Casa dos Contos Eróticos

Minha vida com meu filho Pt3

Autor: Jhulia
Categoria: Heterossexual
Data: 30/07/2017 20:05:05
Nota 10.00
Ler comentários (18) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Continuando o relato anterior com meu filho, fomos ambos dormir e no outro dia era recesso escolar por emenda de feriado e meu filho não teve aula. Costumo acordar bem cedo, para tomar meu café a vontade e sair pro meu trabalho sem correria. Levantei-me e fui pra cozinha e nisso vi a porta do quarto do meu filho aberta, fazia um dia bem quente, imaginei que estaria acordado, cheguei até a porta e me deparo com a seguinte cena: Meu filho, pelado, batendo uma, olhos fechados e soltando aquele "ssssssss" bem baixinho. Eu precisava avisa-lo que iria mais cedo e que também voltaria mais cedo pra casa e nisso chamei:

- Eu: Jonatan, hoje vou sair de casa mais cedo, hoje saio as 16, amanhã é sabado e hoje faremos um expediente menor.

Ele me olhou, mas continuou com sua punheta, na minha frente e me respondeu:

- Filho: Beleza mãe, não vou pra lugar nenhum hoje, quero descansar até um pouco mais tarde.

Enquanto ele falava comigo, chegou a gozar na minha frente, vi tudo, os jatos espirrando no lençol e um pouco sobre a barriga dele. Sai, não falei nada, fui pro trabalho e tudo transcorreu normalmente.

Cheguei as 16:30, meu filho não estava em casa, arrumei seu quarto e fui tomar meu banho, pensando em tudo que estava acontecendo. Sai do banho, me troquei e fui pra cozinha preparar o jantar.

Pouco tempo depois meu filho chega, diz ter ido correr no bosque aqui perto de casa, pois a tempos não ia.

Nisso ele foi pro quarto dele e foi peladão pro banheiro e mais uma vez, não levou sua roupa e nem sua toalha. Pensei, vai me pedir pra levar e fazer suas gracinhas me mostrando o pinto.

Ele tomou seu banho, não me pediu nada, e saiu pelado e molhado do banheiro e foi pro seu quarto.

Nisso saio da cozinha e vejo ele no seu quarto, porta aberta, se enxugando e com o pinto apontado pro teto. Nem passei na frente do quarto mas percebi que ele não saiu e por lá ficou. Ouvi ele ligar a tv e se deitou, não se trocou e ficou pelado deitado na cama. Queria saber se ele jantaria naquela hora ou mais tarde, fui até a porta do seu quarto e perguntei:

- Eu: Jonatan, vai jantar agora ou mais tarde?

- Filho: Mais tarde, agora vou me refrescar um pouco, depois vou comer.

Falou fazendo movimentos no pinto pra cima e pra baixo e mexendo o quadril pra cima, fazendo o movimento típico de quem estava metendo. Sai e ouço barulho da cama dele rangindo, típico daquele NHEC NHEC de quem esta transando e o barulho da mão dele batendo na virilha. Pensei "Agora além de se masturbar descaradamente na minha presença, vai ficar com essa barulheira" e ouço ele me chamar:

- Filho: Mãe, traz uma latinha de coca ai na geladeira pra mim?

Eu não ia levar, pois sabia que ele iria ficar de graça.

- Eu: Vem buscar, estou com panela no fogo, não posso sair daqui.

- Filho: A não, já to aqui deitado, você já esta ai na cozinha, é só trazer.

Eu não ia fazer isso, e falei de novo:

- Eu: Jonatan, não dá, se eu parar de mexer aqui no fogo, vai grudar tudo que estou fazendo.

Nisso, ouço ele se levantar e vindo e ouço ele me dizendo:

- Filho: Só não olhe pra mim pois estou sem roupa. Tá muito calor e não estou afim de me vestir dentro de casa não.

Nisso eu só olhei de canto de olho, ele veio até a geladeira, com o pinto em riste, apontado pra cima, pegou a coca e ali em pé começou se masturbar na cozinha e falava:

- Filho: Noooosssaaaa como isso é bom, em pé mesmo é bom demais, sssssssssss, olha mãe que gostoso que é isso, gosto muito sabia?

- Eu: Faz isso no banheiro debaixo do chuveiro, aqui não é lugar.

- Filho: É que deu vontade agora, olha que legal mãe, não sabe o quanto isso é bom.

Eu olho pra ele e ele comenta:

- Filho: O que você acha disso, bom demais né?

- Eu: Não sei, não sou homem pra saber.

Ele se aproxima de mim na cozinha e não sei de onde ele tirou coragem e fala:

- Filho: Bate mãe, bate, só agora!!! falou ofegante

- Eu: De novo? ja fiz ontem e me arrependi, chega Jonatan.

- Filho: Rapidinhooooo mãeeeee, vaiiiii?

Falou isso ao meu lado, pelado e com o pinto apontando pra mim.

- Eu: Para com isso Jonatan, tá feio já, faz isso pra lá e longe de mim, sai.

- Filho: Por favooorrr mãe, o que que tem?

Olhei brava pra ele, peguei naquela coisa e se fiz uns três movimentos pra traz e pra frente e ele goza bem na frente do meu short que usava, sujando toda a frente e escorrendo pelas minhas pernas, chegando até meu pé, estava descalça.

- Eu: Ai Jonatan, puta merda, não sei qual a graça nisso, acabei de tomar banho e você me suja com essa meleca sua ai.

Nisso ele fala, com muita ousadia:

- Filho: Dá pra fazer isso sem sujeira viu...

Meu coração disparou, e ele fala:

- Filho: Posso te mostrar como?

- Eu: Jonatan, você tá ficando louco né? bebeu?

- Filho: Sério mãe, vai ser legal, vamos fazer assim, se tiver ruim e não conseguirmos, a gente para, o que você acha?

Estava com o coração na boca e disse:

- Eu: Tentar o que Jonatan? tá doido?

Ele foi chegando perto de mim, com o pinto em riste, de frente comigo pegou em seu pinto e descaradamente esfregou na minha vagina por cima do meu short e fez um movimento forçando pra frente e disse:

- Filho: Assim mãe, ai dentro, não tem nada de mais, só uma vez, depois prometo que eu paro com toda essa safadeza que venho fazendo.

Pensei e pensei....será mesmo que ele vai parar? Isso já estava me incomodando muito e não estava me sentindo bem na minha própria casa com meu filho fazendo essas coisas.

- Eu: Se você não parar com essas pouca vergonha em casa, eu vou sair daqui e morar sozinha, quero ver como vai se virar já que nem sua cama você sabe arrumar.

Falei isso já desabotoando meu short e tirando junto com minha calcinha, deitei no chão da cozinha, e falei:

- Eu: Vem, põe, depois já sabe o nosso combinado, ok?

- Filho: Que legal mãe.

Nisso ele se ajoelhou entre minhas pernas, apontou o pinto na entrada da minha vagina e empurrou.

- Eu: Mocinho, olha o perigo, cuidado com esse pinto ai em mim eim!!!

- Filho: Vou ser carinhoso, fica de boa mãe.

Nisso ele foi fazendo os movimentos de vai e vem, bem devagar, eu com os olhos fechados, sem coragem de encarar o rosto dele, ele disse:

- Filho: Que gostoso mãe, dessa vez não vai sujar nada.

- Eu: Termina isso Jonatan, vai, acelera.

Meu filho se deita sobre mim, coloca as mãos atrás da minha nuca, segurando minha cabeça e empurra com tudo seu pinto pra dentro de mim, fazendo aquele PLOFT de virilha com virilha, sinto a cabeça bater la no fundo do meu útero e digo com voz de dor:

- Eu: Jonatan, devagar, doeu.

Neste instante ele acelera os movimentos, queria que ele gozasse logo e sumisse de perto de mim, dizendo:

- Eu: Aaaaaiiiiiii ssssss tá doendo, vai devagar, mas goza logo, por favor....Aaaaaiiiiiii sssssss

- Filho: Tá vindo, tá vindo.....la vai porra mãe.

Nisso sinto jatos de seu esperma me invadindo, quente, parecia não acabar mais de sair liquido do seu pinto, como gozou esse menino. Fiquei ali deitada no chão com ele ofegante ainda em cima de mim e disse:

- Filho: Pronto mãe, chega de safadezas pela casa, to feliz!!!!

- Eu: Não esqueça nosso combinado, pois falei muito sério.

Ele se levantou de cima de mim e foi pro seu quarto e eu disse:

- Eu: Jonatan, seu porco, vai se vestir com esse treco sujo, vai tomar um banho, por favor.

Ele foi pro banho, levou tudo. Me levantei e só depois me dei por retomar a razão, Pensei: "Puta merda, só tenho 37 anos e ainda posso engravidar, imagina se eu engravidei desse menino com essa brincadeira". Fiquei pensante um tempo, me vesti e fui pra sala. Meu filho sai do banho, já trocado e me pergunta:

- Filho: Mãe, você tá bem?

- Eu: Sim, só estava pensando em algumas coisas, mas vai passar.

Nisso nossa rotina voltou ao que era, vivencia normal entre mãe e filho, sem as gracinhas dele, postura normal de mãe e filho, tudo na conformidade. Só que um fato iria mudar nossas vidas.....CONTINUA.

Comentários

05/10/2017 09:58:15
Putz você deve ser muito desejada..
04/10/2017 00:00:30
Muito bom
27/09/2017 11:57:59
Nota 10
20/08/2017 10:44:28
muito gostoso de ler esse conto. fiquei molhada e louquinha pra meter. ericaalmeida1901@outlook.com
12/08/2017 17:14:25
Muito bom excelente conto pena que já estou a 10 dias esperando a continuação ansiosamente não deixa a gente na mão Jhulia continua
07/08/2017 15:11:37
Muito bom vale bem 10
07/08/2017 15:10:29
Muito bom vale bem 10
04/08/2017 18:11:14
email: rogerbahia22@hotmail.com
04/08/2017 18:10:44
Jhulia parabéns pelos contos!! amei todos e fiquei com inveja do seu filho, seu conto está bem detalhado.vale dez!!entra em contato comigo!!
03/08/2017 22:52:05
Conto delicioso, muito bom, se puder me enviar a continuação agradeceria muito !!! andremello46@hotmail.com aguardo ansioso, bjs.
02/08/2017 00:09:17
Conto maravilhoso. Muito bem escrito. Está cada vez melhor. Aguardo muito a continuação.
01/08/2017 16:14:48
Nossa que delicia de conto que tesao ue me deu meu pau ficou pulsando sera que poderiamos trocar emails queria poder falar com vc sandro.cesario3@yahoo.com.br
31/07/2017 12:58:24
Mto top. Puro tesão! Continue ...
31/07/2017 09:49:09
Cada vez melhor e mais excitante!! Que tesão...
31/07/2017 08:07:42
Que maravilha tá cada vez melhor.
30/07/2017 23:27:15
Esperando a continuação!
30/07/2017 20:55:23
Não li os anteriores, mas por essa prévia, vou ler todos e gozar em cada um deles.
30/07/2017 20:25:15
Esperei muito essa continuação e não me decepcionei, que conto incrível esse, muito bom, 10

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.