Casa dos Contos Eróticos

MINHA ESPOSA VIROU MODELO DE SEXY SHOP

Autor: Roberto 1977
Categoria: Heterossexual
Data: 08/08/2017 16:15:02
Nota 8.89
Assuntos: Corno, Heterossexual
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

MINHA ESPOSA MODELO DE SEXY SHOP

Essa historia é real , trocamos os nome e aconteceu em 2016. Me chamo roberto e minha esposa Camilla, eu tenho 34 e ela tem 26 anos ela é branca, loira, 1,58, 55 kg, bunda normal, peitos médios ( aplique de silicone), corpo bem distribuído por causa da malhação e vida saudável porque não bebe e não fuma, não é uma deusa capa de revista mas é muito bonita. Moramos no RJ, sou carioca e ela do interior de SP . Sou funcionário publico e minha esposa dona de casa apesar de ter nível superior. Minha esposa de um tempo pra cá me pediu pra pagar umas cirurgias plasticas que consistia em lipo, implante de silicone nos seis e Botox. Tudo ficou em 30 mil reais . Fez a cirurgia em SP e ficou muito bom. Sempre a incentivei usar roupas mais provocantes mas como é do interior sua personalidade ainda era de uma menina ingênua. Nossas transas sempre imaginávamos uma terceira pessoa em nossa cama, geralmente meus amigos mas eu que sempre tomava a iniciativa ela só ouvia mas ficava com muito tesão. Me endividei um pouco por causa das dividas das plasticas e um dia desses tava comentando com um amigo de infância, o Renato . Renato tem uma situação estável, é dono de academia e tem uma confecção de roupas intimas, roupas de academias e possui um sexy shop virtual. Ele me propôs o seguinte, ele precisava de uma modelo do perfil da minha mulher, branca, silicone, loira ele falou que pagava um bom dinheiro. O fotografo seria ele mesmo, não vai ter mais ninguém e a fotos seriam em seu apartamento. Disse que ela poderia ficar com as roupas que experimentasse e 700 reais por dia de fotos. 4 horas no máximo e não apareceria o rosto.

Achei a proposta tentadora afinal eu tava precisando e não seria nada de mais. Fiquei todo bobo também afinal minha mulher realmente tava gostosa porque sei que suas modelos eram espetaculares. Só faltava convencer a minha mulher por causa de sua timidez .

Cheguei em casa, camila tava na cozinha e comentei pra ela da proposta do Renato. Ela riu achando ser brincadeira e que não teria coragem de ficar de calcinha e sutiã na frente do Renato, mas eu disse que era sério e seria para amanha domingo e que talvez ela poderia só tirar as fotos com roupas de academia, e comentei que o renato daria a ela todas as roupas que experimentasse como brinde. Ai sim, ela se empolgou afinal ela adorava roupas de academia, nunca repetia as roupas, já tinha varias mas mulher sempre quer mais. Ela foi tomar banho e na volta me falou que toparia mas só de roupas de academia. Liguei pro Renato e marcamos em sua cobertura que ele alugava na Barra , chegamos as 9. Minha mulher meio tímida, so olhando pra baixo. Renato a cumprimentou e disse que era a coisa mais normal do mundo, que as modelos sempre começam assim. Ela riu e ele nos ofereceu um Whisky pra deixar a gente mais relaxado. Eu aceitei e minha esposa apesar de não beber também topou, acho que pelo nervosismo. Fomos para a área aberta onde ficava uma piscina pequena, churrasqueira e uma mini academia. Vi que ele estava preparando um churrasco que por mim tava ótimo afinal eu e camila adoramos carne.Tava uns 30 graus , era verão, renato perguntou se eu não queria tirar a camisa e tomar um banho de piscina, - claro que sim. Nessa hora comentei com renato que a Camila só iria fazer fotos de roupas de academia , ele disse sem problema mas que tentaria persuadi-la a mudar de ideia, mas minha mulher disse que talvez em outra oportunidade. Ele deu pra ela uma calca de lycra preta com uns rasgos do lado e um top azul pra usar. Ela foi no banheiro e na volta realmente ela estava muito gostosa com aquela calça apertada e aquele top que deixava meio seio de fora. Ele mandou ela tirar o tênis e por um salto alto , que ele já disse que seria dela de presente. Ela riu e pôs. Achei estranho afinal na academia se usa tênis. Renato pegou sua Câmera e começou as fotos. Ele disse que as fotos seriam normais, essas de catálogos de revistas porem os videos teriam que ser mais sensual. Ele mandou a Camilla ir pro canto da sala e começou as fotos.

- isso camila, muito bom, estufa os peitos, isso, agora vira de costas e empina um pouco o bumbum .

Ele se abaixou pra pegar um angulo melhor.

- ótimo , camila, sua calcinha está muito grande e marcando a calça. Troca a calcinha , tem uma caixa no quarto com varias. Escolhe uma. ( disse renato)

Camilla pediu mais uma dose de Whisky o que estranhei , disse que estava um pouco nervosa. Também tomei. Ela foi pro quarto e voltou, Renato pedi pra ela se virar.

- Ahh, agora ta excelente, calcinha pequeninha , sem marcar. Veja roberto como ficou melhor essa calcinha pequena. Calcinha grande quem usa é vovó.

- Para de ser bobo, nem é tão pequena assim. ( camila disse sorrindo).

E as fotos foram rolando, experimentou uma 4 calças, depois Renato disse que agora iria fazer um vídeo dela na esteira elétrica e perguntou se ela poderia andar de salto alto. Deu pra ela uma calça branca tipo de algodão e uma micro calcinha pra usar. Na volta estava muito transparente e não acredito como alguma mulher usaria isso na academia.

Camila subiu e começou a andar devagar na esteira.

- Camilla, anda rebolando um pouquinho, mostra seus atributos. Assim. Muito bom , precisamos vender esse produto, desfila, finge que ta andando no meio de um torcida organizada (Renato).

- ah ta, isso nem pensar ainda mais com essa roupa ( eu comentei).

Ela disse que nunca andaria mesmo e que era só um trabalho profissional

- Isso camila, empina agora pros nossos fornecedores , isso delicia

- Renato, delicia é foda, menos um pouco, é minha mulher. ( eu fale num tom áspero querendo mostrar que a mulher era minha)

- Roberto, sua mulher ta muito tensa, isso é um modo de quebrar o gelo. Todas as modelos precisam se sentir seguras e até desejadas pra ma boa sessão de fotos. Ma se quiser podemos parar.

- Não , amor, ta bom, sem problemas, é um trabalho e tudo bem.

Vi que não tinha nada demais.

Eles continuaram a sessão, roberto se aproximou e colocou a câmera no bem perto da bunda dela, ficava a apenas 1 palmo de distancia, dava pra ver até o útero.. Roberto desligou a esteira e falou :

- Camilla, agora desce e para com a bunda na câmera fica uns 3 segundos e sobe. Isso, delicia.

Ele disse que não estava bom as imagens e deitou no chão com a câmera e pediu pra ela descer .

Ficou meio estranho, minha mulher descendo a buceta e a bunda quase na cara do Renato.

- isso Camilla, .faz o seguinte sobe e da um rebolada, isso , desce rebolando, da uma sambada na lente da câmera , vamos fingir que você está num baile de carnaval, vou por um pagode..

Minha mulher sambava muito bem. Ela ja estava bem soltinha. Subia e descia rebolando na lenta da câmera e do renato ao som do samba. Parecia num camarote de baile de carnaval

- Isso, rebola, vai mais, desce, da uma olhadinha pra câmera bem com cara de sapeca. Isso

Nessa hora comentei com o Roberto que não poderia mostrar o rosto, ele disse que faria a edição e retiraria ou desfocaria.

Ja tinha passado umas duas horas de fotos e videos e Roberto nos convidou a churrasqueira. Comemos carne e começamos a beber cerveja e até minha mulher tava bebendo. Começou a falar uma coisas que nunca falaria sóbria, disse que nunca pensaria que sua bunda estaria estampada numa revista pra qualquer homem ver. Roberto riu e disse que no momento só ele e e eu estávamos vendo e que se sentir desejada fazia bem ao sexo feminino. Roberto sabia falar com as mulheres , na escola fazia sucesso com elas, por ser alto e moreno, ainda mais por ser meio playboy. Hoje estava com uns 35 anos mas parecia bem menos.

Minha mulher comentou que queria tomar banho de piscina mas não tinha trazido biquine. Roberto disse que tinha uma caixa de roupas de banho no quarto e que ela poderia escolher, mas que não tinha biquine, somente maios e shorts. E disse pra escolher bem que o modelito seria dela. Ela sorriu e agradeceu.

Ela foi trocar-se e eu e renato ficamos na churrasqueira bebendo e preparando mais carnes.

Quando Camilla voltou, ele realmente estava maravilhosa com um maio preto que realçava bem as curvas de seus seios e um short vermelho muito curto, porem não gostei pois sua popinha estava toda de fora. Porém é mais comportando que um biquine, e melhor assim. Mas quando ela tirou o short, a parte de trás era muito pequeno, quase não tinha, deixando todas sua bunda de fora e mostrando sua maquinha de biquine que era de tamanho médio. ela entrou na piscina e disse que a água estava uma delicia.

Nisso Roberto comentou :

-Nossa Camilla, seu biquine é grande mesmo, vejo pela marquinha ...seu marido não deixa vc usar biquines pequenos ?

- Não é isso , é que tenho vergonha e sei que ela fica com ciumes. ( disse camila)

- Não é ciumes é que você é uma mulher casada. ( eu disse)

Mas Roberto disse que ali não tinha ninguém e pra ela ficar tranquila.

Camilla saiu da piscina e foi tomar sol de bruços com a bunda virada pra gente. A imagem era demais e vi que Roberto não tirava os olhos da bunda da minha mulher. Pra disfarçar ele colocou um óculos escuro. Ele disse que iri tomar um banho. Ele tirou o short e vi um grande volume em sua sunga, não sei se estava duro ou se era assim mesmo. Na escola todos falavam que ele era um jumento...Vi que Camila deu uma olhada também mas muito disfarçadamente.

Ele pulou na piscina e jogou um pouco de água em Camilla, ela disse que tava geladinha. Depois ela jogou água nele e ficaram jogando um água no outro como se fosse crianças, em determinadas vezes até se encostavam e vi que renato deu uma sarrada nela meio sem querer. Não tava gostando daquela intimidade , afinal era só um trabalho e não diversão. Minha mulher pediu uma cerveja pra mim e roberto aproveitou e pediu outra. Roberto mandou sevir na bandeja que camila merecia. Fui servir os dois, de bandeja parecendo um garçom.

Renato comentou que precisaria de fotos desse maio que camilla estava usando e perguntou se poderia tirar fotos. Eu disse que não que o combinado era somente roupas de academia. Minha mulher não esbouçou reação , apenas aproveitava o sol e sua cerveja.

- Roberto, dou mas 300 reais por algumas fotos de maio, num total de 1000 reais. ( disse renato)

Foi pegando a carteira e tirou 10 notas de 100. Aquilo me deixou tentado afinal era somente fotos e se sem rosto.

Perguntei a Camilla se ela toparia e ela disse sem problemas, então aceitei a oferta. Roberto pegou um óleo e mandou eu esfregar em Camilla,esfreguei por todo seu corpo , fiquei até meio de pau duro, deixava a pele dela muito brilhosa.

Roberto começou a sessão de fotos. Primeiro de frente, ele mandou ela ficar de pé e por um salto alto. Fazia poses de modelo . Mandou era virar de costas e começou das costas descendo pelo bumbum. Renato disse que iria por um funk pra ela dançar.

Camilla começou a dançar deliciosamente e Renato tirando fotos , ela pediu mais cerveja, quando eu fui levar ela me abraçou e me tascou um beijo bem molhado, disse no meu ouvido que estava tontinha e com tesão. Nunca ouvi isso dela. Na hora meu pau ficou duro e deu pra perceber, me afastei e todos riram. Renato disse que isso é normal que com ele acontecia direto em sessão de fotos mas que sempre mostrava respeito. Nessa hora eu e camilla acho que instantaneamente reparamos o volume que se formou na sunga do Renato, ela algo grande mesmo, devia ser o dobro do meu. Eu fiquei serio, mas camilla começou a rir. Renato percebeu , pediu desculpas e disse que colocaria um short. Camilla disse que não, que a casa era dele. A situação ficou meia estranho mas um tesão rolava no ar.

Nisso Renato falou que ia fazer um vídeo e mandou a Camilla descer de costas até o chão no ritmo funk. Ela descia e ele enfiava a câmera na bunda dela, filmava muito de baixo pra cima, o maio era tão pequena que dava pra ver os pelinhos do cu e da buceta. Ele se deitou no chão e mandou ela descer até a lente da câmera. Nessa hora ela desceu tanto que encostou a bunda na lente da câmera. Ficou roçando a xoxota na lente. não entendo muito de fotos ma acho que a imagem próximo fica ruim.. . Ela me pediu pra eu a segurar enquanto descia. Era estranho ver sua mulher descer até a cara de um homem, apenas de maio enquanto eu segurava. Renato disse que Camilla estava num angulo errado e colocou uma das mãos em sua bunda pra acertar a posição, e com a outra ele filmava. Aquilo me deu um misto de raiva e tesão, vendo seu amigo com a mão na bunda da minha esposa. Renato mandou ela vira-se e ficou filmando sua buceta. Rentado disse que o maio tava um pouco fora na parte da virilha e mandou ela ajeitar, e na hora de ajeitar ela deu uma tocada na buceta tipo como quisesse se masturbar, ficou assim uns 3 segundos e parou. continua .....

Pra história não ficar muito grande, contarei a segunda parte em outra oportunidade......

Comentários

13/08/2017 13:29:19
Muito gostosa
09/08/2017 15:40:58
Maravilhoso
09/08/2017 11:17:31
.
09/08/2017 10:29:49
Muito bom
09/08/2017 09:19:25
Muito bom a maneira como o conto se desenrola. A expectativa para o que acontece no parágrafo seguinte é crescente. Quanto mais o marido sente que a coisa vai saindo do controle, melhor o relato vai ficando. Dez!
09/08/2017 08:26:31
muito bom, boa escrita, abraço!
09/08/2017 08:25:05
boa história, boa descrição, abraço!
09/08/2017 06:27:26
Adorei, sou fotógrafo e gostaria de ler o resto: fotografoliberal@ahoo.com.br
08/08/2017 21:29:55
Loiro, 47 anos, solteiro, cabelos grisalhos,olhos verdes, 1,79m, 75kg, sem barba ou bigode, quase sem pêlos, bem-dotado (20x7cm,depilado). Saio com casais há uns 15 anos e adoro ser um amigo especial de um casal. Neste tempo, já iniciei muitos casais assim como também já fui fixo de casais e adoro estar com um casal nos finais de semana. Meu skype marcorealcrs@uol.com.br. Vamos conversar?
08/08/2017 17:13:03
Delícia,fiquei de pau duro... aguardo continuação..nota 10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.