Casa dos Contos Eróticos

MEU PADRASTO TARADO ARROMBOU MEU CUZINHO E MINHA BUCETINHA VIRGEM!

Autor: Giselle
Categoria: Grupal
Data: 10/08/2017 00:29:31
Última revisão: 16/10/2017 23:34:35
Nota 9.93
Ler comentários (19) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu padrasto estourou o cabacinho da minha bucetinha virgem e resolvi contar para os leitores como tudo isso aconteceu.

Que minha pequena família não tinha um comportamento do tipo tradicional eu já sabia há algum tempo e não demorou pra que percebesse que a coisa era muito mais maluca do que podia imaginar.

Minha mãe tem 34 anos e se casou bem novinha já grávida de mim e ficou com meu pai apenas tres anos e fiquei sabendo pela minha avó que ela havia se separado pelo motivo de ser completamente safada, papai flagrou a puta com outro macho na própria cama do casal.

Lucia é o nome de mamãe, 1.63m, loira, magra de seios médios e um bumbum bem empinado que faz com que os homens não deixam de reparar quando passa rebolando perto deles com suas roupas bem curtas e sensuais.

Desde quando comecei a me entender por gente percebi que mamãe além bastante namoradeira não era de ficar muito tempo com um macho, vivia trocando constantemente de parceiros.

Se mamãe gostava de chamar a atenção sobre seu belo corpo com roupas bem sexy minha tia Leila 30 anos era ainda mais exibicionista e também vivia trocando de maridos, já estava na terceira “vitima” e segundo as más línguas também era uma devoradora de machos.

Seu biótipo era parecido com mamãe e também comigo, só os seus seios eram bem maiores porque eram siliconados.

O tesão era constante no meu corpo desde a adolescência e vivia me masturbando com o chuveirinho esguichando água morna no meu grelinho saltado me fazendo tremer por inteira me proporcionando orgasmos copiosos.

Eu adorava beijar me esfregando nos rapazes e até bati punheta pra vários deles, sentir minha mão melecada de porra quentinha me deixava louca de tesão, mas não deixava que eles passassem dos limites e o motivo disso é que tinha muito medo de acabar engravidando e ter minha vida virada de pernas por ar como havia acontecido com duas melhores amigas do colégio que não se preveniram e tiveram que cuidar de recém nascidos.

O medo de gravidez indesejada estava me deixando bastante preocupada, eu sentia meu corpo pedindo mais safadeza, o tesão se tornava cada vez mais intenso e então resolvi pedir pra minha mãe comprar anticoncepcionais e até imaginei que talvez acabasse ouvindo algum tipo de sermão, mas ela sorrindo condescendente disse que iria me levar ao ginecologista naquela mesma semana e tudo foi resolvido rapidinho.

Dois dias após minha consulta escutei sem querer uma conversa altamente reveladora entre mamãe e minha tia que me fez abrir os olhos de vez para a putaria que rolava em nossa família.

Cheguei da rua a tardezinha depois de ter ido nadar na piscina de uma amiga e como o portão de casa estava aberto não fiz nenhum barulho e assim que entrei já escutei a voz das duas conversando na área dos fundos e ao chegar mais perto ouvi meu nome sendo citado e fiquei quietinha escutando o que falavam.

-então Leila... essa semana tive que levar Lenita no ginecologista... veio me pedir pra comprar anticoncepcionais... acho que minha querida filha ainda virgem ta querendo levar rola na buceta!

-epa... então minha linda sobrinha resolveu experimentar um macho é? Tô achando que até demorou muito... bonita do jeito que é e sendo da nossa família já era pra ter levado rola há bem mais tempo... tanto eu quanto você perdemos nossos cabaços mais novas que ela!

-é... isso é verdade... nos duas eramos muito “biscatinhas” desde novinhas né... mas... você também foi mais esperta que eu... tomou pílulas pra não engravidar... enquanto eu não me cuidei e acabei engravidando e casando muito jovem!

-ah sim... eu até hoje não me sinto preparada pra ser mãe... gosto de me sentir livre leve e solta... adoro putaria demais... quem sabe daqui uns tempos eu resolva ter filhos... mas por enquanto quero mais é trepar muito e gozar gostoso! Mas... fala logo o que você disse pelo telefone que iria me revelar... eu já sei que deve ser sobre sacanagem... eu te conheço minha irmã... você tá com uma cara de safada que chega a doer... fala logo sua puta!

-Leila... você sabe que eu também adoro machos... mas... diferente de ti que já casou 3 vezes eu nunca curti morar juntos... não suporto homens querendo me controlar... só que... depois que comecei a ficar com Marcelo esse gostosão que estou saindo ha dois mêses a coisa mudou de figura... além de bonitão... boa situação financeira... não é daqueles caras que ficam pegando no pé da gente por causa de roupas coladas e curtas... não fica com ciúmes bobos... e ta querendo que a gente more como marido e mulher... tô pensando seriamente em aceitar a proposta do gostosão!

-hummm... pelo jeito já percebi que minha querida irmã achou um macho pra dar conta do recado hein... me conta vai... o que ele tem de mais gostoso?

-mana... vou te falar a verdade... o cara tem uma rola daquelas que preenchem totalmente a buceta da gente... grossa e cabeçuda... entra rasgando... e me come até me deixar totalmente satisfeita... ele é insaciável... gozo que nem louca na rola deliciosa do safado gostosão.

-hummm... já senti que vai virar esposa do gostosão tarado... acho que voce devia topar a proposta dele... não custa nada tentar ser a puta de um macho só!

-é... realmente acho que vou arriscar... até agora Marcelo esta sendo um macho que sabe como dominar e dar prazer a uma puta tarada como eu sou... vai que dá certo né?

-claro que tem que tentar mana... mas... agora fiquei curiosa pra conhecer esse gostosão que virou a cabeça da minha Irmã puta... deve ser um gatão!

-acho que vou demorar um bom tempo pra te apresentar meu futuro marido gostosão... do jeito que você é uma puta oferecida é perigoso se engraçar pra cima do meu morenão e querer experimentar o cacetão delicioso que ele tem... quando a gente era novinha você adorava tentar roubar meus namorados... não é facil ter uma irmã tão puta como você! RSS.

-é mesmo hein... nossa... eu adorava dar bola para seus namorados... mas... na verdade os homens são muitos safados... adoram querer pegar as cunhadas... e taradinha do jeito que era... deixava-os abusarem de mim... eu era uma mocinha muito ingênua e safada... agora que já estamos na casa dos 30 anos prometo não fazer mais esse tipo de sacanagem com minha irmã querida!

-sei... só te compra quem não te conhece sua puta safada... mas... não pense que você não levou troco querida irmã... também peguei alguns de seus machos só pra descontar as safadezas que você tinha feito comigo... dava pra eles bem gostoso sem um pingo de dó!

Minha tia e mamãe caíram em risos e logo em seguida cheguei à área dos fundos como se tivesse acabado de entrar e as cumprimentei com beijinhos no rosto e fui tomar um banho de chuveiro pensando na conversa maluca das duas safadas e também na surpresa que estaria me aguardando, pela primeira vez eu teria um padrasto em minha vida e esperava que não fosse um cara chato.

Assim que minha tia foi embora mamãe me disse que precisava ter uma conversa importante comigo e então dei um sorriso sacana dizendo:

-se for pra falar que você vai me dar um padrasto... não precisa falar mais nada porque ouvi toda a sua conversa com a tia Leila... tá tudo bem mamãe... eu dou a maior força... se você ta querendo... e pelo que eu escutei... ta querendo muito... por mim esta ótimo... é só marcar a data do casamento!

Mamãe sorrindo me abraçou enchendo meu rosto de beijos e bastante alegre disse que estava muito feliz com minha atitude e que eu era uma filha maravilhosa e então aproveitei pra dar uma zoada nela dizendo bem:

-é mamãe... pela conversa sacana entre a tia e você deu pra perceber que sou uma santa perto de vocês... vou ter que pedir umas aulas de safadezas intensivas pra você e pra tia Leila... vocês são fogo hein... eu fico imaginando o tanto que vocês devem ter aprontado até hoje!

-bem... já que você escutou nossas fofocas sexuais não adianta tentar esconder nada né... tanto eu quanto tua tia sempre fomos muito safadas mesmo... e vou te confessar uma coisa filha... eu achava que você não era mais virgem a um tempão... como sua tia comentou... você é uma loirinha linda... carinha de ninfeta... corpinho do jeito que os machos adoram com uma bundinha arrebitada... não sei o que ta acontecendo com os rapazes de hoje em dia... parecem que só curtem jogar videogame!

-é mamãe... tem muitos que realmente adoram jogar videogame... mas... também tem um bando de taradinhos... se eu tivesse dado moleza já tinham me comido faz tempo... só que como eu comentei contigo... tesão eu tenho bastante... mas o medo de ficar gravida também é grande demais... não queria passar os perrengues que minhas amigas passaram tendo que cuidar de bebes... mas... agora que vou comecar a tomar pílulas pode ter certeza que meu cabacinho não vai demorar pra ir pro espaço... é só aparecer um macho tarado que vou dar gostoso... vai ter que matar meu tesão direitinho!

-opaaa... pelo tom que to sentindo na voz da minha filhota linda... depois que perder o cabaço vai querer recuperar todo o tesão que deixou pra trás!

-mamãe... você esta absolutamente certa... só que agora que você vai se tornar esposa desse tal de Marcelo espero que ele não queira dar uma de padrasto chato e controlador!

-não precisa se preocupar com isso Lenita... eu já conversei com ele sobre você... que você é uma menina maravilhosa e responsavel... até comentei que te levei ao ginecologista... pode ficar tranqüila filhota que o Marcelo apesar de parecer um cara muito sério é gente boa e super tranquilo.

-que bom... tomara que tudo de certo entre você e ele mamãe... da pra notar que você ta muito feliz! Mas... se você contou pro meu futuro padrasto sobre ter me levado ao ginocologista pra me receitar anticoncepcionais ele já deve ta pensando que você tem uma filha putinha também!

-claro que não filhota... eu contei que você ainda é virgem... mas... ele sabe perfeitamente com quem esta querendo morar junto... eu abri o jogo sobre minha vida sexual bem intensa... ele sabe que sua mãe sempre foi uma puta ninfomaniaca que topa tudo no sexo... igual a sua tia safada... então ele ta sabendo direitinho com a maluca que esta se metendo! Na verdade ele também é um cara cheio de fetiches sexuais... nos combinamos direitinho!

No outro dia de manhã me chamou pra que a acompanhasse até a casa do futuro marido para ajudá-la a organizar tudo do jeito que gostava e a primeira coisa que reparei quando entrei na casa onde mamãe iria morar é que havia uma linda piscina e sorrindo comentei:

-mamãe... nem acredito que vou ter uma piscina a minha disposição todos os dias... amei... que deliciaaaaaaa!

-é filhota... eu também vou aproveitar pra colocar o bronze em dia... loira bronzeada com marquinhas deixa os machos loucos de tesão!

-hummm... como meus biquínis são do tipo cortininha vou poder deixar as marcas bem pequenas... na piscina da casa da minha amiga que frequento não dava pra abusar... a mãe dela é muito repressora!

-é... aqui não vai ter esse tipo de problema... se quisermos podemos até nadar peladinhas... os muros são altos e não tem predio do lado.

-é... isso é verdade... mas... e se o meu futuro padrasto chegar e pegar a gente peladinha na piscina... e se ele achar ruim!

-filhota... deixa de ser tonta... se acha que algum homem vai achar ruim de encontrar duas loiras lindas maravilhosas nuas na piscina da casa dele!

Caimos em risos com aquela conversa e logo fomos ao trabalho de limpar e arrumar tudo do jeito que mamãe queria e quando voltamos pra onde morávamos meu futuro padrasto ainda não havia chegado e acabei não conhecendo o cara, eu estava curiosa pra ver como ele era.

Só fui conhecer o futuro marido da mamãe dois dias depois no escritório de sua fabrica de uniformes e me pareceu ser um sujeito bastante sério me tratando de uma maneira respeitosa e bem formal.

Realmente deu pra notar que era um homem muito bonitão e bem forte com um corpão muito bem cuidado e não parecia ter os 40 anos que mamãe havia me dito que tinha.

O que mais me chamou a atenção nele sem ser o belo físico foi seu olhar safado e dominador.

Rapidinho nos mudamos para a nova casa com muito mais conforto e tudo parecia perfeito.

Naquele fim de semana depois que comecei a tomar anticoncepcionais fui a uma festinha de aniversário de uma amiga do colégio em uma chácara e lá conheci um carinha muito gatinho e logo estávamos nos abraçando e beijando e quando demos um jeito de escapar para um lugarzinho mais escuro e discreto a coisa pegou fogo de vez... eu não tinha medo de mais nada... o tesão pegava forte e não demorou pra deixar o gatinho colocar seu pinto duro como aço no meio das minhas coxas... minha calcinha rapidamente foi abaixada no meio das coxas e o safadinho me virou de costas e logo saquei o que ele tava querendo e empinei meu bumbum e como se tivesse um GPS na cabeça do pintinho do safado em segundos ele estava na portinha do meu cuzinho virgem e fincou forte e o tesão era tanto que quase nem senti dor quando entrou tudinho, claro que a rola dele não era grande, e quando comecei a rebolar gostoso sendo enrabada o gatinho lindo não conseguiu se controlar e encheu meu cuzinho de porra quentinha.

Se o carinha era um gato lindo logo percebi que só tinha a beleza porque quando continuei rebolando toda tesuda querendo ser comida de verdade senti que pinto dele depois que gozou ficou molinho e não endureceu mais de jeito nenhum.

Fiquei puta da vida e frustrada com minha falta de sorte... logo na minha primeira experiência sexual mais quente tive a infelicidade de pegar um carinha com ejaculação precoce.

Em compensação mamãe aproveitava totalmente sua nova vida de casada transando toda noite e bem safada dizia que estava em fase de treinamento especial de esposa puta totalmente submissa a seu macho dominante.

Acabei descobrindo ao ajudar na limpeza da casa que em uma gaveta do guarda roupas do quarto do casal havia um monte de brinquedos sexuais, algemas, coleiras, plugs anais, chicotinhos, fantasias de enfermeira sexy, de empregadinha domestica puta, de colegias com microsaias que deixavam metade da bunda de fora, enfim tinha de tudo e com certeza mamãe ninfomaniaca e Marcelo taradão experimentavam todos aqueles ingredientes pra apimentar ainda mais a relação entre eles.

Realmente notei que a sacanagem entre Marcelo e mamãe era cada vez mais quente e passei a ouvir gemidos e gritinhos de prazer bastante escandalosos ecoando pela casa e claro que a curiosidade de tentar ver alguma coisa rolando ao vivo entre eles aguçaram minha mente inquieta e toda safada passei a conferir se havia alguma porta ou janela do quarto entreaberta, mas infelizmente não consegui meu intento durante alguns dias.

Outra coisa que não consegui na primeira semana de casa nova foi usar a piscina da casa porque uma frente fria trouxe muita chuva e durante vários dias o tempo ficou fechado frustrando meu desejo de me bronzear bastante pra ficar com marquinhas bem pequenas no meu corpinho branquinho.

Demorou mas fui bem recompensada quando finalmente consegui dar um flagra na mamãe transando com meu padrasto e foi de cair o queixo me deixando taradissima com as cenas quentíssimas que se desenrolaram bem diante dos meus olhos ávidos.

Meu padrasto sempre saia bem cedo para o trabalho e mamãe depois de fazer o café pra ele normalmente voltava pra cama pra tirar mais um cochilo, só que naquela manhã já passava das 9h quando despertei e logo notei pelos raios de sol que entravam pelas frestas da cortina que o sol estava bem brilhante e na hora já pensei em inaugurar a piscina.

Pulei da cama e rapidinho coloquei meu micro biquíni branco que havia comprado especialmente para aquela data e ao me olhar no espelho até percebi a sombra dos pelinhos da minha bucetinha virgem no fino tecido da lycra e com certeza quando ele ficasse molhado iria denunciar totalmente meus pelos pubianos que não eram loiros como na cabeça, mas como seria usado na piscina de casa não haveria nenhum tipo de problema e então sai do meu quarto e resolvi chamar mamãe para se bronzear junto comigo e ao chegar na porta do quarto já entreaberta e empurrei-a devagar e quando dei um passo pra dentro dei de cara com uma cena incrivel.

Meu padrasto estava sentado na beira da cama e ajoelhada entre as coxas dele mamãe estava com uma coleira de couro no pescoço e uma corrente de metal segura pela mão do “dono” que todo safado dizia:

-engole minha rola sua cachorra safada... vadia... cadela de rua... engole fundo... quero te deixar sem respirar sua vagabunda... chupa seu cachorrão!

Fiquei ali de pé sem esboçar nenhuma reação, de onde minha mãe estava ajoelhada com certeza dificilmente poderia me ver, meu padrasto ainda não havia me visto e logo em seguida mamãe toda tesuda pegou aquele pauzão enorme e extremamente grosso e foi enfiando na sua boca sedenta... quando a cabeçona já estava na sua garganta meu padrasto segurou a nuca dela e forçou sem dó... e todo tarado disse:

-engole cadela... mais fundo... ahhhh... delicia de boca que a vagabunda tem... chupadeira de rola... puta de rua... ahhh... engole vadiaaaaaa!

Mamãe deu uma bela engasgada, mas ele não tava nem ai segurando sua nuca forçando até o talo e foi então que ele sentiu minha presença e ao virar a cabeça deu de cara comigo na porta só de biquíni e o safado nem se importou com minha presença e com um sorriso sacana continuou dizendo:

-ahhhh... continua sua cadela... engole fundo... chupa a rola grossa do teu macho sua cachorra... vagabunda... ahhhhh... delicia de boca!

Eu não conseguia dar um passo pra trás pra sair dali e continuei totalmente focada no que estava acontecendo e quando meu padrasto soltou a nuca da mamãe para ela dar uma respirada aquele pauzão cabeçudo saiu da boca dela toda babado e ele todo safado sussurrou:

-agora chega de chupar minha cadela de rua... quero você de 4 na beira da cama... vou te dar o que você gosta sua vagabunda safada... putaaaaaaa!

Meu padrasto colocou-a do jeito que ele queria... e com certeza mamãe continuava numa posição que não podia me ver e ele novamente deu um olhar bem sacana pra mim e dando umas pinceladas na buceta lisinha da tarada e foi enfiando bem devagar, mas com firmeza... o safado queria que eu visse em detalhes sua rola enorme sendo engolida pela buceta lisinha da mamãe que deu um gemido alto e sussurrou:

-ahhhh... que pauzão gostoso meu macho... soca tudo seu FDP gostoso tarado... come sua cadela seu safado... quero gozar nesse pauzão gostoso... me fode todinha... sou tua escrava sexual... ahhhh... mete... mete com força... ahhhhh... fode sua putaaaaa!

Senti minha bucetinha virgem peluda encharcar dentro daquele micro biquíni... os bicos dos meus seios ficaram duros como pedra... meu grelinho pulsava forte e eu estava doidinha pra enfiar a mão dentro do biquíni e me masturbar ali na frente do meu padrasto e gozar vendo minha mãe tarada sendo comida deliciosamente... que pauzão incrivel que o safado tinha... mamãe gritava de prazer... e eu mordia os lábios pra não dar uma gemidinha...

nem sei de onde surgiu, mas nas mãos do taradão apareceu um chicotinho de couro que logo estalou no bumbum branquinho da mamãe que gritou mais alto e toda tesuda sussurrou:

-ahhh... bate que eu vou gozar... bate na tua cadela meu mestre... meu macho... meu tarado... ahhh... bate que eu adoro... ahhhh... vou gozar... ahhhhh!

Mamãe começou a se convulsionar rebolando e apanhando na bunda do meu padrasto sádico e urrando de prazer os dois gozaram copiosamente e senti que meu biquíni ensopou de vez, a temperatura da minha buceta virgem parecia que tinha alcançado mil graus e depois de algum tempo que pareceram horas devagarzinho dei um passinho pra trás e sai dali voltando para meu quarto.

Cai de bruços na cama já com a mão dentro do biquíni e bastaram meia dúzia de bolinadas no meu grelinho rijo e tesudo pra que eu desse um gemido gozando sem controle rebolando nos meus dedinhos espertos.

Fiquei alguns segundos deitada sentindo minha bucetinha peluda virgem completamente molhada e em seguida me levantei sem me preocupar em tomar banho porque logo estaria dentro da piscina e fui pra cozinha tomar café para tentar me acalmar de vez.

Assim que me sentei à mesa e comecei a encher minha xícara com café meu padrasto entrou na cozinha já todo arrumado pra ir trabalhar e rapidinho achei que devia tentar me justificar sobre o acontecido dizendo:

-Desculpa ter entrando no quarto sem bater... é que você sempre sai cedinho de casa e quando vi que o sol estava brilhando hoje... fui chamar a mamãe pra nos bronzerarmos na piscina... prometo que da próxima vez tomarei mais cuidado... ainda bem que mamãe não me viu!

Meu padrasto deu um sorriso sacana e se sentando ao meu lado disse:

-por mim esta tudo bem garota... eu não me importo em fazer sexo com pessoas olhando... e pelo que já conheço da tua mãe... quando ela tá com tesão não tá nem ai... alias... fica ainda mais excitada... e claro que eu também! Mas... acho que minha linda enteada também gostou muito de ficar assistindo eu e sua mãe fodendo gostoso... porque ficou até o fim da trepada!

Já que meu padrasto estava comentando tão abertamente sobre putaria resolvi entrar de vez na conversa dizendo:

-bem... claro que adorei ter assistido você e mamãe transando... bem melhor do que filme pornô... eu já tinha ouvido bastantes gemidos de vocês... só que não imaginei que seria tão quente quanto pude ver ao vivo... pra quem ainda é virgem com eu sou... foi muito louco o que eu vi... mas... adorei!

Meu padrasto sorriu sacana e após tomar seu café rapidamente falou que já estava atrasado para o trabalho e ao se despedir de mim com beijinhos no rosto o safado me deu dois tapinhas carinhosos no bumbum e disse baixinho no meu ouvido:

-quero minha linda enteada loirinha bem bronzeada... com certeza com esse biquíni tão pequeno as marquinhas vão ficar lindas... vou querer conferir!

Ele saiu e fui pra piscina e não consegui tirar da minha cabeça as cenas do meu padrasto socando seu pauzão enorme na boca da mamãe e depois fodendo a buceta lisinha dela e não tinha como não imaginar uma rola daquele calibre na minha bucetinha peluda virgem e apesar do medo da dor com certeza depois de ter assistido mamãe gozando como uma louca naquele pauzão certamente devia ser uma delicia total!

Depois de uns 15 minutos mamãe apareceu na piscina e já estava também de biquíni e logo notei que as marquinhas do chicotinho de couro ainda estavam bem vermelhas na sua pele e eu não iria deixar de comentar sobre isso e toda safada brinquei dizendo:

-mamãe... o que será que você fez de tão errado pra apanhar no bumbum do maridão... conta pra sua filhota vai!

Mamãe deu uma gargalhada bem sacana e pulando na água disse:

-que olhinhos espertos que minha filhota tem hein... safadeza você enxerga de longe hein... mas... já que quer saber... vou falar... tua mãe está em treinamento intensivo para me tornar uma escrava sexual perfeita... e eu estou adorando as aulas de que meu maridão sádico esta me dando!

-é... eu já percebi que a safadeza nessa casa anda bem quente... dá pra ouvir perfeitamente seus gemidos e gritos escandalosos de prazer!

O sol tinha chegado com força total e não demorou pra que eu e mamãe ficássemos bem bronzeadas e então saímos da piscina pra fazer o almoço para o meu padrasto que viria almoçar.

Já passava das 13h quando Marcelo chegou e tanto eu quanto mamãe continuávamos de biquíni e assim que ele entrou na cozinha e brincou dizendo:

-opa... essa cozinha nunca esteve tão linda como está hoje... vou querer que seja assim todos os dias!

Mamãe abraçou meu padrasto e deu um beijo bem quente na boca dele dizendo:

-pode deixar meu maridão gostoso... já que você ta querendo pode ter certeza que tua esposa vai satisfazer sua vontade!

Assim que terminamos de almoçar lavei a louça enquanto meu padrasto e mamãe assistiam ao jornal na TV da sala.

Mamãe tinha ido para o seu quarto tomar banho e eu estava na área da frente perto da garagem quando meu padrasto saiu dizendo que ia voltar ao trabalho e ele então mostrou suas garras de macho safado ao me dar um abraço e beijinhos de despedida ele pegou a ponta do lacinho do meu biquíni e puxou firme desatando de um lado e ele todo sacana deu uma bela olhada dizendo:

-adoro biquínis como esse que você ta usando... é só puxar os lacinhos que cai no chão... da próxima vez vou puxar os dois lados juntos... mas... acho que minha linda enteada devia dar um jeito nesses pelinhos da buceta... lisinha deve ficar bem mais bonita e mais gostosa de passar a mão e principalmente a cabeça de uma rola vai deslizar bem mais gostoso!

Meu padrasto safado deu um sorriso sacana e tornou a me dar dois tapinhas carinhosos no bumbum se despediu e foi embora.

Depois que o taradão roludo saiu amarrei o lacinho desatado do biquíni e tive certeza absoluta que o safado estava querendo estourar meu cabacinho e o mais incrível é que eu não estava nem um pouco preocupada com as intenções dele e até achava que deveria facilitar ainda mais... com certeza mamãe iria ter que dividir o macho dela comigo.

Já que meu padrasto queria minha bucetinha sem pelinhos resolvi atender aos desejos dele e pedi pra mamãe marcar um horário com a depiladora dela e naquela mesma tarde fiquei totalmente lisinha e percebi que desizando meus dedinhos entre os lábios de minha bucetinha virgem o tesão ficou mais intenso e a sensibilidade bem mais acentuada.

Após o jantar mamãe se sentou no sofá grande junto com o maridão abraçada com ele pra assistir as novelas e me sentei na poltrona do lado vestida com um shortinho de malha bem folgado com uma camisetinha.

Claro que eu queria ter uma chance de contar pro meu padrasto roludo e tarado que já estava todinha lisinha e isso aconteceu rapidinho quando o telefone tocou e mamãe atendeu pela conversa logo notei que era minha tia e pegando o telefone ela saiu da sala indo para o quarto e com certeza iria demorar um pouco e então eu me levantei e chegando por trás do sofá grande sussurrei nos ouvidos do meu padrasto:

-já fiz o que meu padrasto tarado mandou... to sem pelinhos na minha bucetinha virgem... quer dar uma olhadinha como ficou?

Ele virou a cabeça pra trás com um sorriso sacana nos lábios e disse:

-já devia ter abaixado o short pra me mostrar... mostra logo sua safadinha!

Em segundos meu short estava no meio das coxas e o taradão levou a mão e deslizou um dedo pela minha rachinha virgem e disse:

-delicia... assim é bem melhor... mas... amanhã cedo antes de sair vou fazer um teste pra saber se ficou totalmente lisinha como eu gosto... quero que minha enteadinha linda durma essa noite completamente peladinha!

O safado deu umas bolinadas rápidas no meu grelinho sensível e foi o suficiente pra ficar totalmente encharcada e resolvi ir pro meu quarto me masturbar... não tinha como não gozar depois daquela safadezinha rápida deliciosa.

Mesmo depois de gozar gostoso continuei no meu quarto bolinando meu grelo inchado curtindo aquele tesão louco e não demorou pra que eu escutasse gemidos da mamãe sendo comida pelo Marcelo e claro que sai do meu quarto pra ver o que estava rolando e o casal nem tinha ido pro quarto estavam na sala transando loucamente.

Com certeza meu padrasto adorava comer mamãe de 4 porque ela estava de joelhos no sofá com sua bunda empinada e ele engatado atrás socando com força na buceta tesuda dela, ela rebolava que nem uma doida e dessa vez não tinha chicotinho na mão, tinha sido substituído por um cinta de couro e estalava forte no seu bumbum branquinho e a puta tarada sussurrava:

-aiiii... que delicia... me fode meu macho... fode a sua puta tarada... quero gozar nesse pauzão... aiiiii... seu sádico... gosta de deixar sua puta toda marcada né... aiiii... dói mas é gostoso... bate seu tarado... quero gozar apanhando... deliciaa... tesãoooooooo... ahhhhh!

Mamãe gritava de dor e prazer... meu padrasto estapeava sua bunda e fodia sem dó sua buceta tesuda e ele todo tarado já tinha me visto na soleira da porta da sala assistindo tudo... com certeza o safado queria me deixar excitada... sabia que eu era uma virgem pronta pra ser descabaçada... meus dedos esfregavam forte meu grelo e mordendo os lábios pra não gemer alto gozei como uma cadela no cio... chegava a escorrer pelas coxas... mamãe devagar foi se acalmando e sai dali voltando para o meu quarto!

Depois de tudo mais calmo tomei um banho e me deitei como meu padrasto havia mandado... totalmente nua e logo adormeci como um anjo.

Se eu havia ido dormir toda taradinha fui acordada de um jeito louco de bom... uma língua quente e esperta deslizava deliciosamente entre os lábios de minha bucetinha virgem lisinha... meu padrasto lambia e sugava forte meu grelo e pra safadeza ficar ainda mais gostosa o tarado pauzudo tinha enfiado um dedo grosso no meu cuzinho e despertei de vez rebolando e gemendo toda tesuda sussurrei:

-aiii Marcelooo... seu tarado maluco... cadê a mamãe... ahhhh... que delicia... aiiiiii!

Meu padrasto tirou a boca da minha buceta por alguns segundos e sussurrou:

-não se preocupe minha putinha virgem... ela sempre demora no banho... quero te fazer gozar gostoso... goza sua cadelinha safada... ahhh!

Ele voltou a lamber e sugar meu grelo com maestria me levando a loucura e nem me preocupei se mamãe podia aparecer por ali e gozei gemendo alto e logo senti que tinha mais que um dedo grosso no meu cuzinho... o prazer se tornava mais intenso... quando me dei conta meu padrasto tinha me colocado de bruços na cama com um travesseiro em baixo do meu ventre e sua língua lubrificava meu cuzinho e rapidamente ele se deitou sobre minhas costas e seu pauzão duro como uma rocha deslizava no meu reguinho e em segundos a cabeçona de sua rola enorme estava alojada na portinha do meu cuzinho já lubrificado pela saliva e laceado pelos seus dedos grossos e deu uma fincada firme... sua mão grande tampou minha boca e não consegui gritar... a cabeçona do seu pauzão pulou pra dentro do meu cuzinho... a dor era incrivelmente intensa... meu padrasto não deu chance de tentar sair fora e foi penetrando devagar mas sem parar até o talo... eu queria gritar de dor... mas não conseguia... e então Marcelo todo tarado beijando minha orelha sussurrou:

-não adianta querer gritar... vou comer essa bundinha maravilhosa do jeito que eu quero... trata de mostrar que você vai ser uma putinha tão gostosa quanto a puta da tua mãe... rebola esse rabo que vai doer bem menos... sua cadelinha safada... ahhh... cuzinho apertadinho delicioso!

Um calor tão intenso tomou conta do meu corpo... a dor se misturava a um prazer muito louco... aquele pauzão estava todinho atolado no meu rabinho arrombado e o meu lado putinha tarada se manifestou de vez e rapidinho rebolava devagar na rolona daquele macho tarado que passou a me comer gostoso... aquele pauzão grosso entrava e saia de dentro de mim me levando a sentir um tesão que nunca imaginei que pudesse existir e dando um gemido mais forte gozei pelo cu... parecia que mijava pela buceta de tanto liquidio que eu jorrava... meu padrasto socou até o ultimo milímetro e dando um gemido começou a ejacular no meu rabinho enchendo meu cuzinho de porra fervente!

Em poucos segundos tudo ficou quieto e ele então se levantou tirando seu pauzão já amolecido do meu rabo e me dando uns tapinhas de leve no bumbum se despediu sorrindo dizendo:

-é... com certeza você é tão puta quanto a sua mãe... mais uma cadela pra eu colocar na coleira... primeiro foi o cu... depois vou arrombar essa buceta!

Fui pro banheiro e quando a água fria escorreu pelo meu reguinho é que fui perceber o estrago que aquele pauzão de cavalo tinha feito no meu cuzinho quase virgem... só tinha dado uma vez pro rapaz com ejaculação precoce e pau pequeno... estava todo inchado e parecia que pegava fogo de tão quente... meu rabinho tinha sido estuprado sem dó... mas isso não tinha a menor importância... eu tinha tido meu primeiro orgasmo com um macho de verdade e com certeza o taradão iria me enrabar muitas e muitas vezes... eu tinha adorado ser sua nova cadelinha.

Fui pra cozinha preparar café já de biquíni, o sol tinha saído forte novamente e depois de alguns minutos mamãe chegou também pronta pra piscina e quando ficou de costas notei as marcas bem vermelhas das cintadas da noite anterior no sofá e toda safada toquei no assunto dizendo:

-nossa mamãe... o treinamento de escrava sexual de ontem a noite foi bem mais quente hein... tua bunda ta todinha marcada... apanhou sem dó do maridão hein!

Mamãe toda safada empinou a bunda e sorrindo disse:

-hummm... nem me fala filhota... dói... dói... mas... eu adoro apanhar de macho... e teu padrasto sabe como fazer isso... gozo como uma louca!

Já que a conversa estava totalmente aberta disse:

-é mamãe... você realmente é uma completa masoquista... eu estava no meu quarto... mas quando ouvi os barulhos da cinta estalando no teu bumbum e os gemidos de dor misturados com tesão... eu vim ver o que estava acontecendo... e assisti tudinho o que rolou aqui na sala ontem a noite... fiquei com um pouquinho de dó no começo... mas depois... até achei que ele bateu pouco... do jeito que você estava tarada podia ter batido ainda mais forte que você ia gostar!

-sua virgem safada... pelo jeito não ficou com um pingo de dó da sua mãezinha tarada apanhando né?

-eu não... uma pena que durou pouco a trepada... adorei ter assistido você sendo comida pelo meu padrasto pauzudo... nossa... bem que você tinha comentado sobre o tamanho do pauzão dele com a tia aquele dia que escutei a conversa entre vocês duas... eu já peguei no pau de alguns rapazes mas nenhum era tão grande quanto o dele... nossa... só de imaginar um daquele tamanho na minha bucetinha virgem me dá até um arrepio de medo!

-Lenita... apesar de virgem ainda... você sendo filha de quem é... tenho absoluta certeza que é mentira você falando que sentiu um arrepio de medo do tamanho do pauzão do teu padrasto... você deve ter sentido foi um arrepio de tesão... e não tenho duvidas que deve ter batido uma siririca assistindo teu padrasto me fodendo gostoso... se fosse eu teria feito isso... eu adoro assistir pessoas trepando... ainda mais sexo selvagem!

Nem me preocupei em fazer tipo disfarçando minha safadeza e sorrindo toda sacana disse:

-é mamãe... não adianta querer enganar você... eu sei que você sempre foi muito esperta e safada... eu não consegui me controlar assistindo a trepada deliciosa entre você e meu padrasto sádico... gozei que nem louca esfregando meu grelinho... chegou a escorrer pelas coxas... alias... da próxima vez que você for dar pra ele... quem sabe assistindo minha mamãe tarada transando gostoso eu aprenda a ser uma putinha tão gostosa como você!

-tenho certeza que minha filhota vai se tornar uma putinha completíssima rapidinho... não tenho duvidas!

Fomos pra piscina e então minha mãe falou que meu padrasto não viria almoçar em casa naquele dia e então ficamos praticamente o dia inteiro nos bronzeando e a tarde quando tomamos banho de chuveiro ao lado piscina deu pra notar que as marquinhas de biquíni tinham ficado bem delineadas e bem pequenas como queríamos e bem safada comentei:

-é mamãe... ficamos lindas bem bronzeadas... até as marcas das cintadas quase sumiram... acho que meu padrasto não bateu tão forte quando pensei!

-sua putinha virgem safada... cheia de querer tirar uma onda comigo... pode deixar que te pego de jeito qualquer dia desses... pego emprestada uma cinta do teu padrasto e deixo tua bundinha empinada todinha marcada como ficou a minha... vou te bater sem dó também!

Toda safada empinei meu bumbum e disse:

-ahhh mamãe... de você eu não tenho medo... nem doeu os tapas que você me deu na bunda agora... mas... se fosse o meu padrasto pauzudo... ai sim... ele bate forte mesmo... só de imaginar uma cintada dele no meu bumbum... me deixa mortinha de medo!

O telefone tocou e mamãe saiu pra atender e fui por meu quarto e resolvi conferir como estava o meu cuzinho arrombado e fiquei feliz de notar que ele estava bem desinchado... a água fria da piscina tinha sido um santo remédio e ao olhar no guarda roupas pra ver o que iria vestir pra ajudar minha mãe a preparar o jantar decidi colocar uma camisetinha bem folgada e curtinha e por baixo dela... nadinha... queria ficar peladinha para que meu padrasto se tivesse chance me bolinasse bem gostoso... eu tinha perdido completamente o juízo... já tinha levado rola grossa no meu cuzinho e estava doidinha pra ser descabaçada de vez.

Quando cheguei na cozinha mamãe encontrei mamãe já começando a preparar o jantar e notei que ela havia colocado apenas uma camiseta curtinha do mesmo tipo da minha e ao se inclinar na pia quase metade da bunda ficou de fora e toda sacana comentei:

-mamãe... até parece que combinamos de nos vestir parecidas... ta dando pra ver que você também não colocou calcinha... acho que quando teu maridão tarado chegar e olhar você debruçada sobre a pia toda gostosona com a bunda e a buceta de fora... acho que o jantar vai ter que esperar mais um pouco... ele não vai resistir... vai te agarrar e te comer inteirinha em cima da mesa do jantar... vai comer a sobremesa antes do jantar!

Mamãe deu uma gargalhada bem sacana e disse:

-o objetivo é esse mesmo filhota... mulher safada tem que estar sempre pronta pra levar rola... e Marcelo meu macho adora me encontrar assim... mas... eu prefiro dar no sofá da sala ou na cama... a mesa aqui da cozinha é de vidro... vai que no embalo quebra... melhor não arriscar!

O jantar estava quase pronto quando meu padrasto chegou e nos cumprimentou com beijinhos no rosto elogiando o cheiro da comida e em seguida disse que ia tomar um banho rápido pra jantarmos e foi para o quarto acompanhado de mamãe e fiquei na cozinha esperando a volta deles.

Assim que voltaram nos sentamos pra comer e tudo transcorreu normalmente, meu padrasto tinha colocado apenas um short bem folgado e durante o jantar ele elogiou nosso bronzeado e brincou dizendo que não ia demorar pra que as loirinhas da casa se transformassem em pretinhas de tanto que gostávamos de pegar sol.

O telefone tocou e mamãe foi atender e meu padrasto a acompanhou me deixando sozinha na cozinha e após lavar a louça também fui para sala e dei de cara com meu padrasto completamente nu sentado no sofá com seu pauzão enorme apontando pro teto e quando cheguei do seu lado disse:

-que padrasto mais taradão que eu tenho... e pelo jeito tô vendo que ta tudo liberado né... peladão com esse pauzão duro delicioso... vai me dizer que mamãe saiu e deixou a gente à vontade?

Marcelo deu um sorriso sacana e se levantando do sofá me pegou pela mão e num piscar de olhos tirou minha camiseta me deixando pelada e disse:

-tá na hora da putinha virgem virar uma puta de verdade... tua mãe sabe de tudo e já ta vindo participar da tua iniciação... agora fica de 4 no sofá que vou te colocar uma coleira como faço com tua mãe... adoro foder cadelinhas assim... você já sabe muito bem como eu gosto!

Coloquei-me de 4 no sofá empinando meu rabinho e meu padrasto sádico colocou a coleira no meu pescoço e em seguida senti sua boca quente e ávida me lambendo inteirinha por trás como um cachorro e toda putinha entrei na fantasia sussurrando:

-aiiii que delicia ser sua cadelinha... ahhh... quero gozar na língua do cachorrão igual minha mãe... ahhh... me lambe seu safado gostoso!

Sentir aquela língua deslizando entre os lábios da minha bucetinha virgem rapidinho me proporcionou o primeiro orgasmo e gemendo alto sussurrei:

-aiiii Marcelo... estoura meu cabaço... não agüento mais de vontade... quero ser sua putinha... faz tudo que quiser comigo... eu quero tudoooo!

Meu padrasto taradão parou de me lamber e veio por trás do encosto do sofá ficando de pé com seu pauzão enorme bem pertinho da minha boca e disse todo macho:

-quero sua boquinha tesuda mamando na minha rola sua cadela virgem safada... engole igual tua mãe sua putinha... se não fizer do jeito que eu gosto vai apanhar na cara... chupa sua putinha vagabunda... vadia!

O taradão fez comigo ele fazia com mamãe... forçava seu pauzão grosso bem fundo na minha garganta... até me engasguei algumas vezes... mas ele não tava nem ai... eu babava pelos cantos da boca... ele tirava seu pauzão por alguns segundos e me aplicava uns tapas na cara e voltava a forçar a cabeçona na minha garganta... aquela dominação me levava a loucura... minha buceta pingava de tesão e logo senti algo que não esperava de jeito nenhum... tinha uma boca quente e sedenta me lambendo deliciosamente e não era meu padrasto... era mamãe que me levava à loucura chupando e sugando forte meu grelo... e a safada depois de me aplicar uns tapas bem fortes no meu bumbum disse:

-sua cadelinha safada... ta querendo o macho da tua mãe né sua vadiazinha... ele vai te comer inteirinha... mas... antes a putinha virgem vai aprender a ser uma escrava sexual como nosso macho gosta sua cadelinha tarada!

O pauzão do meu padrasto continuava fodendo minha boca como se fosse uma buceta arrombada e logo senti um estalo forte que ardeu pra cacete e até dei um grito e logo percebi que mamãe estava com uma cinta nas mãos e me deu uma meia dúzia de cintadas bem fortes que com certeza criaram vergões na hora... apesar da dor o prazer continuava cada vez mais forte e então escutei mamãe dizendo:

-vem meu macho... a cadelinha virgem já ta pronta pro meu cachorrão tarado engatar nela... vem arrombar a vadiazinha safada... quero ver esse pauzão arrombando essa buceta... estoura o cabaço da minha filhinha puta!

Meu padrasto não era de ficar alisando a coisa... o taradão fez como tinha feito no meu cuzinho... fincou seu pauzão grosso com firmeza... meu cabaço foi pro espaço... entrou rasgando até o talo... gritei de dor... mas isso não fez a menor diferença... logo eu senti aquela rola enorme entrando e saindo com força de dentro de minha buceta arrombada... o prazer fez meu corpo incendiar e gozei como uma cadela no cio... meu padrasto puxava a coleira do meu pescoço dizendo:

-rebola sua putinha safada... cadela de rua... vadia... rebola na rola do teu macho sua vagabunda safada... vai viciar na minha pica grossa igual à mãe!

Meus gozos chegaram com uma intensidade louca e tive vários orgasmos seguidos sendo penetrada na buceta por aquele macho pauzudo tarado.

Meu padrasto tarado colocou mamãe do meu lado e passou a foder nos duas alternadamente... e levamos cintadas até nossas bundas ficarem completamente marcadas... nossos gritos de dor e prazer ecoavam pela sala.

Depois de um belo banho a putaria continuou quente na cama da mamãe e a safada me pegando pelos cabelos enfiou meu rosto entre suas coxas e me fez chupá-la inteirinha enquanto meu padrasto fodia meu cuzinho... o safado adorava enrabar as putas com seu pauzão enorme!

O prazer a cada dia ficava melhor e com certeza iria aumentar ainda mais.

para acessar todos meus relatos cliquem nesse link:

https://www.casadoscontos.com.br/perfil/182301

e-mail: gisellets@outlook.com

relatos recomendados pela autora:

MEU SOGRO TARADÃO E PAUZUDO ME TRANSOFRMOU EM PUTA

UM NEGRO TARADO COMEU EU E MINHA ESPOSA

GOZEI COMO LOUCA NA PICA GROSSA DO MEU FILHO

REV: CP1

%%%%%%%%%%%%%%NJ

Comentários

12/10/2017 17:28:15
Olá! gostaraia de encontrar mulheres praticantes, curiosas e tenha desejo em incesto quero conversa sobre o assunto sem nenhum tipo de preconceito, email e skype leo.gui@outlook.com WhatsApp Rio de Janeiro
09/10/2017 10:12:44
Que conto pica
06/10/2017 01:06:55
Caralho q tesão da porra, me masturbei com o dedinho no meu cusinho....delicia...
29/09/2017 10:42:19
conto delicioso... perfeito... intenso, quente, depravado... do jeito q eu gosto ... ainda mais com esse tema... Parabéns! bjs.
28/09/2017 14:01:47
Incesto é muito bom! Tenho uma filha muito linda mas tenho medo Lindinhafofa36@gmail.com
13/09/2017 07:44:51
Pqp... Conto excitante demais
12/09/2017 02:10:16
muito bom
08/09/2017 14:34:20
Sempre que leio fico puto de tesão e penso que temos de prestar mais atenção pois a mulher tem desejos e vontades, sim de ser safada mesmo, de sentir prazer como nunca entre 4 paredes, independente se é evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida, seja como for..tem vontade de ser bem fodida, descobrir o que sabe que existe dentro dela.. pena que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,por isso gosto de conversar, ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. Nada com uma conversa pra isso...whats s (quatro, sete) nove, dois, doze, meia, quatro, onze
04/09/2017 17:45:00
alex-alessandro10@hotmai.co.
01/09/2017 13:27:57
muito bom.
01/09/2017 13:15:03
Fodi com meu padrasto tbm, ele estourou meu cabacinho com força e violência. Mas me empresta o seu q o meu eu não uso mais.
01/09/2017 13:14:02
Delicia. Me empresta esse padrasto, já fodi com o meu q tinha uma rola incrível de 24cm. Estourou meu cabaço também.
01/09/2017 00:44:38
q putaria gostosa. vitoriapineda@outlook.com
11/08/2017 02:33:02
Que delicia!!!!
10/08/2017 14:25:17
Nossa que tesão
10/08/2017 13:19:15
deliciaaaaaaa de conto/// que putaria gostosa
g7p
10/08/2017 08:22:56
tesãooooo! adoro incestos bem safados=
10/08/2017 08:19:50
caralhoooooo... bom demais!!!!!!!!
10/08/2017 06:51:51
Muito bom, adorei o conto. Adoro filmar e fotografar esses melhores momentos. Caso interessar é só retornar: fotografoliberal@yahoo.com.br

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.