Casa dos Contos Eróticos

desabrochar tempo novo 2

Um conto erótico de coqueiro
Categoria: Homossexual
Data: 19/07/2017 00:13:52
Nota 9.00

No outro dia minha mãe me mandou de novo buscar mantimentos e o negão todo sorridente me chamou para dentro e me vi sendo encochado e ele dizendo o portuga gostou de comer seu cu e quer saber aonde encontrar,como poder saciar seu libido reprimido.O negão me disse que ele morava sozinho e me deu o endereço e ficamos de combinar o dia e a hora.

Se passou alguns dias e o negão me disse dia e horario e fui na cara dura pois sentia desejo de ter uma juba a me saciar e ao tocar a campainha ele se apresentou de roupão e totalmente nu e sua juba em riste e me ajoelhei e fui mamar,e ia e vinha com minha lingua e o levei a deitar na cama com as pernas abertas e com a boca mamava e de ousado fui com meu dedo acariciar seu anus e ele se contorceu e fui em frente e meu dedo foi entrando e dois dedos e acariciando e sentia ele curtindo e o coloquei de 4 e fui com meus dedos metendo e ele curtindo.

O coloquei deitado,lambuzei meu cu e sua juba e fui descendo e olhando seu semblante e aos poucos entrou tudo e ele me colocou de 4 e veio meter gostoso e foi acelerando e curtia o momento de enrabar e comer sem reservas um cu e me encheu de porra.

Fui limpar sua juba com minha boca e de pronto ele se colocou e foi de frango assado me comendo gostoso,como é bom esta posição pois vai fundo e nos enche e o macho se realiza.

Me colocou de 4 e ficou sobre mim e me disse iras sentir o famoso bate estaca e de pronto foi com tudo invadindo meu cu fundo e tirava e batia de novo,que sensação e senti minhas pernas bambearem e que gozo me invadiu...bom demais

Tomamos um banho e deitamos na cama e notei um vibrador na beirada da cama e o coloquei de 4 e fui com meu dedo invadindo seu cu e ele curtindo e de pronto lambuzei o vibrador e fui enfiando fundo e ele rebolava e pedia mete neste cu ,me faz feliz e não me fiz de rogado soquei pra valer e fiz ele sentir como é bom dar o cu

Depois deste dia ia toda semana a sua casa e certa vez deparei com um rapaz lindo,mãos grossas,olhar penetrante e sorriu para mim e me levou a um quarto reservado e me abraçou gostoso e me disse meu padrinho me pediu para saciar seu desejo e fomos ficando nus e que linda juba ele tinha e fui de pronto mamar,e ele curtia e gemia,e me pos de 4 e foi com sua boca tocar meu cuzinho,fui as nuvens e de pronto ele me colocou arqueado nos braços de uma poltrona e veio com tudo de uma só vez e foi fundo no meu cu e socava e fui ficando sem ar,mas aguentava e ele me enchia e esporrou dentro do meu cu.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
19/07/2017 08:49:37
Legal, mas ficou muito curtinho!!!