Casa dos Contos Eróticos

Meu pai e meu padrasto: começou a curtida na foto

Autor: Barbara
Categoria: Heterossexual
Data: 15/09/2017 17:07:20
Nota 10.00
Ler comentários (17) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ola..

Vou apresentar as pessoas que participaram dessa historia.

Meu nome é Barbara, hoje com 21 anos

Meu pai se chama Roberto tem hoje 51

Meu padrasto Carlos com 47

e minha mãe é Sonia com 40.

Enfim.. vamos lá bbs.

Meu pai e minha mãe se separaram ha cerca de 6 anos. E ha 5 minha mãe arrumou um namorado que com 6 meses foi morar em nossa casa. Eu aceitei tudo numa boa, ele sempre foi respeitoso e reservado. Meu pai no começo ficou uma fera, morria de ciumes de mamãe,e de mim é claro. Aos poucos foi se acalmando, mas sempre que eu ia visita-lo em seu ap, ele ficava enchendo de perguntas sobre meu padrasto.

Se era respeitoso, se brigava muito com a gente e essas coisas.

Papai não namorava muito, pelo menos eu não sabia rs. Mas seguimos essa rotina.. Eu ia pra faculdade, mamãe e o Carlos trabalhavam, e nos fds eu costuma visitar papai. Quando não ia pra baladinha, claro.

Só que tudo começou a mudar, quando, num certo dia eu resolvi colocar no face uma foto com um top branco, num domingo depois de passar o dia no clube. A foto foi tirada por uma amiga.. E era uma foto até o então bem normal, inocente.. mas que causou uma mudança em nossas vidas.

Muita gente curtiu minha foto (o que é normal rsr) inclusive meu padrasto.. Só que, para minha surpresa, ele tambem comentou assim "Que menina mais linda, cada vez melhor" E alguem não gostou da fotinho. Isso mesmo, meu papi.. Seu Roberto ficou brabo haha

Eis que ele me chama in box e manda:

Pai: Filha, essa foto ta linda, parece que todos gostaram hein

Eu: É? que bom né? haha

Pai: bom? to vendo.. até seu novo pai curtiu e comentou de uma forma..

Eu: Novo pai? meu pai é voce, ele é meu padrasto rs

Pai: calma bebêzina.. só ta falando que ele deve ter gostado hein cuidado rsr

Eu: Ai que bobeira pai. o senhor nao gostou tambem? então rs

Pai: Sim, mas voce é minha filha

Eu: e dai? que saco. é só uma foto

Pai: Calma Barbara só to falando. te amo muito filhota

Eu: ok tambem te amo

No fundo e fiquei achando graça do ciume do papai, e tambem fiquei com pena. Coitado,ele me criou, me ajuda desde sempre e tava afastado de mim. Resolvi então pegar uma foto de lingerie que eu tinha tirado pra meu ex namorado e zoar um pouquinho meu pai. Mandei in box pra ele e falei

Eu: Ja pensou se eu coloco essa então? o senhor ia me matar

ele demorou um pouco pra responder e mandou:

Pai: Nossa... voce não é nem maluca, eu risco seu nome da minha vida. E onde voce tirou essa foto???

Eu: hahaha calma, nao vou por.. rs ah, no quarto e ja faz tempo.. relaxa papi

Pai: To relaxado.. mas filha voce ta com um corpo muito.. sei la nao deve ficar mostrando assim

Eu: muito o que? hahaha não to msotrando nada uai

Pai: muito evoluido rsr.. ok então quando vem me ver??

Eu: só no sabado, pai.

Pai: até lá eu morro de saudades

Eu: e ciumes né rs

E a semana foi passando.. mas sempre em minha mente estava: o ciumes de papai e o comentario do Carlos.

Como eu andava muito á vontade em casa, passei a perceber que meu padrasto realmente sabia do que estava falando, eu estava cada dia melhor.. ldestia a parte. A academia e a genética ajudavam muito. Minha mãe é maravilhosa de linda rs.

Notei cada vez mais os olhares dos homens pra mim, não que antes eu não notava.. Mas com essas coisas na cabeça e meses sem sexo, meus hormonios estavam á flor da pele. Pensa numa loiirinha ninfeta toda trabalhada da academia;? rsrs

Então comecei e ver os elogios de Carlos com outros olhos.

Ele, apesar de barrigudinho, assim como papai, tinha a musculatura dos braços bem visivel, pois fazia muito trabalho braçal. Então resolvi testar o "respeito" dele numa noite assistindo uma serie qualquer na sala.

Peguei a mesma foto que havia mostrado a meu pai, aproveitando a ausencia de minha mãepor alguns minutos e decidi mostrar a ele

Falei que era uma foto que tinha mandado pro meu ex namorado uma semana antes de ele terminar comigo, e queria saber se tinha algo errado..

Claro que o que eu ouvi foi só elogio.. E tambem ele metendo bronca no mu ex. Chamando de burro, de mole, até de viado haha..

Agradeci e dei um abraço nele.. que me apertou com força... Eu gostei e pensei.. mamãe ta em boas mãos rs.

No fim de semana, fui ver meu papi.. Cheguei no fim da tarde do sabado em seu ap e ele ja veio logo me enchendo de mimo, me beijando, abraçando.. elogiando minha beleza. Eu estava ficando mal acostumada rs.. A carencia fazia com que eu aprovasse a babação do meu pai e do meu padrasto.

Então conversamos, tomamos uma cervejinha e comemos uma pizza... Eu dormiria ali e ia embora no domingo a tarde.

Antes de dormir ficamos na sala vendo tv, e é claro, ele sempre me abraçando.. ficamos num certo momento deitadinhos um do lado do outro.. papai fazia carinhos em minha cabeça, desfrutando dos meus longos cabelos.. E eu estava até que focada no filme.. Só que papai, sem que eu percebsse, deu um jeito de ficar atras de mim... e pronto, ficamos encaixadinhos no sofá.

Ele me abraçou e ficou ali me protegendo com seus braços,. apensar da barriguinha de chopp dele, eu pude sentir ele encostando sua cintura até demais.. Minha bunda, que era grandinha, foi sentindo uma leve cutucada do membro de papai.

Será que era isso mesmo? ele estava tirando uma casquinha da minha bunda??? Então resolvi, com a mente a milhão, fazer um teste.. empurrei meu bumbum para tras, e realmente, tinha uma pica ali... que foi endurecendo.. tanto a carencia dele, quanto a minha contribuia para que isso acontecesse..

Então eu levei a mão pra tras e segurei seu pau por cima do short e dei um apertão com força

Eu: idiotaa hahaha

Pai: aaii sua fdp kkkk

E sai voada dali indo pra cozinha tomar uma água...

Eu não demonstrei nenhum sentimendo de repulsa ou algo assim, apenas achei normal e engraçado.. quando voltei pra sala, papai ja tinha ido pro quarto.. talvez foi se aliviar, ou dormir mesmo. Desliguei a TV e fui pro outro quartinho dormir.

Ja no domingo, acordei tarde e como haviamos combinado, fomos almoçar num shopping. Papai sempre andando de mãos dadas comigo, mas isso erta normal,. a gente facia mesmo.

Só que diferente das outras vezes, ele sempre roubava um selinho meu, eu nem ligava..

hora ou outra o selinho demorava mais do que o normal. rsrs.. Na hora de ir embora, ele me deixaria na porta de minha casa e ia pro seu ape. Só que quando chegamos, minha mãe estava parada no portão. Eles se davam bem, mas sem amizade.. uim lá e outro cá.

Mamãe chegou na janela do carro e disse ao papai:

Mãe: Olha, Roberto.. sabado vamos fazer um churrasquinho aqui pra comemorar meu aniversario, gostaria que voce viesse.

Pai: Ta bem, eu apareço

E assim seguiu a vida.. e seguimos a semana.

Na quarta feira, quando Carlos assistia o futebol, ficamos conversando e ele perguntou se eu tinha outra foto daquela

eu ri e disse que não, só aquela.. Então ele pediu pra eu tirar outras, porque estava maravilhosa. Novamente eu ri e agradeci o elogio.Então ficamos nessa e logo depois do jogo ele foi dormir, eu então fui para o computador fazer algumas pesquisas da faculdade. Como estava calor, fiquei só de calcinha e sutiã, o que ambem era rotineiro quando todos dormiam. Estava concentrada quando escuto alguem caminhando atras de mim, dei uma viradinha e ela meu padrasto que foi logo falando que estava calor.. colocou as mãos em meus ombros e ficou ali massageando de leve..

Meu celular estava sobre a mesinha, então o abusaod pegou e disse: Agora posso tirar uma foto nova, vira ai..

Eu nem fiz de rogada, virei e abri as pernas falando: tira logo então

E não é que ele tirou?? e veio me mostrar falando que nem um fotografo profissional tinha tando talento pra foto

hahah engraçadinho.. rs Então peguei o celular e guardei, ele pediu pra eu não excluir.. o que eu não fiz mesmo..

Fui a cozinha tomar uma aguinha antes de ir dormir, e o Carlos foi atras.. só que na hora de pegar a agua.. ele me abraçou por tras devagar e ficou ali no mesmo ritmo enquanto eu bebia a agua.. coloquei o cpo na pia, mas ele não me soltou... Foi quando eu senti sua boca encontrando meu pescoço, entre sussuros ele disse que eu estava muito cheirosa e muito bonita..

Novamente a carencia me afetou e eu fechei os olhos sentindo seu corpo apertando o meu na pia.. Aquela sensação de uma rola crescendo em minha bunda novamente estava boa demais..

Quando fui apertar seu pau para ele me soltar, eu somei um susto.. ele tinha tirado pra fora da bermuda.. Só senti aquela coisa quente e dura em minhas mãos. Não consegui resistir, fiquei ali batendo uma de leve para ele. Eu nunca imaginei que teria algiuma intimidade com Carlos. Mas estava entregue, suas mãos apertavam meus seios, sua boca se deliciava com meu pescocinho... Quando senti sua mão invadindo minha calcinha e deslisando pra minha bucetinha melada, eu dei uma forçada pra tras e ele se afastou, me virei de frente e olhei pra ele com olhar de quem não podia fazer aquilo..

Ele com muito tesão disse que não estava aguentando, pegou no pau e me mostrou...

Eu agarrei a pica com a mão e disse "é o que eu posso fazer"

Então eu bati uma pra ele enquanto ele chupava meus seios.. ele pediu pra eu ficar de costas de novo, mas eu não achava certo dar a buceta pra ele ali.. o pouco de vergonha na cara que eu tinha, não me deixou dar rsrs.. Mas fiz ele encher minha mãozinha de porra na punheta.

Ele me deu um beijo na boca e foi pro quarto.. fiquei ali lavando a mão e limpando a "sujeira" fui pro quarto dormir.. Demorei um pouco, sem muito remorso, mas com um pouco de medo.

Só naquela semana eu havia sido encoxada pelo papai e tinha masturbado meu padrasto... parece que uma puta dentro de mim estava se revelando, rs.

Apenas relaxei e dormi.. pensei em meter os dedos na xotinha, mas achei que era pouco rsrsr..

Nos outros dias da semana, eu evitei um pouco meu padrasto, mas sempre trocando olhares quando podia.

Até que no sabado passamos o dia na preparação pro churrasco da mamãe, como a casa estava com visitaas ficou mais facil evitar o Carlos.

Então durante a festinha, eu estava com um vestido azul curto desses de cetim. Papai chegou, cumprimentou algumas pessoas , não cumprimentou o Carlos rsrs.. E ja veio pro meu lado.. ficamos conversando na varanda e tomando uma cervejinha, que ja subia pra minha cabeça.

Então pra deixar o papai com um pouquinho de ciume (ele tava muito sossegado rs)

eu fui pro lado do meu padrasto e falei algumas coisas da carne, ele falou no meu ouvido se eu estava gostando da linguiça e riu

eu dei um leve abracinho nele e disse em seu ouvido que ela tava meio mole, mas gostosa.. foi a deixa pra ele me abraçar e apertar meu corpo contra o seu, na hora eu virei e vi a cara de raiva do papai... Otimo, deixei com ciume hehe.

Sai dali e fui pra cozinha buscar outra latinha, meu pai foi atras e ja foi logo me dizendo

- ta muito saidinha hein

- ta maluco é pai

abracei ele pra amansar e dei um selinho, voltei pra area onde tinha algumas pessoas e fiquei conversando.. Eu olhava pra um lado e tava meu padrasto com uns amigos conversando, olhava pro outro e estava meu pai com outros amigos conversando. Me senti a rainha da cocada preta hahaha.

Passei pelo meio deles e senti os olahres de todos.. Subi pro andar de cima, pra fazer um xixizinho... quando saia do banheiro meu pai estava entrando ali falando que precisava mijar. Deixei ele ali e fui pra area, vi meu padrasto dançando com minha mãe, então resolvi esperar meu pai voltar e comecei a dançar com ele, estava ali dançando e hora ou outra ele me apertava,.um certto momento eu apertei meus seios contra o peito dele pra ele sentir mesmo, ele até engasgou haha. Meu padrasto dançando com minha mãe sempre dava um jeito de olhar pra mim com cara de tarado. Estava muito excitante aquela festinha rs,

Fui pro canto com meu pai pra tomaroutra cervejinha, ele se ajeitou numa especie de murinho e ficou encostado nele, eu encostei no papai como se tiveese no colo dele. ele hora ou outra pegava minha cintura e fazia eu mexer.. claro que o pau dele começou a cresceu eu comecei a gostar de provocar.. Meu padrasto me olhava e eu disfarçava.. fazia pressão com a bunda, o pau do meu pai ja estava duro, cutucando a entrada do meu cuzinho... eu estava molhada ja e liguei o foda-se. forcei pra tras a bunda e ele deu uma gemidinha..

Meu padrasto fez sinal para eu ir dançar um pouco com ele, eu aceitei e fui... vi papai disfarçar a ereção e ao mesmo tempo morrer de odio.

Dançando com o Carlos, que estava mais abusado do que nunca, fazia questão da mão boba, olhava pro meu decote sem fazer cerimonia.

Até que foi chamado pra ajudar no parabens.. Eu sai dali toda amassada indo novamente pra cozinha, enquanto eles ajeitavam pra cantar

Meu pai chegou atras, alegando pegar outra cerveja... Qundo nos vimos sozinhos na cozinha, ele fez questão de mandar eu ir la pra cima porque ele queria falar comigo.. eu disse que depois do parabens

minha mãe gritava meu nome e eu fui la.. cantamos, cortamos o bolo e tiramos algumas fotos..

Ppai fez o sinal pra eu subir, eu disfarcei e fui.. fiquei na porta de um dos banheiros, quando vi ele chegando como se fosse cometer um crime.. e era quase isso..

Primeiro me deu bronca pela forma que eu dançava com meu padrasto.. mas eu rebati hehe

Eu: voce fica de pau duro enscostando em mim e quer me dar bronca?

Pai: é. mas voce é minha rs

Nesse momento.. eu o abraço e peço desculpas.. nesse momento ele aproveita o tempo e mete um beijo em minha boca me levando pra dentro o banheiro

eu tento reagir

Pai, as pessoas.. ta maluco??? e ele estava... foi me apertando, passando as mãos em meu corpo.. me virou de costa e abusou da minha bunda com aquelas mãos peludas.. mas não tinhamos tempo, obvio.. então eu mando ele ficar ali se aliviando e desço correndo.

fico de canto bebendo e comendo um bolinho..

Logo em seguida, após falar com mamãe, fui pro lado do Carlos que me chamou..

Disse no meu ouvido.

Carlos: Voce ta uma delicia

Eu: obrigada rsrs

ja era algo sem sentido algum o que acontecia.. Então, depois daquela baguncinha ali, vi meu pai no canto meio isolado e fui falar com ele..

Fiquei conversando algumas coisas.. e disse que ia me trocar.

Fui pro meu quarto, na minha cabeça, alguem ia me segiuir...um dos dois.. mas isso não aconteceu. Achei que a safdeza tinha acabado.

Coloquei um shortinho esportivo e desci. Papai estava conversando com minha mãe num canto e Carlos estava se despedindo de um pessoal la fora.

Fui com meus pais e minha mãe estava agradecendo a presença e a compreensão de papai. Quase qu falando "ta na hora de voce ir embora" hahaha

E assim foi, meu pai, disse que estava indo e eu o acompanhei até seu carro que estava na rua., Ele entrou no carro e fiquei na porta falando com ele. Então ele deixou a porta aberta e pediu um beijinho antes de ir.. Eu abaixei pra dar um beijo e ele beijou mina boca, eu deixei por alguns segundos.. quando paramos, olhei pro lado e nao tina ninguem.. como eu havia batido uma pro meu padrasto na quairta feira, porque deixar papai na seca?? apalpei o pau dele pela calça e estava meia bom, mas nao demorou pra ficar duro.. Ele apenas suspirava olhando pros lados, tirou a rola pra fora e eu acariciei ela.. Falei que seria rapidinnho.. ambos estavamos bebados.. até demais.. fui batendo uma pra ele, mas o safado foi tão abusado que pegou minha cabeça e forçou contra seu pau.. eu entendi o que ele queria, mas disse

Pai, estamos na rua, voce é doido?? é só uma ajudinha rs

Mas ele não se fez de rogado não, forçou de novo e falou pra dar só um beijinho.. e eu o fiz, aquele pau que, um dia eu sai dele rs;; agora estava na minha boquinha.. então fiz questão de dar uma chupadinha na cabeça.. massss como uma boa filhinha, eu passei a chupar com gosto, caprichei mesmo..não ligava mais pra nada.. problema dele em controlar a situação e vê se aparecia alguem.

até que ele urrou e encheu minha boca de porra... osh shit, quando tempo não tomava uma gozada na boca.

engoli tudinho e mandei ele ir pra casa, que depois conversaria com ele...

Ele saiu arrancando com o carro e eu com a boca toda melada corri pra casa, passei direto pro banheiro.. lavei a boca e escovei os dentes.. quando estava secando a boca olhando pro espelho, quem aparece??

Isso mesmo, o carlos... rsrs

Ja foi encostando por tras... como gostam da minha bunda rs

- Demorou hein..

-Estava com meu pai, oras.. cade a mamãe??

- Esta tomando banho..

Nisso ele ja estava com a pica pra fora, parece que ele nao queria perder tempo

deixei ele beijar meu pescoço, ele foi tirando meu short falando que eu tava uma delicia, que os homens da festa estavam loucos por mim, que muitos chamaram ele pra falar que eu era gostosa e que se bobeasse eles me comeria

Nossa, o assunto deles era eu????

Me senti lisonjeada.. quando vi eu estava com o short e a calcinha arriada no joelho

oh beleza... la estava euzinha escorada na pia do banheiro, com a calcinha abaixada e meu padrasto gordinho com a rola encaixada na minha buceta... Ele não perdeu tempo, colocou pra dentro.. Nossa, quanto tempo sem rola... comecei a pensar no boquete que havia feito pro meu paizinho... e comecei a gemer.. a rola entrava com força, ele estocava com raiva.. e o piro é que estava uma delicia. Não tinhamos muito tempo..só ajudei a celerar o processo, rebolei bem gostoso na pica dele.. e pronto La estava meu padrasto enchendo minha bucetinha com seu liquido grosso... gozou muito, varios jatos.. encharcou meu utero.. que delicia.. ele estava exausto, deu um tapinha na minha bunda e falou

- vou comer muito essa putinha ainda.. eu e meus amigos

ooohhh como assim???

ele saiu e eu fui tomar um belo banho.. estava de certa forma realizada.

o problema [e que eu não havia gozado direito.. não como eu queria... antes de dormir eu tirei uma foto só de calcinha e mandei pro meu pai... agradeci pela noite.. e desliguei o celular hehe

mas eu precisava gozar...

fui ver as fotos da festa no face de mamãe.. e aquele amigos todos dela e do Carlos curtindo e comentando as fotos que eu estava

fiquei pensando.. será que todos queriam mesmo me comer?? hummm cada coroa com cara de safado...

fora os garotinhos sempre me procuravam, na festa, mas eu,embora atenciosa, dava um jeito de me afastar...

Amores... to amando a amizade de voces.. não posso passar meu face, mas adoro voces.

Comentários

12/10/2017 23:17:06
Me manda email Rafaelbrancalhao@gmail.com
12/10/2017 17:45:35
Olá! gostaria de encontrar mulheres que gosta de ler contos e que tenha curiosidade, desejo em incesto quero conversa sobre o assunto sem nenhum tipo de preconceito, email e skype leo.gui@outlook.com WhatsApp Rio de Janeiro
11/10/2017 14:55:29
Muito bom jpgatinho_paty@hotmail.com
08/10/2017 07:38:21
Nusss que delícia ! Uma safada dando pro paizinho !!! Lindinhafofa36@gmail.com
05/10/2017 12:00:00
Adorei ler o seu conto, linda maravilhosa!, adoraria resceber as suas fotos por email guisafadocvel@gmail.com
05/10/2017 11:58:15
que delicia de conto!! adoraria resceber essas fotos... guisafadocvel@gmail.com
25/09/2017 11:52:32
Bárbara querida, acho q a sua puta interna já desabrochou e tá louca pra curtir rsrs... Se puder me escreva: tathy.ellen@zipmail.com.br . Bjos.
21/09/2017 08:45:44
Exxxcel
17/09/2017 20:47:35
a melhor coisa que aconteceu a esse site esse ano. escreve mais, prfvr. pdrdavid72@gmail.com
17/09/2017 20:46:52
a melhor coisa que aconteceu a esse site esse ano. escreve mais, plmdds. pdrdavid72@gmail.com
16/09/2017 21:00:11
Amei amei olha os meus contos
16/09/2017 15:53:42
Excelente... Excitante...
16/09/2017 07:10:51
Parabéns pelo o conto Sou fotógrafo e amo fotografar e filmar esses melhores momentos. Quem sabe anima fazer um book bem exitante. Caso interessar posso receber ou viajar. fotografoliberal@yahoo.com.br
16/09/2017 04:05:08
Oi bárbara adorei seu conto maravilhoso notameu email é nil.do81@hotmail.com adoraria ver suas fotos gatinha
16/09/2017 02:22:41
16/09/2017 02:22:28
Amei sua história.. mande pra mim fotos suas... Andrebelem04@gmail.com
15/09/2017 23:09:24
uma delicia seu conto, maravilhoso, espero mais historias. se possivel mande umas fotos suas. edhyfaby@hotmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.