Casa dos Contos Eróticos

O castigo - parte 7

Autor: S. Costa
Categoria: Heterossexual
Data: 12/08/2017 22:24:12
Nota 8.67
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

- No meu cu não por favor Ricardo! Por favor meu macho, não enfia essa tua pica enorme no meu cuzinho não.<br>

O Ricardo puxou o cabelo dela, enfiou o dedo que tinha tirado do anelzinho da minha esposa e enfiou na boca dizendo:<br>

- Cala a tua boca sua putinha de rua. Esse teu cu não vai passar de hoje, chupa esse dedo que eu enfiei no teu buraquinho e não adianta chorar que eu vou arrancar sangue desse teu cu sua cadela.<br>

Vanessa chupou o dedo do Ricardo que tirou aquela longa pica da buceta dela, ajeitou na bunda da minha esposa e enfiou com força fazendo ela chorar. Nesse momento eu tinha colocado o pau pra fora e tava batendo uma punheta bem gostosa admirando o entra-e-sai que o Ricardo fazia no cu da Vanessa.<br>

- Meu cuzinho tá todo arreganhado Ricardo, mas continua enfiando porque tá gostoso. Ela disse enquanto gemia, e tomou mais um murro, dessa vez no olho.<br>

- Cala a tua boca e segura essa bundona aberta pra eu comer teu cu gostoso sua vagabunda. Disse o Ricardo sendo bastante agressivo.<br>

Eu vi o melzinho da Vanessa escorrer pelas cochas dela e pingar no colchão, ela tava com um lábio partido e uma mancha rosa embaixo do olho mas tava com uma cara de quem tava adorando muito tudo aquilo.<br>

- Eu quero cavalgar em você meu macho, me deixa montar por favor. Ela pediu para ele quase implodando.<br>

Ele arrancou ela do pau dele, que parecia estar cada vez maior, deitou-se na cama e puxou ela para cima dele que ainda sentou com dificuldade.<br>

- TIRA A PORRA DA BUCETA, EU QUERO COMER TEU CU CARALHO! Gritou o Ricardo fazendo a Vanessa ajeitar de novo o pau dele para ela sentar em cima.<br>

- AAAAAAAAAAAAH eu vou gozar pelo cu! Ela disse rebolando muito.<br>

Vanessa reclinou-se para trás, se apoiou com a mão esquerda e começou a esfregar seu grelo enquanto o Ricardo se deliciava com o cu dela.<br>

- VOU GOZAR PELA BUCETA E PELO CU! COMO VOCÊ É MARAVILHOSO RICARDOOOOOOO! Ela gritou e depois foi desfalecendo.<br>

- Mais uma que goza rápido demais. Disse o Ricardo.<br>

Ele saiu de dentro dela, ficou em pé na beira da cama e ela chupava o pau dele. A minha esposinha tão linda, nunca tinha dado o cu para mim, eu nunca tinha levantado a mão para ela, nunca tinha nem xingado ela mesmo na hora do sexo, chupou as bolas dele eteve sua cabeça puxada para trás.<br>

- Espera um pouco sua puta. Disse o Ricardo se deitando na cama, abrindo as pernas e puxando a cabeça da Vanessa para baixo.<br>

- Agora lambe o meu cu. Falou batendo uma punheta e segurando o cabelo dela com a outra mão.<br>

Eu bati uma também, freneticamente, e gozei junto com o Ricardo que deu um enorme urro e falou:<br>

- Limpa meu pau com a tua boca, e espera o corno chegar pra tu beijar ele com gosto de cu e de pica do teu outro macho.<br>

- Sim meu amor.<br>

"AMOR! Ela chamou ele de amor??" Pensei espantado.<br>

Voltei correndo de meia mesmo pra fora de casa, liguei o carro e fui para longe ficar olhando o Ricardo sair pela porta da frente e ir embora. Entrei em casa e disse:<br>

- Bom dia meu amor, saí hoje mais cedo.<br>

Ela veio me abraçando, me deu um beijo de língua e falou:<br>

- Tá sentindo um gosto estranho? Eu troquei de creme dental.<br>

- Não amor, tá deliciosa como sempre.<br>

Respondi calmo por fora, só que extremamente contrariado por dentro. Fui pro quarto, senti aquele cheiro de sexo no ar, toquei na cama molhada e falei:<br>

- O que é isso Vanessa?<br>

- Nada amor, eu já ia trocar esse lençol.<br>

- Mas você colocou ele ontem de noite. Respondi.<br>

Ela não respondeu mais, apenas tirou e jogou ele no cesto. Cheiro de sexo mais forte no ar. Eu vi que ela tava andando um pouco aberta, perguntei:<br>

- Está tudo bem amor?<br>

- Sim, estou com um pouco de cólica. Ela respondeu.<br>

- Então deve ser por isso que tem sangue escorrendo pelas suas pernas né?<br>

Ela correu para o banheiro, ficou uma hora lá e eu pensando "Ele tirou sangue da bunda dela, faz só duas semanas que ela menstruou".<br>

Vanessa veio, deitou-se ao meu lado e dormiu. Eram 11:00 da manhã e ela tava exausta. Eu passei pra trás dela, pus minha mão e fiquei sentindo seu cuzinho todo arrombado, parecia um buraco. E meu pau estava duro.

Comentários

14/08/2017 02:40:12
Eu comecei a escrever para o conto porque isso é como uma terapia para mim, mas ainda não contei tudo. Até o próximo final de semana eu vou relatar o desfecho da história
13/08/2017 14:10:17
Está gostando da situação!!!
13/08/2017 11:17:37
Um conto muito bom. O suspense em cada capítulo só crescia, mas vc podia ter caprichado mais. Colocou as sequências numa boa, mas parou de repente. Acabou o conto? Vai ter continuação? Pq parou de postar o restante como fez, de uma vez só? Acho que cabe um desfecho mais completo. Pense em uma conclusão condizente com o andamento dos capítulos e capriche!
12/08/2017 23:10:20
Não entendi...essa série é fantasia ou verídica?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.