Casa dos Contos Eróticos

Conselhos de Amiga Parte II

Categoria: Heterossexual
Data: 19/06/2017 12:26:15
Última revisão: 20/06/2017 17:33:57
Nota 10.00
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Estamos no mês de junho e aqui na minha cidade tem muitas festividades que a paróquia realiza pelos festejos de são João, aqui fazemos bastantes atividades e eu gosto muito por que sempre tem as comidinhas dessa época que fazem eu ganhar peso, mas como é são João e como sou católica não posso deixar o santo sem essa homenagem saboreando as comidinhas.

Estava em casa com de costume, fazendo umas receitinhas para o aniversario de meu filho, pois combinei com minha nora que levaria uns docinho e mungunzá que modéstia parte é ma delicia imersa nas coisas da cozinha e no papelão no fogão ouço chamarem por meu nome na porta, fui até lá ver quem era.

- Raimunda!!!

- Entra Isabel o portão esta aberto! Entra e fecha viu!

Isabel a amiga que esteve aqui um tempinho atrás com uma duvida cruel de deixar ceder pelos desejos e pela safadeza de um rapaz mais novo que nós duas, eu dei uns conselhos a ela para aproveitar o que a vida esta oferecendo a ela. Depois de anos sozinha Isabel se fechou pra vida e para seus desejos de mulher.

- Isabel aqui na cozinha mulher está no fogão olhando o mugunzá!

- Estou entrando viu!

- Senta ai amiga, tem café na garrafa, conta as novidades.

- E o menino tem dado noticias? Ele ainda continua te atentando? Hahahahahah

- Raimunda não ria viu!

- Deixa de ser santinha do pau oco! Quer dizer amiga “pau” é uma coisa deliciosa!

- Deus me livre viu você é demais!

- Conta vai, sei que tem coisa ai.

- Meu deus! Eu nem sei por onde começo viu amiga, acho que passei dos limites, deus do céu. Jamais imaginei o que eu era capaz de fazer viu, já na minha idade e tendo essas coisas, deus me livre!

- Para de falar em Deus que ele não tem nada a ver com isso, mas fala ai vai esta me deixando morta de curiosidade, vai falando que posso parar de olhar aqui a panela.

- Ai amiga, então. Desde que saio daqui naquele dia eu fiquei pensando e pensando até que eu neguei tudo e não tinha mais pensando nisso tudo, mas ai uns dias depois ele me apareceu na porta da minha casa com a santa, tinha esquecido que a próxima novena era lá em casa.

- E ai? Hahahaha

- Para Raimunda de rir, me deixa contar!

- Fiquei nervosa né, ele ai na minha porta, mas como estava com a santa eu parei um pouco de pensar nas coisas, ele deixou a santa lá na sala e ai ele pediu pra conversar por que estava com um peso na consciência por ter me agarrado e tal, falou que não foi por mal, diz ele que estava carente e não aguentou e que não era pra contar pra mãe dele por que ela é nervosa e tal.

- E você o que pensou amiga?

- Fiquei com dó um pouco coitado estava ali de abeca baixa, mas eu não puder deixar de perguntar por que ele tinha feito aquilo NE, já que sou uma idosa já! O que ele tinha visto e se ele faz isso com toda que ver, sei lá vai ver ele tem alguma doença sei lá.

- Que nada amiga, que doença nada ele gosta é de rabo grande amiga! Safado! Hahahahah

- Pois amiga ai perguntei né, ele me falou que não tinha nada de errado não, que não era pra pensar que ele é tarado ou um maníaco ou coisa assim.

- Sei viu, bem do que ele quer! Hahahahah

- Conta ai vai, deu a xana gorda né? Pela sua cara de safada amiga deu sim né! Hahahahahah

- Amiga tu é fogo, então estávamos ali conversando e ai acho que eu fiquei com pena dele, sei lá e meio curiosa com a resposta dele, acho que esse clima estava me fazendo perder um pouco o senso das coisas, por que diabos eu tinha que ficar dando corda pra isso? Já que estava encerrado o assunto na minha cabeça.

- Deixa de ser boba, você estava mesmo era querendo pica amiga, me diga que não sentiu a xana molhar?

- Pior amiga que eu já estava sentindo um calor sim, daí ele me falou que já tinha tido um caso uma mulher mais velha e que sempre que ele me olhava lembrava dela, por que segundo ele temos o mesmo corpo e ele gosta muito de mulher assim.

- Eu te falei! Eles adoram a gente amiga, quanto mais rabo e peitos eles ficam de pau duro o tempo todo! Conta mais ele te comeu não é? Safada! Hahahahaha

Quanto mais ela contava mais eu ficava imaginando o quanto ela teve a mesma sensação de proibido que tive quando deixei o ricardinho me comer, quer dizer ainda me come, atenta as palavras dela e de olho na panela, ainda vinha muita putaria dali.

- Verdade amiga, como você disse sim e ele falando essas coisas e minha cabeça começou a ir pra casa dele, naquele momento em que me agarrou e me deixou zonza, tanto que fui à cozinha pegar água pra não fazer uma besteira, sei que ofereci a ele água e quando dei por mim senti de novo ele me pegar de surpresa outra vez!

Veio por trás quando entrei na cozinha e os poucos momentos ali eu tentando me sair, me fazendo de forte e não deu em nada senti me entregar já estava sem forças, pedi a deus pra me salvar e acabei com a saia invadida pelas mãos dele.

- Eita amiga o safado te agarrou de novo e já foi pegando na xana, eita menino safado, já devia esta de pau duro pra te comer gostoso amiga.

- Pior que estava sim Raimunda deu pra sentir sim estava do mesmo jeito da primeira vez. Nossa senhora do céu amiga, fiquei molinha ele meteu os dedos, fiquei louca, não sabia se gritava, se corria se brigava, foi uma confusão danada, mas ai já era tarde ele já estava tirando a bermuda e eu me virando pra cima dele. Sei que acabou ali no corredor da cozinha ele tentando meter e nada de entrar por que eu sou mais forte que ele e ai não estava dando certo. Fomos pro quarto e ai começou.

- Sabia que não ia aguentar Isabel, é muito excitação, ainda mais a gente com tantos anos sozinha, me deixa desligar aqui o fogão quero saber de tudinho, conta ai sua safada, haahhaha.

- hahahhah Amiga você viu! Naquela coisa toda foi muito rápido, deitamos na cama amiga e ele veio por cima, eu ainda estava de saia a calcinha estava de lado e assim que encostou entrou tudinho de uma vez só, o danado esta tarado, meteu tudo de uma vez que eu senti e me travei toda,tentava segurar ele mas o safado esta tarado era só metendo com força, eu acho que perdi o sentidos de tudo só gemia e sentia a rola dele dura batendo ate no útero. Entrou fundo, deus do céu eu me tremi toda e nem sei o que mais viu.

- Amiga foi uma coisa né? Nossa ate eu me arrepiei toda! Ainda bem que desliguei o fogão. Hahahahahahah

- Raimunda foi uma delicia nossa senhora o quanto eu falei de deus viu hahahahahahah, o danado era som entendo e gozou tudo dentro, senti ficar cheia amiga, quantos anos não sentia essa sensação.

- Isabel, amiga, até eu fiquei de xana com vontade. ahahahahah. E ai o que você pensou de tudo isso amiga?

- “Não sei ainda viu , quando terminamos de namorar ele se vestiu e ai me disse que se eu podia voltar por que queria mais com mais tempo, ele disse assim amiga "que me quer fuder todinha com mais calma”. Ai deus eu me senti viu, eu disse que podíamos conversar depois e resolver isso.

- Amiga se prepara que ai vem mais pica dura na sua xana viu, quando eles ficam assim tarados querem toda hora! Digo isso de experiência própria! hahahahahahah

- Experiência própria Raimunda? Como é que é?

comentem , eu adoro os cometarios! Logo terá mais sacanagens dessa historia entre essa safada e eu.

Comentários

24/07/2017 18:05:21
Nossa, que gostoso! Achei excitante e me deixou toda molhada. Que conselho vc daria para uma casada que se entregou ao primo? Rs. Despertou em mim a curiosidade de saber essa coisa de ¨experiência própria¨. Quando vai nos contar? Venha me conhecer (e aconselhar) lendo o meu. Um beijo!
22/06/2017 09:01:48
Querida!!!... Suas avaliações nos meus contos me deixou muito feliz. Meio com atraso vim agradecer e aproveitar para ler a continuação da história da Isabel. Foi muito, muito...gostoso saber como ela se entregou para o garotão. RsrSrs... Achei o máximo, seu jeito de descrever. Dez pra você...Brigadão*-*
20/06/2017 13:33:29
Esta narrativa me deixou lelé de tesão, Carmen. Mulheres nessa idade quando tem orgasmos, são tão intensos que ficam molinhas, a ponto de desfalecer. Isso dá a sensação de ser poderoso por estar com a rola enterrado nelas, provocando tudo isso. A história dessa transa animal merece meu dez. Na tua narrativa, teus comentários pra amiga me animou a tentar te pegar de jeito e entrar com tudo nas tuas carnes gostosas, te foder, foder e foder até não poder mais. Beijo, beijo e beijo.
19/06/2017 20:20:33
Carmen, que conto tesão!! Você é pra frente e decidida!! Coisa boa que amiga seguiu teus conselhos!! Resultado foi uma baita gozada!! Delicia de conto!! Beijos......gauchogol1@gmail.com
19/06/2017 15:37:19
Show!
19/06/2017 12:37:13
Sempre fui tarado por mulheres mais velhas !

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.