Casa dos Contos Eróticos

Sou amante do meu pai

Autor: Kali
Categoria: Heterossexual
Data: 18/09/2017 00:27:04
Nota 10.00
Ler comentários (3) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu sempre fui safadinha desde pequena, adorava sentar no colo do papai, dos meus tios...mas foi quando já estava com meus 17 aninhos que pude ver que não dava mais para sentar no colinho deles. Era uma sexta feira e eu tinha acabado de acordar como sempre corri no quarto dos meus pais para dar bom dia. Mamãe estava no banheiro e papai sentado na cama eu mais do que depressa pulei em seu colo. Vestia um baby-doll curtinho e fininho e logo percebi o embaraço de papai comigo no colo. Um volume ex-comunal apontava sob o short. Muito sem graça levantei ...disfarcei dei uma olhada para conferir e lá estava papai de pau duro.

De noite papai sempre passava no quarto para dar boa noite, naquele dia estranhei pois não apareceu acabei pegando no sono.

Devia ser madrugada quando percebi alguém na cama, continuei fingindo que dormia, era papai com o pau pra fora tocando uma punheta enquanto olhava para minha bunda.

Comecei a perceber que nas noites seguintes o ritual era o mesmo, ele sentava na cama e batia uma. Naquela noite eu resolvi instiga-lo ainda mais, como estava muito quente resolvi dormir peladinha, já era madrugada quando ele veio propositalmente eu estava descoberta, ele trancou a porta e tirou o shorte propositalmente me mexi na cama deixando a perna arreganhada ele não resistiu, pulou na cama colocando a cabeça melada na portinha da minha xaninha, a sensação era gostosa e abri as pernas dando a entender que eu estava querendo...quando percebi estávamos transando de verdade o ritmo aumentava eu segurava os gemidos não aguentei e gozei . ele gozou em seguida...levantou me deu boa noite e saiu. Nas madrugadas seguintes repetíamos a mesmo ritual.

Aos poucos comecei a deixar de ser a filhinha do papai e me tornei sua amante, fazendo coisas na cama que minha mãe nunca fez, ele adora quando lhe dou o rabinho, come com gosto, gemi de tesão a cada estocada. Fazem 5 anos que transamos quase todas as noites, as vezes quando minha mãe demora a dormir ou quando estou com meu namorado não rola mas no dia seguinte arrumamos uma forma de compensar passando a tarde num motel. Na cama sou a sua putinha, ele adora gozar na minha cara, nos meus peitos...gosta que eu beba seu leite quente, agora estou namorando sério e nosso tempo tem ficado pequeno, minha mãe até onde sei nunca desconfiou de nada ouve um tempo em que acreditava que ele tinha uma amante.

Estamos apreensivos esse mês já que minha menstruação atrasou e estou com sintomas de gravidez. De qualquer forma estou namorando...mas se realmente confirmar minha suspeita tenho certeza que o pai é ele, mulher sempre sabe dessas coisas.

Comentários

12/10/2017 17:47:13
Olá! gostaria de encontrar mulheres que gosta de ler contos e que tenha curiosidade, desejo em incesto quero conversa sobre o assunto sem nenhum tipo de preconceito, email e skype leo.gui@outlook.com WhatsApp Rio de Janeiro
18/09/2017 12:45:52
muito bom o conto e concordo vc precia ser rapida se realmente estivert gravida para seu namorado registrar e ser o pai do seu filho
18/09/2017 06:08:15
Muito bom conto Kali, agora se realmente estiver grávida agiliza pra casar com o namorado e seja sempre a pitinga do seu pai e batizar o futuro marido de corninho...e volte a escrever a continuação deste episódio ..

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.