Casa dos Contos Eróticos

PRESENTE INESQUECÍVEL

oi estou aqui novamente, pra relatar, mas uma história Real e verídica que aconteceu comigo.

meu nome e LarissaFernanda.

moro em Belém.

meu perfil:

idade: 20 aninhos

altura: 1,60

peso: 57

olhos: castanhos claro

cabelo: cacheados

corpo: amo meu corpo, tudo se encaixa perfeitamente, meu bumbum, bem durinho, tenho seios pequenos, barriguinha saradinha.

vamos prós fatos.

sexta-feira:tudo completamente num breu. escuridão total...

-silêncio. .... e i, quem esta me beliscando, shiiii" e ir, isso e abuso sexual, rsrsrs vocês sabiam, kkkkkkkkkkkkk, shiiiiii, cala a boca Larissa.

ele esta vindo, silêncio todo mundo.

a porta se abre!!!!!!!

liga-se a luz!!!.

(todos juntos gritaram) feliz aniversário Adriano, parabéns, parabéns huhuuuu. com quem sera, com quem se, com quem sera quê o Adriano vai casar!! vai depender se a (uns diziam Larissa, outros Fernanda) vai querer. heeeeeeeeeee.

kkkkkkkkkkkkk todos caímos na gargalhadas.

abracei meu mas Novo namorado, e dei um super beijo naquela boca gostosa,

-feliz aniversário amor, so não vou pedir pra Deus li dar tudo de bom, porque você ja tem euzinha aqui.

kkkkkkkkkkkkk mais gargalhadas de toda a galera

-ADRIANO: esta bem sua convencida rsrs.

comecei a namorar com Adriano a pouco tempo,a dois meses a pena.

seu perfil:

idade:23 anos

altura: 1,88

peso:85

cabelo:preto, bem baixinho, ele adora fazer desenhos na sua cabeça.

olhos:castanho bem claro.

corpo: aii, aiiii, sei comentários, ele e lindo, seu corpo definido, pois faz esporte, e da aula de capoeira.

-eu: gostou da surpresa meu anjo.

-Adriano: Nossa meu amor, so você mesmo. adorei.

-eu: você merece, isso e muito mais. fiz uma carinha bem safadinha, encostei a boca em seu ouvido, e disse:

-seu presente vou li dar depois.

ele ficou perplexo, abriu um sorriso malicioso e disse:

-tudo que você quiser, mesmo.

a casa do Adriano, estava bem cheia de gente, foram convidados amigos dele, parentes, e algumas amigas minha, que me ajudaram junto com a mãe, e as irmãs dele, a preparar tudo.

a festa estava rolado, tocando autos melody, ritmo que eu como uma legítima paraense adoro dança.

estava em uma roda de amigas, quando percebi, que adriano mesmo na roda de amigos que ele estava, não tirava o olho de mim.

disfarcei e sai em direção a ele, que fazendo a mesma coisa veio em minha direção.

-EU: o que foi? porquê você está me olhando com essa cara de cachorro pidão, rsrs.

-ELE: rs, rs, engraçadinha, Estou li admirando mesmo, meu amor, você está uma tentação.

de fato estava mesmo. me arrumei com a intenção de provocar mesmo, tanto meu namorado quanto os outros homens que estariam ali.

estava vestida com um top Rosa bem pequeno, que deixava minha barriguinha amostra. um shortinho jeans lycra de cintura alta azul, bem coladinho que deixava aparecer um pouco a Buchecha da minha bunda. com um salto alto. cabelo feito babylise. uma maquiagem deslumbrante.

sabia que estava uma verdadeira tentação, desejada pelos homens, e odiada por algumas mulheres.

Adriano estava ali, ja me comendo, so com o olhar.

me puxou pela cintura, e me deu um beijo, tão quente e tão intenso, que minha bucetinha deu sinal na hora.

quando começou uma euforia tremenda naquele ambiente, a maioria das mulheres gritaram.

-pararmos de nós beijar. eu dei um grito também, e corri pra sala.

-tinham colocado funk, pra tocar. ai ai. eu amo dança funk. gosto de provocar e sensualizar ao máximo.

eu e minhas amigas, começamos a dança. rebolavamos, provocavamos com a bunda os homens. enfim, estávamos totalmente descontroladas.

dancei duas músicas,

Nossa preciso beber alguma coisa.

quando abracei o meu namorado.

-Eu: nossa, você esta de pau duro, seu tarado, kkkkk, rs.

-ELE: eu não sou de ferro, vocês provocam agente. e outra, tenho certeza que não e so eu que estou assim rsrs.

puxei ele pelo pescoço, e beijei ele de um jeito que se o seu pau ja estava duro, eu ia deixar ele a ponto de explodir em prazer.

peguei ele pelo braço, e sai puxando ele, pro quarto dele.

quando estávamos subindo a escada ele, parou me olhou bem nos olhos e disse:

-Larissa você tem certeza que, vai querer fazer isso aqui em casa com toda essa festa rolando.

-eu entendi o recado.

verdade!!! melhor deixar pra outro dia.

-ELE: que outro dia nada, meu aniversário e hoje, então hoje que eu quero ganhar meu presente. ainda mas depois de você me provocar, se rebolando toda dançando.

-EU: então me diz, o que você tem, nessa sua mente pervertida, rs kkk.

-ELE: ata onde você comprou toda essa sua inocência, rsrsrs, boto minha mão no fogo, como você não tem ideia, pra onde eu vou li levar.

-EU: cuidado você pode torrar sua mão, sou tão inocente, que não tenho ideia pra qual motel, você irar me levar.

kkkkkkkkkkkkk" caímos na gargalhada.

-ELE: vou pegar a chave da moto.

-EU: Esta bem, so tem uma condição.

ELE: qual?

EU: eu levo você, pois você esta bebendo.

ELE: nossaaaa, que namorada,consciente eu tenho, tudo bem. mas eu também so vou com você com uma condição.

EU: qual?

ELE: que você leve agente com vida até lar. kkkkkkkkkkkkk

- eu não aguentei e foi a maior gargalhada. seu palhaço.

depois de algumas horas, isso ja era 22:30 , saimos dali em direção a um motel, como era eu que estava no comando da moto, tinha livre opção pra entrar no motel que eu quisesse.

fui em direção ao entroncamento, peguei a BR.

entrei em um motel, que e um show, amei as vezes que estive lar, mais nunca tinha ido lar com o Adriano. essas são outras histórias, bem safadas que tenho pra relatar rs.

-entramos na rua, onde a um motel ao lado do outro, mas entramos no primeiro o SWING.

-pedi uma suíte de luxo, ao entrar Adriano ficou fascinado, Nossa esse motel e muito lindo.

-ELE: Larissa,me responde uma coisa.

EU: sim, pergunte?

ELE: vc ja veio nesse motel?

EU: huummmm.

ELE: fale a verdade amor. o dia da mentira e só amanhã, rsrs.

EU: ja sim

ELE: quantas vezes?

EU: uma vez.

ELE: Larissa!!!!

EU: duas!!!

ELE: fala a verdade amor.

EU: cinco vezes. Rsrsrsrsrsrs. agora e verdade.

ele se a proximou de mim, me deu um tapa, de leve no rosto e disse:

-ELE: agora tenho certeza da safadinha que você e.

-EU: Não e assim, que vocês gostam de mulher.

-ELE: estou começando acreditar que sim, pois sabia como você era, mesmo assim me apaixonei por você.

após essas palavras, ele me jogou na cama, e me beijou, sua língua foi invadindo, a minha boca de uma forma que foi me acendendo por dentro, naquele momento ele estava brincando com um vulcão que estava preste a entrar em erupção.

Adriano beijou minha boca, de uma forma que nunca tinha feito, eli ia fazendo uma trilha até chegar no meu ouvido. foi introduzindo sua língua no meu olvido.

-EU: huuummmmmm que delícia amor, hum, hum.

minha bucetinha ja estava começando a ficar molhadinha. ele vinha descendo beijando, do meu olvido, ate chegar no meu pescoço.

Com beijos suaves e provocantes, apertava minha cintura, indo em direção aos botões da minha bermuda, beijando minha barriguinha, parou ali no meu umbigo e ficou passando a língua suavemente, fazendo eu me arrepia toda.

abriu minha bermuda, e com toda delicadeza e sensualidade, foi abaixando bem devagar, admirando minha bucetinha, que ainda estava coberta por uma calcinha, Rosa de renda.

Adriano começou a beijar por cima da calcinha, forçando sua língua na direção do meu clitóris.

nesse momento ele estava rígido de tesão, meu melzinho estava atravessando as barreiras da calcinha de tão excitada que estava.

Adriano mas uma vez bem lentamente, foi baixando agora a minha calcinha.

Não tinha como esconder minha excitação, meu melzinho agora escorria.

Adriano sem deixar, desperdiça, foi limpando toda minha bucetinha. sua boquinha estava completamente melada, e tudo que ele sugava de mim, fazia o favor de me mostrar ele engolindo.

sua língua se movimentava de uma forma maravilhosa, explorando todas as áreas de minha bucetinha. intoduzia dentro da minha bucetinha, e ficava ali penetrando como se fosse sua rola, tirava e sua língua de dentro de mim, e começava a chupar meu clitóris, sugava delicadamente. passava a língua entre meus grandes lábios vaginas, e voltava suas atenções para meu clitóris novamente.

nesse momento tirei meu top, e louca de desejo, comecei a acariciar meus peitinhos que estava durinhos e pontudos de tesão.

-EU: isso gato chupa assim, isso assim bb, aiii que deliiiiiiiciaa, hum, hum, não para, Não para, seu safado.

adriano sem presa, e com toda vontade continuava aquele oral, maravilhoso,

depois de vários minutos. ele de forma rítmica e deliciosa mamando , meu clitóris. não aguentei de prazer.

EU: aaaiiiiiiii, aaaiiiiiii aiiii isso , isso aiii, filho da puta você vai, você vai caralho porra, aaiiiiiiiiii, delícia, delícia vouu gozaaaaar, vou gozar porra, aaaaiiiiiiiiiiiiiiii.

ondas, e mais ondas, de prazeres tomavam conta de mim. estava em êxtase.

meu corpo em meio a espasmo deliciosos, quando sentir, Adriano novamente cair de boca na minha bucetinha, sugando e engolido, tudo que saia de mim.

quase pirei com aquilo era delicioso, ele limpou toda minha bucetinha com lambidas deliciosas.

-EU: você vai me matar de prazer.

ele, parou, me olhou bem nos olhos, fez uma cara de safado, e pausadamente disse:

-e essa... minha... intenção. . gatinha.

avancei pra cima dele, e comecei a beijar ele freneticamente, sentindo meu próprio gosto, na boca de adriano.

cravei minhas ulhas em sua costa, e como uma maníaca sexual, abocanhei seu peito musculoso.

lambia, mordia levemente. fazendo ele começa a gemer de prazer.

fui descendo, beijando toda sua barriguinha sex.

até chegar onde eu desejava.

abri sua bermuda, sei rodeio fui baixando junto com sua bermuda sua cueca também. deixando pular em minha cara, aquela pica maravilhosa.

Nossa como ele tava excitado, seu pau, babava tanto, que escorria pelo tronco. abocanhei aquela vara com vontade. retribuindo tudo que ele tinha acabado de fazer em mim.

sugava a cabeça, suavemente e ia aumentando a intensidade da chupada. passeava com minha língua, por todas as partes do seu pau gostoso.

fui descendo até, abocanhar suas bolas.

sugava levemente, e tocava levemente com os dentes.

-ELE: huummmm isso bb, chupa gostoso chupa, lamber gostoso minhas bolas, sua safada, huummm aiii, goatosa.

minha língua subia até a cabeça, e depois eu voltava lambendo até suas bolas.

numa dessas, subidas e descidas.

desci demais, e acabei levando a língua até bem próximo ao anelzinho dele.

nesse momento percebi, que ele teve uma reação estranha, fiquei em dúvidas, se ele tinha gostado, ou talvez aquele movimento era pra mim não chegar perto do seu botãozinho.

continuei chupando aquela rola, fui descendo de novo pelas bolas, e continuei descendo, queria tirar minhas dúvidas.

quando fui me aproximando do seu anelzinho, ele fez novamente um movimento brusco, mas dessa vez minha língua acertou em cheio, seu buraquinho.

ele ficou ofegante, deu pra mim perceber que eli tinha gostado.

sem perguntar nada, abocanhei aquele anelzinho, como se eu estivesse beijando uma boca!

Rsrsrsrsrsrs, Mas eu estava beijando uma boca mesmo Rsrs.

- Nossa vir que ele tremeu, e se contorceu, sentindo minha língua, passe a, por cima do seu buraquinho.

-ELE: huummm, o que você esta fazendo lari. huuuuum que gostoso.

Nossa quando ouvir isso, e vendo a reação dele, tinha certeza agora, que a mesma sensação de prazer que eu sinto ao receber um oral, no cuzinho. e a mesma que, eli estava sentindo, então sabia que estava muito gostoso aquilo. continuei alguns minutinhos passando a língua naquele buraquinho gostoso

.

segurei seu pau e comecei a masturbalo, mamava, aquele casete bem, gostoso.

comecei a fazer garganta profunda, deixava ele enfia até onde eu aguentava, Nossa ele estava enlouquecendo me agarrou, e me colocou de quatro, e sem dor caiu de língua no meu cuzinho.

-EU:

aiii, seu puto, caralho, chupa meu cuzinho chupa, vai isso vai bb.

eu apertava os travesseiros, de tanto prazer. quando ele fez eu subir nas nuvens.

o puto foi introduzindo sua língua no meu rabinho.

-EU: caralhooo amor assim mesmo, vai enfiar essa língua no meu cuzinho enfia gostoso.

Nossa comecei a me masturba, batia siririca com vontade, enquanto ele ia introduzindo aquela língua no meu cuzinho.

-EU: ai euuuu não vou aguentaaaaa, porra vou gozar de novo, vou gozar de Novo, vou gozar, vou gozar, aaaaaaaaaaaaaaauiiiiiiiiiiiiiiiiiii que deliciiiiiaaaaaa. estou gozaaandooo porra, huuummmmmm" hummmm aiiii.

estava em êxtase mas uma vez. meu corpo estremecia, minhas pernas tremiam, meu coração quase saindo pela boca, e minha respiração totalmente ofegante, era resultado de mas uma gozada maravilhosa.

quando eu estava me recuperando, de toda aquela onda de prazer. sentir algo extraordinário, se preparando para adentrar em mim.

Adriano beijando minha Costa, foi se ajeitando , por tras de mim. colocou a cabeça de seu pau na entrada do meu cuzinho e foi introduzindo aquele mastro, dentro do meu buraquinho.

nossa, eu sei reagir, apenas fui curtindo aquele casete, gostoso me abrindo toda.

adriano sempre me beijando,as vezes minha Costa outra hora beija, meu pescoço.

ia enfiando ja com força, e sem dor, aumentou totalmente a pressão das estocadas.

-EU: aiiiii, uuuiiiiiiiiiiiii, aiiuiiii, seu puto, isso malina comigo, malina, seu puto. mas forte, mas forte, huuuuum.

aquela sensação de prazer começava a reacender novamente dentro de mim.

me entreguei totalmente, e fiquei curtindo aquelas estocadas, forte e gostosa,

pedi pra ele: deixar eu ir pra cima de você.

encaixei seu pau no meu cuzinho e comecei a cavalgar bem rápido, subia e descia naquela rola, com toda força.

Adriano apertava minha cintura, subia com as mãos pelo meus peitinhos, fiquei alguns minutinhos cavalgando aquela pica deliciosa.

Adriano me pegou, e me levou pro sofar. me colocou de quatro, e começou uma penetração profunda, a cada estocada, que ele dava No meu cuzinho,. minha bucetinha se contraiar.

comecei a me masturbar novamente agora tendo uma rola enorme no meu cuzinho.

encostei minha cabeça no sofar, e abri mas ainda minhas pernas para receber aquela pica .

-ELE: isso amor abri mas esse cuzinho pra mim, huum, aii gostosa.

virei meu rostinho olhando pra ele, ele me olhava alucinado, fiz uma carinha de putinha, e disse:

-vai gostoso enche meu cuzinho de gala enche bb.

quando falei isso, ele ficou mas eufórico ainda, metia tão forte que pensei que não fosse aguentar.

ele foi ficando mas ofegante.

segurou em meu cabelo, me puxando contra seu corpo.

-ELE: huuuuuumm, vou gozar.

as estocadas mas intensa mas forte. quando senti.

jatos forte enchendo meu cuzinho.

-que delicia amor.

Adriano foi se debruçando, sobre mim, me agarrando forte, me beijando e dizendo: que estava exausto, que nunca tinha gozado tanto em um cuzinho.

fomos Tomar banho, e so ai vim me dar conta de QUANTO adriano tinha esfolado meu cuzinho. pois estava muito sensível, Não vou mentir. estava bastante dolorido também, mas o mais importante foi o prazer incrível que eu desfrutei naquela noite.

gozei duas vezes, alucinadamente.

Adriano me olhando nos olhos me disse: você me deu um

PRESENTE INESQUECÍVEL.

-Um beijão bem gostoso pra você que acabou de ler, esse relato, tão gostoso da minha vida.

meu e-mail:

larissafernandalarissinha@gmail.com

♥♥♥♡♡♡♥♥♥♡♡♡♥♥♥♡

Comentários

22/11/2017 22:15:26
Belo conto, e belo presente vc deu pra namorado, tenho certeza que ela nunca vai esquecer. Parabens....vagner51abc@hotmail.com
05/11/2017 11:19:05
Adorei o conto Fernandinha. Bem narrado, do jeito que eu gosto. Porém, acho que quem acabou ganhando o presente inesquecível não foi o Adriano e sim vc. Rsrss. Quando puder, dá uma lidinha nos meus. Bjs.
14/10/2017 09:28:52
nossa coroa libertina, obrigada.
13/10/2017 21:36:46
Conto delicioso, muito excitante, menina. Nessa história de dar presente de aniversário, me fez lembrar que também dei a pepeca numa data especial. Só não digo para quem. Rs. Leia os meus. Beijos da Vanessa.
12/04/2017 06:52:48
Excelente conto. Muito envolvente e sensual ao extremo. Dar esse presente deixa mesmo ali esfolado. Porém, temos também a compensação de orgasmo intenso e diferente. Parabéns.
08/04/2017 08:39:04
Hmmmm, delicia de conto!!!! Você acaba de fazer meu dia começar cheio de tesão e desejo! Que vontade de ganhar um presente assim! Se puder, leia o meu tb. Bjs.
06/04/2017 12:32:26
Que inveja desse Adriano. Que inveja! Conseguiu excitar este ¨japanisis brasiliensis taradus¨ com esta narrativa, Nandinha. Tão novinha e escrevendo de forma tão gostosa. Parabéns.
06/04/2017 11:48:43
Muito irado o conto, gatinha! PQP fiquei com a barraca armada. Preciso dar um jeito de namorar vc, só pra ganhar um presentão desses! Se quiser conhecer o New, dá uma lida nos meus. Beijo, beijo e beijo.
05/04/2017 09:33:45
Nossa meus amores, agradeço pelos email, responderei a todos, um super beijo pra vocês.
04/04/2017 10:49:22
oliver--dinha@hotmail,com
04/04/2017 10:48:04
PQP QUE GATA GOSTOSA D, VDD A MAOIRIA DOS HOMENS ADORAM MULHERES SAFADAS IGUAL A VC. NOTA 1000. GOSTARIA DE FAZER AMIZADES COM VC,NOSSO SKIPE
04/04/2017 09:08:49
Querida!!!... Sua avaliação no meu conto me deixou muito feliz. Quanto a este, putz!... Viajei no tesão com esse presente de aniversário. O Adriano com certeza, jamais irá esquecer. Mais uma vez, amiga, destaco seu jeito gostoso e irreverente de escrever. Dez pro você... Beijaaauuumm*-*
04/04/2017 07:19:20
Que.conto delicioso nota mil manda umas fofinhos...ulisses_junior@yahoo.com.br
04/04/2017 06:25:58
Muito bom. Delicia, loirinhu_pg@hotmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.