Casa dos Contos Eróticos

Diários de um garoto:Descobrindo o amor nos braços de um ex valentão.

Categoria: Homossexual
Data: 21/09/2017 22:36:51
Última revisão: 21/09/2017 22:43:46
Nota 8.50
Ler comentários (8) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá, boa noite!

Depois de tantos anos sendo frequentador de vários sites deste gênero, decidi finalmente escrever uma história.Mas ao analisar os contos em andamento,percebo que a meu vêm com uma pegada bem mais real,pra não dizer sem graça(risos).

Enfim,discorrendo sobre a minha história,lhes digo que tentei várias narrativas,porém acabei optando pela em primeira pessoa,pois foi aonde consegui dar o tom certo das emoções.E está história tem como base,uma história real com boas doses de ficção,claro.Alguns personagens são baseados em pessoas do meu convívio e espero que gostem.E então vamos a sinopse,que está em terceira pessoa.Caso vocês gostem,então volto e lanço primeiro capítulo.

##########$$333####################$###$##

Sinopse

Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais,verbais ou físicas,feitas de maneira repetitiva, por um ou mais pessoas contra outras.O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully,que significa valentão,brigão. Mesmo sem uma denominação em português,é entendido como ameaça,tirania,opressão, intimidação,humilhação e maltrato.O bullying destroi a autoestima da vítima.Ele cria o medo,a ansiedade e uma dor incrível.Ele deixa a vítima com cicatrizes emocionais que durarão por toda a vida.

Felipe conhece bem esse tipo de violência,pois aos dez anos foi vítima de quatro colegas,por usar óculos,ter uma cicatriz em sua face e gostar de camisas largas com estampas de animais.Por vários meses,devido ao medo e a vergonha,ele suportou de seus algozes;agressão verbal,física,intimidação e humilhações.

Porém o fato capaz de se fazer surpreender,era de que um de seus agressores,não era muito diferente de Felipe,ao contrário,era um loirinho magricela com apenas dois anos de diferença.Só que enquanto Felipe vivia aterrorizado,este loirinho se via como um Deus e a escola o seu olimpo pessoal,aonde ele podia fazer o que bem entendesse,da forma que se achasse melhor.Seria isso uma demonstração clara de que seus país se esqueceram de lhe impor limites?Nunca saberemos!

Voltando a Felipe,o absurdo tratamento que era lhe imposto todo dia naquela escola,acabou por afetar seu psicologico,fazendo com que ele desenvolvesse problemas para dormir,fortes crises de dores de cabeça,angústia,medo,estresse e também ataques de pânico.Mas o que acabou despertando a atenção de seus pais para um possível problema,foi sua extrema rejeição a ir a escola,chegando a inventar mentiras para não ser obrigado a comparecer as aulas.

Porém a verdade só veio a tona,depois que Felipe apanhou mais uma vez e foi arrastado por seus colegas até uma tanque de água existênte no fundo da escola,aonde o atiraram e passaram a zombar das suas tentativas de sair,já que não sabia nadar.Mas para sorte dele,o loirinho acabou se acorvadando do ato e o salvou antes que acontecesse o pior,mais um professor surgiu ali no momento e ao ver os dois molhados,os levou para diretoria,aonde sob a pressão da diretora e dos pais que haviam sido chamados,Felipe acabou desafando tudo que vinha passando.

Apesar da diretora prometer castigar os responsáveis por tamanha violência contra o menino,os pais de Felipe decidiram retira-lo da escola e aproveitando uma oportunidade de emprego em outro lugar,se mudaram de cidade.Felipe então foi levado a uma psicóloga,e se antes seus pais quase nunca estavam presentes em sua vida,agora passaram a cerca-lo com toda a atenção e carinho do mundo.

Só que algumas cicatrizes deixadas pela violência se mostram incuráveis,e mesmo tendo todo apoio e ajuda possível, Felipe não conseguiu se livrar dos pesadelos,das intensas crises de pânico,dos pensamentos intrusivos e da sensação de aperto em seu peito a cada vez que tentava fazer algo normal.

E assim nove anos se passaram e apesar de ter tido um complicado período no primeiro ano do ensino médio, Felipe foi aprovado e mesmo não tendo o apoio dos pais e da irmã mais velha,decidiu por tentar voltar a escola e quem sabe dessa vez,ter um ano normal como qualquer outro adolescente.

Nossa história se inicia neste ponto,mostrando a batalha interna de Felipe contra seu psicólogico,enquanto tenta provar para todos que pode ter uma vida normal.E em meio a tantos problemas;carga escolar do ensino médio,a exagerada proteção de seus país,o futuro incerto,Felipe acabará encontrando alguém vindo diretamente do seu passado,que será capaz de fazer brotar em meio a turbulência do seu espirito,um bonito sentimento.

################$#$##$$#$#$###############

Bem,e ai o que acharam?

Gostariam que eu prosseguisse?

Comentários

09/11/2017 16:43:48
Lindob
24/10/2017 05:13:03
Estou gostando
22/10/2017 09:04:02
Imteressante
05/10/2017 10:26:05
Legal
02/10/2017 15:45:45
Nossa... Que viado chato...
23/09/2017 02:12:16
Parece interessante
22/09/2017 02:35:23
UM BOM COMEÇO. VEREMOS...
21/09/2017 23:58:35
Gostei! Continua...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.