Casa dos Contos Eróticos

Uma vida Incestuosa - Como tudo começou PT1

Autor: JOHN
Categoria: Heterossexual
Data: 14/07/2017 13:20:22
Nota 9.95
Ler comentários (16) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá,vou relatar a vocês,como aconteceu e ainda acontece,a maior experiência da minha vida,uma história que apenas nos mais pervertidos e maldosos ( ou talvez não,rs ) sonhos, alguém poderia fantasiar ter. Vou relatar como eu, minha mãe,irmãs,tias e primas começamos nossa relação incestuosa, e ressaltando apenas que usarei nomes verdadeiros nessa história, e tentarei ser o mais rico nos detalhes possível, por isso será um conto longo com vários capítulos.

Bom,espero que gostem, e boa gozada a todos...

Me chamo John, tenho 21 anos, mas o início dessa aventura foi quando eu tinha 17 anos.Sempre fui um rapaz um tanto tímido, em relação a falar com desconhecidos, e chegar nas garotas, seja em baladas ou em algum encontro casual com amigos, e isso me frusta ainda hoje, porém sempre fui alegre,descontraído,brincalhão e com uma incrível facilidade de fazer amizades, e bem safado rs, minhas amigas sempre falaram que eu tenho uma cara de safado ( e uma mente também haha ). Bom, nessa época já estava no último ano da escola perto de completar meus 18 anos,e sim, ainda era virgem,e estava louco pra mudar essa situação o quanto antes, as namoradinhas que tive na época da escola eram bem safadas, mas na hora H elas arregavam, o máximo que consegui foi um boquete, e mesmo assim bem sem vergonha,de uma namoradinha que tinha , mas não durou muito tempo esse relacionamento. Sempre fui de uma família humilde e simples, sem muitos luxos, tínhamos nossa casa e o que precisávamos pra sobreviver sem passar necessidades, e minha família se resume a minha mãe Rose, minhas irmãs Mariana ( 2 anos mais velha que eu, 19 na época) e Fabiana ( 1 ano mais nova que eu, 16 na época) e minhas tias, irmãs de minha mãe, Marcela ( a do meio ) e Suelen a mais nova, minha mãe era a mais velha das 3, Marcela tinha duas filhas gêmeas , Maria e Paula, mas nessa época elas tinham apenas 14 anos...

Pois bem, minha mãe sempre foi uma mulher muito solta,e descontraída, ela é separada do meu pai com o qual até hoje tenho uma amizade, porém ele segue a vida dele com a mulher que arranjou, ambos meu pai e mãe não tem raiva um do outro,apenas não se vêem ou falam mais, voltando, minha mãe sempre foi uma pessoa divertida, falava muita besteira,tinha um tom de maliciosa,sempre falou palavrão, e sempre foi bem liberal com minhas irmãs e principalmente comigo, não ficava de graça quando precisava falar sobre algo sério com a gente, e também nunca foi alguém chata de se conversar, falava de tudo ( principalmente sobre sexo, ainda mais com as irmãs dela ) em contra partida, ela era uma mulher bem, “brava” se posso assim dizer, e essa era a característica dela que mais me deixava excitado nela, sempre gostei de mulheres bravas, tenho fetiche em mandar nelas rs...

Minha mãe é uma mulher até que “alta” 1,70 de altura, cabelos pretos meio encaracolados que iam até o meio das costas,era morena,mas seu corpo apesar de não freqüentar academia ( ainda) era de invejar, e era herança de família haha, ela tinha um par de seios lindos ,grandes,firmes,redondinhos, uma cintura na medida certa, um quadril largo, e uma bunda grande, empinada,isso sempre chamou a atenção de todos, e era motivo de piada e brincadeiras um tanto ousadas dentro da família, ela tinha uma raba linda, firme, com algumas celulites sim devido a idade ( na época ela tinha 33 anos, teve minha irmã com 17 e eu com 18 ) mas era uma bunda linda, coxas grossas, e uma cara de safada, ela e as minhas tias eram bem parecidas, e as 3 tinham uma cara de safada que me deixavam instigado, principalmente minha mãe rs...

Certo dia, voltando da escola, era por volta de meio dia, ao chegar em casa, fui cumprimentar minha mãe( ela estava sozinha pois Fabiana estudava a tarde, e Mariana trabalhava ), que estava na cozinha, vestia uma calça leg, preta,e um top branco, que deixava aquela barriguinha dela de fora, e apertava aqueles peitões que ela tinha , deixando bem visível seus mamilos, a calça ressaltava suas curvas e parece que aumentava ainda mais sua bunda, ao me deparar com aquela cavala lavando a louça na cozinha pensei: “que gostosa!”, mas logo voltei a mim e fui falar com ela, dei-lhe um beijo no rosto dizendo:

EU: - Oi mãe, tudo bem?

MÃE: - Oi meu anjo, chegou cedo, nem vi você entrar...

EU: - Vim de pressa rs, ta muito calor hoje, to louco pra tomar um banho e relaxar...

MÃE: - Ai, está memso, ta foda hoje, to com tanto calor que tive até que tirar o sutiã , mas não ajudou muito não rs...

Eu sem demorar disse:

- Só ajudou pra deixar a marca no top NE!? Kkkk

Minha mãe, meio que assustada por não ter percebido disse:

MÃE: - O quê ?? Nossa !! Eu nem tinha visto hahaha ! Ah mas to em casa mesmo, que se foda, e ta calor pra caralho !

EU: - Sim, só não va se esquecer e sair assim na rua, vão ficar olhando pra você! – Falei em um tom enciumado...

MÃE: - Claro que não né, ainda mais com esse calor de hoje...

E sem me dar tempo já emendou :

MÃE:- Vai dizer que tem ciúmes de mim? Não quer que ninguém olhe pra sua mãe é ?

EU: - Isso mesmo dona Rose – disse chegando perto dela – Só eu posso te olhar !

MÃE: - Olha só ! Essa é nova pra mim kkkk – disse ela rindo como se estivesse debochando de mim.

EU:- Pois pode se acostumar então, já que eu sou o homem dessa casa, só eu tenho esses direitos hahaha ! – falei brincando

MÃE:- Ui ui !! Ta se achando,nem fez 18 ainda e já acha que pode dar ordens aqui...

EU:- Só quero dizer que sou o único homem dessa família, e não gostaria de nenhum tarado olhando pra você né mãe...

Então ela, com uma cara de encantada me abraçando disse:

MÃE:- Aaah !! Que meigo!! Meu filhão com ciúmes da mamãe !!

E me abraçou, apertando aqueles peitos enormes contra o meu peitoral, e eu sem perder tempo, coloquei as mão em sua cintura, aceitando aquele abraço...

EU:- Eu te amo mãe, por isso digo essas coisas...

MÃE:- Eu sei meu amor, eu também te amo ! E não vou deixar e nem quero que ninguém olhe pra mim, além de você haha !

Eu não sei o real motivo dela ter dito aquilo, mas algo em mim se acendeu , e meu pau começou a dar sinal de vida, ainda mais por estar colado no corpo da minha mãe, então eu disse:

EU:- Huuum, assim que eu gosto hahaha ! Já que é assim, da uma voltinha então ! – falei isso pegando em sua mão e levantando, fazendo-a dar um giro.

Ela aceitou minha condução e deu uma voltinha rápida, empinando um pouco aquela raba linda dela, me permitindo dar uma breve olhada, mas o que me chamou a atenção foi o pacotão dela, que puta que pariu, estava muito marcado naquela calça, dava pra ver o formato, apesar dela estar de calcinha, dava pra ver bem o volume e o formato daquela racha...

EU:- Fiu fiu ! – assobiei alto e disse: - Que mãe gatona que eu tenho hein haha !

MÃE:- Ah para com isso, estou ficando velha já, nem sou tudo isso não . – disse ela como que fazendo um charme.

EU:- Que velha o que ! 33 anos de pura saúde,e beleza isso sim !-falei apontando pro corpo dela.

MÃE: - Você acha mesmo filho?? – ela perguntou me olhando de baixo pra cima, com uma carinha que não sei nem descrever rs, mas que me deixou com uma vontade de agarrar ela ali kkk

EU:- SIM ! E aí de tu se discordar comigo hein !! – falei como se desse uma bronca.

MÃE:- Hahaha, aé? Vai fazer o que comigo o “ homem da casa” ?? – falou com a maior cara de deboche !

Eu, com uma certa raiva de ver ela debochando dos meus elogios,disse:

EU: - Eu vou te molhar ! Olha só ! – e fui abrindo a torneira da pia pra jogar água nela

Minha mãe começou a rir e rapidamente virou de costas pra mim, instintivamente pra se defender e me impedir de abrir a torneira, e eu tentando abrir, ela falou:

MÃE:- Hahahaha ! você não vai conseguir !!

Então eu comecei a me aproximar e acabei colando meu corpo no dela, dando uma encoxada “involuntária”, o que fez meu pau endurecer de vez, de tanto esfrega esfrega que a gente estava,eu gelei na hora, pois ela poderia perceber, mas acho que se percebeu não falou nada( apesar do tamanho do meu pau rs ), pois estávamos entretidos com a torneira, até que consegui abrir, e quando juntei um pouco de água na mão para jogar nela, ela empina aquele traseiro redondo,firme,durinho e maravilhoso contra mim,o que fez uma pressão no meu pau pois estava na altura certa dele, e deu uma esfregada na hora, fez isso como que pra me empurrar para trás, olhou por cima dos ombros com aquela carinha de safada, dando um sorriso sacana e me disse:

MÃE:- Haha, me molha agora seu puto, quero ver !

Então eu me estiquei, e como sou maior que ela, consegui relar na água mas ainda não era o suficiente, então pensei: “ que se foda, eu vou molhar ela!” e fiz uma pressão pra frente,o que fez com que eu encoxasse ela com mais força e deixou meu pau, ainda mais duro apertado naquele rabão enorme dela. Ela me olhou com uma cara de espanto com a boca semi-aberta, mas nem dei tempo para que falasse algo, enchi a mão de água e joguei ! E onde a água bateu? Sim! No top que ela usava, que era branco, e por ela estar sem sutiã, ficou marcado e dava pra ver de relance aqueles seios firmes e grandes que ela tinha.

Eu fiquei sem reação por uns instantes, e me afastei dela, mas logo comecei a rir da situação.

EU:- Não ia conseguir o que mesmo? Hahaha, te molhei hahaha !

Ela num tom de brava, deu um grito comigo, mas começou a rir em seguida:

MÃE:- AAAH ! OLHA SÓ O QUE VOCÊ FEZ SEU PUTO !! ME DEIXOU TODA MOLHADA KKKK.

EU:- Hummm, deixei você molhada é!? – falei em um tom malicioso, recebendo um olhar sacana e malicioso dela como resposta.

MÃE:- Seu safado ! você me paga !

Falou isso e passou a mão na água rapidamente,e jogou em mim, na altura de minha cintura, deixando um pouco da minha camisa, e a parte da frente da bermuda que usava toda molhada.

MÃE:- HAHAHA !! TOMA, ISSO É PRA VOCÊ APRENDER HAHAHA!!

Falou isso, olhando em direção a onde molhara, porém como eu estava de pau duro, ficou visível o volume na minha bermuda, e percebi que ela deu uma leve olhada, e confesso que também não perdi tempo em olhar praqueles peitos grandes, agora molhados, dentro daquele top apertado. Foi então que quando voltamos nossos olhares um para o outro e meio sem graça, pra escapar da situação constrangedora, falei:

EU:- Aff, kkk vou tomar meu banho, mas isso não fica assim não viu !? Vai ter volta! Haha

MÃE:- Hahaha, coitado, pode vir, que eu não tenho medo de você !

Começamos a rir, dei mais um beijo em seu rosto e fui em direção ao meu quarto, joguei as coisas da escola na cama, apanhei as coisas do banho e corri pro banheiro, onde ao entrar no Box pra tomar banho, vi meu pau ali ainda duro,apesar da água gelada, ele não baixava, eu estava com os peitos de minha mãe, e aquele rabão dela, ainda na mente, tentava pensar em outra coisa,me arrependia por estar pensando naquilo, e comecei a alisar o pau ,sem perceber, ao que vi, já estava ensaiando uma punheta,lembrando daquela encoxada que dera na bunda maravilhosa de minha mãe ... Não me contive, comecei a bater uma com força,( não me descrevi ainda rs, sou alto, 1,81 de altura, 80kg, não sou nenhum Deus grego, mas tenho um físico, bom, devido a pratica de musculação e artes marciais,sou moreno assim como todas as gatas da minha família, e meu pau mede 18cm,um tamanho que considero bom rs,porém ele é grosso,cheio de veias, com uma cabeça grande) comecei a acelerar a punheta, pensando no rabo e nos peitos de minha mãe. Gozei, gozei com força, gostoso,saiu muita porra do meu pau naquela punheta, eu gemia, mas ao voltar a mim, comecei a me arrepender pelo que tinha feito, arrependimento esse que passou em minutos rs. Sai do banho relaxado, após aquela gozada, e fui para meu quarto resolver alguns trabalhos da escola,e descansar um pouco.

Por volta das 16hs, acordo,meio tonto ainda, dou uma apertada no pau como de costume, estava meia bomba,estava sem camisa,devido ao calor,e apenas com um short que uso em casa, bem folgado mesmo,sem cueca, fui até o banheiro lavar o rosto, e me dirigi até a cozinha, tomei uma água e fui até a sala, lá estava minha mãe, sentada no sofá ,assistindo um filme na TV, reparei que ela estava com a mesma roupa de antes,sentada com as pernas pra cima do sofá, com aquele monumento de bunda virada pro lado,com o braço encostado no braço do sofá, apoiando sua cabeça, os cabelos enrolados, bem avontade, típica dona de casa...

Ao vê-la daquele jeito,meu pau deu um sinal de querer endurecer, então sentei ao seu lado, e e pra disfarçar coloquei as pernas no sofá tbm, ficando de cócoras...

MÃE:- Oi dorminhoco !

EU:- Oi mãe...

MÃE:- Dormiu bastante hein !? Com esse calor ainda, milagre...

EU:- Né, mas tive ajuda, aquela nossa brincadeira, ajudou a refrescar haha ! – falei para provoca-la

MÃE:- Ah safado! Refrescar né, sei... – disse me olhando com uma cara de cínica

EU:- É sério haha, vai dizer que você não se refrescou ?

MÃE:- Com o calor que to sentindo,não deu nem pra refrescar, ainda mais aquela molhada meia boca que vc deu em mim hahaha

EU:- Ta querendo levar outra é ? – falei olhando pra ela

MÃE:- Tenta a sorte !, já estou até seca, olha só – falou isso, saindo da posição que estava, virando pra mim e me mostrando aqueles peitões por dentro daquele top branco, ao olhar praquelas maravilhas meu pau endureceu de vez, me deixando meio nervoso e sem resposta, e minha mãe já completou:

MÃE:- E você, já esta seco ?

EU:- Claro é, já até tomei banho e troquei de roupa né!

MÃE:- QUE ROUPA !? Está só com esse short velho ai kkk

EU:- mas é roupa ué kk – falei, e acabei tirando as pernas do sofá, mostrando pra ela o short, e acabei deixando a barraca armada aparecer também por dentro do short, minha mãe olhou praquilo e meio que espantada, disse apontando pro meu pau:

MÃE:- Eita porra !! HAHAHA, ta de pau duro de novo é??

Eu constrangido e sem entender disse sem graça:

EU:- Aaahrrg... é que.. sabe acordei agor... peraê ! Como assim de novo ??

Minha mãe me olhou com uma cara séria mas com uma expressão maliciosa que só ela sabia fazer, e que me deixava até perdido, e disse:

MÃE:- Você acha que aquela hora na cozinha, eu não percebi que você ficou com essa coisa dura, atrás de mim ?

Eu fiquei vermelho na hora e coloquei as mãos por cima,pra tentar esconder a minha ereção, o que foi sem sucesso, mas ok, e disse sem graça:

EU:- Pô mãe, desculpa, não foi por querer ...

Falei com cara de arrependido ,foi quando ela tentando me acalmar, se aproximou de mim e disse:

MÃE:- Relaxa meu filho, foi coisa do momento, e nessa idade que você está, é normal acontecer isso ! Eu só não entendo como você foi ficar assim comigo, não fiz nada de mais !

Eu na hora retruquei:

EU:- Bom, até que fez sim viu kkk...

MÃE:- Fiz? O quê? – falou assustada.

EU:- AH, mãe, deixa isso pra lá, deixa quieto vai... – e fiz como se fosse levantar do sofá, mas ela me segurou pelo braço e me disse pra ficar:

MÃE:- John, que isso filho, você pode me contar tudo, somos mãe e filho, uma família,não precisa ter vergonha de mim...

EU:- Mas você vai ficar brava...

MÃE:- Não vou não, pode falar. Vai, conta pra mamãe...

Então,tomei um fôlego, e morrendo de vergonha,olhei pra ela e comecei a falar:

EU:- Ah mãe, você com essa sua “pequena” bunda né, dando uma empinada daquelas, ainda mais bem na altura do meu...- apontei em direção ao meu pau, pois fiquei com vergonha..

Ela começou a rir alto :

MÃE:- HAHAHAHAHAHA AAAIII, ADOREI!! VOÊ É FODA HEIN HAHAHAHA!!

Eu comecei a rir também, mas continuei com vergonha, ela percebendo continuou:

MÃE:- Ah filho, desencana, mas como um rapaz jovem desses consegue ficar de pau duro, com uma bunda de uma velinha igual eu??

EU:- AFFF, La vem com esse papo de velha de novo, já disse que tu não é velha!

MÃE:- Ta kkk, to brincando, mas minha bunda não é isso tudo – falou isso mas estava mentindo, pois todos falam de sua bunda, e de seu corpo, apesar de não fazer academia, ela estava bem enxuta,dava de 10 a 0 em garotinhas de 20 anos.Eu então disse sem pensar me arrependendo logo depois:

EU:-AH TÁ! CAPAZ MESMO! Você tem um rabão !

Ela me olhando com uma cara de surpresa, mas como quem estava gostando da conversa:

MÃE:- Olha o respeito comigo moleque kkkk eu sou sua mãe !

Falou me dando um tapa de leve no ombro e rindo.

EU:- Ué, mas você sabe que é verdade, você tem uma bunda grande,e bem durinha pelo que eu percebi. – falei isso, e meu coração veio na garganta, esperando a bronca, quando pra minha surpresa ela fala:

MÃE:- Aé é? Durinha? Então você gostou né? – nem me deixou responder e já mandou:

MÃE:- Gostou né, se não seu pau não estaria desse jeito ai...

EU:- Ah, já pedi desculpas, foi involuntário poxa... mas já que perguntou, foi bom sim hahaha

Ela me olhou com o canto dos olhos, me dando outro tapa e falou:

MÃE:- Safado! Eu sou sua mãe! Não perdoa nem a mãe, hein garoto kkkk...

EU:- Ué, foi você quem perguntou kkkkk, mas não vou falar mais nada então ! – falei brincando com ela.

MÃE:- É!,ACHO BOM HAHAHA !

Ela disse isso,e ficamos em silencio por alguns minutos,ela deu uma olhada pra meu short, e viu que meu volume não abaixava, pois estava adorando essa conversa com ela,olhou pra ele, e pra mim e falou apontando pro meu pau:

MÃE:- É, você fala da minha bunda ser dura, mas olha só pra essa coisa ai também ! Parece que vai estourar o short hahahaha !!

Eu sem graça, tentando tapar aquele volume resmunguei:

EU:- Ah mãe, não é culpa minha,foi a sua bunda dura que fez isso !

MÃE:- ABUSADO! Eu não, e outra, isso foi aquela hora, já deu tempo de baixar esse negócio ai ! Olha só, o tamanho que está, parece que vai rasgar o seu short – falava isso e não desviava o olhar do meu pau. Percebendo isso, e perdendo um pouco da minha vergonha, comecei a tirar vantagem da situação, aquela conversa tinha me deixado com tesão, e ver minha mãe falando do meu pau comigo, despertou o desejo de ver até onde aquela conversa iria dar:

EU:- É que eu acordei agora né, e você ainda me fez lembrar daquela encoxada... e outra, você esta com a mesma roupa até agora !

MÃE:- Ê CARALHO VIU ! KKKK –disse rindo – Não vai dizer que ficou olhando pra mim agora ?

EU:- Lembra que foi você mesma quem disse que só queria ser olhada por mim? Hahaha

Ela então, parou, e me olhou com uma cara séria, como se pensasse : “ ah seu malandro, usando o que eu disse contra mim”, e falou:

MÃE:- É eu disse, mas não era pra levar ta ao sério e ficar assim né kkk...

EU:- Foi mal mãe, eu vou tentar me controlar, me desculpa...

MÃE:- Huummm, sei... você PRECISA se controlar ! Tem que fazer essa jeba ai abaixar...

Eu como quem não entendeu nada disse:

EU:- Mas como mãe?

Ela me olhou e fez um gesto simulando uma punheta e disse:

MÃE:- Por favor né John... Bate uma que isso passa, você já é grande pra saber dessas coisas..

Eu sem acreditar olhei sem reação pra ela, foi quando ela mandou:

MÃE:- Coloca um pornô ai nesse seu celular, e toca uma lá no banheiro.

Eu sem acreditar que minha própria mãe falava aquilo pra mim, fiquei de boca aberta,e ela percebendo meu espanto perguntou:

MÃE:- O que foi filho?

EU:- É que eu nunca imaginei... nunca imaginei falar sobre essas coisas com você né... você é minha mãe. Kkkk

MÃE:- Filho, vocÊ sabe que eu não tenho frescuras. Nunca tivemos, você pode falar abertamente comigo sobre o que quiser, e eu já sou adulta pra falar sobre certos assuntos né, só estou tentando te ajudar com o seu “meninão” ai kkkk – falou olhando pro meu pau.

EU:- Meninão foi boa KKKKKKKK- achei engraçado a maneira como ela falou.

MÃE:- KKKK ta rindo de que? KKKK, meninão né, porque olha só, pelo que estou vendo daqui, você tem um grandão hein...

Eu fiquei ainda mais excitado, e ao ouvir isso, meu pau deu uma pulsada no short, e minha mãe viu, e assustada, mas dando uma risadinha me disse:

MÃE:- Eita, olha só ! Hahaha, parece até que ta vivo !

EU:- É que ele se animou, com a sua idéia de eu ir la me aliviar hahaha

MÃE:- E você ta esperando o que? – me olhou com uma cara de safada – Vai logo porra! HAHAHA.

Me levantei, de barraca armada, na frente dela, que não tirava os olhos do meu pau, e dando uma ultima e breve olhada em seus peitos, pude perceber que o bico dos mamilos estavam duros, quase furando o top, com certeza ela devia ter ficado excitada com a nossa conversa também. Corri pro banheiro, quando ouvi ela dizendo:

MÃE:- Só não faz muita sujeira hein !! Se é que é possível hahahahaha

Então,num ultimo ato de coragem, antes de chegar ao banheiro, virei de lado, olhando pra ela, deixando volume do meu short bem a mostra pra ela, eu disse:

EU:- Isso eu não prometo mãe, kkk do jeito que eu to, vai sair porra pra caralho hahahaha !

Ela então gritou:

MÃE:- SEU ABUSADO ! HAHAHA OLHA COMO FALA HEIN !!

Então entrei no banheiro, mas nem tranquei a porta, nem sequer a fechei por completo, deixei ela entre-aberta , arranquei o pau do short,todo babado, pulsando com as veias grossas,coloquei um pornô no celular, onde a atriz era uma morena, com uma raba enorme, e o cara fodia ela de quatro,na pia da cozinha, na hora lembrei daquela situação com minha mãe,dei uma cuspida no pau e comecei a punheta, e bastou dar três esfregadas no meu pau, pra ele jorrar porra contra a parede,saiu muito leite, muito mesmo, foram umas5 jorradas de porra,pra todo lado, meu pau nem amoleceu,tamanho o tesão que eu estava,então continuei me tocando e iniciei outra punheta,e fiz questão de deixar o volume do celular bem alto pra que minha mãe ,da sala, ouvisse os gemidos daquela puta do vídeo sendo fodida com força, mas mal sabia ela, que eu pensava era em sua raba gigante que havia tocado meu pau ainda mais cedo, bati uma gostosa, e dei mais uma gozada, farta,não tanto como a primeira, mas o suficiente pra me deixar mais relaxado,e me fazer gemer alto, fazendo minha mãe escutar do local onde estava na sala e pra ter feito a maior sujeira no banheiro. Sai do banheiro com a pica meia bomba ainda, suado,ofegante,e na maior cara de pau, falei pra minha mãe:

EU:- Pronto mãe, fiz o que você disse,esta até mais calmo o meu “ meninão” hahaha olha só – e mostrei o short pra ela, virando em sua direção, estava ainda zonzo daqueles orgasmos, e nem pensava nos meus atos direito rs, ela de canto de olho, com uma cara de quem não acreditava que o próprio filho estava mostrando o volume do pau pra mãe,olhou pro short e disse:

MÃE:- Seu abusado, sem vergonha! Safado rs, isso é coisa que se diga pra sua mãe kkk

EU:- Hahaha, foi só pra você saber kkkk

MÃE:- Aham sei ! Pega um pano e limpa aquela sujeira no banheiro hein ! Pela altura que aquela cadela gemia no seu celular, e do urro que tu deu,aposto que você deve ter feito a maior lambança La dentro haha..

EU:- Hahaha, pode deixar, vou limpar sim! Pode crer,acabou saindo mais leite do que eu esperava mãe – olhei com uma expressão cínica pra ela, e ela sem se fazer de rogada, respondeu a altura, olhando nos meus olhos:

MÃE:- É! Eu imagino mesmo a quantidade de porra que você jorrou ali !- falou em tom cínico também, com a expressão séria, mas com aquela cara de safada que ela tinha.

EU:- HAHAHAHAHA – ri indo até o quintal pra pegar um pano e limpar toda aquela porra que havia gozado no banheiro. Ao voltar me surpreendo com minha mãe, saindo do banheiro, dou de ara com ela na porta, que me olha rindo, eu fiquei até espantado, mas ri também, tínhamos uma certa malicia, uma cumplicidade no olhar, nas expressões, ela olhou pra mim e disse toda agitada com um ar de estar brava:

MÃE:- GAROTO!! OLHA A MELECA QUE VOCÊ FEZ NESSE BANHEIRO !! HAHAHAHAHA!!

EU:- Ah não consegui segurar mãe, foi mal kkkk,mas você viu como eu estava poxa...- falei com um pouco de vergonha, pois minha consciência estava começando a funcionar e refletir sobre tudo aquilo.

MÃE:- É eu vi!, Só não acreditei que iria sair tanto leite assim kkkk

Eu ri, com ela, então ela me mandou terminar de limpar aquilo tudo, e se retirou, disse que iria voltar pra sala, eu aproveitei para tomar outro banho, e me acalmar, e tentar raciocinar sobre tudo o que tinha acontecido, aquela conversa com minha mãe, me deixou instigado, e curioso, o peso de me sentir culpado batia, mas não com tanta força, pois a minha mente pervertida, estava tomando conta de mim rs, querendo saber o que mais poderia acontecer,o que mais eu e minha mãe poderíamos conversar... Naquele dia, pelo menos nas próximas horas, até a hora de dormirmos, não aconteceu nada mais, que seja digno de nota, minha mãe tomou seu banho, trocou de roupa, mas colocou um short de lycra, super apertado, e uma blusinha regata, bem leve no corpo, estava de novo sem sutiã, deixando seus seios ressaltados novamente,minhas irmãs chegaram, do trabalho e da escola, falaram comigo, apenas o básico, estavam lindas, como sempre, as duas são realmente muito bonitas, mas ainda não irei entregar o ouro hahaha, vou apresentá-las mais pra frente, afinal só começamos nosso “caso incestuoso” quando eu tinha 19 anos. Voltando: Jantamos normalmente, conversamos, falamos besteiras demos risadas, e percebia que minha mãe tinha um olhar um pouco diferente pra mim,sorte que minhas irmãs não notaram,depois da janta, deixamos tudo na pia, e fomos pra sala, assistimos um filme, trocamos umas idéias, quando minhas irmãs disseram que iriam dormir, isso já era por volta de meia noite,era sexta-feira, então não teríamos aula no sábado, porém Mariana, teria que trabalhar, falei boa noite para elas e fiquei um pouco mais com minha mãe na sala, conversando, quando ela disse que estava com sono, mas se lembrou que a louça estava toda suja ainda:

MÃE:- Ai, cacete, esqueci de lavar aquela merda kkk, e to com uma preguiça de fazer isso...

EU:- Se quiser eu posso te ajudar...

MÃE:- Mas agora já é tarde, deixa, amanhã a gente lava...

EU:- Tem certeza?Você quer mesmo acordar e se deparar com aquela sujeira lá na pia é?

Ela, bufando, com um jeito de desgostosa com aquilo, riu e concordou comigo dizendo:

MÃE:- Ai caralho viu ! Kkkk ta bom, você ganhou, mas você vai me ajudar a limpar aquilo tudo lá !

EU:- Ajudo sim, com o maior prazer mãe – falei sorrindo.

Fomos em direção a pia,e começamos a lavar, e a conversar sobre qualquer coisa... até que o assunto deu uma pausa, e se fez um silêncio por alguns instantes,eu comecei a reparar nos seios de minha mãe, e no decote que se formava na blusinha que ela usava, devido ao tamanho daqueles melões, eram firmes,e aparentavam ser lindos, macios,suaves, estava começando a ficar meia bomba, pensando naquilo tudo quando sou acordado com um jato de água, que foi em meu rosto, jogado por minha mãe, que ria da minha cara e disse:

MÃE:- Hahahaha ! Falei que iria me vingar !! – falou isso e jogou mais um pouco de água em mim, estava certo que ela fazia aquilo apenas pra me provocar, eu comecei a pensar que ela tinha algumas intenções a mais com essas brincadeiras, eu todo molhado, olhei pra ela, que ria e resolvi entrar na brincadeira:

EU:- AAAH , você não devia ter me provocado, agora ta ferrada!

MÃE:- Haha, quero ver, você não é de nada garoto! Não vai conseguir me molhar dessa vez ! – falou isso, ficando com as mãos na torneira da pia,travando para que eu não abrisse e jogasse água nela, não me senti nem um pouco intimidado e fui pra cima,e começamos um empurra empurra, tentando abrir atorneira, dando risada, ela me empurrava com aquele quadrilzão largo, e eu empurrava de volta, até que consegui abrir a torneira, e quando fui pegar a água, ela me empurra com a bunda, me jogando pro lado,então decidi ir pro tudo ou nada, eu iria molhar ela, e ganhar aquela brincadeira kkk, estava decidido,porém, aconteceu como da ultima vez, ela com as mãos esticadas para frente segurando a torneira, empinou o corpo pra trás, arrebitando aquela bunda pra mim, olhou por cima do ombro pra mim, e disse rindo maliciosamente, com uma voz sensual:

MÃE:- Quero ver agora, haha, vai encarar?

Eu gelei, pois depois de tudo aquilo, sabia que se fosse pra cima, iria ficar de pau duro novamente (mais do que já estava né kk), ainda mais por estar com o mesmo short que estava mais cedo,fiquei paralisado por alguns instantes, olhando pra ela, arrebitada, aquele rabão na minha frente, conseguia ver até o formato de seu pacote,aquele short que ela usava deixava sua bundona definida, apertada, fiquei olhando, sem saber se atacava ou se recuava, meu coração batia forte, quando fui acordado de meu transe por sua voz, mais uma vez, me desafiando:

MÃE:- E ai,machão? Arregou? Não era você o “homem da casa”? Hahahaha- ria maliciosa, e debochando de mim- E AI ? –disse mais uma vez, eu deixei meu instindo falar mais alto, e toquei o foda-se, pensei comigo: “ já que ela quer, então vou mostrar uma coisa pra ela!”, porém meu bom senso e moral, deram um ultimo grito em mim e me fizeram perguntar:

EU:- Você tem certeza? Não vou parar até conseguir o que quero !

MÃE:- Ta demorando demais, to achando até que você ta com medinho da mamãe aqui hahaha!

Então fui em sua direção, sem me importar com mais nada, eu ia molhar ela, de um jeito ou de outro ( se é que me entendem haha ) fui, meu pau latejava,pulsava dentro do meu short, querendo rasga-lo, e quando nossos corpos se encontraram,coloquei uma mão em uma de suas ancas, e com a outra tentava alcançar a torneira, ao sentir aquele monumento de bunda encostar no meu pau, estremeci, meu corpo parecia ter sido eletrocutado, me arrepiei, e pude sentir minha mãe dando uma leve tremida também, e ouvi ela soltando um gemido, rouco, rápido, abafado:

MÃE:- Huuuuummm... – voltou a me olhar e dizia- Você não vai conseguir, eu vou fazer de tudo pra não deixar hahaha

EU:- Não cante vitoria tão cedo ! – falei me movendo um pouco para o lado, para tentar alcançar a pia, e ela me acompanhou, movendo o quadril e esfregando aquela bunda ainda mais, em mim,fazendo eu roçar ainda mais, me deixando com o pau cada vez mais duro. Ela dando risada, vendo que fracassei, tentei ir para o outro lado, ainda colado nela, e ela mais uma vez acompanhou o movimento, ela parecia rebolar em mim, e parecia que estava gostando, pois a cada movimento mais brusco, eu ouvia, mesmo que saindo bem baixo de seus lábios, leves arfadas, gemidinhas abafadas, roucas, mas que aparentavam ser de satisfação devido nosso “joguinho”. Meu Pau latejava, e pulsava,e em uma dessas pulsadas, ela sentiu, claro que já havia percebido que eu estava duro, pois sua bunda comprimia meu pau,fazendo-o ficar bem encaixado, bem no meio, percebendo que meu pau pulsava, olhou pra trás e disse:

MÃE:- Ta duro de novo né? Hahaha - e deu uma sutil e leve rebolada.

EU:- HAHA, foi mal, mas você me desafiou,não foi culpa minha- falei tentando disfarçar.

MÃE:- É né,sei,a culpa nunca é sua seu safado- me olhou séria por cima dos ombros,e continuando a me empurrar para trás.

EU:- Ué, você me molhou ! agora vai ter que pagar por isso haha,mas quis encostar essa bundona em mim de novo, foi mal, mas como você disse,são coisas da idade hahaha

Ela, riu comigo, e por um momento, respirou fundo como se estivesse repensando naquilo tudo, mas parece que tinha tomado coragem e resolveu deixar a brincadeira continuar, ambos queriam saber até onde aquilo dava, aquela brincadeira, maliciosa estava deixando-nos excitados,curiosos, e como eu não nego uma safadeza e sei que ela também é bem “atrevida” e liberal, sabia que ela não iria parar tão cedo, foi quando ela me disse:

MÃE:- É! Eu disse, mesmo...Bom, mas não posso deixar você me molhar,até porque você não vai conseguir haha, a minha bundona, como você mesmo chama, está te segurando bem ai atrás né hahaha

EU:- HAHAHA, desse tamanho ta difícil passar – falei rindo – Mas não vou desistir tão cedo !

MÃE:- Se for por pra falar de tamanho você não pode reclamar, olha só esse negócio ai tentando passar hahaha, mas também não vou desistir!

EU:- HAHA, esse “negócio” ta te incomodando mãe? – disse in

stigado, e com o coração acelerado.

MÃE:- Ta nada, não ta nem fazendo cócegas em mim! Acho que nem é tudo aquilo que tu mostrou não hein hahahaha – ao ouvir ela falando daquele jeito, fiquei indignado, e me senti desafiado, então coloquei a outra mão em sua anca, e forcei meu corpo pra frente, aumentando a pressão da encoxada:

EU:- Aé? Então vamos ver ! – puxei seu quadril pra mim e forcei o meu pra frente, fazendo minha mãe dar um tranco pra frente, seus cabelos até balançaram,foi uma cena linda rs,e ela ao sentir a minha pressão olhando pra trás, empinou sua bundona em mim,fazendo roçar, de baixo pra cima,devagar, com pressão,me empurrando de volta pra trás, me olhou levantando uma sobrancelha,e disse:

MÃE:- É só isso que esse seu negócio faz é? Hahaha! – debochando,rindo da minha cara, me sentia desafiado,sabia que ela estava sentindo meu pau no meio da bunda, ele pulsava, estava babando, a mancha no meu short já era visível, e estava começando a melar o short da minha mãe também, tamanho a excitação em que eu estava, Indignado com o comentário dela retruquei:

EU:- Não é não ! Eu nem comecei ! – então ela me desafia ainda mais:

MÃE:- Não ta dando conta né? Pode falar, a minha “bundona” é grande demais pra você né? Hahaha!

EU:- Vou te mostrar só uma coisa!

MÃE:- Até cheguei a sentir um pouco de medo de você me molhar haha,mas acho que estava enganada hahahaha.

Quando ela terminou de dizer isso, fiz um movimento forte pra frente, como se estivesse metendo dentro dela,empurrei com força, fazendo ela ir pra frente, meu pau esfregou com tanta força, que achei que iria gozar naquele mesmo instante,ela foi pra frente, seus cabelos balançaram mais uma vez, e pude ouvir um gemido, dessa vez um pouco mais alto e forte:

MÃE:- OOOOH!!HUMMM!! – mas ela parecia estar resistindo bem – Hum, essa foi uma tentativa melhorzinha, rs, mas não vou me entregar tão fácil,haha.

Então dei mais uma,duas três empurradas com força, mas ela forçava pra trás de volta,fazendo com que aquela esfregação ficasse cada vez mais descontrolada, e gostosa, na terceira empurrada, pude ouvir outro gemido,porém abafado novamente,e ela disse:

MÃE:- Desiste John, você não vai conseguir !

Então numa ultima tentativa, eu segurei na pia, com as duas mãos, e a pressionei com tudo que tinha,fazendo ela ir pra frente, colando seu corpo na pia também,nossos corpos se encontraram, sua bunda parecia que iria engolir meu pau ali mesmo, por cima de shorts e tudo, eu tremi na hora, controlei o Maximo pra não gozar, meu pau deu uma pulsada forte,percebi que ela se arrepiou, no momento do empurrão ela gemeu alto : “ AAAAAH CARALHO !!” ,e jogou a cabeça pra trás, fazendo seus cabelos deslizarem em meu ombro, ela encostou a cabeça em mim,ela virou o rosto, e olhando com o canto dos olhos pra mim disse:

MÃE:- UAAAU !

Eu nem deixei ela terminar de falar e já mandei:

EU:- E ai mãezinha,ainda acha que o meu “negócio” não faz nada?? Haha– rindo sarcástico em seu ouvido .

Ela deu uma leve risada, sem graça, estava sem palavras,ainda tentou me empurrar de volta, mas foi em vão, pressionei ela ainda mais pra frente, colado em suas costas, em sua bunda, aquela bunda firme, durinha, grande, gostosa! Abri a torneira, e deixei a água correr por um tempo, ela olhou pra água e voltou o olhar pra mim, perguntou tremula:

MÃE:- V-você, v-vai... vai m-me molhar agora filho?

EU:- Vou mamãezinha! – disse com tom sério, com a voz firme. Enchi a mão com água, e já esperava alguma reação dela, mas pro meu espanto e até alegria, parecia que ela queria aquilo, até mais do que eu mesmo,então não podia disperdiçar aquela oportunidade única,até porque não sabia quando teria outra, enchi as mãos de água, e vim lentamente, subindo trazendo a água até em cima de sua blusa, em cima de seus seios, que formavam um decote naquela regatinha leve que ela vestia, ela acompanhou minhas mãos com os olhos, e quando estava bem perto ,bem no alvo, deixei a água cair em seu decote, em seus seios, na sua blusa, deixando-a toda molhada, acompanhamos aquela água escorrer, como se estivesse em câmera lenta, pude sentir até sua respiração mudar quando a água entrou em contato com seu corpo, ela suspirou fundo, pude ver os biquinhos dos seios endurecerem, querendo furar a regada que minha mãe usava, a blusinha molhada colada em seus seios era uma coisa linda de se ver, deixava-os bem marcados,me dando uma boa visão de onde eu estava, visão essa, que fez meu pau dar uma pulsada forte no meio da sua bunda, e ela virou o rosto pra mim e perguntou:

MÃE:- SATISFEITO? VOCÊ ME DEIXOU TODA MOLHADA, DE NOVO ! – falou com aquele ar de quem perde um jogo

EU:- Sim ! Haha, eu disse que iria molhar você, eu avisei

MÃE:- Seu idiota ! Kkkk, você me paga...

Eu cortei sua fala, e questionei novamente:

EU:- Hahaha, então dona Rose, ainda acha que o meu “negócio” aqui não faz nada?

MÃE:- Seu safado kkk,você não vale nada sabia!?

E completou:

MÃE:- Mas tenho que admitir, que depois de tanta luta, o seu “negócio” se saiu bem hein!

EU:- Então você retira o que disse?

MÃE:- O quê?

EU:- Que o meu “negócio” não faz nem cócegas...

Ela, bufando e brava, por ter que admitir, porém rindo disse:

MÃE:- AAAAFFF !! KKK ta bom, eu retiro, o seu negócio faz muito mais do que cócegas! Ta feliz agora?

Ao ouvir isso,meu pau deu mais uma pulsada em sua bunda,e ela me olhou, então eu disse:

EU:- SIM ! Haha e meu negócio ficou feliz também !

MÃE:- É, eu senti essa sua jeba pulsar ai atrás ! kkk

Ouvir ela falar aquilo só me deixava com o pau mais duro e pulsante, o que me fez fazer um pouco mais de pressão em sua bunda, e meu pau pulsou novamente:

MÃE:- Olha ai ó! Ta pulsando de novo!

EU:- Ele ficou feliz com o seu elogio mãe haha

MÃE:- AH ficou foi?

EU:- Aham !!

Então numa cartada final,olhou pra mim com uma expressão sacana no rosto, como se quisesse me matar de tesão, ela falou uma frase, que ficou na minha cabeça por tempos,me deixando louco:

MÃE: Que bom que a sua jeba, grandona, dura,pulsante, gostou do meu elogio filho rs !

Esse comentário acabou comigo, meu pau parecia ter vida própria começou a latejar na bunda da minha mãe, que deu uma risada forte:

MÃE:- HAHAHAHAHA!! Gostou do elogio né safadinho !?

EU:- Adorei mãe hahaha, obrigado !

MÃE: Hahaha, safado, vai nem conseguir dormir depois dessa né? Com esse negócio duro ai, vai precisar se aliviar de novo...

Interrompi:

EU:- Pelo menos umas duas vezes mãe!

MÃE:- Eita !! Então anda logo menino,já esta tarde, a hora passou e nem vimos,já devíamos estar dormindo !

Já era por volta de 2h da manhã, ficamos naquela brincadeira um bom tempo kkk

EU:- Ta certo mãe, vou dormir, boa noite, viu durma bem ! – e dei um beijo forte e estalado em seu rosto, e me afastei, descolando meu pau daquela bundona, mas pude notar que a mancha que estava em seu short era imensa, meu pau tinha babado tanto que acabou manchando até a bunda da minha mãe. Ela passou a mão na bunda como que pra ajeitar o short, suspirando até que o dedo encostou na baba que me pau tinha deixado ali,e assustada virou pra mim dizendo:

MÃE:- Eita, ta difícil a coisa ai hein !

Eu apenas dei uma risada sem graça pra ela que voltou a dize:

MÃE:- Vai logo garoto se aliviar kkk se não num dorme hoje, e pode deixar que eu limpo a sujeira que ficar la amanhã viu ! – falou ironicamente

EU:- Kkkkk, vou tentar não fazer muita sujeira mãe...

MÃE:- ATA! HAHAHA! Acho difícil, ta quase gozando no short, olha só a mancha que esta ai – apontando pro meu volume.

EU:- Foi o seu elogio que fez isso !

MÃE:- Aé? Então lembra dele pra gozar mais rápido,eu deixo, mas só dessa vez,kkkkkk Lembra de mim te dizendo que a sua jeba é grande e dura,e goza la vai, que amanhã quero ver se o meu elogio surgiu tanto efeito assim hahahaha!

Nem falei mais nada e corri desesperado pro banheiro pra bater uma ! Foi só o tempo de tirar o pau pra fora, e alisar, que gozei. Foi uma das melhores gozadas que já dei, saiu mais leite do que antes, parecia até que eu estava mijando rs, depois desse orgasmo, estava ofegante, mas relaxado, fui para meu quarto, e ouvi minha mãe indo para o seu, deitei na cama e tentei raciocinar, mas minha mente girava, não conseguia pensar em mais nada a não ser em minha mãe,em sua bunda, seus seios, meu tesão por ela estava começando a se tornar algo forte, e real, minha consciência pesava, mas meu tesão rebatia, aquela madrugada, me rendeu mais duas bronhas, fiz uma lambança naquele banheiro hahaha,queria ver a reação de minha doce e gostosa mãezinha pela manhã....

CONTINUA.....

Comentários

03/12/2017 02:45:12
https://kxcontos.blogspot.com.br/ novo site galera! Visitem! contos e muita putaria
01/11/2017 15:09:42
Nossa me fez lembrar que fazia igualzinho com minha irma que delicia momento maravilhoso tesao.
17/08/2017 00:09:58
Muito bom mesmo
04/08/2017 02:58:39
Muito bom! Não tem como não se excitar.
18/07/2017 22:51:50
Só pra lembrar: quem não gosta de conto de incesto, não leia conto de incesto.. Conto muito bom.. Continua. Bj.
18/07/2017 22:46:28
Ótimo. Muito bem escrito
18/07/2017 07:13:16
Maravilhoso! Muito bom mesmo!!!! Incrível!!!!!
16/07/2017 20:10:21
Maravilhoso, um show esse delicioso conto, adorei, espero em breve ler a sequencia.
16/07/2017 10:20:46
Adorei o conto. Consegui imaginar com riqueza de detalhes cada um dos sentimentos que deixou tudo ainda mais real. Difícil de acontecer. Continue!
16/07/2017 01:32:59
Muito bom!!! Começou muito bem!!!
15/07/2017 18:12:05
Não foi a favor do incesto! Tenho uma família linda e jamais penso em ter relações entre nós!! Mas tenhovadmitir. Lendo o conto onde não tenho não haver com ninguém fico bem animado com a leitura. A maneira escrita é bem elaborada!! Belo conto! Vamos esperar a continuação!! gauchogol1@gmail.com
15/07/2017 08:51:02
Não gosto de contos de incesto, principalmente mãe e filho, porém devo admitir que o autor iniciou seu relato de uma maneira que prende a atenção de quem lê, o cara tem talento pra escrever. Mas não sei se irei terminar. Esse tipo de conto deixa a situação muito presa, é como se pessoas de uma família não tivessem capacidade de interagir com o mundo lá fora, como se a residência fosse um tipo de labirinto onde todos estão perdidos e só resta se comer um ao outro. São contos que não deixam brecha para o inesperado, o estranho, fica só naquele cachorro em círculos mordendo o rabo
15/07/2017 07:58:13
Delícia de conto! COONTINUA....
15/07/2017 01:14:45
muito bom, esperando a continuação!
14/07/2017 19:09:04
Excelente conto finalmente um que vale a pena acompanhar. Aguardando ansioso os próximos
14/07/2017 14:07:18
Belo e tesudo começo. Estarei esperando os próximos capítulos.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.