Dois irmãos - Cap2

Um conto erótico de J.S.J
Categoria: Homossexual
Contém 802 palavras
Data: 16/09/2017 15:28:28

Dois irmãos Cap 2

Depois daquela dia, as coisas entre Pedro e eu ficaram um pouco diferentes, eu imaginei que ele ficaria muito bravo comigo, primeiro por eu não ter conseguido nadar, segundo porque quando mamãe chegou pra nos buscar e ficou sabendo de todo o ocorrido fez uma briga tão grande com o professor e o clube de natação, que eu achei que ela mesma avançaria pra cima dele, fomos embora com ela aos berros dizendo que os filhos dela nunca mais colocariam os pés lá e que eles teriam sorte se ela não acabasse com aquele lugar na justiça.

No carro, só minha mãe falava, ainda muito nervosa, eu olhava pra fora da janela, triste por ter causado aquilo e por Pedro não poder mais voltar ao clube, eu sei que aquilo era muito mais importante pra ele do que pra mim, Pedro estava sentado na outra janela e eu senti sua mão apertar a minha, o olhei assustado.

"Você está bem irmãozinho?" - ele me olhou de uma forma calma e amorosa, por mais que sempre tenhamos nos dado bem, aquela é a primeira vez que eu o via me olhando daquela forma. Eu balancei minha cabeça em afirmativo e fiz uma tentativa falha de abrir um sorriso, eu não estava bem.

Ele voltou a olhar pra janela sem soltar a minha mão e continuou falando "Sabe eu nunca tinha parado pra pensar como seria minha vida sem ter um irmão, eu me lembro do seu primeiro dia de aula no colégio, mamãe ria da minha cara porque eu estava muito preocupado, eu queria ficar com você na sua classe, porque você era tão pequenininho e eu tinha muito medo de você se machucar ou alguém fazer alguma coisa com você"

"Eu não sabia disso" - dessa vez eu abri um sorriso sincero, não imaginava meu irmão me protegendo tanto assim.

"Tem muitas coisas que você não sabe" - ele sussurrou

Chegamos em casa e passei o resto do dia sozinho no meu quarto, meu quarto e do Pedro eram um do lado do outro na parte superior da casa, e a suíte da minha mãe na parte inferior. Eu estava muito chateado com o que tinha acontecido, e muita coisa passava pela minha cabeça, natação era a vida de Pedro, ele realmente amava aquilo e treinava naquele clube desde que era mais novo que eu, e agora por minha culpa ele não voltaria mais lá, ele pareceu não se importar, mas acho que só fez isso pra não deixar mamãe ainda mais chateada e brava do que ela já estava, no meio desses pensamentos, eu acabei pegando no sono. Acordei aos gritos, tive o pesadelo de que meu antigo professor estava dentro da piscina puxando minhas pernas pra dentro da água e não me deixando sair, eu não conseguia respirar, foi quando ouvi a porta do meu quarto abrir é meu irmão vir correndo até mim.

"Lucas, calma cara, foi só um pesadelo, calma" - ele segurava meu braço e eu o olhei assustado.

"Ele não me deixava sair, eu não conseguia respirar, ele não me deixava sair" - eu falava ofegante e olhava com um certo desespero. Ele passou a mão nos meus cabelos e abriu um leve sorriso.

"Você se esqueceu que no final o seu super herói aparece pra te salvar? Não foi isso que você me disse quando te tirei da piscina?" - ele falava aquilo feliz, eu podia perceber. Eu também abri um sorriso e juntos acabamos caindo na gargalhada, ele me deu um beijo na testa e estava prestem a sair do quarto.

"Pedro! Será que você não podia se deitar aqui comigo, eu estou com medo de dormir e ter outro pesadelo" Nunca tínhamos divido o quarto e nem dormido juntos, cada um sempre teve o seu, mas como minha cama era de casal eu não vi problemas em pedir aquilo pra ele.

Ele sorriu e veio até a cama, se deitou e começou a rir de novo - "O que foi? Tá rindo do que?" "Nada, vamos apenas dormir"

Ele segurou minha mão, não como no carro, dessa vez ele realmente a segurou, entrelaçou nossos dedos, virou de lado e fechou os olhos, eu fiz o mesmo, estava cansado e sabia que com ele ali eu estava seguro, e assim nós dois pegamos no sono, deitados um de frente pro outro e de mãos dadas, eu e meu irmão.

(Pessoal obrigado pelos comentários, vi que vocês estão preocupados com eu abandonar o conto, e sei o quanto isso é ruim, portanto isso não vai acontecer, dessa vez eu vou até o fim. Continuem comentando e falando o que acham, estamos apenas no começo da história, muita coisa ainda vai acontecer, e é um conto erótico, então ainda teremos muita sacanagem pela frente hahaha Obrigado por estarem acompanhando).

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive J.S.J a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Foto de perfil genérica

Muito bom o conto. Os dois são fofos.

0 0
Foto de perfil genérica

eu to amando o conto. continua sim. Ele é veridico? aconteceu mesmo?

0 0
Foto de perfil genérica

O conto está curto, mas eu estou gostando da história. Continua

0 0
Foto de perfil genérica

MUITO CURTO O CAPÍTULO. NÃO VEJO RAZÃO PARA NENHUM DOS DOIS ABANDONAREM O CLUBE. O PROFESSOR SIM, DEVERIA SER SUBSTITUÍDO. PENSE NISSO. MUITO BOM ESSE CONTO.

0 0