Casa dos Contos Eróticos

Minha vida com meu filho Pt4

Autor: Jhulia
Categoria: Heterossexual
Data: 13/08/2017 15:54:06
Nota 10.00
Ler comentários (13) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Continuando os relatos anteriores...Não tive tempo de continuar escrevendo pois estou em processo de mudanças na minha vida profissional e isto esta me afastando da internet, peço desculpa a todos que pediram continuação. Só reforçando, isto NÃO É UM CONTO, é tudo real e que me senti segura somente para contar neste site. Retornando aos fatos, fiquei muito pensativa uns dois dias sobre o ato que cometi com meu filho. Achei muito errado, achei horrível da minha parte pois me senti a única mãe do mundo a cometer um ato desse com o próprio filho, mas ao mesmo tempo, não me senti tão mal, pois o combinado foi que se fizessemos sexo, meu filho pararia com atitudes indecentes dentro de casa, e foi o que aconteceu. Tudo normal, ele me respeitando, conversando normalmente comigo, como se nada tivesse acontecido. Eu também, seguindo minha rotina normal, mas um pouco angustiada por ter permitido tal situação. Era um dia chuvoso, estava em casa e escuto meu filho chegando, tinha ido fazer sua seção de corrida em um bosque aqui perto da nossa casa, quando ele entra ensopado dentro de casa, logo que ele entra pela sala, digo:

- Eu: Jonatan, pelo amor de Deus, você vai acabar com a casa entrando molhado assim, fique ai que vou buscar uma toalha pra você e vê se dá uma enxugada antes de entrar.

Fui buscar a toalha pra ele e a entreguei. Nisso que entreguei, vejo uma cena que me deixou perplexa: Ele tira toda a roupa na sala mesmo, deixa em um canto e diz:

- Filho: Melhor eu deixar minha roupa molhada aqui no canto, depois venho pegar, assim não molha nada.

Ele nem se enrolou na toalha, foi pelado pro banheiro passando na minha frente segurando a toalha e tomou seu banho. Saiu do banheiro pelado e começou a fazer suas coisas sem roupa. Foi pra cozinha, tomou agua, passou por mim e foi pro seu quarto. Pensei..."Vai começar tudo de novo? Acho que vou precisar ser mais rude com esse menino." Pensei...."Ele vai se trocar". Engano meu, ele se deitou pelado, ligou a TV e nem se importou. Tive que tomar uma postura e perguntei:

- Eu: Jonatan, esqueceu do que conversamos?

- Filho: Não mãe, só estou assim pra me secar melhor, relaxa, já coloco a roupa.

- Eu: Filho, para com isso, olha o que a gente combinou, não gosto que você fique com essas atitudes, você já é um homem, não combina mais ficar assim dentro de casa.

- Filho: Mãe, não precisa ter vergonha, depois do que fizemos, acho que não teriamos mais esse tipo de pudor em casa.

- Eu: Tá, mas eu sou sua mãe, não é certo você ficar assim na minha frente.

- Filho: Mãe, é que eu me sinto bem assim, me da uma sensação muito boa ficar assim em casa e sabendo que você me vê assim, sem nada e excitado.

Nisso ele fica com uma ereção em riste na minha frente e começa a fazer movimentos de vai e vem no pinto bem devagar e fala:

- Filho: Adoro isso mãe, é muito mais gostoso eu me saciar com você me vendo do que sozinho. Não veja isso como falta de respeito, veja apenas como uma forma de eu sentir mais prazer nesse momento. Só de você ficar olhando já vou pro espaço e volto de tão bom.

- Eu: Não me sinto bem com isso Jonatan, para com isso, senão vou acabar indo embora de casa.

- Filho: Mãe, não tem nada de errado nisso, se fosse algo forçado ai tudo bem, mas não é.

Fiquei pensativa, virei as costas, fui pro meu quarto e pensei: "Se isso faz bem pra ele, uma hora ele vai enjoar, vai arrumar uma namorada e vai esquecer de mim, é só uma fase e vai passar".

Nisso ele vem até a porta do meu quarto e fala:

- Filho: Mãe, olha que delicia, ssssssss, isso é muito bom, olha!!!

Olhei pra porta e vi ele na maior punheta, em pé, pelado, fazendo movimentos rapidos no pinto de vai e vem, digo:

- Eu: Tá bom Jonatan, mas ó...se sujar o chão você vai limpar, to afim de limpar gozo de ninguém não.

- Filho: Não precisa sujar, se esqueceu?

- Eu: Jonatan, até quando você vai ficar nessa? arruma uma namorada, pelo amor de Deus, você ta precisando.

- Filho: Não é a mesma coisa, sei lá, com você é diferente, é um prazer diferente. Vamos de novo? A gente da uma mudadinha na posição, o que você acha? se você não conseguir, prometo, não insisto, a gente para, ok?

Pensei bem e disse:

- Eu: Que posição Jonatan, da doido?

- Filho: Ajoelha na cama mãe, não precisa nem olhar pra mim, só tira o short e a calcinha e fica na ponta da cama.

Em um momento de loucura, tirei meu short e minha calcinha, ajoelhei na beira da cama e disse:

- Eu: Vai Jonatan, o que você quer agora? Vai logo.

Nisso ele se posiciona atrás de mim, coloca seu pinto na entrada da minha vagina e falo:

- Eu: Jonatan, por favor, agiliza, por que isso dói, não dá pra relaxar sabendo que é o meu filho que esta ai me penetrando.

- Filho: Relaxa mãe, você vai gostar e do jeito que estou, vai ser bem rapido.

Nisso ele empurra o membro dele com tudo pra dentro de mim e digo com voz de dor:

- Eu: Caramba Jonatan, devagar, nooosssaaaa parece um ferro que tá entrando em mim, deixa esse treco menos duro senão vai me machucar.

Nisso ele começa o vai e vem bem devagar e do nada deu uma bombada bem forte fazendo aquele barulho de virilha com minhas nadegas e só conseguia dizer:

- Eu: Aaaiiiii ta doendo muito, chega, nossa filho, vai logo com isso que tá doendo mesmo, de verdade, AAiiiiiiiiii ssssssss vai rápido.

Nisso ele fala:

- FIlho: Que delicia, nooosssaaaaa, acho que já ta vindo, la vai mãe!!!

Nisso sinto o pinto dele pulsando dentro de mim e senti os jatos quentes dele de esperma batendo lá no fundo, depois que gozou ele ainda fica um pouco engatado em mim e diz:

- Filho: Deixa eu ficar um pouco assim, pra não escorrer e não sujar nada.

- Eu: Pronto Jonatan, tira isso de mim, que vou tomar um banho, não estou afim de ficar com a dita cuja escorrendo.

Ele tirou seu pinto de dentro de mim, dei uma breve limpada na vagina com lenço umidecido e fui pro banho. Ele se deitou na minha cama, extasiado, pelado e quando sai do banho ele ainda estava lá, deitado e pelado e disse:

- Eu: Jonatan, vai tomar um banho também, lava esse treco ai direito e se comporta.

- Filho: Nossa, adorei mãe, que sensação maravilhosa!!!

- Eu: Mas você sabe que não podemos, somos mãe e filho, ainda sou uma mulher reprodutiva e você fica fazendo dentro de mim, daqui a pouco ó (fiz um movimento de onda sobre minha barriga, simulando uma gravidez).

- Filho: Não é tão fácil engravidar assim não, tem casal que tenta anos pra conseguir e se for o caso a gente se previne.

- Eu: Menino, você ta achando que isso vai ser pra sempre? arruma logo uma namorada e me da paz ta? E agora vai se lavar, senão vai cheirar mal isso ai(falei apontando pro pinto dele).

Ele sai do quarto, foi pelado pro banheiro, tomou seu banho, sai do banheiro e continuou sem roupa. Fui pra cozinha preparar o jantar, tudo normal, mas com a cabeça me sentindo péssima, eu não podia ter permitido isso e me sujeitei a ficar de quatro pra ele me penetrar. Os dias passaram e tive uma "Surpresa"......CONTINUA.

Comentários

05/10/2017 10:48:50
Deve ser uma mãe muito gostosa você!
27/09/2017 11:58:14
Nota 10
03/09/2017 19:40:11
Pelo visto a jhulia esqueceu da gente que não continuou sua narração
19/08/2017 19:38:18
Ei jhulia estamos esperando a continuação não deixe a gente na mão beijos
17/08/2017 00:15:31
esperando mais hein
17/08/2017 00:15:12
continua hein
14/08/2017 23:10:31
Um tesao de conto! Muito bom, parabens!
14/08/2017 16:16:42
Conto excelente. Muito excitante. Aguardo os próximos relatos. Estou doido pra saber o que é essa surpresa. Um grande beijo pra vc.
14/08/2017 10:35:34
Maravilha que delicia exitante bom demais amore nossa. Sandro.cesario3@yahoo.com.br
14/08/2017 04:03:25
Muito bom
14/08/2017 04:03:01
Excelente
14/08/2017 01:53:30
Muito bom excelente relato adorei e já estou ansioso esperando mais continuação merece 1000
13/08/2017 16:14:43
esperando mais !!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.