Casa dos Contos Eróticos

Eu me apaixonei pela minha melhor amiga (REAL)

Olá, eu....eu fico com um pouco de vergonha de postar isso aonde milhares de pessoas vão ver e comentar....eu queria compartilhar isso com alguém e por isso procurei relatos de pessoas que passaram algo parecido e fico espantada a facilidade delas falarem....eu estou com dificuldade só de falar este começo....bem....eu não quero falar meu nome nem minha idade atual...mas na época que isso aconteceu eu tinha 12 anos (quase 13).

Eu tinha acabado de iniciar o 7º ano e na época minha melhor amiga era uma garota chamada Letícia e nos conhecemos ano passado quando ela se mudou pra minha escola.

Nesse dia que estou relatando...nossa é tão constrangedor contar essas coisas num site....mas ok....nesse dia a minha professora de geografia pediu um trabalho explicando as regiões do Brasil e eu e ela ficamos com o sul. Depois da aula, eu e ela fomos pra casa dela (que por sinal é muito bonita....Le, se vc ler isso algum dia, saiba que eu amei sua casa), e como os pais dela trabalham, ela ficava sozinha a tarde e como não tinha ninguém na hora que chegamos, decidimos começar a pesquisar e fomos pro computador.

Pegamos toda as informações que precisávamos da região sul do Brasil e fomos pra sala. Leticia pegou umas revistas velhas da mãe dela pra nós recortarmos e colar na cartolina e começamos a fazer. Depois de um tempo, percebi que Leticia estava me olhando e eu fiquei vermelha e ela perguntou algo que ninguém havia perguntado pra mim (vou me chamar de Amanda, pois é o nome da irmã da Leticia):

-Amanda....você já beijou alguém?- Ela perguntou aquilo com sorriso no rosto e eu fiquei bem sem jeito e disse pra ela:

-Olha Le, eu nunca beijei ninguém...mas por que a pergunta?- Eu nem estava imaginando o que a Leticia tinha em mente. Ela se sentou do meu lado e disse:

-Quer experimentar?- Na hora meu coração ficou bem mais rápido e eu arregalei meus olhos e eu disse meio que querendo desacreditar no que estava pra acontecer:

-M-mas...não tem nenhum...garoto aqui- Eu sabia o que ela estava dizendo mas eu não queria beija-la pois eu não era lésbica e então ela disse:

-Quer me beijar? É gostoso - Leticia só tinha 13 anos e eu 12, estávamos sozinhas na casa dela e eu sabia que Leticia nunca foi chegada em garotos...ela sempre reparava nas garotas e eu senti uma tremedeira e meu sangue gelou na hora e eu disse:

-Eu...eu não curto garotas- Eu estava muito tensa e eu morria de medo de eu virar lésbica...o que meus pais iriam falar de mim? Então Leticia me solta essa:

-Ninguém precisa saber disso...vai ser nosso segredo...vamos Amanda...é só um beijo- Leticia tinha segundas intenções e ela só queria o beijo pra acender o pavio, ela me disse isso depois que terminamos e eu olhei pro lado bem sem graça e disse:

-Ta...só um beijo rápido- Leticia sorriu e pediu pra eu fechar os olhos, eu fechei e minha mão estava tremula e eu senti os lábios dela encostando nos meus e milhões de coisas começaram a passar na minha cabeça e Leticia colocou as mãos dela nos meus ombros e começou a beijar mais intensamente e ela tentava acariciar a língua dela na minha mas eu esquivava e eu abri os olhos e vi ela em cima de mim...não sei como, mas ela conseguiu me fazer deitar no chão e logo ela separou os lábios dela dos meus e eu estava ofegante e Leticia disse:

-Foi bom não foi?- Eu não sabia o que pensar....eu estava com muitas duvidas e confusa sobre minha sexualidade na hora....apesar de eu não querer...eu adorei o beijo dela, foi a melhor sensação que eu tive na época...Leticia estava em cima de mim e voltou a me beijar e eu queria tanto beija-la e volta e abraça-la....eu realmente estava adorando aquela nova sensação dentro de mim mas....algo me impedia de fazer isso...algo chamado insegurança...Leticia separou os lábios dela de novo e disse:

-Amanda....eu duvido você não estar gostando disso....vamos lá....me beija de volta por favor...sem nós duas cooperando, o beijo fica sem graça- Eu sorri e ela voltou a me beijar e eu fechei meus olhos e senti um calor dentro de mim...quando me dei conta....Leticia estava tirando meu uniforme e eu meio que levantei e fiquei muito constrangida e a Leticia disse:

-Amanda...tanto eu quanto você queremos isso....por favor- Leticia estava sem a camisa do uniforme somente com o sutiã e eu estava tão confusa sobre o que estava acontecendo e olhei pra minha blusa jogada no sofá ao lado da dela e Leticia me disse:

-Amanda...eu também nunca tinha beijado antes....eu era BV....não acha que devemos terminar de tirar nossas virgindades?- Quando Leticia disse que era BV eu gelei de novo...eu tinha sido a primeira garota a beija-la e ela tinha sido a primeira garota a me beijar...eu estava tão confusa, eu queria tanto fazer aquilo mas....eu tinha medo. Eu me vesti e peguei minha blusa e minha bolsa e sai correndo e voltei pra minha casa...entrei no meu quarto e toquei meus lábios e sem perceber comecei a me masturbar pensando na Leticia....eu estava ficando apaixonada pela minha melhor amiga? Eu era lésbica? Meus pais iriam me odiar? Era o que se passava na minha cabeça naquela hora.

No dia seguinte, Leticia não falou comigo e parecia triste...muito triste por sinal...eu cheguei nela e ela me disse antes que eu pudesse falar algo:

-Não gostou, é isso?- Leticia estava parecendo que queria chorar e eu disse:

-Gostei...na verdade gostei muito....mas- Eu expliquei sobre minhas inseguranças e minhas duvidas e Leticia disse:

-Vamos terminar isso agora- Leticia me puxou e fomos para o banheiro da quadra, ninguém usava-o mesmo e Leticia trancou a porta e eu disse com o coração batendo muito forte:

-Se alguém nos pegar Le?- Eu estava muito feliz e muito apavorada mas Leticia me prensou na parede do banheiro e começou a me beijar...dessa vez eu beijei de volta e eu a abracei....eu sentia uma adrenalina na hora...medo de ser pega mas....estava tão bom....Leticia foi tirando minha blusa e eu tirei a dela e continuamos a nos beijar, nossas línguas se entrelaçavam e o estalo era bem alto.

Leticia tirou o sutiã e eu tirei o meu e ela sorriu e disse:

-Gostei do que eu vejo- Leticia literalmente passou a língua do meu seio até minha boca e eu sentia nossos seios ainda pequenos por sermos jovens se esfregando....admito que eu estava adorando fazer aquilo, o sinal do recreio bateu pros alunos entrarem e Leticia disse num tom sensual:

-Quer matar aula?- Eu estava em êxtase e só balancei a cabeça positivamente com os olhos moles e Leticia tirou o shorts e eu estava muito excitada e Leticia disse:

-Sabe...quando terminarmos aqui....vamos fazer isso sempre que der....eu estou apaixonada por você Amanda- Leticia estava me olhando de uma forma tão amorosa e eu disse:

-Eu também estou apaixonada por você Le- Eu queria tanto aquilo...parecia que eu queria mais que ela e nós duas ficamos nuas e começamos a fazer muitas coisas....esfregar as partes uma na outra, mamar os seios uma da outra, 69, beijo nas partes, tudo o que você imaginar e um atento é que na hora que ela estava beijando minhas partes ela cuspiu na minha parte e eu achei um pouco nojento mas ela disse que nós já tínhamos nos beijado e por isso não tinha nojo....me lembro que minha parte ficou ensopada com a saliva dela...e eu ensopei os seios dela kkkkk foi muito bom....quando terminamos....estávamos deitadas no chão bem agarradas e ela disse:

-Amanda....quer namorar comigo? Um namoro secreto...ninguém vai saber- Leticia com os olhos brilhando e eu sorri e disse:

-Quero....hoje vamos pra sua casa fazer na cama dos seus pais- Eu estava louca pra tentar algo numa cama de casal e Leticia disse que tudo bem....depois disso fomos ficando cada vez mais apaixonadas até que nossos pais descobriram e isso é assunto pra outra historia hi hi

Comentários

22/02/2017 13:34:54
Linda história, só achei meio sem graça esse negócio de "minhas partes", tira muito do tesão da coisa toda. Bom é ler os nomes safados.
08/02/2017 19:34:44
calma...tudo ao seu tempo fofo
08/02/2017 18:56:12
Loirinhu_pg@hotmail.com
08/02/2017 18:56:03
Conta como foi...como.o país descobriram?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.