Casa dos Contos Eróticos

A vizinha do apto de baixo só fode quando marido viaja

Categoria: Heterossexual
Data: 20/09/2017 11:56:37
Nota 9.60
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

A vizinha do apto de baixo só fode quando marido viaja

Depois dessa que me aconteceu, tive que vir contar a vocês meus amigos.

Moro no quarto andar e meus vizinhos de baixo vivem reclamando dos meus barulhos que nem sempre são barulhos no meu apto mas como já pegaram implicância tudo que acontece acham que é aqui...

Uma noite dessas eu já estava deitado, passava das 23hs e sempre durmo de samba canção de seda, eis que tocou minha campainha. Na hora até me assustei, uma hora daquelas pensei quem deve ser.

Quando olhei pelo olho mágico vi que se tratava da minha vizinha de baixo, já havia visto ela em outras vezes lá na piscina, sempre com uns fio dental bem provocante mas como ela era muito fechada e o marido também nem cumprimentavam eu ficava na minha. Todas vezes que interfonavam para o meu apto foi pra reclamar nem boa noite davam.

Pois bem nesta noite em que bateu a minha porta, ela teve uma surpresa pois eu estava sem camisa e bem a vontade só de samba canção, ela vestia uma camiseta (acho que do marido) e suas pernas grossas de fora e um chinelo havaianas.

A vizinha disse:

-Oi boa noite, desculpa incomodar mas é que esta vindo um barulho muito alto do seu apto, tentei interfonar e você não atendeu.

Eu logo rebati suas criticas:

- Olha vizinha, como é mesmo seu nome?

Ela diz:

- Luciana

Então falei:

- Luciana duas coisas, primeiro que estou sozinho e já estava deitado sendo assim não ha barulho algum em meu apto e segundo que aqui o interfone não tocou você deve ter errado o número.

Luciana (vizinha) responde:

- Mas tenho certeza de que o barulho vem daqui do seu apto, queres me acompanhar até o meu apto para você mesmo escutar.

Nessa hora não tive como esconder que gostei da idéia, meu pau logo deu sinal. Lhe respondi que iria só colocar uma camiseta e já descia até seu apto...

Encostei a porta fui pegar uma camiseta e não parava de pensar no que podia rolar, aquela gata que me esnobava tanto me chamando a uma hora dessas pra ir até seu apto, não podia acreditar que era verdade, mas dai pensei:

Mas e o marido dela será que esta em casa? Vou lá conferir né...

Apurei meu passo, desci as escadas e bati em sua porta. Para minha surpresa o marido foi quem abriu a porta do apto... Pra mim foi um banho de água fria né.

Ele disse então:

-Escute você mesmo, vá até o quarto aguarde uns minutos que os barulhos começam...

Fui em direção ao quarto, luzes apagadas só o brilho da TV e o ar condicionado. Luciana esta deitada na cama com aquela camiseta e uma calcinha vermelha e diz:

- Amor, fecha a porta do quarto porque se não o vizinho não vai conseguir entender que o barulho vem do apto dele lá de cima.

Luciana então desligou a TV e a claridade que vinha de fora do quarto se apagou. Ele fechou a porta comigo e sua esposa sozinhos no quarto.

Luciana estava usando um perfume que me excitava e me deixava ofegante, meu coração estava acelerado. Senti um calor chegando próximo, mãos suaves tocando meu tórax e subindo minha camiseta... Quando meus olhos se deparam com ela, Luciana em meio ao escuro do quarto fala baixinho em meu ouvido:

- Ouviu vizinho, o barulho que tens nesse quarto? Se não conseguiu ouvir tens que me fazer gemer bem alto por que meu marido não faz.

Nisso agarrei aquela delicia de mulher, nos beijamos loucamente.

Luciana me puxou pra cima da cama e tirou minha camiseta, eu subi sua camiseta deixando ao meu desfrute seus seios, seios estes que já desejava quando lhe "secava" na piscina em seus minúsculos biquínis... Chupei bem gostoso aqueles seios deliciosos, ela sussurrou em meu ouvido:

- Vizinho meu marido ta ai, não podemos demorar.

Eu num susto levantei de cima dela que começou a rir... E disse:

- Calma, ele deve estar tomando banho enquanto você tenta achar o barulho aqui no quarto.

Eu sem entender nada lhe perguntei:

- Mas Luciana que loucura é essa? Você me chama aqui me deixa louco de tesão e teu marido não sabe o que estamos fazendo?

Luciana responde:

- Deve imaginar sim, mas ele gosta rsrsrrsrsr

- Amanha ele vai viajar e dai você pode vir fazer bastante barulho aqui comigo, topa?

Eu respondi:

- Topo sim, deixa eu me ajeitar aqui logo antes que ele entre...

Nisso as luzes do quarto se acendem e entra o marido de Luciana só de toalha no quarto e pergunta:

- Dai fera, conseguiu desvendar de onde vem o barulho?

Respondi:

- Sim sim (voz meia tremula) ele vem de cima mesmo mas logo vou solucionar ele pra vocês.

O Marido me diz então...

- Olha só, amanha eu vou viajar se você puder não fazer muito barulho eu agradeço, é que a Luciana tem o sono muito sensível e como não vou estar em casa fico preocupado com ela.

Era a deixa que eu precisava, então lhe respondi:

- Pode deixar que não farei barulho, e caso ela se sinta insegura com algo eu posso fazer companhia para ela enquanto você estiver fora.

Marido diz:

- Ótima idéia, afinal de contas somos vizinhos precisamos estreitar mais os laços, amanha cedo iremos no mercado farei umas compras e o que precisar pode ficar a vontade.

Eu lhe disse então:

- Será um prazer estreitar os laços, bom vou subindo então, caso precisem de algo me chamem Ok...

Luciana prontamente disse:

- Amor vai colocar uma roupa que eu levo o vizinho até a porta.

Luciana fechou a porta do quarto com seu marido lá dentro e quando chegamos próximo a porta, Luciana me puxou e me deu um beijo ainda mais gostoso que já havia dado lá no quarto, e ainda disse:

- Amanha você volta vizinho, vou estar bem insegura...

Subi pro meu apto com os pensamentos a mil e um tesão, bati uma punheta na intenção da vizinha e gozei bem farto só imaginando como será a noite de amanha.

Logo publicarei o restante do conto, que é real, isto aconteceu semana passada. Estou esperando a hora do marido viajar de novo.

Comentários

22/09/2017 13:02:45
Delícia, meu querido! Simplesmente fiquei sem respiração, li praticamente de um fôlego só. Que sensação de tesão misturado com ansiedade com adrenalina... ah, me molhei só de pensar no dia seguinte... Essa Luciana deve ser uma máquina de sexo e o marido dela um cara muito safado. E você, um sortudo sem igual. Amei, amei, amei. Nota dez pra você. Dez e um beijo da Carla (se puder leia um conto meu, ficarei feliz com sua visita).
21/09/2017 14:58:17
Cara de sorte!!!
21/09/2017 09:45:12
Muito bom
20/09/2017 19:13:55
ótimo conto.. fico puto de tesão ao ler.. e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada as vezes sendo uma evangelica, crente..comprometida ou mulher que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats (47,92,12,64,11)(quatro, sete) nove, dois, doze, meia, quatro, onze
20/09/2017 15:02:33
O cara te deu o sinal verde. Muito boa a primeira parte.
20/09/2017 14:15:32
aMIGO PELO QUE VC DESCREVEU NAO PRECISA ESPERAR ELE VIAJAR ... POIS ELE MESMO FALTOU PEDIR PRA VC COMER A MULHER DELE E O BARULHO QUE ELE SE REFERIA ERA PRA VC NÃO FAZER MUITO QUANDO ESTIVESSE COMENDO ELA PRA QUE A FAMA DE CORNO MANSO NÃO SE ESPALHASSE PELO CONDOMINIO....NOTA 9 ATÉ AGORA.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.