bastante, e ele ficou feliz ao ver isso, pegou um pouco da minha gala no lençou, passou nos lábios, e me beijou. Nós estávamos tão esgotados que dormimos ali mesmo. Eu já não lembrava de jantar nem nada mais, ele me abraçou por detrás, e eu só queria estar ali.

Acordei na manhã de domingo bem cedo, dei um beijo no meu macho lindo, e fui pra casa, ainda teria que trabalhar naquele mesmo dia. Mas fui com um sorriso no rosto, afinal, era um pau realmente gostoso KK, salvou um final de semana triste.

Iaí, o que acharam?

Sei que alguns estão pedindo pra eu "adicionar" algumas coisas, mas eu não posso. Estou tentando contar exatamente como aconteceu , tentarei contar da melhor forma possível. Um grande beijo aos leitores que estão acompanhando :* e lembrem-se de dar sempre uma chance aquele carinha que corre sempre atrás de você. Eu me surpreendi com o que eu consegui. Mas muita coisa aconteceu hehe logo saberão do que estou falando,até breve!

Comentários

24/10/2017 00:41:09
MAIOR TESÃO EM JAPAS. NUNCA TIVE UM. RSSSSSSSSSSSSSSSSS CONTINUE...
23/10/2017 19:02:28
continue logo

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.